Canto New Japan #8 – Análise: NJPW New Beginning

Depois do que aconteceu no New Beginning in Sapporo e no New Beginning in Osaka, importa fazer a análise dos shows e saber o que mudou na NJPW com esta tour.

Segue o Canto New Japan:

Sobre o Autor

Foto de perfil do Facebook
- Autor do podcast Canto New Japan.

1 Comentário

  1. Leonardo Borges - há 8 meses

    Outra excelente análise, parabéns!
    Tal como tu fiquei surpreendido com o booking nesta tour, esperava que os Suzuki-gun ganhassem pelo menos um título mas como estamos a falar da NJPW é tudo muito imprevisível 😛
    Em relação ao Yoshi Tatsu concordo plenamente contigo, ele tem que parar com essa gimmick horrível.. ele, o BONE SOLDIER e o Manabu Nakanishi são os piores wrestlers do roster da New Japan na minha opinião.
    Adorei os 5 combates que tu referiste sendo o combate entre Kazuchika Okada e o Minoru Suzuki para o IWGP Heavyweight Champion o meu favorito. Foi um combate longo (41 minutos) com uma excelente storytelling, um fantástico selling por parte do Okada e um excelente trabalho do Suzuki trabalhando a perna do Okada.. gostei da parte em que o Gedo está indeciso se vai atirar a toalha ou não e a interferência dos Suzuki-gun e a brawl que resultou com a Chaos não feriu em nada o combate.. grande combate mesmo recomendo a todos e na minha opinião só fica atrás do Omega/Okada no WK11.
    Queria saber se estás contente com a adição do Zack Sabre Jr. na New Japan.. eu admito que estou, acho que ele vai ter grandes combates com os ”juniores” e adorava ver um combate dele com o KUSHIDA 😛

Comentar

Editar avatar »