Existem 2 vagas na Equipa do Wrestling PT para publicar notícias. Candidata-te!

Wrestling For All #26 – Homenagem à Knockouts Division

Uma homenagem ao Wrestling Feminino e assim que eu estou classificando o One Night Only Knockouts Knockdown, já que foi algo extremamente ousado vermos em uma das majors do Wrestling americano um PPV somente com lutas femininas, mesmo uma divisão que a TNA aposta, como é o caso da Knockouts Division, para um amante de Wrestling Feminino foi bastante prazeroso ver esse show, a seguir irei fazer uma analise sobre o mesmo, claro que nem tudo foram flores.

Esse One Night Only marcou a despedida de vários nomes que participam da divisão feminina da TNA, primeiro é mais importante Tara que durante todo o ONO teve um grande papel, a segundo foi a promessa Taelor Hendrix e por último e menos importante Brooke Hoogan que teve rápida aparição no começo do show desejando sorte e falando que a melhor mulher vença a competição.

Para minha sorte não foi muito diferente do que havia previsto, as Wrestlers convidadas que havia destacado no meu artigo anterior foram bem, principalmente Alyssa, Santana, Mia Yim e Serena Deeb, que durante a primeira fase tiveram boa prestação, o grande destaque negativo vai para os vídeos entre uma luta e outra, para que botar 15 minutos do seguimento de casamento da ODB com Eric Young, quando podiam ter acrescentado em alguma luta que precisava de tempo, também acho que alguns momentos mal escolhidos, como, por exemplo, o da Tara já que ela teve melhores momentos na TNA do que sua última conquista do Knockouts Champions, mas com certeza foi melhor do que a ODB, o outro ponto negativo foi o público da Impact Zone, bem como sempre morto, mesmo nos melhores momentos das lutas.

Nesse PPV o trio de ouro (Mickie James, Gail Kim e Tara) da divisão Feminina da TNA, fizeram um grande trabalho,  fazendo as melhores lutas e tendo grande destaque em todo o One Night Only, bem agora irei analisar cada luta, se você não gostar de spoilers, não leia o artigo.

GAIL KIM VS ALYSSA FLASH

Na previsão do PPV havia falado que essa luta tinha grande potencial de ser uma das melhores da noite, felizmente eu estava certo, foi realmente uma boa luta, era de se esperar que quando duas grandes Wrestlers estão em ringue, algo de bom vai sair, e fico feliz que tenha acertado, as duas tiveram uma boa química e não desvalorizou  Alyssa, que também esteve muito bem.

Como geralmente acontece, o atleta da TNA venceu, no caso Gail Kim, mas Alyssa, também conhecido no circuito independente como Cheerleader Melissa, mostrou toda sua técnica e capacidade para integrar a divisão feminina da TNA, a mesma esteve muito bem na luta, sabendo contar uma boa história e mesmo perdendo acredito que sai valorizado, TNA o que vocês estão esperando para contratar ela? Para mim a segunda melhor luta da noite, uma ótima maneira de abrir o show.

LEI’D TAPA VS IVELISSE

Eu havia falado que temia que essa luta fosse pior do que a do Gutcheck, mas felizmente isso não aconteceu, as duas tiveram mais tempo do que durante sua última luta, e até que não fizeram um trabalho ruim, não chega perto das melhores lutas do PPV, mas também não foi ruim, teve alguns bons momentos.

Primeiro para minha surpresa foi ver Ivelisse fazer uma entrada parecida como fazia na FCW quando junto com Paige formavam o grupo Antidivas, com a mesma a gritar para cima antes de entrar no ringue, e continuo com a opinião de que Ivelisse deveria ter sido escolhida, apesar de entender  a escolha de Tapa, já que é mais difícil achar atletas femininos que possam fazer monstros, mas Tapa tem que melhorar ainda mais seu Wrestling, ainda continuo cometendo alguns Botchs, vamos esperar para ver quando ela vai subir ao roster principal e quem sabe não veremos um pouco mais de Ivelisse dentro da TNA  no futuro.

TARA VS MIA YIM

Outra das grandes lutas desse PPV, uma das que teve a história mais bem contada, já que Mia Yim interpretava uma “Rookie” devido a sua idade e isso ficou bem claro na luta, quando nos primeiro minutos da luta Tara dominou a luta, como se Mia estivesse nervosa e achei isso interessante, ainda mais por se tratar de um show para uma noite.

A prestação das duas foram muito boas, a Tara dispensa comentários, como sempre chamando a atenção de todos para a luta, já Mia Yim pode mostrar um pouco do seu arsenal de movimentos, como tinha falado ela é uma das melhores High Fly do circuito independente e podemos ver ela utilizando um Lionsault e o finisher que tinha falado que iria impressionar algumas pessoas, que no caso é o Corkscrew Moonsault, algo bastante diferente para uma Wrestler de uma divisão feminina, as duas protagonizaram uma boa luta, não foi no nível da Gail, mas veio logo atrás.

Mia Yim também pode ser um nome interessante para a TNA, ela tem um bom look, e nova, só possui 23 anos e um arsenal de movimentos muito bom, a Gail elogiou ela durante a entrevista coletiva, seria um grande acréscimo a divisão feminina da TNA.

MISS TESSMACHER VS SANTANA GARRETT

Essa luta me surpreendeu, não pela qualidade da luta em si, mas sim pela qualidade demonstrada por Santana, a mesma demonstrou grande intensidade durante toda a luta e usou um arsenal de movimentos muito bom, que impressionou a todos, eu já sabia da qualidade da mesma, mas não esperava que ela fosse se sentir tão a vontade em sua primeira luta em majors, gostaria muito que ela tivesse lutado com outro nome, não que Tess seja ruim, a mesma evoluiu muito durante a sua passagem na companhia, mas nessa luta ela não esteve tão bem, apesar de vender os golpes muito bem.

Talvez botar Santana com Tara, Gail ou Mickie teria sido mais interessante, mas mesmo assim acredito que Santana pode mostrar o seu cartão de visitas para a TNA e como já havia previsto, foi bastante interessante ver o finisher dela o Handspring Moonsaul, quem ver vai perceber a criatividade do mesmo.

Para quem acompanha o circuito independente, causou estranheza a Santana fazendo papel de Heel, já que desde de sua estreia sempre foi face, mas mesmo assim mostrou bom trabalho e com certeza merece uma chance na TNA, bem a divisão nunca precisou tanto de nomes, estar ai mais um que com certeza acrescentaria.

ODB VS TRINITY

Essa foi com certeza a pior luta da noite, na verdade não tinha grandes expectativas para a mesma, mesmo assim não esperava que fosse tão ruim, Trinity estava totalmente fora de forma em relação ao Wrestling, não que fisicamente esteja ruim, pelo contrario para quem já passa dos 40 esteve muito bem, mas dentro de ringue mostrou que realmente fazia tempo que não lutava, o que é bem verdade já que ela não o fazia desde de 2007.
ODB também não ajudou, foi uma luta sem química e sem história, a luta que deu sono e só obteve reação do público devido ao carisma de ODB, quem não quiser assistir essa luta, não estará perdendo nada demais.

HANNAH BLOSSOM VS SOJO BOLT VS TAELER HENDRIX

Essa partida foi das Wrestlers que fazem parte da OVW (Território de desenvolvimento da TNA) e como havia previsto a mesma criaram uma química bastante interessante, tanto antes da luta como durante a mesma, já que em ringue estava 2 personagens Heel (Sojo e Taeler) contra 1 face (Hannah), as duas se aliaram para derrotar Hannah, mas como normalmente em alianças nesse tipo de luta, nunca acaba bem e foi o que aconteceu, Taeler e Sojo brigaram e deram a oportunidade para Hannah vencer a luta.

Na verdade era esperado, tendo em vista que as Blossoms fizeram parte do British Boot Camp e estão no território de Desenvolvimento, as outras duas tiveram boa prestação, principalmente Taeler que teve o apoio do público,  foi uma luta interessante e que vale a pena ser assistida, com a diminuição do roster seria uma boa oportunidade para estreia da irmãs Inglesas.

JACKIE MOORE VS TARYN TERRELL

Como o Daniel falou em um comentário em meu último artigo, essa luta poderia misturar a experiência de Jackie com o valor de Taryn e realmente foi assim que aconteceu, apesar de não ter sido uma grande luta e não ter ficado no meu top 3 desse ONO, foi uma boa luta, impressionante que Jackie já chegando nos 50 ainda lute em um nível aceitável.

Na verdade para quem não havia visto os Spoilers, ninguém esperava a vitória da Jackie, tendo em vista que a mesma não faz parte do roster da TNA, enquanto Taryn faz, acredito que a TNA deu vitória para Jackie em homenagem a história da mesma dentro da companhia, só fiquei decepcionado com o modo que acabou.

VELVET SKY VS JILLIAN HALL

A Jillian saiu da WWE, mas a WWE não saiu dela, seu personagem continuou, ela continua a cantar de modo bastante “afinado” antes das lutas, foi engraçado a rima que ela criou, a luta não foi boa, mas também não foi ruim, a classificaria como mediana, como esperado Velvet venceu a luta e se qualificou para a Gauntlet Match.
Foi uma pena não ver Jillian usar o 450 Splash, tudo bem que ela não usa o golpe há algum tempo, mas a esperança era a última que morre, sinceramente não vejo como Jillian acrescentaria ao roster, mesmo não sendo uma Wrestler ruim, não seria a opção mais adequada.

MICKIE JAMES VS SERENA DEEB 

This is Awesome! This is Awesome! Foi assim que o publico reagiu a essa luta, sinceramente em minha opinião a melhor luta da noite, Serena Deeb mostrou estar em grande forma e a luta contou uma história bem interessante em pouco tempo, tendo em vista que as duas personagens agiam como faces, mas com o passar do tempo e com a vantagem que Mickie adquiria na luta e também o apoia da torcida,  Serena faria o Heel turn durante a luta, pode parecer estranho, mas não é, quem assistir a luta vai entender o que estou falando.

Particularmente gosto muito de Mickie como face, apesar de estar fazendo um grande trabalho como Heel, e a química que ela teve com Serena nessa luta foi sensacional, esperava uma grande luta, mas não esperava que Serena voltasse tão bem, mais uma Wrestler que também acrescentaria ao roster feminino da TNA, apesar de que atualmente ela esteja no Japão, não  é impossível que possamos ver ela na TNA em um futuro próximo

GAUNTLET MATCH

Depois dessas lutas da primeira fase, as vencedoras de cada luta participariam da Gauntlet Match, para quem não conhece e bem parecido com o Battle Royal, só que possui uma diferença de que as duas últimas pessoas que estão no ringue podem terminar a luta por Pin ou Submission.

As duas primeiras dentro do ringue foram Gail Kim e Hannah Blossom, com a segunda a ser rapidamente eliminada, inclusive antes da outra participante entrar, acho que Hannah poderia ter durado mais, depois disso veríamos a grande valorização que a TNA fez nesse momento com Tapa, que entraria em ringue e tentaria acabar com Gail, Tara veio para ajudar e mesmo tendo alguns momentos de vantagem, Tapa prevaleceu novamente, Mickie James entrou também ganhou uma vantagem, mas Tapa novamente teve um momento de destaque contra o “Trio de ouro”, logo após ela seria eliminada.

Essa Gauntlet foi muito bom, valorizou feuds antigas como Tara x Tess, ODB vs Jackie, entre outras, bem quem vocês acham que foram as três que ficaram até o final? Como falei o trio (Mickie James, Gail Kim e Tara), foram a que mais trabalharam e que melhor o fizeram durante o ONO Knockouts Knockdown.

O final foi bem surpreendente, não por Gail Kim ter vencido Mickie James, já que Gail merece esse título mais do que qualquer outra, devido a sua história dentro da companhias, mas  o modo como aconteceu foi bem interessante, na verdade bem estilo o atual personagem de Gail, a mesma fingiu se lesionar, inclusive com o médico entrando no ringue e cuidando dela, quando Mickie se vira, a mesma aplica um Roll Up e ganha o título de Queen of Knockout. 

Eu queria agradecer ao Jorge pelo apoio que o mesmo me deu em relação a esses artigos, sempre sendo muito paciente e atencioso, e também a todos que leem o meu artigo semanal sobre Wrestling Feminino, espero que vocês tenham gostado e se ainda não assistiu esse ONO, não perca tempo, realmente indispensável para quem gosta de Wrestling.

PERGUNTAS

1 – Qual a nota você daria para esse One Night Only? Por quê?
2 – Tirando a Gauntlet Match, na sua opinião qual foi a melhor luta desse show?
3 – Qual Wrestler que você não conhecia que mais lhe surpreendeu?

VÍDEOS

Preview ONO Knockout Knockdown: http://youtu.be/L2yChTwNEzc

Sobre o Autor

- Escritor do artigo “Wrestling For All”.

8 Comentários

  1. Andreia - há 3 anos

    1- De 0 a 5? Eu daria um 5 sem dúvida, eu adorei este PPV com as Knockouts e até acho que a TNA deveria de fazer mais coisas destas só com as Knockouts, e em geral todos as lutas foram bons com a excepção de 1 ou 2.

    2- A melhor luta sem dúvida que foi Mickie James vs Serena, eu já esperava que fosse bom mas ainda foi melhor do que aquilo que eu estava à espera. Sem dúvida a luta da noite.

    3- A que mais surpreendeu foi a Santana e gostava de a ver um dia na TNA, acho que ela daria umas boas lutas contra as melhores como a Mickie James, Gail Kim, etc. Outra que também me surpreendeu foi a Lei’D Tapa por na Gauntled match ter tanta química com a Gail Kim, Tara e Mickie James.

    • Roberto Barros - há 3 anos

      Obrigado pelo comentário Andreia, eu particularmente gostei muito do ONO e que bom que Santana lhe chamou a atenção é uma ótima wrestler.

  2. MR Perfection André Santos - há 3 anos

    Ainda não vi até ao fim!

    Por isso não dou ainda nota, respondo a ultima pergunta.Gostei muito de Santana, com um estilo muito diferente do que conhecemos.Também o finisher de Mia que apesar de não ter acertado em Tara fou de uma execução perfeita!

    • Roberto Barros - há 3 anos

      Obrigado andre, eu lha falei que a Santana era muito boa wrestler e o finisher da Mia e sensacional, como disse uma das melhores High fly da companhia.

  3. pedro0 - há 3 anos

    concordo de 0 a 5 eu também daria 5 foi um otimo ppv adorei. os melhores combates para mim sem duvida foi mickie james vs serena , gail kim vs alissa e miss tessmacher vs santana.

  4. danielLP21 - há 3 anos

    Sinceramente, foi o melhor ONO que vi até ao momento.

    Gail Kim vs Alissa Flash: a primeira é das melhores de sempre, a segunda é bastante sólida em ringue. Gostei deste combate, que, sem surpresa, foi dos melhores do PPV. Apenas acho que a Alissa fica MUITO melhor com o cabelo preto…

    Ivelisse vs Lei’D Tapa: como é possível a Ivelisse não ter entrado na TNA nem estar a trabalhar numa das duas maiores empresas de Wrestling?! Inacreditável, ela é brutal. Gostei de a ver a fazer a entrada das “Anti Divas”, que usava na FCW, A Tapa esteve melhor aqui do que no “Gut Check”.

    Tara vs Mia Yim: com apenas 23 amos, a Mia ainda tem uma boa margem de progressão. Talento não lhe falta. Então quando está a lutar com a melhor de sempre da TNA ( para mim), esse talento nota-se ainda mais. Bom combate, embora pudesse ter sido maior. E o seu “finisher” é brilhante…

    Miss Tessmacher vs Santana Garrett: o “finisher” da Tess é uma porcaria… Gostei do que vi por parte da Santana, o “finisher” dela é excelente, assim como o seu estilo de Wrestling.

    ODB vs Trinity: razoável. Acho que a Trinity é uma boa “seller”. Sinceramente, não me lembro dela na WWE!

    Taryn Terrell vs Jacqueline: claro que a Jackie já não está no mesmo momento de forma de há uns anos atrás, mas quem sabe nunca esquece ( salvo raras excepções xD). A Taryn esteve bem. Fiquei surpreendido com o resultado.

    Hannah Blossom vs Taeler Hendrix vs Sojo Bolt: os fãs da IZ são uns retardados! A Blossom era a babyface do combate e eles começam a gritar “USA” como se ela estivesse a ofender alguém… Stupid americans. Bom combate, gostei do que vi da gémea. Nunca a tinha visto em ringue e fiquei com uma boa impressão.

    Velvet Sky vs Jillian Hall: já tinha saudades de ouvir a Jillian a cantar xD Combate razoável. Velvet, deixa-me fazer-te um filho.

    Serena vs Mickie James: a Serena com cabelo fica muito bonita… Anyway, bom combate, com um resultado bastante óbvio. Gostei de ver a ex-membra dos SES em ringue, uma vez que na WWE não foram muitas as oportunidades para vê-la.

    Gauntlet: agradável. A vencedora é mais que justa.
    O aspecto mais negativo deste ONO foi o tempo que ocuparam a recordar acontecimentos do passado, o que tirou tempo a alguns combates.

    • Roberto Barros - há 3 anos

      Praticamente transcreveu meu artigo hehe, opiniões bem parecidas, eu lhe disse que a Santana é uma Wrestler muito boa tecnicamente falando

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador