Existem 2 vagas na Equipa do Wrestling PT para publicar notícias. Contacta-nos!

Wrestling for All #1 – As Mulheres Lutam?

Olá a todos os leitores do Wrestling.PT, o meu nome e Roberto Barros e assisto wrestling desde de 1996/1997 nessa época acompanhava a WCW e WWF, então pode acompanhar a formação da NWO e a Attitude Era quase em sua totalidade, desde que comecei a assistir sempre me interessei por wrestlers como HBK, Lex Luger, Sting, Stone Cold, Undertaker entre tantos outros e sempre via as mulheres no wrestler somente como componentes de Storylines como Managers ou acompanhantes dos Wrestlers.

Mas com o tempo fui mudando a minha visão principalmente por causa de duas “lutadoras” que logo me chamaram a atenção a primeira de Nome Amy Dumas (Lita), uma ruiva magra com um porte físico simples, mas uma high Fly tão boa quantos muitos homens, arriscava manobras perigosas e devido a isso suas lutas sempre impressionavam, a outra e considerada a maior Lutadora da história da WWE/WWF, ela começou tendo “um caso” com o dono da Companhia Vince Mcmahon, depois recebeu um grande pop traindo ele e começando algumas rivalidades, fazendo lutas impressionantes contra Lita, Victoria, Jazz entre tantas outras, desde de então comecei a me interessar por Wrestling Feminino, acompanhando inclusive federações de Wrestling femininas como WSU, Shimmer entre outras companhias, conhecendo novas lutadoras e revendo algumas antigas que foram para o circuito das Indys, com vários potenciais sendo perdidos, com esse conhecimento propus ao pessoal do wrestling.Pt uma coluna sobre Wrestling Feminino, como primeiro artigo irei analisar a situação da divisão Feminina das duas principais companhias da atualidade (WWE e TNA).

Começar pela maior companhia, a WWE que em varias edições de Raw e Smackdown teve como main event uma luta feminina, isso parece impensável nos dias de hoje não e? Mas acontecia varias vezes geralmente com Womens Champions em jogo e muitas com varias estipulações, a primeira coisa que vem me incomodando há algum tempo na maior federação de Wrestling do Planeta e denominação Divas, desde do nome dos título, até as próprias wrestlers que fazem a companhia, além disso a palavra diva dar ideia de uma modelo ou cantora, inclusive a maioria das cantoras pop são chamados de Divas, pode até ser birra da minha parte, mas isso já não me agrada.

Em relação à situação da divisão de Divas, ela esta indo tão bem que a rivalidade que gerou a luta da Eliminations Chambers foi feita no Raw Active que são alguns vídeos que ficam no site da WWE com os bastidores da Raw, mas a cena que me chamou mais a atenção foi durante a luta entre Kaitlyn e Tamina, foi o momento em que aparece todas as divas assistindo as duas lutarem e todos percebemos que a sala esta praticamente vazia, já que o numero de “Divas” e mínimo e qualidade também.

A atual Divas Champion Kaitltyn não e das piores, tem um bom carisma e presença, mas precisa melhorar sua técnica em Ring, a única da divisão que se salva nesse quesito e a Natalya que esta com mais uma gimmick ridícula como acompanhante do Great Khali, gostaria de vê-la novamente com aquela gimmick destruidora da época em que ela e Beth Phoenix formaram o Divas of Doom, por sinal Beth Phoenix estava fazendo muita falta a divisão, porque não vejo nesse momento adversária para campeã depois de terminar a rivalidade com Tamina Snuka, já que as outras heels da companhia são muito fracas em todos os aspectos, no caso estou falando de Rosa Mendes e Aksana.

Outra observação importante e que a Diva de maior destaque na WWE praticamente não luta, claro que estou falando de AJ, que acredito poderia esquentar pouco os rumos da divisão tendo uma boa feud com Kaitlyn, já que as duas já têm histórias juntas no passado, agora outra questão também e a WWE dar mais tempo de televisão para as divas, tanto nas lutas como para desenvolver as feuds, e urgentemente contratem ou pega algumas lutadoras da NXT que lá existe alguns bons nomes como Paige e Audrie Marie, pretendo mais para frente fazer um artigo somente sobre o NXT e o futuro da divisão feminina da WWE, sei que alguns das pessoas que ajudam o fórum já falaram com muita propriedade sobre o assunto, mas gostaria também de expressar minha opinião. Outra coisa que me preocupa e que a WWE continua a procura de modelo pelo Divas Search ao invés de ir atrás de bons nomes do circuito independente, sei que alguns bons nomes saíram dessa Divas Search como, por exemplo, Michelle Mccool, Eve mas em sua maioria são somente modelos,dando bem mais trabalho para a WWE treinar essas pessoas inexperientes, do que já pegar alguém que faça parte das Indys e que lute com certa frequência.

A TNA já possui uma divisão mais estruturada, apesar de ainda sofrer com o número de Knockouts, denominação utilizada pelas wrestlers que lutam na companhia, que por sinal uma expressão bem mais interessante quando se trata do assunto. Na divisão possui grandes Wrestlers que passaram pela WWE e fizeram história como Mickie James, Gail Kim e Tara (Victoria), a Miss Tessmacher também fez parte da WWE, mas não entro nesse grupo já que a atuação dela foi bem discreta e só melhorou sua capacidade no ring na TNA e digo hoje que acho-a uma boa wrestler com um grande Carisma, A Total Non Stop Action dar um pouco mais de destaque a divisão, em quase todos os Impacts acontecem lutas e com um bom tempo de duração por volta de 10 a 12 minutos, só acredito que as feuds podem ser mais bem desenvolvidas, mas esse não e um problema somente das Knockouts e um problema de várias divisões dentro da TNA, já que mesma só possui um programa de 2 horas, tendo pouco tempo para formatar uma feud na divisão, vamos torcer que com essa diminuição do numero de PPV`s isso seja resolvido, já que me parece que essa foi a principal intenção da Presidente da TNA Dixie Carter.

Como Já havia falado a divisão sofre com também o pouco número de Wrestlers, com a saída de alguns nomes a divisão acabou ficando mais enxuta, atualmente possuindo somente 8 Knockouts, só que parece que Dixie Carter já planeja resolver essa questão contratando mais alguns nomes, eu particularmente gostaria de ver a Shanna, The Blossom Twins e a Alpha Phemale, acho que com essas contratações a TNA resolveria o problema do número e ainda aumentaria a qualidade do produto.

Atualmente o Women’s Knockout Champion estar nas mãos de Velvet Sky que era uma Wrestler das Indys e pode ser considerada uma aposta da TNA, Além dela também temos ODB, Madison Rayne e Taeler Hendrix, eu particularmente estou bastante otimista quanto ao futuro da Divisão na TNA, e me empolga que o booking vem se preocupando em dar tempo de TV para a divisão. Não preciso nem comentar que o Knockouts Tag Team Champion tem que acabar, já que um homem também e detentor desse titulo e não tem razão para o mesmo existir já que não e defendido.

Agradeço a atenção e pretendo nos próximos artigos tratar sobre vários assuntos em relação ao mundo do Wrestling Feminino. Até a próxima!

Sobre o Autor

- Escritor do artigo “Wrestling For All”.

9 Comentários

  1. GJD - há 4 anos

    Bom artigo.
    A situação da Wwe com lutadoras para mim está indo a caminho do fim, não porque não existe boas lutadoras , mas porque a companhia não liga, tem grandes lutadoras no Nxt mas não pensa em promover, tem grandes lutadoras nas indys e em empresas de wrestling feminino , mas prefere buscar modelos para treinar desde o inicio que muitas vezes não chegam a lugar nenhum, poderia dar para elas gimmicks interessantes mas preferem usá-las como namoradas de lutadores, tem tempo de sobra para desenvolver uma feud pelo Divas champion mas prefere dar tempo para Mof, 3mb , sqush match do que um segmento e uma luta para elas.
    A Tna tem alguns erros seria interessante conseguir que uma Tv transmitisse o Ovw , pela falta de tempo muitas lutadoras ficam um grande tempo fora da Tv ,o fim do Knockouts Tag Team Champion está demorando muito .

    • valugi - há 4 anos

      Obrigado Gjd, eu sou o escritor do Artigo, me preocupa que a wwe continue incentivando o Divas Search, não e porque tem a Sara Del Rey como treinadora que irar transformar modelo em profissional, A sara seria muito util para dar experiencia a Wrestler que já estão no Circuito independente.

  2. FábioVaz - há 4 anos

    Oh, vedjo que fizestes um artigo sobre a divisao feminina assim como o Tap Out… muito bom

  3. FábioVaz - há 4 anos

    Quanto ao seu artigo, em relação à WWE, foi basicamente o mesmo assunto que referi no meu artigo e concordo plenamente com o que disseste.

    Quanto a TNA, a tempos vem sendo melhor que a WWE no que toca ao Wrestling Feminino. Vamos ver se Shanna entra por la

    • Valugi - há 4 anos

      Sim Fabio Vaz, eu ja tava com o artigo pronto a mais de uma semana, inclusive já havia enviado para o Guilherme, mas quando vi o seu artigo pensei em mudar, mas como aepsar das semelhanças tinha algumas diferenças decidi ainda assim posta-lo, por sinal o seu artigo esta muito bom, mostra como chega a ser consenso a atual fase da divisão feminina na WWE.

  4. danielLP21 - há 4 anos

    Eu não faço parte do grupo de pessoas que diz que a Divisão de Divas devia acabar. É verdade que a WWE não quer saber daquilo para nada, mas como eu já tinha dito, acho que seria uma falata de respeito a todas as mulheres que já lutaram Wrestling na WWE, ainda que na altura dele houvesse uma Divisão Feminina e não uma Divisão de “Divas” ( já agora, este nome também me irrita). Além disso, acho que seria um retrocesso, como se fosse voltar atrás… Trish Stratus, Lita, Mickie James, Mae Young, The Fabulous Moolah, Jazz, Victoria, Beth Phoenix, a própria Natalya… Merecem mais respeito do que acabar assim com esta divisão, mesmo que não valha nada na actualidade.

    • valugi - há 4 anos

      Daniel eu também não acho que deva acabar e acredito que a wwe não vai fazer isso, mas só acredito que tenha que melhorar ao inves de ir atras de modelos vão atras de Wrestlers de verdade nas indys tem varias com grande qualidade e com a Sara Del Rey treinando a tendencia e so melhorar, mas esse não e o caminho que a wwe queira seguir apesar de ter contratado algumas wrestlers, por isso que nem vejo com tão maus olhos a vinda da rosita dentro do atual roster ela seria bem melhor que muitas ali.

  5. Victor Ferreira - há 3 anos

    Vou fazer uma análise do roster atual das divas dando notas e dando minha opinião sobre elas, quais Lutadoras do NXT poderiam subir ao roster principal e quais retornos eu gostaria que acontecesse.

    AJ Lee – Uma boa diva da PG Era, vende bem os golpes das suas oponentes mas seu golpe é só a submissão “Black Widow” e alguns chutes. Ela deveria adicionar mais golpes em seu moveset para se tornar uma digna Divas Champion. NOTA 8

    Aksana – Não acho Aksana péssima em ringue, ela até consegue mostrar algo e é melhor que Kelly Kelly, Cameron e Rosa Mendes, mas ainda é muito pouco e ela precisa melhorar. Usa como finisher um “Spinning spinebuster” mas ela nunca vence uma luta então não usa o golpe. NOTA 5

    Alicia Fox – Alicia é, em minha opinião, uma das melhores que la estão, luta muito bem mas não consegue um push de jeito nenhum, as vezes luta como face e as vezes como Heel (Vale lembrar que quando Kaitlyn perdeu o titulo no Payback ela foi consola-la mas depois acabou se aliando a AJ Lee). Usa como finisher um “Scissor Kick” que aplica muito bem. NOTA 7

    The Bella Twins – Essas duas só conseguiram seus empregos de volta porque namoram os dois principais lutadores da WWE (Brie/Daniel e Nikki/Cena). Não são boas lutadoras e as vozes chatas grossas pioram tudo e sempre ganhando lutas com o “Twin Magic” que trocam de lugar uma com a outra que ja está a ficar enjoativo. O finisher “Bella Buster” é somente um “Facebuster” que Nikki Bella “nocauteou” Beth Phoenix em uma luta não titulo. NOTA 3

    Cameron – Acho que essa deveria ser somente manager de Naomi e Tons of Funk, porque no ringue ela não serve pra nada, nem para fazer tag em uma luta de Tag Team ela consegue. NOTA 1

    Kaitlyn – Certamente Kaitlyn é uma boa lutadora powerhouse que melhorou muito desde seus tempos no NXT até a feud com Eve e até agora, seu moveset é bom e o finisher “Spear” ela aplica bem. O ponto negativo em Kaitlyn é que ela apanha muito, em suas lutas com Eve Torres e Nikki Bella ela só apanhou. NOTA 7

    Layla – Esta desde que perdeu o Divas Championship está deixando a desejar, começou o ano a “jobbar” duas vezes para Tamina Snuka e vencendo Aksana por Roll-up. Layla tem potencial sim, é só assistir as lutas de quando ainda era Divas Champion e verás. Seu moveset consiste em um “Diving Crossbody”, errar um chute e acertar outro (que na maioria das vezes sai um Botch) e uma “bundadinha” sem graça. Seu finisher é um “Roadhouse Kick” que aplica bem NOTA 6

    Naomi – A melhor lutadora da WWE atualmente, espero que largue os dois gordos e a baixinha e entre em feud com AJ pelo titulo das divas.Um moveset muito bom e esta sim sabe dar uma bundada (Brie Bella sabe do que estou falando). O seu finisher é o “Crossbody” que apesar de simples ela aplica muito bem. Sem reclamações de Naomi. NOTA 10

    Natalya – A segunda melhor lutadora da WWE. Mas é melhor como Heel, porque Graças a Deus parou de andar com o gigante e o anão. Só tenho a criticar que é muito bruta e não vende muito bem os golpes das oponentes. Seu finisher é o famoso “Sharpshooter” que passou de geração a geração pela Hart Familly. Destaco também aquela submissão que não sei o nome, onde ela põe a oponente de cabeça para baixo e puxa seus braços (era usada também por Beth Phoenix). NOTA 9

    Rosa Mendes – Uma Cameron da vida. Não tem talento algum e pelo tempo que está na companhia ja devia ter aprendido alguma coisa, mas só que saber de baderna e cachaça então vai ficar de manager de Primo & Epico pelo resto da vida. Só não dou nota 0 porque ela vendeu bem um “Mickie DT”. NOTA 1

    Summer Rae – Está não tem nada de interessante em ringue, parecendo bastante com a Maryse, mas é muito boa como manager com suas expressões. Mas lutar que é bom nada, espero que fique somente como manager de Fandando. NOTA 3

    Tamina Snuka – Também uma boa lutadora, mas tem o mesmo problema que Natalya, é muito bruta, em seus combates parece que vai lesionar a oponente, mas esta vende bem os golpes das outras e o magnifico “Superfly Splash” que aplica com perfeição a deixa numa boa imagem. Só que ela não é bonita e se lesiona muito. NOTA 8

    Gostaria que Paige e Bayley subissem ao roster principal esse ano, por serem boas lutadoras, Paige é certeza que sobe mas Bayley é a “jobber” feminina do NXT então pode demorar um pouco para esta subir.

    Nos retornos, Beth Phoenix e Kharma seriam bem vindas por suas qualidades em ringue, e gostaria de ver Maria Kanellis denovo porque mesmo sendo fraca em ringue transborda carisma e tem uma Theme Song legal.

  6. Torrie Wilson - há 2 anos

    Maria Kanellis e Michelle Mcool volteem !

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador