Existem 2 vagas na Equipa do Wrestling PT para publicar notícias. Contacta-nos!

Wrestling For All #15 – Divisão Feminina da WCW

Antes de falar sobre o tema do artigo venho pedir desculpa a todos os que acompanham esse artigo semanal, as últimas duas semanas foram bem corridas tanto na minha vida pessoal como profissional, mas agora trago um tema muito pouco explorado nos sites de Wrestling.

Eu venho nessa semana falar sobre a divisão Feminina da WCW, muitos não se lembram, mas a mesma surgiu por volta do ano de 1996 e só foi acabar com a falência da WCW, apesar de que a maior parte desse anos a divisão ficou sem título.

O WCW Women´s Champion surgiu em 1996 e para se definir a primeira campeã aconteceu um torneio que tiveram 8 mulheres participando, para no final ser vencido pela Wrestler Japonesa Akira Hokuto que reteria o título por 168 dias, na verdade essa foi a principal característica da WCW, ela importou para representar a divisão varias Wrestlers Japonesas e algumas Americanas, mantendo inclusive um bom nível de Wrestling, passando inclusive o da WWE na época que tinha uma divisão Feminina praticamente inexistente.

O título seria abandona com a volta de Akira para seu país de origem, dando inclusive uma pausa na divisão, com o retorno alguns meses depois com a parceria entre uma empresa de Wrestling Japonesa conhecida como GAEA Japan tendo uma Wrestler de lá conhecida como Devil Masami ter conquistado o título que menos de 1 dia depois seria novamente extinto pela quebra de parceria entre as duas empresas.

A divisão iria continuar até o fim da WCW com alguns bons nomes como Bull Nakano, Allundra Blayze, Torrie Wilson, entre outras que fizeram alguma história no Wrestling Feminino, a seguir irei citar alguns nomes de maior destaque da história da divisão feminina da WCW.

AKIRA HOKUTO

Akira é considerado uma das Wrestlers mais importante da história do Wrestling Feminino Japonês, mas para isso ela teve que percorrer um longo caminho estreando antes dos 18 anos de idade na All Japan Women’s Pro-Wrestling (AJW), onde no seu primeiro ano ganharia Rookie of The Year, no ano seguinte seria a campeã Junior da Companhia e também participou da luta do ano de 1986 da AJW.

Com esse crescimento em 87 ganharia o principal cinto de Tag Team da AJW junto de Yumikko Hotta, em uma das lutas que definiriam o futuro do título Akira quebrou o pescoço quando levou um Tombstone Piledriver no topo da corda, e mesmo assim continuando a luta, tendo ganhado a fama de uma excelente Worker, nos anos seguintes continuaria lutando, tendo de se destacar uma luta que fez no ano de 1993 quando participava do Dreamland, uma espécie de torneio dos sonhos do Wrestling Feminino, com varias companhia a participarem do mesmo, ela teve uma luta com Kandori que ganhou classificação de 5 estrelas do critico Dave Meltzer e considerado por muitos uma das melhores luta da história do Wrestling Feminino.

Continuou competindo com os melhores nomes do Wrestling Japonês até se casa com o Wrestler Mexicano Antonio Medina Gomez, mais conhecido como Mascara Negra, lá ela participaria da CMLL ganhando o titulo feminino da companhia tendo mantido por 2 anos, até se separar de Medina e voltar para o Japão onde faria sua despedida da AJW em uma luta contra Manami Toyota que durou cerca de 21 minutos.

Em 1996 Akira Hokuto faria sua estreia na WCW no PPV WCW World War 3, tendo como manager Sonny Onoo ela se uniu a Bull Nakano e derrotou Cutie Suzuki e Mayumi Ozaki, tendo repetido a luta no Nitro obtendo o mesmo resultado, outras lutadoras Japonesas vieram para o Estados Unidos de modo que pudessem competir pelo título feminino da WCW.

Akira participou do torneio com seus 2 personagens,  com Akira Hokuto e Reina Jabuki personagem que usava na CMLL, com Jabuki perdeu para Madusa na primeira rodada, mas como Akira foi campeã enfrentando a mesma Madusa na final realizada durante o Starrcade, a mesma viria a defender o título varias vezes, sendo a ultima defesa novamente contra Madusa em uma Carrer vs Titulo, tendo ganhado a luta fazendo Madusa se aposentar, nesse ponto acho que a WCW errou já que logo depois Akira voltaria para o Japão e o titulo seria extinto, realmente uma pena já que a divisão até demonstrava potencial devido aos grande nomes que lá estavam, Akira só teve essa pequena passagem pelo Wrestling Americano, uma grande Wrestler que fez história no seu país e ficou conhecida como a Wrestling que desafia a dor, devido a inúmeras lutas que fez lesionada.

Cutie Suzuki & Mayumi Ozaki vs. Bull Nakano & Akira Hokuto WCW World War 3

MADUSA

Dos nomes que vou citar provavelmente essa seja a mais importante nome da divisão Feminina da WCW, considerado um dos nomes mais importantes da história do Wrestling Feminino, Debrah Miceli uma America descendente de Italiana começou a competir no Wrestling em meado dos anos 80, e surpreenderia a todos quando em 88 conquistaria o cinturão da AWA e conseguiria se tornar a primeira mulher a ser Rookie of The Year pela Pro Wrestling Illustrated, após essa nomeação ela logo seria contratada pela All Japan Women’s Pro-Wrestling, sendo a primeira estrangeira a lutar por lá.

No tempo que ficou no Japão desenvolveu seu Wrestling de modo bastante surpreendente, também treinou Muay Thai, kickboxe e boxe, na companhia conseguiu ganhar o IWA Women’s title de Chigusa Nagayo, ainda nessa época venceria Luna Vachon em Hair vs Hair Match, com Micelli e seu parceiro Eddie Gilbert derrotarem Luna e Cactus Jack.

Em 1991 Micelli seria a manager do grupo Dangerous Alliance formado por Paul E. Dangerously, ela ajudou principalmente Rick Rude, ela seria expulsa do grupo por Paul em 1992 no Halloween Havoc, derrotando Paul no Clash of The Champions

Logo após curta passagem pela WCW, em 1993 ela iria para a WWF e reativaria o título Feminino que estava abandona desde de 1990, ela estreou com o nome Allundra Blayze, já que Vince não queria usar o nome Madusa, ela lutou six-woman tournament tendo ganhado de Heide Lee Morgan na final.

Blayze pediu para a WWF trazer mais nomes para ela rivalizar, a mesma trouxe Bull Nakano uma lenda do Wrestling Japonês, as duas rivalizariam nos meses seguintes com Allundra derrotando Nakano no Summerslam, mas perdeu o cinturão para a Wrestler Japonesa no Japão, tendo recuperado o título 5 meses depois, após recuperar o título ela seria atacada por Bertha Faye ficando fora por alguns meses, em Outubro de 1995 ela recuperaria o título, mas devido a problemas financeiros da WWF, eles dispensariam Blayze e o título seria novamente destituído, a companhia Rival WCW aproveitou e contratou Allundra.

E como grande estreia Micelli chegaria em um segmento jogando o título Feminino da WWF no lixo, a mesma depois se arrependeu desse ato, inclusive dizendo que foi Eric Bischorff que a coagiu a fazer isso, a WCW visando possuir uma divisão Feminina forte contratou Bull Nakano, lembrando da rivalidade que as duas haviam tido, Micelli usaria o nome que mais marcou sua carreira o de Madusa, as duas lutariam em uma Hog Wild que ficou marcado com a melhor luta feminino daquele ano em empresas Americanas, inclusive com Madusa a destruir a motocicleta de Nakano.

Madusa era franca favorita a ganhar o título da WCW, mas Bischorff surpreendeu a todos e deu o título a Akira Hokuto, uma talentosa Wrestler Japonesa, depois a duas lutaria de novo com Madusa a perder novamente e se “aposentar”.

A aposentadoria era temporária e em 1999 ela voltaria a WCW fazendo parte da equipe de Randy Savage o Team Madness junto com Gorgeous George e Miss Madness, após o fim do Team Madness voltaria a lutar, fazendo parte de mais um torneio só que dessa vez sendo eliminado na primeira fase por Karagias.

Em 2000 Madusa teria uma rivalidade com Oklahoma, onde sairia derrotada, nessa altura a mesma queria ajudar as novas estrelas inclusive treinando Nora Greenwald (Molly Holly) entre outros nomes, já com a WCW perto da falência teria uma feud com Torrie Wilson e Shane Douglas perdendo, quando soube que a WWF havia comprado a WCW preferiu se aposentar devido a um desentendimento passado que teve com Vince dizendo que a divisão feminina de Wrestling era menos Wrestling e mais Bra and Panties Match.

Madusa vs Bull Nakano-Bike Match:

BULL NAKANO

Keiko Nakano começou cedo no Wrestling, com 15 anos já competia pela All Japan Pro-Wrestling (AJW), tendo vencido o campeonato Junior da companhia com 16 anos em 1984, se tornando um fenômeno no seu país natal, devido a seu estilo ela ficou conhecida como Bull Nakano,em 1985 venceria o AJW Championship tendo um reinado que durou 3 anos, após isso se juntou a sua mentora Dump Matsumoto ganhando o título de Tag team da companhia.

Durante os anos seguintes foi ganhando os cinturões mais importantes da companhia, inclusive o WWWA World Heavyweight Championship retendo o mesmo por 3 anos, só sendo derrotado pela lendária Aja Kong, depois disso iria para o Mexico competir na CMLL sendo a primeiro World Women’s Champion, perdendo o titulo em Março de 1993.

Logo após a rápida passagem pela companhia Mexicana, iria para WWF onde estrearia contra Allundra Blayze como se tivesse sido trazido por Luna Vachon, Allundra e Nakano teriam uma feud marcante com Blayze que saiu vencedora no final, a WWF havia planejado outras feuds para Nakano, mas ela foi encontrada em posse de Cocaína sendo demitido da WWF.

Após a saída da WWF iria participar de um evento da New Japan Pro Wrestling event em Pyongyang que teve 150.000 espectadores tendo uma luta com Akira hokuto e Bull Nakano contra Manami Toyota e Mariko Yoshida, simplesmente 4 dos maiores nomes da história do Wrestling feminino Japonês, após essa luta ela assinaria com a WCW vindo a fazer parte do WCW World War 3.

Madusa novamente teve uma feud com Nakano que gerou varias grandes lutas, inclusive com Madusa a dizer que Nakano foi sua melhor Rival e que tinha um grande talento sendo a pessoa que teve as melhores lutas da sua vida.

Ela viria fazer algumas lutas casuais ao longo dos anos, mas somente em 2012 faria sua despedida em um evento com várias de suas antigas adversárias, mais uma lenda do Wrestling Japonês.

Allundra Blayze (Madusa) vs Bull Nakano: http://youtu.be/Jexq1O08oTI

TORRIE WILSON

Dos nomes citados e a pior em ringue, mas provavelmente e o nome da divisão feminina formado na WCW que ficou mais conhecido pelo grande público, principalmente por sua beleza e suas diversas capas na Playboy, eu particularmente não gosto de destacar esse tipo de Wrestler, mas sinceramente em comparação a algumas wrestler que temos atualmente na WWE a Torrie se sairia bem e sendo o nome mais conhecido dos que citei aqui não podia deixar de fora.

Após ter problemas na adolescência com Bulimia, devido a perca de peso excessiva para tentar ser modelo, foi para o fitness conseguindo boas posições em concursos , o modo como ela chegou na WCW foi bastante engraçado,  Torrie estava com seu namorado nos bastidores da WCW, ela foi convidada a entra junto com Scott Steiner, Nash também se mostrou interessado em ter uma história com a mesma, ela estreou como Samantha e foi trazida pela NWO para seduzir David Flair e fazer o mesmo ficar contra o pai Ric Flair , com isso David traiu seu pai eletrocutando ele com um taser, David e Samantha sumiriam por um tempo quando Ric Flair tirou o título de Holywood Hogan.

Torrie Voltou acompanhando David Flair sendo a manager dele ajudando o mesmo a ganhar o WCW United States Heavyweight Championship de Dean Malenko, a mesma se envolveu em várias histórias com Billy Kidman, Eddie Guerrero, sempre sendo a motivação das brigas, na WCW ela foi um personagem importante na criação de Storylines, mas dificilmente lutava e quando se envolvia nela eram mais mixed Tag Team.

Na WWF Torrie Wilson foi parte da Invasion como parte da Alliance, lutaria junto de Stacy contra Trish e lita, as duas seriam derrotadas no PPV invasion, apesar da falta de experiência no ringue começou a treinar com outras Wrestler melhorando cada vez mais, sairia da Alliance após brigar com Kieber por causa de Tajiri, Torrie era um dos nomes que recebia mais pop do público na divisão Feminina.

Na WWE teve feud com varias Wrestler umas das mais marcantes foi com Dawn Marie que chegou a envolver o Pai de Torrie que morreria (Kayfabe) depois de se casar com Marie, a feud durou 9 meses e foi muito bem trabalhada, inclusive com Torrie apostando sua carreira, ganhando todas as lutas que vieram a seguir contra Marie. .

Após essa feud teria outras feuds com nomes como Victoria, Trish, Ashley, Sable, entre tantas outras que fizeram parte do roster da WWE até 2008 quando ela foi liberada pela WWE.

Torrie Wilson vs Paisley: http://youtu.be/3MIq8k7Incg

Perguntas

O que vocês acham que faltou para a divisão Feminina na WCW funcionar?

Quais nomes da divisão Feminina que vocês gostariam de ver na Alliance? E quem sabe até virar Wrestler frequentes no Roster.

O que você achou das escolhas do artigo?

Sobre o Autor

- Escritor do artigo “Wrestling For All”.

1 Comentário

  1. GJD - há 3 anos

    É um assunto pouco falado. Acho que a Wcw errou na organização da empresa não mantendo um plantel fixo

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador