10 Previsões Loucas para 2019 – Top Ten #259

há 2 semanas Artigos 5

10 – Fim da streak

Já não sobra propriamente alguma streak por lá. Já praticamente toda a malta que nunca tinha perdido, já perdeu, quer seja no geral ou em determinado evento anual – onde esse já lá vai. Mas há outra streak maior. Maior em número e sequência e, se me perguntarem a mim, maior em impacto.

Afinal este Top Ten precipitado começa com uma entrada muito simples. Porque não há Curt Hawkins de vencer o seu primeiro combate em eras em 2019? Já descobrimos que ele é o melhor árbitro e mais atento que aquela companhia já teve num ringue e já quase que se concretizava, como consequência, ao voltar a aliar-se a Zack Ryder. Ele já ganhou bastante simpatia do público para sacar de um significativo pop quando isso aconteça. E porque não?

Já descrevi o cenário por aqui por estas andanças, mas volto a resumi-lo muito rapidamente, talvez com algum pormenor extra ou outro: um Heel de topo de grande relevo e perigo encontra-se em feud com alguém e tem um combate no Raw com Curt Hawkins como mero aquecimento, para brincar. E é o que faz, faz de Curt Hawkins gato-sapato e abusa dele porque adversário mais fácil não seria possível. Depois o tal Face que se encontra em feud com o monstruoso vilão entra, com música e fica parado na rampa a aprontar alguma para o seu rival. Isto permite distracção suficiente para que Hawkins saque de um roll-up e uma contagem até três que rebenta o telhado de uma arena e deixa tanto vencedor como vencido com expressões de pasmo. Heel frustrado procede a atacá-lo mas o pobre que já vencera um combate é salvo por quem o auxiliou. Pode prolongar-se: um rematch pode ser marcado, sem o tal Face matreiro à vista, em que o Heel procede à destruição rápida de Hawkins mas, com os nervos, acaba por se deixar inadvertidamente desqualificar e oferece mais uma vitória a Hawkins. Novo enxerto de porrada e o salvador agora seria Zack Ryder, reunindo novamente a equipa, agora para embarcar para algumas vitórias sobre equipas mais pequenas. Parece um cenário perfeitamente plausível. Não querem ir já pela reunião de Ryder e Hawkins, a acumular derrotas, no qual Ryder se farta e ataca Hawkins, virando Heel e criando a feud e um combate, que acabaria por ser vencido por Hawkins! Ou querem?

5 Comentários

  1. Concordo totalmente em relação ao Andrade, o gajo é um monstro no ring e merece sem dúvida todo o sucesso do mundo.

    Sobre o Kofi, eu gostava não só de vê-lo a lutar pelo título mundial mas a tornar-se campeão mesmo. Acho que seria um excelente feel good moment se depois de tantos reinados com títulos secundários e de equipas ele conseguisse finalmente chegar ao topo pelo menos uma vez. Ele merecia isso imo

    Ótimo artigo (como sempre)!

  2. Foto de perfil do Facebook

    Só não concordo muito com a tópico da Charlotte. Honestamente não acho a ideia assim tão louca porque acredito que a WWE vai decidir coloca-la no combate. O meu problema é que ja não a consigo mais ver a frente. Tem sido utilizada até a exaustão. O combate está perfeito da maneira que está, não precisa de mais nada, aliás toda a gente iria perceber que não existiria qualquer possiblidade em ela conquistar o titulo.A ideia louca pode ser minha agora mas acho que a Charlotte no combate só iria tirar a “graça” a tudo e iria apenas ser mais um combate na Mania.

  3. Anónimo há 2 semanas

    Triple H de novo campeão!!! Ou o John Cena!!! Ah ah ah

  4. PedrKo há 2 semanas

    Já que é para usar a astrologia, aqui vai:

    Combates intergénero.
    Quem se importava de ver um AJ vs Charlotte ou um Rollins vs Becky?

    • Filipe há 2 semanas

      Becky esta over mas nao tem qualidade para lutar contra rollins…
      Asuka vs Bryan
      Rollins vs Sasha mais depressa

      N m espantaria de fazerem ainda um nia jax vs ambrose

Comentar