Faz login e navega sem pop-ups

Lucha Underground (T4 – Episódio 1): Aztec Warfare abre a nova temporada

A El Rey Network transmitiu esta Quarta-feira o primeiro episódio da 4ª e nova temporada do Lucha Underground!

O episódio de regresso da Lucha Underground teve um único combate e provavelmente o combate mais associado à Lucha Underground, o Aztec Warfare pelo Lucha Underground Championship que o atual campeão Pentagón Dark conseguiu vencer, tendo entrado no combate no nº 6 e tendo eliminado em último lugar Marty “The Moth” Martinez.

Resultados

– Lucha Underground Champion Pentagón Dark venceu Aztec Warfare.

Vídeos

Brevemente!

6 Comentários

  1. "Awesome" Hater há 1 semana

    ALELUIA! Quanto esperei por esse retorno! E que retorno! Tommy Dreamer, porra!
    Únicos pontos negativos são o novo ringue – não combina com a lucha, muito limpo kk – e as eliminações de Fênix e Crane, muito rápidas e anti-climáticas.
    Pontos positivos, ver vários dos perosnagens de volta já no primeiro episódio, uma fodendo Aztec Warfare match, Pentagon retendo, Antonio Cueto, a nova gimmick de Ricky Mundo…E segue a lista.

  2. wesley há 1 semana

    Como show de wrestling é muito bom, mas como serie é de longe a pior que eu já assistir.

  3. Kauê Silva há 1 semana

    O Lucha Underground começando a nova temporada do jeito que sempre deveria na minha opinião, com uma Aztec Warfare, foi meio morna é verdade, não teve tanta ação quanto a do ano passado que foi adrenalina pura desde o começo com Johnny Mundo (que já começou uma polêmica no worldwide underground e uma rivalidade com o grupo da Kobra Moon), Rey Mysterio, Sexy Star e todos os outros se destacando, mas gostei das estreias (Tommy Dreamer principalmente) que ocorreram, achei que ficaram faltando alguns outros talentos, o ringue novo é interessante, mas podia ter as cores do Lucha Underground nas cordas e tudo mais, a nova arena ficou bem melhor também e bom saber que dessa vez o título ficou com o campeão, no caso o Pentagón, que acabou enfrentando na “final” o Marty “The Moth” Martinez, porém semana que vem ele não escapa do “Monster” Matanza Cueto e falando no sobrenome Cueto, o “Antonio Cueto” não engana ninguém hein, Dario Cueto podia ter planejado algo melhor.

  4. KILL OWENS KILL há 1 semana

    Lucha, Lucha… Então. Provavelmente foi o pior episódio da LU na minha opinião, vamos lá.

    Uma das coisas que detesto em obras de ficção é quando os personagens não percebem coisas óbvias que nós como telespectadores ficamos a chamar os mesmos de burros, por que pelo amor de cristo, a sério que fizeram isso com Dario? Velho, na boa, gosto da ideia de ser o pai do Cueto, mas se fosse pra colocar o mesmo ator, ERA MELHOR TER DEIXADO O DARIO VIVO. Muito, mas muito ruim. Eu ficava todo hora, poxa minha gente, é o Dario Cueto!!!! Ai ai.

    Esse novo ringue não tem mesmo nada haver com a LU. Entendo que erão necessários mudanças, mas essa foi uma péssima. Sobre o Roster, por mais que a gente sinta falta de algumas caras, foi bom ver que muitas voltaram também. Esse ep serviu para “arrumar” a casa. Uma pena a saída do Dante e aparentemente do Cage…

    Agora a pior parte do episódio. Essas câmeras com cortes rápidos, pqp. O cara aparecia lá em cima das escadas, do nada estava embaixo. O cara estava batendo em alguém em X canto do ringue, do nada já tava no centro lutando com outro. Isso pra mim matou toda a pompa da chegada do Dreamer.

    Ah outro ponto muito ruim, o fato dos lutadores levarem porquissimos golpes para serem eliminados. Velho, o cúmulo foi o Mil, Deus me livre. Sem contar que o booking da luta foi péssimo, pareceu que foi gravado as pressas.

    Então, me dói na alma dizer tudo isso, pois pra mim a LU foi a melhor coisa que houve no wrestling nos últimos anos. Entretanto, parece que talvez devesse mesmo ter acabado quando acabou na season 3. Vou tentar acompanhar essa temp, mas esse primeiro ep me desanimou demais.

    Pelo menos o Pentagon continua sendo fodástico e marquei muito nas entradas do Mundo e do Fenix.

Comentar