Faz login e reduz a publicidade

E-games arrasando com os jogos online

Nos últimos anos temos visto um crescimento de um novo variante do desporto, os e-games e e-sports. Se me dissessem há uma década atrás, numa altura em que jogar Counter Strike depois da escola com os amigos era religião e fazer melhor pontuação do que o nosso melhor amigo dava direito para gozar com ele durante dias, que jogar jogos de computador/PS/Xbox poderia ser emprego nunca acreditaria.

Os grandes e-games e e-sports de hoje conseguem um nível de público e financeiro quase absurdo, um pequeno exemplo a equipa vencedora do Mundial do ano passado de League of Legends ganhou cerca de 1 milhão e 800 mil dólares. Isto dá bem para ter uma ideia do dinheiro que circula neste novo mercado e isto sem contar com o dinheiro das outras equipas participantes e do dinheiro que que ronda no mercado das apostas que se fazem sobre esses eventos, aliás para quem gostar de apostar pode encontrar aqui os melhores casinos online de Portugal.

É que não nos podemos esquecer muitos lutadores são gamers, basta ver o sucesso do canal de Xavier Woods e uma boa parte dos fãs são gamers. Então como a WWE poderia capitalizar este novo mercado e fazer assim a sua entrada nos e-sports? O primeiro passo a pensar seria que tipo de jogo a WWE poderia trazer para atrair o maior número de jogadores e de adeptos possível.

A escolha mais óbvia seria usar a franquia WWE 2K, pois é o jogo oficial da WWE, mas será que como jogo de luta o WWE 2K é um jogo interessante o suficiente para atrair um grande número de espectadores, como digamos um Street Fighter? Na minha opinião não, aliás até o Fire Pro Wrestling World, apesar de gráficos piores, traz a possibilidade de se conseguir ter combates mais emotivos, que os jogos da franquia da WWE 2K.

E se a opção da WWE fosse um misto de jogo de luta e um simulador? Imaginem o modo General Manager dos velhinhos Smackdown vs Raw, ou procurem por videos no Youtube se nunca jogaram estes jogos mais antigos, onde o objetivo não era o lutador X ou Y vencer o combate mas sim ter o melhor evento e cada combate/segmento tinha uma votação de 0 a 5 estrelas.

E se a entrada da WWE nos e-sports fosse com um jogo onde para além de não ser um confronto de 1 contra 1 mas sim, por equipas e o objetivo não era ser o melhor lutador mas sim, mas sim cada equipa ter como objetivo montar o melhor show não só com as votações do próprio jogo, mas também com as votações do público.

Se como ponto negativo, teria a possivel ainda maior exposição sobre o facto de wrestling não ser um desporto mas sim uma arte performativa, como grande ponto positivo traria a possibilidade da WWE puder ter mais um ponto de ligação ás redes sociais o que para a WWE seria ouro sobre azul, pois assim poderia falar da sua hashtag escolhida para o evento e durante confrontos ter um comentador a falar de como a WWE e o evento estavam trending no twitter.

Em conclusão a WWE com este mercado em crescimento deveria ponderar a sua entrada nos e-sports, seja com a sua franquia WWE 2K, ou outro jogo diferente, pois é um mercado em crescimento e onde muitos jogadores ou já são fãs de wrestling, ou poderão se tornar fãs de wrestling através de um jogo da WWE.

E tu que opinião tens sobre uma possível entrada da WWE nos e-sports? Gostarias de ver eventos de um jogo da WWE? E que tipo de jogo preferirias ver, algo como o WWE 2K, ou algo mais parecido com um simulador?

Comentar