Wrestling, Diz Ele #50 – PipeBomb

Esta semana resolvi fazer as coisas de forma diferente. Não vai haver tema, não vai haver um artigo longo e se calhar bem escrito. Esta semana resolvi falar daquilo que sinto e vejo quando olho para o wrestling profissional.

Primeiro, acho ridículo as constantes comparações que se tentam fazer entre a WWE e a TNA. A WWE é um produto completamente diferente do da TNA e como tal é ridículo sequer comparar histórias, atletas e afins. Outra coisa ridícula é o esforço que muitos fazem para dizer que a WWE tenta ser superior à TNA ou que a TNA imita coisas que a WWE já fez. Newsflash pessoas, a WWE não precisa de tentar ser superior à TNA quando em termos de mercado é obvio que é superior. Já a TNA imitar o que a WWE já fez, meus amigos, quantas séries já viram em que a empregada matou a patroa e estava envolvida com o patrão? Pois… Não é por isso que dizem que se imitam umas às outras pois não?

Quanto à TNA, irritam-me sinceramente os seus defensores a 100%, ou seja, que mesmo quando o produto está mau ou longe daquilo que já foi, tipo, sei lá, como está agora, digo eu, continuam a dizer que a TNA é melhor e oferece melhor produto que a WWE. Total Nonstop Action em que às vezes são mais promos do que combates em 2 horas de programação, não sei, mas algo está um bocado mal na vossa teoria.

Quanto à WWE irritam-me múltiplas coisas que os fãs fazem. Por exemplo, quando a WWE lança algo começarem com mil e uma teorias e mais acharem que controlam o negócio, e aquilo que acham é o “melhor para a WWE”. Oh meus amigos, por algum motivo vocês estão em casa, tal como eu, à frente de um computador chaço ou topo de gama, a ver o produto semanalmente e não nos Estados Unidos da América em conversações com a equipa criativa da WWE. Tipo que mal teve Ambrose vs Rollins não se realizar? Publicidade enganosa? Voces sabem o que isso seria? Isso seria nem se quer terem visto Ambrose e Rollins no evento! O combate não se realizou mas tiveram cenas de porrada, e uma construção razoável para o Summerslam.

Mas há outras coisas que quero falar. O facto de se tratar esta questão de CM Punk da forma que se trata. Se ele voltar, voltou; se não voltar, não voltou. Qual é o drama? O tipo foi campeão mais de 400 dias, provavelmente já acumulou mais lesões que o Rey Mysterio e lutou sempre com elas, deixem o tipo descansar, ausentar-se um pouco e depois quando quiser, e se quiser (sim porque nenhum fã manda num atleta nem dita o seu destino) volta. Deal with it! Numa coisa a WWE foi brilhante, o anúncio de KENTA, Prince Devitt, e possivelmente Kevin Steen numa altura em que o contracto de CM Punk terminou e aparentemente não há conversações, ajudou a desviar as atenções.

devitt

Por falar nesses tipos, o NXT é o melhor produto da WWE. Ponto final. A Smackdown mais parece um show de segunda categoria onde não há qualquer sentido emotivo por detrás, a RAW, tem dias, e pelos vistos só na RAW pós-PPV há algo suficientemente bom a acontecer; o NXT é o show completo onde mais de 50% das vezes só há bons combates. Esta é a verdade verdadinha. Tudo isto é erro talvez da equipa criativa que toma conta das duas brands originais da WWE. Sempre foi o problema da WWE. A WWE não sabe muitas vezes o que fazer com determinados talentos porque cisma em trabalhar os shows do expoente máximo ao segmento mais mínimo. Qual é o sentido disto pergunto? É assim tão difícil trabalhar ou quatro equipas criativas para se ocuparem de: divisão main-event, divisão mid-card, divisão tag team, divisão feminina?

Quanto a divisões, deixem-se de coisas também, Roman Reigns está a fazer bom trabalho e aquilo que lhe pedem. Já disse a semana passada, vocês gostam de powerhouses monstros e tudo bem se for assim, mas um powerhouse babyface vira logo super-herói para vocês, a isso chama-se ignorância. A divisão main-event da TNA, para mim nem tem de ser falada, já falei do produto no ínicio. Quando à divisão mid-card da WWE, as doses cómicas estão bem estruturadas (que tem se Adam Rose já foi Leo Kruger, é Adam Rose agora e é o que importa), e ATENÇÃO, são fundamentais num produto de ENTRETENIMENTO! Não querem ver coisas cómicas, saltem à frente, fecham os olhos, vão dar uma rapidinha, mas venha quem vier Fandango, Santino Marella, Adam Rose, todos esses trabalharam no seu tempo o máximo que tinham/têm para oferecer aquilo que é a WWE: ENTRETENIMENTO! Bem, quanto à divisão de tag-team a minha pergunta é: Ascencion quando? E quanto à divisão feminina, enfim, Paige virou heel naquele que foi o momento mais inteligente da pessoazeca que constrói a parte criativa das Divas da WWE. A minha questão é, já que foram à NJPW, à ROH, e afins, porque não vão à Shimmer também? (Para os incultos, Google it)

cena15

Para terminar, irritam-me ainda algumas coisas como quem não sabe o que é um heel, quem pensa que tudo isto é a realidade e o John Cena é como é na TV… AHHH, como me pude esquecer disto. Meus amigos, o John Cena é dos atletas mais completos, mais eficazes e mais excepcionais no trabalho que representa. Lamento mas esta é a realidade das coisas. Se é o wrestler mais técnico? Não. Se é o melhor de todos os tempos? Não. Se é um dos melhores naquilo que faz? É. Quer gostem, quer odeiem, John Cena é um atleta completo, e por algum motivo é o segundo homem com mais Campeonatos Mundiais (15) a um de igualar Ric Flair.

Mas continuando, irrita-me ainda quem não separa ficção de realidade, quem pensa que os moves são a maioria reais, quem acredita que vai mudar alguma cosia só por falar vezes e vezes sem conta nas redes sociais. Irrita-me no fundo quem não leva este produto a sério, e de forma real, mas sim quem o encara como muitos encaram. That’s it.

E é isto esta semana, qualquer coisa, falem, e utilizem a caixa de comentários abaixo.

Sobre o Autor

- Escritor do artigo “Wrestling, Diz Ele”.

24 Comentários

  1. João Santos - há 2 anos

    Muito bem dito. Se algum dia concorreres á presidência do país, tens o meu voto. O E em WWE é de entretenimento e muita gente se esquece disso, essas pessoas que so criticam e não percebem nada do assunto deviam passa a ver só as novelas da tvi ou o total divas e deixar o wrestling para os fãs verdadeiros. Roman Reigns vai tirar o titulo ao Brock Lesnar se este ultimo ganhar ao John Cena.

    • DirtCrit - há 2 anos

      Obrigado! A questão é mesmo essa, o produto oferecido tá bem marcado, as pessoas deviam era ter mais um pouco de noção! Quanto a Roman Reigns, é claro que é a aposta da WWE e que se não acontecer nada entretanto isso vai acabar por acontecer, não é, aparentemente uma questão de se, mas quando.

      • João Santos - há 2 anos

        Mas que não arrastem, como fizeram com o Daniel Bryan, por até acho que teria sido melhor se ele tivesse defendido o titulo na WM30. Com o andar da carruagem, se o Reigns não for campeão este ano, vão fazer algo com ele na Rumble.

  2. Tiago Correia - há 2 anos

    Bom desabafo.

    Sobre a TNA, como não vejo, não posso opinar.

    Ambrose vs Rollins, acho que não tens razão. Quando se marca um combate, esse mesmo combate deve acontecer. As cenas de porrada, como tu dizes, não substituem aquilo que as pessoas compraram, que era o combate. Mas ok, não sendo agradável, não foi o “fim do mundo”. Existem problemas mais graves na WWE.

    A defesa do Cena é completamente justa e apenas tenho pena de poucas pessoas terem essa opinião. Sobre o Punk, de acordo também, embora não considere que existam muitas pessoas a clamar pelo seu regresso. Pelo menos, não aqui no site.

  3. Ricardo Silva - há 2 anos

    A TNA vive muito na sombra do que faz a WWE e enquanto não se focarem no seu produto e definirem objetivos concretos, independentemente do que a WWE esteja a fazer, não vão passar disto…

    Como já disse, qualquer um ficava chateado por não ver Rollins vs Ambrose quando se pagou bilhete com isso em mente, mas já sabemos que isto é WWE e eles podem fazer o que fizeram. Deal with it!

    A equipa criativa da WWE mostrou que tem alguns neurónios quando virou o Swagger face para rivalizar com o Rusev. Agora é esperar que façam o mesmo com o pálido Sheamus, simplesmente não consigo gostar dele (isto se fosse no FM, vendia-o para fazer dinheiro), mas o que faz mais sentido é ele virar heel e rivalizar com o Swagger pelo US Championship. Já há muito que digo que o Swagger devia ser US Champ. Isto se não voltar a lesionar ninguém entretanto.

    Espero é que não unifiquem os títulos secundários, isso sim, será um grave problema na minha perspetiva.

    A vida não é feita de “se’s”, mas se gajos como o Batista e o Lesnar tivessem ficado este tempo todo na WWE, se o Edge não se tivesse lesionado, se se se, o Cena nesses casos não tinha sido 15 vezes campeão mundial.

    Parabéns pelo artigo, “veio do coração”, gosto sempre muito deste tipo de artigos em que o escritor diz tudo aquilo que pensa, sem rodeios. Devia acontecer mais vezes. Continua o bom trabalho.

    • DirtCrit - há 2 anos

      Quanto à TNA, qualquer empresa que se preze tem de viver na sombra dos que são maiores, e sejamos honestos não falamos de um mercado em que tenhamos duas empresas de igual para igual como na TV/Comunicações. A questão aqui é que a TNA faz o que faz com o que tem, ou não tem, mas é um produto completamente diferente embora sazonalmente diga que é uma coisa e depois faça outra. Falta à TNA alguém de cabeça tronco e membros que leve a companhia para além. Falta um Eric Bishoff do seu tempo.

      Quanto a Sheamus, acho que deveria virar heel sinceramente, e quanto aos Títulos Secundários, não partilho da opinião. A WWE não tem o que fazer a dois títulos quando a equipa criativa se encontra estruturada desta forma. A unificaçao, nesta fase, e não para todo o sempre, creio que é o que mais faz sentido por acaso.

      Isso é algo que nunca saberemos, infelizmente.

      Obrigado :)

  4. Zé Tomé Dias - há 2 anos

    Bem falado, acho interessante ver alguém a desabafar sobre wrestling.

    A WWE serve para dar entretenimento. Não é perfeita: isso esteve sempre bem claro, embora umas vezes esteve em grande, outras vezes no fundo do poço, mas continua para entreter milhões de fãs (como eu e outros que aqui comentam). E podem queixar-se muitas vezes de algumas decisões, mas continuam a ver.

  5. Joao Filipe - há 2 anos

    And that’s the bottom line, because Stone Cold said so

  6. DirtCrit - há 2 anos

    Obrigado, primeiro. Em segundo, também são poucas as pessoas que não vendo o produto não opinam, daí parabens por tal! Quanto a Ambrose vs Rollins, muitas pessoas se revoltaram por o combate não ter acontecido, a coisa é que eles estiveram no PPV, e praticamente foi meia hora totalizada para eles, com todos os segmentos. Não foi exatamente o fim do mundo por muitos que achassem que foi.
    Eu não defendo a personagem de Cena que acho que já está à demasiado tempo inalterável, mas defendo o produto e o atleta que John Cena é. Isso sim!
    Quanto a Punk.. Enfim.

  7. DirtCrit - há 2 anos

    Mais nada Joao!

  8. Don_Ricardo_Corleone - há 2 anos

    Tudo uma questão de opinião. Eu acho piada aos que ocupam estes espaços com artigos em que se mostram muito zangados pelas opiniões dos outros. Na prática é um artigo sobre os comentários. lol. Nem comentários merece, muito mau. Chamar isto de Pipebomb…

    • DirtCrit - há 2 anos

      Como disseste, questão de opinião! Na teoria, quem comenta é quem vê, e como tal consome o produto, e como tal também faz parte do produto em si, visto que este tem sempre um destinatário. Logo, foi baseado na minha opinião de coisas da WWE/TNA mais do que vou ouvindo na Internet sobre essas mesmas empresas e que senti que devia expressar a minha opinião.
      Como disseste, tudo uma questão de opinião.

      • THE_WOLVERINE - há 2 anos

        parceiro se você acha Adam Rose e Fandango importantes para a WWE, então você não sabes muito de Wrestling.
        Concordo com o Don Ricardo, ocupar este espaço com tipo de artigo reclamando da opinião alheia não acrescenta em nada sobre Wrestling.

      • DirtCrit - há 2 anos

        Quem diz que Adam Rose e Fandango não são importantes para a WWE, claramente não percebe o produto que a WWE oferece! Sem querer ofender suscetibilidades! E já agora, que me passou na minha resposta anterior, o artigo fala n de opinião alheia mas de coisas que eu estou farto de ver os fãs dizerem, e que eu saiba os fãs fazem parte do produto! Mais, isso acontece apenas em 1/3 do artigo.

      • THE_WOLVERINE - há 2 anos

        acredite a WWE iria melhorar se não tivesse caras como Adam Rose e Fandango, mas se vc acha esses caras importantes, ok respeito sua opinião.

  9. Tunes9 - há 2 anos

    DirtCrit, nem sei o que dizer… és o maior (sem ironia), quem acompanha os meus comentários ou lê, sabe que tenho opiniões semelhantes às tuas, e subscrevo todas as linhas deste desabafo, tenho exactamente todas estas irritações e opiniões, acontece o mesmo comigo e penso da mesma forma.

    Quanto à TNA, não vejo com regularidade, gosto de certas coisas e de alguns Wrestlers, mas pouco mais.

    AMO a WWE e tento aceitar e respeitar as decisões deles, os entendidos e os que têm poder para essas decisões, é claro que tento dar a minha opinião, mas nunca dizer que sei mais ou que isto é “bestforbusiness”, etc, etc, por que eles estão lá e sabem o que estão a fazer, até posso criticar algumas coisas, mas nunca aquilo que gosto e nunca deixarei de ver, os segmentos do Adam Rose, Santino, etc, são divertidos e entretêm e é esse o objectivo, eu não gosto da “gimmick” do Cena, mas respeito-o como profissional e atleta, também acho que cumpre a 100% o que lhe pedem, nada a dizer, mas prefiro outros, estou no meu direito, mas criticar é desnecessário, gosto do Reigns (não concordo que se esteja a tornar num “super-man babyface” e também já disse que o Punk volta quando quiser e se quiser, agora é preciso deixa-lo em paz a viver a sua vida, ele tomou a sua decisão e temos que aceitar e respeitar, ETC, ETC, ETC.

    Acrescento que estaria aqui até amanhã a dizer que concordo em tudo, mas é a pura verdade, não é só para concordar, penso mesmo como tu.

    Obrigado pela tua sinceridade, muito bem dito. :-)

    • DirtCrit - há 2 anos

      Obrigado Tunes9 :) Acho que disseste tudo agora, é a velha questão dos powerhouses, felizmente esta RAW muita gente já mudou again de opinião do Reigns, apenas porque foi atacado pelo Orton e não respondeu. E quanto a isto não teço comentários!

      • Tunes9 - há 2 anos

        Ora nem mais, há pessoas que vão conforme o vento, é como aquela questão do lutador preferido, há quem escolha por ser face ou heel, por ter menos destaque ou mais, entre outras coisas, o que acho que é uma estupidez, nós devemos escolher um lutador e apoia-lo para toda a sua carreira, aconteça o que acontecer, como eu e o HHH, quem se vira contra ele é para “aniquilar”, goste ou não desse superstar, eheh, só para dar mais um exemplo. :-)

  10. Iago_Awesome - há 2 anos

    Muito bom artigo! Disse tudo, nada a comentar.

  11. DirtCrit - há 2 anos

    São importantes no sentido em que o produto que a WWE oferece é de entretenimento, e para todos os efeitos Rose, Fandango e todos os outros que já desempenharam nos últimos anos papeis cómicos, o que fazem é entreter! A Attitude Era já acabou, e mesmo aí havia espaço para areas mais cómicas!

  12. danielLP21 - há 2 anos

    Bom artigo, apesar de não concordar com alguns aspectos.

    Sinceramente, acho que os fãs se devem queixar daquilo que não gostam. Principalmente nas redes sociais. Se a WWE, actualmente, usa bastante estes meios de comunicação, porque raio não podem os fãs queixar-se precisamente nesses locais? Sou daqueles que acreditam que a WWE “ouve” o que os fãs querem, mesmo que depois os mande passear porque o produto tem que agradar a quem manda lá e não aos fãs.

    Se eu gasto dinheiro com a WWE? Não. Se a WWE perdia alguma coisa se eu deixasse de os acompanhar? Claro que não. E então? Vou “deixar andar” e engolir tudo aquilo que me põem à frente, esconder a cabeça debaixo da almofada e ver algo que adoro, mas com o qual não estou satisfeito, apenas porque a minha opinião não vale de nada? Então para que serve este site, por exemplo? Porque é que tu escreves artigos?

    “Por exemplo, quando a WWE lança algo começarem com mil e uma teorias e mais acharem que controlam o negócio, e aquilo que acham é o “melhor para a WWE”. Oh meus amigos, por algum motivo vocês estão em casa, tal como eu, à frente de um computador chaço ou topo de gama, a ver o produto semanalmente e não nos Estados Unidos da América em conversações com a equipa criativa da WWE.” A partir do momento em que os membros da equipa criativa não percebem nada de Wrestling, estamos no direito de os criticar. Guionistas de séries de televisão nãod eviam ser guionistas de uma empresa de Wrestling.

    O combate entre o Dean Ambrose e o Seth Rollins devia ter tido lugar ou não anunciavam o combate para o PPV. É tão simples como isto. Aqueles segmentos ficavam perfeitos numa Raw ou até num PPV, desde que não houvesse combate marcado. Já pensaste que há pessoas que podem ter pago bilhete “apenas” para ver aquele combate? “Oh Daniel, mas a WWE está no seu direito”. No shit, Sherlock! Eu sei disso, mas mesmo sendo 100%, não é ético e é uma falta de consideração (nem digo que é falta de respeito, para não ferir susceptibilidades) pelos fãs.

    Não gostei também das críticas a quem acha que percebe disto quando depois escreves “A minha questão é, já que foram à NJPW, à ROH, e afins, porque não vão à Shimmer também? (Para os incultos, Google it)”. Então um fã é inculto só porque não acompanha ou não sabe da existência da Shimmer? Um pouco de coerência, por favor.

    De resto, concordo contigo em relação às pseudo-cópias, ao Roman Reigns (que exagero por parte de alguns fãs!) e sobre o CM Punk.

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador