Wrestling For All #24 – Total Divas: Wrestlers ou Atrizes?

Wrestling For All #24   Total Divas: Wrestlers ou Atrizes?

Como falei na semana passado, no artigo dessa semana iria falar sobre o novo programa da WWE, o Total Divas é um programa estilo Reality Shows que tem como objetivo acompanhar algumas divas da WWE, que em geral que não estão a ter destaque na programação normal, o programa vem sendo transmitido no canal E!, que em sua grade possui vários programas do estilo, o que ninguém esperava é que o Total Divas tivesse o audiência tão grande como vem tendo, até o momento já foram transmitidos 4 episódios do programa, mas a WWE já confirmou uma segunda temporada.

A ideia e até interessante já que muitas pessoas que acompanham o Wrestling tem curiosidade para saber o que os seus superstars favoritos fazem nos seus dias de folgas, e como funciona nos backstages da arena, apesar de muita coisa ser combinada, a autenticidade de algumas situações faz você se perguntar se aquilo não é real mesmo. O maior exemplo são as Bellas Twins que apesar de serem gêmeas, são totalmente diferentes enquanto Brie Bella parece ser mais simples e calma, a Nikki é mais vaidosa e até mais “patricinha”, se esse o adjetivo que possa defini-la, por sinal vale salientar que apesar de todas que participam do programa terem seus momentos, claramente as duas principais são as Bellas Twins, isso se deve também ao relacionamento que Brie tem com Bryan Danielson e Nikki com John Cena dois dos principais superstars da atualidade.

Atualmente o roster do total Divas e composto pelas Bellas Twins, Nattie (Natalya), Ariane (Cameron), Jo Jo, Eva Marie e Trinity (Naomi), você vê que os nomes são os que não vem tendo destaque na divisão feminina, tendo em vista que quem vem disputando o título são Aj Lee, Kaitlyn e até Layla que vem se envolvendo nessa história.

O título desse artigo se justifica porque o que você ver menos no programa é Wrestling, mesmo sendo o principal produto, raros são os momentos que você ver algumas das participantes treinando, se não fosse por Natalya então era praticamente zero, vale destacar que Natalya passa a impressão de ser a Mãezona da divisão de Divas, sempre ajudando as outras, a seguir vou citar os pontos positivos e negativos do programa e como ele podem vim a influenciar no futuro da divisão Feminina.da WWE.

PONTOS NEGATIVOS

Wrestling For All #24   Total Divas: Wrestlers ou Atrizes?

– Primeiro de tudo o programa é ruim, eu particularmente odeio esse tipo de modelo dos programas de Reality Shows, que mostra o acontecimento e a pessoa comentando sobre ele como se ninguém visse em um cenário diferente, e o pior que isso e repetitivo em todo o programa no mesmo cenário dando a ideia de falsidade das cenas, mesmo com o bom trabalho das atrizes ou Wrestlers.

– Esse eu  já falei, mas vou explicar melhor aqui, é o Wrestling? Sei que o programa e focado na vida pessoal, mas acho que seria interessante ver um pouco dos treinamentos de todas, se não fosse por Natalya e em alguns momentos pelas novas divas que treinam no território de desenvolvimento da WWE, o NXT, não teríamos Wrestling no programa, dar a ideia que as outras não o fazem, justificando o baixo nível das lutas que a divisão tem geralmente, muitas ali você poderia facilmente trocar por uma atrizes que não faria diferença, considerando que atuação também é importante no Wrestling, mas se não tiver a luta e mesmo que nada.

– Com o sucesso do programa é a boa repercussão que Jo jo e Eva Marie vem tendo, a WWE voltaria a investir mais em modelos, esquecendo das Wrestlers do circuito independente, lembrando que os dois nomes mais bem visto da divisão feminina na NXT (Paige e Emma) são proveniente do circuito independente, seria um grande passo para trás que a WWE continuasse a investir em programas como o Divas Search procurando modelos que não tem o mínimo de experiência em ringue, das mais de 20 Wrestlers que saíram desse tipo de programa só duas mostraram grande talento (Michelle e Eve), e as duas já tinham experiências passadas seja na área esportiva ou até mesmo em artes marciais.

– Devido ao sucesso do programa, a WWE decide apostar somente nas “Divas” que participam do programa, deixando de apostar em nomes como Aj e Tamina que já tem boa habilidade dentro do ringue, não veria problema em se apostar em Natalya, já que essa merece, mas já imaginou as Bellas com o título por muito tempo, tendo em vista que elas são as que têm mais destaque no programa.

– O nome do programa, na verdade odeio a definição de Divas, para mim esse tipo de nome e atribuído para cantoras Pops e me incomoda que a WWE ainda utilize a definição para a divisão feminina, e o programa só reforça essa definição já que ele mostra muitas vezes que tudo que elas não fazem é o Wrestling.

PONTOS POSITIVOS

Wrestling For All #24   Total Divas: Wrestlers ou Atrizes?

– No Total Divas, eles fazem questão de mostrar que a Divisão Feminina da WWE é forte, tem grande destaque na programação e muito apoio do público, quando todos sabem que isso não é verdade, então para atrair alguns novos telespectadores que só viam o total Divas, teriam que fortalecer a divisão Feminina, inclusive percebemos isso nas últimas lutas que vem tendo um nível pelo menos razoável, como foi Natalya vs Brie Bella no Summerslam, com isso eles poderiam pensar em subir bons nomes da divisão feminina da NXT, como Paige ou Emma, ou quem sabe contratar novas Wrestlers do circuito independente, ou até treinamento intensivo em algumas divas da atualidade de modo que melhore suas habilidades em ringue, temos vários casos nesse sentido na história da companhia.

– A atuação de todas as divas, já que elas fazem você acreditar que a maioria das histórias são reais, por exemplo, a história do Brodus Clay sendo grosso com Cameron, que na verdade aconteceu, então você fica confuso pensando será que a Cameron e tão chata? Será que as Bellas são tão diferentes?

– Push da Natalya, tendo uma mudança de personagem isso pode acontecer, já que podemos ver ela vencer Brie, acredito que tenhamos grande possibilidade de ela ser a próxima desafiante de AJ Lee no Night of The Champions, ninguém precisa falar de quanto ela merece esse destaque, já que de longe e a Wrestler mais técnica da divisão e sua prestação no Total Divas pode vim a facilitar esse push.

– Os segmentos com outros superstars, eu acho isso bastante interessante, inclusive os dos casais como Brie Bella e Bryan, Cena, entre outros, vale destacar também Sara Del Rey que aparece em alguns segmentos de treinos no território da NXT, dar saudades não vê-la mais em ringue.

Wrestling For All #24   Total Divas: Wrestlers ou Atrizes?

VÍDEOS

O artigo foi um pouco menor já que o programa ainda estar no seu inicio, como podem ver fiz alguns apontamentos que na minha visão podem afetar a divisão feminina da WWE segue abaixo os links de todos os programas feitos até o momento.

Total Divas 1:
Total Divas 2:
Total Divas 3:
Total Divas 4:

Sobre o Autor

Roberto Barros - Escritor do artigo “Wrestling For All”.

20 Comentários

  1. FranciscoAP diz:

    Nunca vi nenhum episódio desse belo programa mas mal tenha tempo não vou ver também. Acho hilariante haver tanta gente que se estava bem nas tintas para as Bellas Twins quando tinham um combate ou algo do género, mas agora que podem acompanhar o dia-a-dia delas de repente já é tudo muito interessante. É uma mentalidade um bocadinho triste, não?

    Bom artigo, Roberto. Continua

    • danielLP21 diz:

      “Nunca vi nenhum episódio desse belo programa mas mal tenha tempo não vou ver também.” Ahahahah

      O teu comentário é perfeito. Concordo plenamente contigo.

    • Coisa diz:

      “A ideia e até interessante já que muitas pessoas que acompanham o Wrestling tem curiosidade para saber o que os seus superstars favoritos fazem nos seus dias de folgas, e como funciona nos backstages da arena, apesar de muita coisa ser combinada, a autenticidade de algumas situações faz você se perguntar se aquilo não é real mesmo.”

      Se isso é ter uma mentalidade triste, o Brodus Clay é o gajo mais sexy do mundo!

      Graças ao programa dá para ver os problemas que nós não reparamos, dou o exemplo da Cameron ter vestido umas mamas falsas e ter ocorrido aquele problema…

      E mais triste é ver alguém como tu que admitiu não ver o programa, e chamar tristes a algumas pessoas que vêm o mesmo. Quiçá se fosses ver o programa às tantas até irias gostar, o que eu acharia hilariante.

  2. Miguel Silva diz:

    Bom artigo, Roberto!
    Eu vejo este programa quando tenho tempo simplesmente porque acho interessante ver os bastidores e um pouco da vida dos wrestlers, mesmo que o program seja determinado (mas no final de contas, o wrestling também o é).
    Concordo com tudo o que disseste por isso não vou acrescentar nada, apenas refriso que odeio o termo Divas, tal como tu.

    • Roberto Barros diz:

      Obrigado Miguel, sobre o programa venho acompanhando para ver se teremos alguma repercussão para a divisão feminina, no geral acho esses programas muito chatos

  3. Cameron diz:

    Por acaso, sigo o programa desde o início. Mesmo tendo algumas partes combinadas, gosto de ver o backstage da WWE, área que normalmente não temos acesso. Sempre odiei o termo Divas, parece que são só modelos quando a maior parte delas até sabe lutar mas quem tem a culpa do que vemos no ringue é a equipa criativa que aposta nos modelos em vez de nas lutadoras.

    • Roberto Barros diz:

      Sim Cameron a culpa é da equipe criativa que “pede” para contratar modelos, que não sabem lutar, mas o medo é que isso aumente ainda mais com programas como esse.

      • Cameron diz:

        Sim, e é um medo justificado! Que saudades da Lita e da Trish, da Mickie James e da Maria! Eu confesso que não dava muita atenção às Bella Twins até ver isto mas também já não vejo WWE há algum tempo, tenho de recomeçar :) mas bom artigo, realmente gostava de ver mais o como elas são treinadas!

  4. The Usos diz:

    Bom artigo, Roberto!
    Este programa é muito interessante como você disse, mostra a vida delas, não acho que deveria mostrar os treinamentos e de vez enquanto mostra o treinamento delas. Jo-Jo treinou com Eva Marie, Naomi treinou com Jimmy Uso. Treinamento é uma coisa que o público não quer saber. O programa é focado na vida delas.

    Passar bem, abraço.

    • Roberto Barros diz:

      Eu acho que ainda assim poderia mostrar mais, tanto os bastidores como os treinos, já que foram poucas as vezes que isso aconteceu, por exemplo, achei interessante quando eles mostraram as brincadeiras das Bellas com a Cameron, já que todos falam que nos bastidores esse tipo de brincadeira e bastante comum.

  5. MR Perfection André Santos diz:

    Roberto bom artigo e talvez faça mais alguma edição com este tema.

    Nunca vi o programa e se calhar nem vou ver, eu sou um fá dos antigos e sinceramente ainda nada me “puxou” para ver!Se a WWE não esperava por este sucesso? se calhar não, mas já vai haver uma segunda edição…então deve de ser mesmo bom…

    • MR Perfection André Santos diz:

      “Talvez faças mais alguma edição”

    • danielLP21 diz:

      “já vai haver uma segunda edição… então deve de ser mesmo bom…” Nada a ver. Tem muitas audiências, não quer dizer que seja bom.

      • Roberto Barros diz:

        Como o Daniel falou nem tudo que dar audiência é bom, se não todos os Big Brothers (Reality Shows) da vida eram bons porque sempre geralmente dão muita audiência, mas isso é outro assunto, como mostrei o programa tem seus pontos positivo, mas o que me interessa e como o programa vai influenciar na divisão feminina

      • MR Perfection André Santos diz:

        Pois…tem lógica!

  6. Carlosilva diz:

    Bom artigo Roberto.
    Concordo plenamente com o primeiro ponto negativo.
    Continua assim ;)

  7. Tunes9 diz:

    Bom Artigo, Parabéns. :)
    Eu gosto do programa e não tenho vergonha em admitir que vi os 5 episódios que deram até agora, sei que nem tudo é real, algumas coisas são ensaiadas, mas, maior parte é real, é um Reality Show, dá para saber melhor como as coisas funcionam nos bastidores, os trabalhadores e directores da WWE que não conhecemos, o que fazem os Superstars e as Divas fora da WWE e como são, fora de personagem, etc.
    Eu gosto do programa e acho interessante, quem quer vê, quem não quer não vê, ninguém é obrigado a ver, mas, ninguém tem de criticar e mesmo gozar com os outros que vem, são gostos, mas, isso já é normal na nossa sociedade, espero que continue a dar o programa, eu gosto!!!. :)

    • Roberto Barros diz:

      Eu particularmente não gostei do programa, mas aind assim apontei pontos positivos, todos tem liberdade de achar ele bom ou não, eu estou curioso para saber o quanto vai influenciar na divisão feminina e depois da promo da AJ, poderemos ter uma história interessante.

Comentar

Mudar avatar »

 online