O nosso admin está muito activo no Instagram!

More Than Words #14 – Imprevisibilidade

Chegou um dos dias mais esperados para todos os fãs de wrestling, hoje é o dia em que 30 superstars competem dentro de um ringue, com o objetivo de conseguir um lugar no main-event da WrestleMania ou de conseguir pelo menos uma oportunidade de lutar por um título principal da WWE, dependendo da brand onde estiver.

O Royal Rumble é e sempre foi um dos eventos preferidos de qualquer fã da WWE, sendo que o principal destaque, a atração principal que distingue este pay-per-view dos restantes e que dá inclusive o nome ao pay-per-view, é o Royal Rumble Match.

Este conceito único que a WWE pode-se orgulhar de ter inventado, em que dois lutadores começam no ringue, e os 28 seguintes vão entrando de minuto a minuto, causando alvoroço aos fãs que impacientemente esperam pela contagem de 10 segundos que antecipa a entrada de cada lutador e em que o vencedor é aquele que consegue manter-se em ringue, sem nunca ser atirado pela corda superior, é um conceito que por ser tão bom e original, por mais horrível que seja o build-up, os fãs quererão sempre assistir ao evento, ou pelo menos ao Royal Rumble propriamente dito.

Este ano, ao invés de termos um único Royal Rumble Mach, iremos ter dois. Um masculino e um feminino. 2018 vai ser por isso, o ano em que aconteceu o primeiro Royal Rumble Match feminino. Pela primeira vez, na história da WWE, as mulheres vão competir naquele que era até agora o único combate exclusivos aos homens. Dentro das 30 mulheres que vão participar neste combate e das 18 que já estão confirmadas, só 5 é que tem realisticamente hipóteses de ganhar. Asuka, Sasha Banks, Becky Lynch, Nia Jax e, caso os rumores se confirmem, Ronda Rousey são na minha opinião as 5 lutadoras que mais hipóteses têm de ganhar.

Asuka, por ser até agora imbatível e por já ter tido confrontos com a campeã, Sasha Banks por ter uma longa história com a atual campeã e por ser sempre uma lutadora em que a WWE pode confiar, Becky Lynch pelo facto de fazer sentido para a storyline, em que esta seria a Underdog atrás do título da sua grande amiga Charlotte, Nia Jax por se, destas 5, a que mais história tem com Alexa Bliss e por ser a “gigante” deste combate e Ronda Rousey por estar à muito tempo rumorada para aparecer na WWE e por ser o maior nome feminino associado aos desportos de combate.

Se a escolha da vencedora recaír numa destas lutadoras, eu ficarei bastante satisfeito, pois qualquer uma delas tem qualidade suficiente ou star power, no caso de Rousey, para enfrentar Alexa Bliss ou Charlotte na Wrestlemania e inclusive ganhar o título. Se eu pudesse escolher a vencedora, a escolha recaíria sobre Asuka ou Becky Lycnh, não só por serem duas lutadoras que eu admiro bastante, mas porque acho que se qualquer uma destas duas ganhar, irá ser criada uma boa storyline, que pode revitalizar a tão descuidada divisão feminina.

No que toca ao tradicional Royal Rumble masculino, a palavra que o melhor caracteriza a antecipação ao combate e que tem sido uma constante em quase todos os anos, é a Imprevisibildade. Toda a gente se pergunta todos anos, quem serão os lutadores que irão voltar no Royal Rumble? Quem é que irá fazer a sua estreia? Quem será o vencedor? O que o Royal Rumble tem de melhor é este clima de imprevisibilidade, é isto que traz toda a magia ao Royal Rumble. Esta imprevisiblidade tem sido um bocado estragada nos últimos anos, devido a um único fator chamado Roman Reigns.

Nos últimos quatro anos, desde a estreia de Reigns neste combate, a imprevisiblidade tem vindo a desaparecer. É certo que Reigns destas quatro, só ganhou uma vez, mas em todas elas ele foi um dos últimos quatro a ser eliminado e nos últimos três anos foi o main event da Wrestlemania, até mesmo o ano passado, onde não ganhou. De que serve haver um royal rumble, se ganhando ou não, Roman Reigns irá parar ao main-event do Wrestlemania? Mesmo quando não ganha, o maior destaque do Royal Rumble é sempre Roman Reigns.

O ano passado, foi por ter eliminado Undertaker, em 2016 foi porque era o campeão, em 2014 foi porque teve o maior número de eliminações. O certo é que quando Reigns anuncia que irá participar no Royal Rumble, as chances de haver outro vencedor diminuem e com elas diminui também a imprevisibilidade.

Contudo a WWE tem hipóteses de contornar esta imprevisibilidade, basta colocar alguém como Shinsuke Nakamura ou Finn Bálor, ou alguém que os fãs queiram, a vencer o Royal Rumble. Reigns, agora que perdeu o título Intercontinental, está com cada vez mais hipótese de ser o vencedor, mas a verdade é que ele nem sequer precisa do Royal Rumble para estar no main-event da Wrestlemania, como se verificou o ano passado. Alguém do Smackdown pode ganhar e Vince pode dar ao seu escolhido a opurtunidade de lutar pelo título Universal no Elimination Chamber, que este ano pertence ao Raw.

Roman Reigns quase de certeza irá enfrentar Brock Lesnar no main-event da Wrestlemania, isso já está previsto desde a Wrestlemania do ano anterior, isso devia  automaticamente deixar o caminho aberto para que outro lutador, mais concretamente do plantel do Smackdown, tivesse esta opurtunidade única. Confesso que Shinsuke Nakamura seria o meu vencedor predileto, mas mesmo um retornado Dolph Ziggler ou um regresso surpresa de Daniel Bryan, seria melhor do que Reigns ganhar o Royal Rumble. Aliás, eu até quero que Reigns seja o penúltimo a ser eliminado, desde que o vencedor, ou seja, quem o eliminar seja alguém que precise de ganhar credibilidade ou mais apoio dos fãs e não um superstar já estabelecido como no ano passado.

Seja como for, eu sou um dos fãs que por mais mal bookado  que seja o Royal Rumble, irei sempre ficar ansioso por ver. Mesmo que o vencedor do masculino seja Roman Reigns e que do feminino seja algúem que eu não aprecie muito, eu vou querer ver o Road To Wrestlemania. Mesmo que não hajam regressos ou estreias surpresa, o que duvido muito, pois em quase todos anos tem havido pelo menos uma, eu sei que o Royal Rumble será sempre um combate que eu não vou querer perder. Mesmo que tudo aponte para a vitória de Reigns, eu acredito que a WWE nos vai oferecer imprevisibilidade e vai dar aos fãs algo que eles realmente queiram ver.

E tu?

– Quem é que achas que serão os vencedores do Royal Rumble Masculino e do Feminino?

–  O que achas do destaque que Reigns tem vindo a ter nos últimos anos no Royal Rumble?

– Acreditas que a WWE irá tomar um caminho impresível e escolher um vencedor que não Roman Reigns?

–  Quem esperas ver estrear ou regressar este ano no Royal Rumble?

Obrigado a todos os que leram este artigo, vemo-nos no próximo domingo, com mais um More Than Words.

Autor

- Grande fã de wrestling, especialmente WWE, os meus lutador preferidoa são: AJ Styles, Seth Rollins, Shawn Michaels, Edge e Daniel Bryan e tenho um canal do YouTube chamado Vr37 onde faço edições de wrestling.

8 Comentários

  1. Ferraz há 6 meses

    Já perguntei isto noutro espaço, qual é probabilidade de um atleta como black vir do nxt e entrar no royal rumble? Vou apoiar vitória Reigns, ou Dolph ou até mesmo de uma surpresa como Samoa Joe.

    • Acho que é muito pouco provável o Black aparecer, visto que ontem teve um Extreme Rules match brutal. Mas acredito que outros talentos do NXT apareçam. Eu pessoalmente gostaria de ver Lars Sullivan.

      • Ferraz há 6 meses

        2 ou 3 do nxt devem aparecer, mas já se sabe que vai ser só para encher números. Mas torço para uma chegada do black ao smack down sobretudo, incrível nas storyllines

  2. Facebook Profile photo

    Acho que Asuka vence, mas ela é muito favorita e tenho medo de que as outras mulheres se juntem e eliminam ela. No masculino eu quero e aposto no Ziggler, como o EC é do RAW o Roman pode ganhar a vaga pra WM lá. Acho que o Ohno pode aparecer no RR match, e tem alguns que podem aparecer: Rey misterio, Batista e Undertaker, quase certeza que o Taker aparece.

  3. Anónimo há 6 meses

    Alguem sabe onde ver o Royal Rumble ?

  4. MIGUEL há 6 meses

    ONDE POSSO VER EM DIRETO, E A QUE HORAS É

Comentar