WWE e pai de Connor “The Crusher” respondem a Justin Roberts

Justin Roberts publicou há dias atrás no Medium um texto onde criticou a forma como, segundo ele, a WWE se aproveitou da doença e morte de Connor “The Crusher” Michalek para se publicitar como uma empresa solidária e preocupada com o seu público.

A WWE respondeu ao artigo de Justin Roberts com o seguinte comunicado e também o pai de Connor “The Crusher” Michalek já respondeu agradecendo a ajuda e relembrando os felizes momentos que passaram juntos.

“It is offensive to suggest that WWE and its executives had anything but altruistic intentions in honoring Connor and his legacy with The Warrior Award. In conjunction with Connor’s father, Connor’s Cure was established by Stephanie McMahon and Paul Levesque to raise awareness and funds for pediatric cancer, and to honor a boy that so many people within the WWE family came to love. The fund is managed by the Children’s Hospital of Pittsburgh Foundation and has already raised more than $200,000 for pediatric cancer research.

In addition, following the Ultimate Warrior’s impassioned Hall of Fame speech last year encouraging WWE to recognize its unsung heroes, the Warrior Award was established in his memory to honor those who exhibit unwavering strength and perseverance, and who live life with the courage and compassion that embodies the indomitable spirit of the Ultimate Warrior. With the full support and input of Ultimate Warrior’s widow, Dana Warrior, Connor Michalek was the first recipient of the Warrior Award, and moving forward the award will be given annually to acknowledge other unsung heroes among WWE’s employees and fans.

WWE is proud to use our global platforms to raise awareness for important social causes, including Connor’s Cure as well as our longstanding partnership with Make A Wish, our on-going partnership with Susan G. Komen, which has resulted in more than $1.5 million in funds raised, and our international partnership with Special Olympics.”

Tens alguma notícia que não está publicada no site? Clica aqui e envia-nos!

Sobre o Autor

Foto de perfil de Facebook
- Fundador e administrador do Wrestling.PT. Acompanha a modalidade desde 2005 e pratica no Wrestling Portugal desde 2008.

10 Comentários

  1. Wrestling Life - há 2 anos

    Tenho pena que o Justin tenha saído. Era o meu announcer favorito dos últimos anos.

    Quanto à notícia, não concordo com ele. Para mim o que a WWE fez foi fantástico e esperemos que tenham ainda mais iniciativas no futuro.

  2. reigns one versus all - há 2 anos

    A WWE fez o que lhe competia,ajudar um fã de wrestling com um cancro,não sei ate que ponto isso é aproveitamento.

  3. marceloslb5 - há 2 anos

    Grande Justin! Claro que a WWE quis ajudar o rapaz mas claro que se aproveitou um pouco da situação como ele disse passar sempre o video fazer disso um assunto mundial! A WWE juntou o útil ao agradavel, ajudou/a na luta contra o cancro e é reconhecida pelas suas atitudes! E de salientar que o Justin era o “melhor amigo” do Connor portanto ele sabe o que fala

  4. BRUNOju - há 2 anos

    Acho que a wwe fez bem. Mostrou seu lado humano e tornou o Hall Of Fame um momento mais especial.

  5. yuj - há 2 anos

    A verdade é que este assunto veio beneficiar um pouco a imagem da wwe quer voluntariamente ou involuntariamente o importante é que este menino antes de morrer teve o seu momento wrestlemania e conheceu o ídolo dele que é o Daniel Bryan.

  6. yuj21 - há 2 anos

    Involuntariamente ou voluntariamente esta situação ajudou a dar uma imagem melhor a wwe mas para mim o mais importante é que este miúdo teve o seu momento wrestlemania antes de morrer e ainda pode conhecer o seu lutador favorito o Daniel Bryan.

  7. yuj21 - há 2 anos

    A verdade é que este assunto veio beneficiar um pouco a imagem da wwe quer voluntariamente ou involuntariamente o importante é que este menino antes de morrer teve o seu momento wrestlemania e conheceu o ídolo dele que é o Daniel Bryan.

  8. CAW (Cena Always Wins) - há 2 anos

    Concordo com as duas perspetivas. Isto foi o que o Warrior queria, é verdade, mas também é verdade que a inteira PG Era, não só este caso em particular, serve para demonstrar a WWE como uma empresa de serviço público muito “caridosa”, é um pouco de vontade em demonstrar que são solidários e não solidariedade pura, apesar de ser um bocado.

  9. Conde - há 2 anos

    É muito ingénuo achar que as multinacionais teem este tipo de acções por solidariedade… Enfim

    • Gman - há 2 anos

      Nada relacionado a insençao de impostos ou selos de empresa modelo, fundações de caridade para “fazer o dinheiro girar” e etc, fora o belíssimo mkt.

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador