Existem 2 vagas na Equipa do Wrestling PT para publicar notícias. Contacta-nos!

Wrestling, Diz Ele #51 – Then and Now

Bem vindos a mais uma edição do Wrestling, Diz Ele! A semana passada não consegui realizar o artigo por estar de férias, mas esta semana apresento-vos um artigo com base num artigo internacional.

A 17 de Agosto, dentro de 5 dias, a WWE apresenta-nos o Summerslam, e a verdade é que a qualidade do card é impressionante, com 90% dos combates a prometerem serem combates que de uma forma ou de outra se tornarão memoráveis. Olhando um pouco para a história, isto não é algo raro de acontecer. Em 2013, tivemos CM Punk vs Brock Lesnar e John Cena vs Daniel Bryan com Triple H como árbitro convidado (o que iniciaria a história actual da Autoridade); em 2010 tivemos a Team WWE vs Team Nexus o que começaria a lançar Daniel Bryan no panorama da WWE; em 2009, tivemos Jeff Hardy vs CM Punk num combate TLC e outros tantos momentos históricos com Dolph Ziggler, Shawn Michaels, Razor Ramon, Undertaker e “Undertakers”, Hulk Hogans, Ultimate Warriors e afins.  Tudo isto já sabem na WWE Network, apenas por 9,99$/€.

Numa tentativa de antevisão do que será no próximo domingo, eis uma espécie de “look-back” a 7 das melhores rivalidades/combates que passaram pelos já 26 Summerslam realizados.

Chris Jericho vs Dolph Ziggler (Summerslam 2012)

jerich
Quando misturamos no mesmo combate estes dois atletas uma coisa é certa, até com pouca história fazem um brilharete no ringue. E foi isto mesmo que aconteceu quando abriram a pista na edição de 2012 do Summerslam. Se as expectativas estavam altas? Lógicamente. Mas a averdade é que este combate serviu para provar mais uma vez que Jericho e Dolph são dos melhores “workers” da WWE, e sem dúvida dos mais talentosos, e dificilmente conseguem dar um mau combate quando têm tempo para isso. A história durante o combate foi a de que Jericho se encontrava lesionado durante o combate devido a sucessivos ataques de o já “falecido” (RIP Robin Williams) Alberto Del Rio e do próprio Dolph. Apesar de tudo isto e da interferência da outra “falecida” Vickie Guerrero, Jericho lá conseguiu a vitória com o Walls of Jericho. Foi um bom combate, que roubou o show logo desde os primeiros minutos, naquela que foi uma vitória rara para Jericho, que como sabemos quando regressa à WWE é para lançar novos talentos. De qualquer das formas, por muito que tenha perdido, uma coisa ficou assegurada: Ziggler consegue definitivamente dançar com os maiores.

WWE Team vs Team Nexus (Summerslam 2010)

barr
Como é de conhecimento geral os Nexus foram “o grande acontecimento” por assim dizer do Verão de 2010, em parte, porque atacavam sucessivamente os grandes nomes da companhia, originando um mítico 7-contra-7 Tag Team Match no Summerslam desse ano. Wade Barrett era o capitão de indivíduos como Michael Tarver (quem?), David Otunga (o da Jennifer Hudson), Heath Slater (o que eliminou o Cesaro há umas semanas), Skip Sheffield (a fusão de RVD com Goldberg), Darren Young (o que saiu do armário) e Justin Gabriel (a cara on-e-off do NXT), quando estes combatiam, desta forma, contra Daniel Bryan, Bret Hart, Edge, Chris Jericho, R-Truth, John Morrison, e John Cena. Sem qualquer sombra de dúvida, que com estes nomes, foi um dos main-events mais atolhados de estrelas. Bem, o combate foi dos melhores combates de eliminação à altura, com alguma crítica à mistura por ser o main-event um combate de eliminação, quando em poucos meses realizar-se-ia o Survivor Series, que é o PPV típico para esses combates. De qualquer forma, John Cena foi o “único sobrevivente” do combate e da sua equipa, e este foi o momento em que os Nexus dificilmente recuperariam quando, John Cena eliminou Gabriel e Barrett numa questão de nem 60 segundos. De qualquer forma, foi um dos grandes momentos da nova década na WWE.

CM Punk vs Jeff Hardy (2009)

hardy
A vida pessoal de Jeff Hardy era perfeitamente conhecida por todos os fans de wrestling, ou seja, o passado de abuso de drogas e variantes. E foi precisamente isto que foi o grande alvo da crusada de CM Punk no ano de 2009, e que aqueceu e levou esta rivalidade, a ser, na minha opinião uma das melhores desse ano, incidentes no Título Mundial de Pesos Pesados. Depois de vários combates inconclusivos, foi no Summerslam que num combate TLC tudo se resolveria e relançaria a rivalidade para novos patamares. Hardy era veterano neste tipo de combates e Punk, bem, estava a ser Punk, e tinha acabado de fazer o cash-in da mala Money in the Bank por uma segunda vez. De qualquer das formas, Punk, apesar de ter sofrido uma Swanton Bomb por cima da mesa dos comentadores, conseguiu recuperar e retirou os Títulos, e foi a partir daqui que os fãs começaram a respeitar cada vez mais Punk, e a olhar para ele, por muito que fosse heel, como um dos maiores e melhores wrestlers profissionais do mundo. Foram momentos como estes que relançaram Punk, como já disse, e que o tornaram um atleta main-event nos anos subsequentes.

Yokozuna vs Lex Luger (Summerslam 1993)

luger
Yokozuna pode não ser dos atletas com mais capacidades que passaram pela WWE mas é sem dúvida das forças mais marcantes, assim como Lex Luger que anos mais tarde estaria rodeado de grande polémica, devido ao surgimento das Monday Night Wars. A Rivalidade entre estes dois começou em Julho de 1993 (tinha eu uns mesitos ainda), no Yokozuna Bodyslam Challenge a bordo do USS Intrepid. Luger conseguiu o que nenhum atleta até então tinha conseguido que foi aplicar um bodyslam a Yokozuna, o que levou a uma oportunidade pelo Título no Summerslam desse ano. Isto deu origem a momentos que foram marcantes na vida de Lex Luger e no lançar da carreira deste como Lex Express, para além de que reforçou as capacidades de Jim Cornette como um dos melhores managers na altura e na história da WWE, ao levar a que este combate tivesse umas condições curiosas: Luger não poderia receber uma desforra pelo combate e teria que usar protecções no seu antebraço. Bem, o combate cimentou Luger como um powerhouse babyface na WWE, tendo no entanto ganho por Desqualificação, e countout. No final do combate, foram muitos os babyfaces que se dirigiram ao ringue para celebrar a vitória de Luger (não nos vamos esquecer que Yokozuna na altura era uma força indestrutível, que dizimava os seus oponentes), enquanto que balões com as cores da bandeira americana caíam do telhado da Arena. Por muito que Luger tenha efectivamente cimentado o seu lugar no main-event da WWE, a verdade é que acabaria por nunca ganhar o Título da WWE, tendo ainda competido contra Yokozuna na Wrestlemania X depois de ganhar o Royal Rumble de 1994.

John Cena vs Edge (Summerslam 2006)

cena
A grande rivalidade no Summerslam desse ano, e atrevo-me a dizer, uma das maiores rivalidades de sempre da WWE, foi a de John Cena vs Edge. Tudo isto começou, ou pelo menos, o “build-up” para este combate foi quando Edge, a 3 de Julho de 2006 derrotou John Cena e RVD para tirar o Título da WWE a Van Dam.  Cena, nas semanas posteriores atacou Edge, quer este estivesse na mesa de comentadores nos seus combates, quer estivesse no hotel com a bela Lita. Pois bem, a 15 de Julho no Saturday Night’s Main Event, Cena e Edge lutaram pelo Título, apesar de Cena ter ganho por desqualificação após interferência de Lita, levando a que Edge retesse o Título e que no Summerslam ambos lutassem com a condição de que Edge não poderia ser desqualificado seja de que forma fosse. O auge desta rivalidade nesta altura deveu-se ao ataque que Edge fez ao pai de Cena no famoso angle de entrar na casa de Cena e bofetear o pai deste. Quanto ao combate em si, Cena acabou por aplicar um FU a Lita, tendo Edge aproveitado essa distracção para esmorrar Cena com umas “brass knuckles” para conseguir a vitória. Depois do combate, a rivalidade entre ambos continuou, com Jeff Hardy, Chris Masters à mistura, tendo Cena ganho o Título da WWE pela 3ª vez no Unforgiven de 2006, facto que permaneceu por mais de um ano e originando o “ódio” que muitos nutrem por John Cena.

CM Punk vs John  Cena (2011)

punk
No Money in the Bank de 2011, CM Punk derrotou John Cena pelo Título da WWE, naquele que foi dos momentos mais marcantes desta década na WWE, uma vez que o contrato de Punk teria terminado nesta altura. Ora, uma vez que Punk supostamente já não seria empregado da WWE por muito que tenha ganho o Título, foi criado um torneio para apurar o novo Campeão, com John Cena a derrotar Rey Mysterio (que foi o vencedor do torneio) para se tornar o novo campeão. No entanto, Punk regressara e a velha disputa sobre “o verdadeiro Campeão da WWE” começaria e seria a aposta central para o Summerslam de 2011. O combate resultou como todos esperariam, com Triple H como árbitro convidado, factor que teve o impacto que todos sabemos ao dar a vitória a Punk, após não ter “visto” o pé de Cena na corda, o que pararia a contagem. Resultado? John Cena continuaria na caça pelo Título e Punk continuaria com o momentum que o caracterizou.

CM Punk vs Brock Lesnar (2013)

punk
Em 2013 Punk viu o seu reinado de 434 dias como Campeão da WWE terminar, foi derrotado por Undertaker que se tornava invicto na Wrestlemania com um recorde de 21-0, e ainda foi traído por Paul Heyman, pelo que frustração era tudo o que Punk tinha nesta data. Este combate foi absolutamente selvático, para não dizer mais, e em termos de impacto histórico, foi a última grande exibição de Punk na companhia, ao enfrentar a antiga estrela da UFC. A verdade é que Lesnar dominou em termos físicos Punk, como não poderia deixar de ser, que mostrou grande coragem, em vários momentos, levando os fãs ao delírio. Eventualmente Punk conseguiu virar o combate e até aplicar a Anaconda Vise, apenas para Paul Heyman interferir e possibilitar a Lesnar a execução de um F5 para deixar o nativo de Chicago KO. Estas histórias sempre funcionaram com a WWE, e sempre funcionarão, principalmente com o carisma de Punk e com o apoio de Paul Heyman em alguém como Brock Lesnar. Se Lesnar, realmente conseguir o mesmo tipo de performance neste Domingo, então o combate contra John Cena também será digno de Combate do Ano.

John Cena vs Daniel Bryan (Summerslam 2013)

bry
Daniel Bryan ascendeu ao main-event da WWE, como toda a gente sabe, finalmente, em Agosto do último ano, no Summerslam quando defrontou John Cena no combate mais criticamente aclamado da sua carreira. E este combate teve tudo: público, “Yes! Chants”, o Título da WWE em jogo, a pressão nos atletas para que provassem que são os melhores. Sim, Daniel Bryan tinha mais a provar, mas John Cena acabaria por estar a lutar com uma lesão legítima no tríceps, facto que não pode ser passada despercebida. O combate foi um verdadeiro clássico entre o babyface que fora uma vez amado, e o babyface que é actualmente amado, e a intensidade e emoção do combate teve presente em cada momento durante os 26.54 minutos que o combate durou. E depois de toda a luta e mais alguma, Bryan aplicou o mítico Knee Trembler para conseguir ganhar o Título da WWE. Como sabemos, minutos depois, Triple H e Randy Orton uniram forças e graças à mala Money in the Bank, Bryan viu-se novamente sem o Título, não sem antes se consolidar efectivamente como um dos babyfaces mais capazes da WWE. Para além disso, foi nestes instantes que a Autoridade começou a ser claramente formada.
14
Pois bem, e o Summerslam teve disto e de muito mais, e este Domingo poderemos contar, até as 11.10 desta manhã de Terça-Feira em que escrevo este artigo (férias a quanto obrigas), com John Cena a defrontar Brock Lesnar pelo Título da WWE; Chris Jericho a defrontar Bray Wyatt, com Luke Harper e Erick Rowan banidos do ringue (e a precisar de uma vitória mais do que urgente); com Brie Bella a defrontar Stephanie McMahon, naquela que é das rivalidades mais intensas das Divas nos últimos tempos e da WWE actualmente (de que raio se trata esta revolta súbita com esta rivalidade?); Jack Swagger a defrontar Rusef, num combate de bandeira; Aj Lee a defrontar Paige pelo Título das Divas; Roman Reigns a defrontar Randy Orton; The Miz a defrontar Dolph Ziggler pelo Título Intercontinental e Dean Ambrose a defrontar Seth Rollins num Lumberjack Match.

O que esperam deste Summerslam? Que outros Momentos recordam? Quem vai ser a cara/momento deste domingo?

Sobre o Autor

- Escritor do artigo “Wrestling, Diz Ele”.

8 Comentários

  1. TomDoidão786 - há 2 anos

    Eu acho que nesta SumerSlam vai ter alguns combates que não vai valer a pena. Os combates que acho que vai valer a pena será Stephanie VS Brie (primeira vez que vejo uma feud boa entre divas na PG) e Ambrose VS Seth e claro Randy Orton VS Reigns. Estes combates vão ser épicos *-*

    Acho que a cara deste domingo sem dúvida alguma que vai ser o Brock Lesnar.

  2. DX Rules - há 2 anos

    Um grande artigo!

    Concordo que este PPV promete ser fantástico . Agora é só rezar a todos os deuses da história da humanidade que o Cesaro faça o que eu espero. Como já o disse num artigo antes ex um copy e paste:

    “E eu ainda tenho essa esperança completamente improvável. A esperança é a última a morrer e eu acredito que Cesaro ainda vai fazer isso no SummerSlam e até tem lógica. Saiu do lado de Heyman porque estava farto do nome de Lesnar e ao ver Lesnar ganhar não resistia em sair do balneário e dar-lhe uma tareia. Podia até haver oportunidade de cash-in de Seth Rollings (que eu acredito que vá perder o título para Roman Reings na consolidação do último como Top face) e Lesnar culpar Cesaro por isso.”

  3. Hildo - há 2 anos

    Excelente artigo!

    Os combates que me vem a cabeça quando falamos Summerslam são:

    Shawn Michaels vs Triple HHH no Summerslam de 2002

    Daniel Bryan vs John Cena em 2013

    Cm Punk vs Jeff Hardy em 2009

    Owen Hart vs Bret Hart em 1994

    Randy Orton vs Christian em 2011

    E tem muito mais, mas esses são sem duvidas combates que estou sempre vendo e Revendo.

  4. Alexandre Romano - há 2 anos

    Bom artigo!
    Concordo contigo também gostei das feuds entre Undertaker e Edge, Stone Cold vs Undertaker, Brock Lesnar vs The Rock, Owen Hart vs Bret Hart, Bret Hart vs British Bulldog, Bret Hart vs Mr Perfect e Shawn Michaels Vs Triple H.

  5. Zé Tomé Dias - há 2 anos

    Eu acho que o summerslam deste ano tem boas rivalidades, mas escolheram mal alguns combates (ambrose vs rollins, lumberjack match ?!?).
    Mas seja como for, o artigo tinha histórias interessantes e veremos se a wwe mantém o interesse no domingo

  6. Tunes9 - há 2 anos

    Excelente artigo, muito interessante.

    Bom top, gosto de todos os combates e fizeste boas escolhas, não tenho nada de especial a acrescentar.

    O meu combate preferido foi o HHH vs HBK, a feud, a história, a emoção envolvida e o combate em si foi fantástico, dois superstars de top que eram melhores amigos e se tornaram em maiores inimigos, épico, o facto de serem os meus lutadores preferidos de sempre também ajuda.

    Bom trabalho Dirt Crit. :-)

  7. John - há 2 anos

    DirtCrit, você errou ali no final você escreveu “Rusef” e é Rusev.
    Fora isso, ótimo artigo.

  8. Don_Ricardo_Corleone - há 2 anos

    A malta não gosta muito desta feud entre a Stephanie e a Brie porque de facto não tem qualquer interesse, pelo menos falo por mim. A construção deste Summerslam foi inexistente, de tal maneira que esse tal combate de “divas” teve muito mais construção que qualquer outro, no entanto não teve lá grande construção.

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador