Existem 2 vagas na Equipa do Wrestling PT para publicar notícias. Contacta-nos!

Wrestling For All #45 – O momento certo para dizer “acabou”

Na música e no esporte um dos momentos mais difíceis de todos, é o momento de dizer adeus, muitos sabem fazer isso no momento certo, outros por amor ao que faz ou mesmo por ambição continuam prolongado suas carreiras mesmo sabendo que nunca mais serão os mesmos, os exemplos no esporte e na música existem inúmeros.

No Wrestling não é muito diferente,  temos vários casos de wrestler que não souberam parar, quando falo nesse assunto me lembro logo de Hulk Hogan, Ric Flair e Terry Funk fazendo a sua 1000 tour de despedida,  que parece que nunca vai acabar.

No Wrestling feminino também temos alguns nomes que já podiam ter parado e não o fizeram, as mesmas já tem história no pro-wrestling, mas mesmo assim continuam competindo.

JACQUELINE MOORE

Jacqueline Moore

O primeiro caso citado nesse aqui é um dos mais gritantes, Jacqueline Moore atualmente possui 50 anos de idade e continua na ativadade, para quem não sabe a mesma pratica wrestling desde de 1989, por sinal ano que o escritor dessa rubrica tinha nascido, mas isso não vem ao caso agora.

Jacqueline já fez praticamente tudo dentro do wrestling americano, já foi parte da WWF/E em diferentes períodos, da WCW e também da TNA, competiu no circuito independente, já foi manager de inúmeros wrestlers, nomes como Kevin Sulivan, a Tag Team Harlem Heat (Booker T e Stevie Ray), Marc Mero, Mark Henry, APA, Beer Moneys, entre tantos outros.

A mesma também conquistou 2 vezes o título feminino da WWF/E e 1 vez o WWE Cruiserweight Championship, além de cerca de 11 títulos no circuito independente. Jacqueline também teve feuds marcantes onde passou com nomes como Trish Stratus, Gail Kim, Sable, Luna Vachon, ODB, Victoria, entre tantas outras que ela ajudou a valorizar.

Jacqueline também chegou a competir no México por alguns anos e também no Japão onde treinou para aprimorar sua técnica em um tempo distante. Ela também foi a primeira mulher a entrar na lista de top 500 da Pro Wrestling Illustrated em 1993, ficando na posição de n° 249, lembrando que esse ranking  é mundial.

No meu ponto de vista a mesma já possui uma carreira gloriosa e não precisa mais ficar adiando a sua aposentadoria, até porque nisso o nome dela pode acabar ficando manchado. O grande “azar” de Jacqueline foi não ter tido grandes reinados nas Majors.

Jackie Moore vs Gail Kim: http://youtu.be/7Nc-DC74pPE
Trish Stratus vs Lita vs Jacqueline vs Ivory vs Molly Holly vs Jazz: http://youtu.be/8OZeCk-93vw
Jacqueline wins Cruiserweight Title: http://youtu.be/yqkw4vrS2OM
Miss Texas (Jacqueline) vs La Tigresa: http://youtu.be/ZhWyAVl9x7Q

JAZZ

Jazz

Mais uma wrestler que também já está passando da idade, Jazz atualmente possui 40 anos, mas sua carreira é cheia de altos e baixos, com lesões e também problemas para entrar em forma, atualmente Jazz ainda está no circuito independente.

Carlene Denise Moore-Begnaud decidiu praticar Wrestling após abandonar a faculdade, se matriculou em uma escola especializada na Louisiana, o que realmente incentivou ela a pratica da “modalidade” foi ver uma luta de Jacqueline Moore, inclusive sua estreia sendo contra ela.

Devido a seu porte físico Carlene logo chamaria a atenção de da ECW, sendo contratada pela mesma e agora seria conhecido como Jazzmine, chegou a aliar-se com Jason Knight, Lance Storm e Justin Credible formando os Impacts Players, após isso iniciaria uma feud com Justin, devido a falência da ECW a mesma teve que sair só ficando 1 ano na companhia.

Para sorte de Carlene a WWF se interessou por ela, mandando para o seu campo de treinamento o Ohio Valley Wrestling, ela ficou um tempo por lá mostrando sua capacidade, sua estreia aconteceria no Survivors Series de 2001, já sendo conhecida com Jazz, nessa luta Trish Stratus ganharia pela primeira vez o titulo feminino.

Nas semanas seguintes foram marcadas por ataque de Jazz a Trish Stratus mostrando para que ela tinha vindo, a feud continuou com Trish a conseguir defender o titulo no Royal Rumble de 2002, mas o perdendo na Raw do dia 04 de Fevereiro, muitos entenderam como uma decisão errada, já que Trish estava em uma crescente, acredito que a WWE acertou já que criou uma Heel dominadora para enfrentar a top face da época.

Jazz continuou seu reinado conseguido defender o titulo algumas vezes, inclusive contra Trish, mas o grande momento da sua carreira aconteceu na Wrestlemania 18 quando ela venceu uma Triple Threat Match em Toronto contra os dois maiores nomes da divisão feminina na época (Trish e Lita), mostrava que a WWE apostava alto nela.

Jazz se tornou a primeira campeã do titulo feminino da WWE, já que foi durante o reinado dela que se mudou o nome, o reinando dela ia bem com sucessivas defesas contra Ivory e Trish, só que no começo de Maio ela se lesionaria, tendo que perder o titulo para Trish em uma luta Hardcore que também envolveria Bubba Dudley e Steven Richards.

Ela só retornaria em 2003 se envolvendo na feud junto com Trish e Victoria, no começo inclusive chegou a ajudar trish na feud, mas depois teve um heel Turn e a traiu atacando junto com Victoria, Ela teria seu segundo reinado ainda em 2003 quando novamente derrotou Trish no Backslash devido a interferência de Theodore Long que ajudou Jazz no momento que ela iria perder a luta para Trish, ela perderia o titulo para Gail Kim alguns meses depois devido novamente a uma lesão.

Depois de sua saída da WWE a mesma ficou competindo no circuito independente, conquistando alguns títulos, mas o auge da sua carreira foi em feud com Trish Stratus.

Jazz 2

Trish Stratus vs Jazz vs Victoria: http://youtu.be/uI7Pwyi6S4A
Jazz vs Lita vs Trish Stratus : http://youtu.be/au3lygl0z1U
Jazz & Balls Mahoney vs. Amber O’Neal & Bison Bravado: http://youtu.be/TfMOME01kvw

AMY LEE

Amy Lee

Não estou falando da cantora do Evanescence, e sim de uma wrestler que não fez parte das majors, mas proveniente totalmente do circuito independente, Amy Lee atualmente possui 44 anos, ainda assim compete no circuito independente, local que ela dedicou mais de 20 anos da sua vida, já que começou sua carreira em 1989.

Devido a seu biótipo Amy nunca teve uma oportunidade em Majors, mas dentro do circuito independente sempre interpretou personagens que envolvia força, seja a heel dominante, ou a motoqueira Badass, sempre chamou atenção quando entrava no ringue.

Amy conquistou diversos títulos no circuito independente, e seu porte físico não atrapalhou, assim como outros nomes com porte físico similar (Samoa Joe, Kevin Steen, etc) a mesma conseguia fazer boas lutas, e desenvolvia feuds muito boa, principalmente como Heel, onde conseguia conquistar atenção do público e provoca-los para ir contra ela.

Mas o tempo chega para todas, e atualmente Amy não é nem perto do que já foi um dia, e seria bem interessante uma aposentadoria o quanto antes, com um grande show em homenagem a esse nome que representou o circuito independente feminino nos últimos 20 anos, ela é uma das pessoas mais queridas do circuito independente e merece uma despedida a altura.

Amazing Kong and Amy Lee feud:
Amy Lee vs Angel Orsini: http://youtu.be/pgx_NMtBkNA

KYOKO INOUE

Kyoko

Para mim particularmente foi bem difícil botar esse nome nessa lista, mas espero que entendam, para quem não conhece Kyoko Inoue é uma das maiores wrestlers da história do Wrestling feminino Japonês, teve uma feud histórica com Manami Toyota, é uma das lutas recebeu 5 estrelas do Dave Meltzer.

Mas atualmente Kyoko possui 44 anos e do começo dos anos 90 para hoje em dia está totalmente diferente, ela engordou muito, apesar de ainda conseguir executar bons movimentos, não tem a mesma habilidade de antes e a idade também já está bem avançado, o ideal era que ela tivesso um grande show de despedida, já que sua contribuição para o Wrestling feminino Japonês foi imensa.

No Japão e normal o wrestler se aposentar tarde, lá tem toda uma tradição no assunto, no wrestling feminino também não é diferente, nomes  como Aja Kong, Manami Toyota, entre outras que já passam dos 40 e ainda estão lutando no circuito Japonês, esse também poderia facilmente virar um tema de artigo.

Kyoko Inoue vs Manami Toyota: http://youtu.be/CuLgKfkTFCk
Kyoko Inoue vs Syuri: http://youtu.be/tId09P3fg1U

Até uma próxima!

Sobre o Autor

- Escritor do artigo “Wrestling For All”.

1 Comentário

  1. Kauê Souza - há 3 anos

    Gostei do artigo, muito bom (Até porque gosto do Wrestling Feminino). Você poderia fazer na próxima semana sobre as Top Divas Face, ou sobre a saída de algumas.

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador