A Anthem Sports & Entertainment transmitiu esta terça-feira, a partir da Skyway Studios em Nashville, Tennessee, mais uma edição do Impact Wrestling na ASX TV, rumo ao No Surrender de 13 de Fevereiro.

Como main event tivemos um Eight-Man Tag Team Match que contou com o regresso de Trey Miguel, que se juntou a Rich Swann, Tommy Dreamer e Willie Mack para enfrentar Moose, Sami Callihan, Ken Shamrock e Chris Bey. No final, o ex-membro dos Rascalz reverteu um Piledriver de Sami Callihan e obteve a vitória com um Roll Up. Depois do combate e furioso com o resultado, Ken Shamrock atacou o árbitro e aplicou-lhe um Ankle Lock.

Este main event teve origem no segmento que abriu o show, no qual o Impact Wrestling World Champion Richh Swann ofereceu um combate pelo título a Tommy Dreamer no No Surrender, como prenda de aniversário e agradecimento pelos seus serviços à promotora. Moose, Sami Callihan e Chris Bey também queriam a mesma oportunidade, mas o campeão recusou. Tudo terminou com Ken Shamrock de pé no ringue.

Na divisão feminina, destaque para o segmento Fire ‘N Flava Fest, no qual as Knockout’s Tag Team Champions Kiera Hogan & Tasha Steelz foram ao ringue para celebrar a sua conquista, mas tudo acabou mal por causa de Nevaeh e Havok, com a primeira a distrair a dupla e a segunda a atacar Kiega Hogan com uma Clothesline. A celebração terminou assim em caos e um combate ficou marcado para a próxima semana.

Destaque também para o Tag Team Match que foi o primeiro combate da noite, no qual Matt Cardona (Zack Ryder) se juntou a Josh Alexander para vencer a dupla de Ace Austin & Madman Fulton. A vitória foi obtida pelo ex-lutador da WWE, com o Radio Silence neste último. Matt Cardona pode tornar-se o novo parceiro de Josh Alexander, depois deste se ter separado de Ethan Page, mas Brian Myers (Curt Hawkins) não parece estar muito contente.

Ainda no que diz respeito a combates, tivemos: a vitória de Brian Myers sobre Eddie Edwards por desqualificação, depois deste último ter mordido o adversário na testa; Rosemary obteve uma vitória sobre Tenille Dashwood com o As Above So Below; e Joe Doering obteve uma vitória sobre Cousin Jake com um Death Valley Driver e Clothesline, e depois do combate o ataque continuou até Eric Young o ter travado.

Por fim, mencionar ainda: Rohit Raju pediu ajuda a alguém para o seu combate contra TJP; Tony Khan e Tony Schiavone voltaram a apresentar um anúncio do AEW Dynamite; Matt Hardy preparou os Private Party para o combate destes no No Surrender; Larry D foi libertado depois de Taya Valkyrie ter sido presa; Susan desafiou Jordynne Grace para um combate na próxima semana; Chris Sabin e James Storm beberam uns copos.

Para a próxima semana está marcado: um combate feminino entre Susan e Jordynne Grace; um combate entre Madman Fulton e Josh Alexander; um combate feminino entre a Knockout’s Tag Team Champion Tasha Steelz e Havok; Matt Hardy e os Private Party vão estar presentes; e TJP vai enfrentar Rohit Raju.

Resultados

– Matt Cardona & Josh Alexander venceram Ace Austin & Madman Fulton
– Brian Myers venceu Eddie Edwards (por desqualificação)
– Rosemary venceu Tenille Dashwood
– Joe Doering venceu Cousin Jake
– Impact Wrestling World Champion Rich Swann, Tommy Dreamer, Willie Mack & Trey Miguel venceram TNA World Heavyweight Champion Moose, Sami Callihan, Ken Shamrock & Chris Bey

Vídeos

Watch Wrestling


O que achaste desta edição do Impact Wrestling?

2 Comentários

  1. Já estava com saudades do Larry D. Gostava de ver ainda este ano o Doering campeão da X Divison ou campeão de equipas com o Deaner.

  2. El Cuebro1 mês

    Que grande episódio do Impact, começou com aquela loucura de todo mundo querendo uma chance por título que resultou num ótimo main event, com a volta do Trey, confesso que queria ele junto com os agora MSK, mas vamos ver quais os planos, no mais grande luta, espero ver pelo menos o Moose ali lutando pelo World Title logo! Bom ver os Decay de volta também, o grupo do Eric Young agora quer o Jake com eles e seria uma adição incrível, mas acho que o Cousin ainda vai lutar contra, também bom ver o Alexander retomando as vitórias, mas gostaria de vê-lo mais em ação individual, nada contra o Cardona aliás, e o que deu no Eddie para supostamente morder o Myers? No mais aquele momento das duplas femininas foi interessante, mas o John E Bravo não havia levado um tiro?