Tão real quanto o Tyrus ser Campeão Mundial, essa é que é essa, é o Top Ten! Voltado para a violência. Contida. Também é maldoso aqui o espaço. Dá-vos a entender que os temas vão ser todos sobre porradinha velha e sangue por todos os lados e afinal agora anda a falar-se de quando não há. Parece mesmo a gozar.

Mas não, há mesmo muitas formas de olhar para isto. Se na semana anterior era giro brincar com aqueles que deviam ter a intenção de nos chocar muito e no final aquilo quase que saía cómico, nesta falamos de quando têm uma boa oportunidade em mãos de fazer algo verdadeiramente mais violento, mas… Simplesmente não o fazem.

Os contextos e as situações são todos diferentes, mas explicados, como sabem todos os quatro que lêem os textinhos na íntegra. Mas vamos lá a olhar para a violência! Ou para a falta dela…

3 Comentários

  1. JoãoRkNO2 semanas

    Top Ten #429, sou grato por ter acompanhado a rubrica desde os seus primórdios e por nunca teres perdido o rigor na escrita, muitos parabéns!

  2. Facebook Profile photo

    Edge vs Orton tiveram uma excelente rivalidade. O Orton desse ano como legend killer foi uma das melhores fases dele. É o combate acho que até foi bastante bom

    Ambrose vs lesnar. Ambrose na altura era dos meus lutadores favoritos. Logo fiquei acordado nessa noite para ver esse combate. Fiquei desiludido por ter durado tão pouco e por o ambrose n dar mais luta. Podia ter sido bem melhor
    Ja agora o ambrose teve que carregar essa rivalidade as costas e mesmo assim fez um bom trabalho. Aquele segmento que ele pede mais f5 antes da wrestlemania também foi muito bom
    Fiquei mesmo desiludido porque tava a espera de ver um combate longo com ambrose a usar tudo a sua disposição. Em relação a vitória na altura já todos sabiam que era po lesnar

    Ja agora ambrose não. MOXLEY