Faz login e reduz a publicidade

Combate feminino no WWE Super Showdown não foi aprovado

há 2 semanas Notícias 9

Como foi noticiado durante a semana, a WWE tentou com que Alexa Bliss e Natalya participassem no WWE Super Showdown. As duas lutadoras viajaram com os restantes lutadores que participaram no evento, para a companhia tentar convencer o governo saudita para que este combate acontecesse.

Agora, pelo que se sabe, chegou a haver entendimento entre a WWE e o governo saudita durante a semana e o combate iria avançar. No entanto, com o aproximar da hora do evento, o governo saudita recuou e o combate entre Alexa Bliss e Natalya acabou por não acontecer.

A ter acontecido, este teria sido o primeiro combate feminino em território saudita… mas ainda não foi desta.


Acreditas que algum dia a WWE irá conseguir apresentar um combate feminino em algum evento na Arábia Saudita? E achas que Alexa Bliss e Natalya tinham sido as lutadoras certas para esse primeiro combate?

9 Comentários

  1. Se conseguiram lutar num país árabe que não me lembro do nome, acho que também conseguirão lutar lá. Acho que é uma questão de tempo.

    • Anónimo há 2 semanas

      Foi em Abu Dhabi. Mas a Arábia Saudita é muito mais rigorosa, eles devem as ter levado para eles as verem e conhecer, e ver o interesse, mas pelo que se vê, não lhes agradou em nada, porque não mudaram de ideias. Por isso se elas nunca lá lutarem não é de admirar. Não sei porque fazem tanta questão disso, um país que despreza, enfim.

  2. Não. A Arábia Saudita é o país islâmico mais conservador, e por mais PR que façam e que digam que são moderados, não vejo isso a acontecer

  3. Anónimo há 2 semanas

    Que novidade isso. Mas também, não se perdeu grande coisa. Ver Alexa Bliss a lutar era o mesmo que não ver nada, ela luta bué mal, não ia mostrar para lá que o wrestling feminino é realmente bom. Por isso se algum dia isso realmente acontecer, espero que a escolha seja outra. Mas não entendo porque querem que elas vão lá, nem entendo porque essas duas disseram que queriam ir lá, fazer a diferença? num país onde não gostam de mulheres a lutar? Não vejo que diferença elas iam lá fazer, nem iam ligar a nada.

  4. Master of Chaos há 2 semanas

    Tais eventos em geral (em território saudita) precisam trazer muito dinheiro aos cofres da empresa, porque até hoje não vi um que tenha prestado…

  5. Showstealer há 2 semanas

    Muito dificilmente isso irá acontecer. Como já referiram aqui na caixa de comentários, a Arábia Saudita tem restrições muito próprias que tornam tal situação quase impossível durante este período de 10 anos de contrato da WWE com o governo saudita. Sobre a escolha de lutadoras, não eram más de todo se fossem elas as primeiras a lutar lá mas pessoalmente iria para Naomi ou Ember Moon que são mais atléticas e proporcionaram mais espetáculo.

  6. Tiago Duarte 00 há 2 semanas

    Filhos da puta dos árabes!
    Ficam todos mimizentos até para ver uma gaja com os braços à mostra. Cultura bem porca!
    Quero lá saber se dão boa grana, sem igualdade não deveria haver eventos lá.

  7. BRUNOju. há 2 semanas

    Economiza energia e faz o Evolution de novo esse ano.
    Foda-se esses eventos na arábia, são horríveis.

    • SJ1904 há 2 semanas

      Concordo, e um Evolution com um stage bem melhor que o último, por que aquele stage ninguém merece, pior que um stage de uma Indie.

Comentar