Faz login e reduz a publicidade

More Than Words #23 – Tão diferentes mas tão iguais

O Superstar Shake Up foi esta semana, o que quer dizer que vários superstars do RAW e do Smackdown trocaram de brand e alguns superstars do NXT subiram ao main-roster. O objetivo com este “shake up” está mesmo explícito na palavra, é agitar as coisas em ambas as brands, isto é, fazer mudanças em ambas as brands, para que estas possam oferecer combates e rivalidades novas, sem que a repetitividade seja um problema.

Após este mini draft, tivemos várias trocas de brand interessantes, como a ida de Samoa Joe para o Smackdown e a ida de Bobby Roode para o RAW, tivemos as subidas de dois grandes talentos do NXT, Drew McIntyre no RAW e Andrade Cien Almas no Smackdown e tivemos algumas surpresas como a conquista do título dos Estados Unidos, por parte de Jeff Hardy, que depois trouxe o título de volta para o Smackdown e a formação de uma tag-team inesperada, estou a falar pois da aliança surpresa entre Dolph Ziggler e Drew McIntyre, que chocou toda a gente.

No entanto, apesar de todos estes momentos, aquilo que me pôs mais em pulgas, aquilo que me fez ficar mais satisfeito com este shake up, foi a mudança de The Miz para o Smackdown. Eu fiquei contente com esta mudança, não só por ter gostado de vê-lo voltar à brand em que ele brilhou à dois anos atrás, mas também pelo facto de assim finalmente ser possível acontecer o tão aguardado dream match entre este e Daniel Bryan. A storyline que a WWE foi construíndo cuidadosamente, antes sequer de se pôr a hipótese de que Daniel Bryan poderia voltar aos ringues e que teve o seu auge num segmento fantástico e emotivo do já extinto Talking Smack, tem a agora a possibilidade de culminar num combate.

A execução desta storyline, que até agora foi tendo atenção a todos os pormenores, algo que não é característico da maior parte das rivalidades do main-roster, tem sido fantástica. Tudo tem sido bem constrúido, desde aquele segmento brilhante no Talking Smack, que eu falei acima, até aos mais pequenos detalhes, como o facto de The Miz ter confrontado Daniel Bryan no Raw 25, esta storyline tem sido uma das melhores que a WWE construiu recentemente no main-roster.

O que eu mais gosto nesta storyline, é o facto de para mim, apesar de Bryan ser claramente o babyface e Miz ser claramente o Heel, não consigo decidir de que lado é que estou. Apesar de querer ver Bryan a calar The Miz, mostrando-lhe que tudo o que este último disse sobre ele ao longo destes últimos dois anos, é mentira e que ele conseguiu cumprir a sua promessa de que um dia iria voltar aos ringues, também quero ver Miz provar a Bryan que não é nenhum cobarde e que o seu estilo de luta, mais defensivo, faz com que ele nunca ou quase nunca, se tenha lesionado e que ele, ao contrário do que muita gente diz, dá tudo no ringue, todas as semanas e que isso faz dele um dos superstars mais consistentes da WWE.

O que também faz com que esta storyline seja tão boa, é o facto de eles serem simultaneamente tão diferentes e tão parecidos ao mesmo tempo. Daniel Bryan e The Miz são sem dúvida o oposto um do outro. Um é um wrestler nato, cujas habilidades em ringue valeram-lhe um lugar na WWE e o outro é um superstar, cujas habilidades no microfone fizeram com que ele estivesse no lugar que está agora. Um entrou através das indies, sendo aquilo que alguns chamam de “indie darling” e o outro entrou através de um reality-show e sempre foi visto mais como um entertainer e não como um wrestler. Um tem um moveset completamente arriscado e tem um estilo muito explosivo em ringue, embora agora que acabou de voltar aos ringues, tenha abrandado um pouco e o outro tem um moveset mais metódico e ponderado e tem um estilo mais controlado em ringue. Até mesmo como pessoas, estes dois são totalmente diferentes, um é mais reservado e opta pela privacidade da sua vida, não querendo estar muito tempo à frente das câmaras, embora a sua mulher tenha um canal de youtube que mostra um pouco da sua vida e o outro é uma estrela de cinema, que não se importa de expôr a sua vida e a da sua família- embora com limites claro- e que adora tudo o que sejam eventos ou passadeiras vermelhas.

Mas será que eles são assim tão diferentes? Já vimos que, no que toca ao estilo de wrestling e à personalidade, eles são o oposto um do outro, mas se formos a ver as jornadas de ambos na WWE, até agora, podemos ver que não foram assim tão diferentes. Ambos, no príncipio das sua carreiras, foram criticados e meio que postos de lado pelo staff da WWE. Daniel Bryan por acharem que ele não tinha nenhum carisma e que era só mais um “indie darling” que ia falhar na WWE por esse motivo, porque não se ia conectar com os fãs e The Miz pelo facto de não acharem que o lugar dele fosse na WWE e por acharem que ele não tinha talento suficiente para ser um Wrestler.

A partir daí os percursos de ambos foram similares, ambos tinham objetivos parecidos. O de Daniel Bryan era mostrar que não lhe faltava carisma e que o estereótipo a que estava associado não passava disso mesmo, de um estereótipo e o de The Miz era mostrar que conseguia acompanhar os melhores wrestlers no ringue e que a WWE podia contar sempre com ele, provando que ali era de facto o seu lugar. Ambos conseguiram fazer isso, ambos ao longo dos seus percursos conseguiram lutar contra os estreótipos que lhes estavam associados e conseguiram mostrar àqueles que duvidavam do seu talento, que estavam errados. Aos meus olhos e aos olhos de muitos fãs, ambos, Daniel Bryan e The Miz, são a definição do termo Underdog, contudo só um deles é que é retratado como tal e é aí que está a grande diferença, apesar de ambos terem lutado contra todos os óbstáculos que lhes foram pondo à frente, só um deles é que é considerado um Underdog pela WWE, só o percurso de Bryan na WWE é que foi retratado como uma jornada de um Underdog.

Eu não estou a criticar isto, eu percebo perfeitamente. The Miz funciona muito melhor como Heel do que como face, a WWE prefere manter a personagem The Miz um pouco separada de Mike Mizanin, embora cada vez menos, o que não acontece com Daniel Bryan e Bryan Danielson, que são praticamente a mesma pessoa. Mas eu compreendo perfeitamente, a feud funciona muito melhor com uma dinâmica Face/Heel e ambos desempenham perfeitamente os respetivos papéis. Apesar disso, para mim vai ser sempre díficil deixar-me levar pela rivalidade apenas como fã e não como crítico, vou caír sempre na tentação de compará-los e de colocar Daniel Bryan/Bryan Danielson e The Miz/Mike Mizanin na mesma categoria, a de Underdog, contudo tendo em conta o talento de ambos, tenho esperança que eles me consigam provar que é possível ficar investido nesta dinâmica de Face/Heel e de que é possível, de facto, separar The Miz de Mike Mizanin. Resta ficar à espera que esta feud começe e que ainda tenha que esperar um pouco – visto que a WWE tem a tendência de ser impaciente no que toca a Dream Matches – e que as altas expectativas que tenho para este combate/rivalidade sejam cumpridas.

E Tu?

  • Estás ansioso pela feud entre Daniel Bryan e The Miz?
  • O que tens achado da storyline até agora?
  • Concordas com o facto de eles terem tido percursos tão diferentes e ao mesmo tempo tão parecidos?
  • Achas que a dinâmica Face/Heel é clara ou para ti os papéis estão trocados?

Obrigado a todos os que leram este artigo, tenham um bom resto de fim de semana e vemo-nos no próximo domingo, com mais um More Than Words.

Autor

- Grande fã de wrestling, especialmente WWE, os meus lutador preferidoa são: AJ Styles, Seth Rollins, Shawn Michaels, Edge e Daniel Bryan e tenho um canal do YouTube chamado Vr37 onde faço edições de wrestling.

11 Comentários

  1. Estás ansioso pela feud entre Daniel Bryan e The Miz? Sim. Apos o Miz ests anos a dizer mal deste e ate lhe roubou os moves, vai fazer faisca

    O que tens achado da storyline até agora? Storyline antes de ser storyline foi mto boa

    Concordas com o facto de eles terem tido percursos tão diferentes e ao mesmo tempo tão parecidos? discordo porque bryan sabia lutar e no inicio era melhor que muitos do roster principal. Miz desenvolveu durante a sua chegada na wwe, e evoluiu mto ao lado de Morrison

    Achas que a dinâmica Face/Heel é clara ou para ti os papéis estão trocados? è clara, a diferença é que o pessoal gosta de detestar o Miz, ele faz bem esse papel… bryan é ele mesmo e é dificil nao gostar daquela tecnica e velocidade que impoe no ringue.. Ja agora Bryan saca sempre grandes combates contra quem quer que seja

    P.S. Dream match é AJ Styles vs Bryan

    • Quando eu digo que eles são parecidos, é pelo facto de ambos, ao longo das suas carreiras, terem provado que os estereótipos que lhes colocaram no início das suas carreiras estavam errados, é nesse sentido, porque de resto, como eu disse no artigo, eles não têm nada haver.

  2. Amenon "Baron" há 4 meses

    – Estás ansioso pela feud entre Daniel Bryan e The Miz?
    Demais! Sou muito fã do The Miz e, creio que essa mudança dele pro SD (embora eu não tenha me agradado no início) vai coloca-lo em algum momento na rota do WWE Champion, seja contra Bryan, Styles ou Nakamura.

    – O que tens achado da storyline até agora?
    A Storyline foi escrita a um bom tempo atrás, era uma match que se acontecesse naquele momento não teria impacto. Hoje ela é uma dream match graças ao Talking Smack! Aquela promo maravilhosa que elevou a outro nível de MicSkill. Porém ao andar das feuds atuais me preocupa de que os bookers possam destruir ou tirar o brilho que deveria ter.

    – Concordas com o facto de eles terem tido percursos tão diferentes e ao mesmo tempo tão parecidos?
    Como dito, a única semelhança em ambos é o fato de que eles foram tratados praticamente da mesma forma pelo Staff da WWE e conseguiram, cada um de sua forma, dar a volta por cima e serem Top Superstars. Não os acho tão parecidos, mas acho que eles deveriam investir em um The Miz um pouco mais agressivo e sem necessidade de interferências para ganhar.

    Achas que a dinâmica Face/Heel é clara ou para ti os papéis estão trocados?
    – A dinâmica é clara como a água, mas existem alguns poréns:
    O Bryan tem uma faceta de Heel, embora o Yes Movement! seja um sucesso, algumas decisões dele enquanto era GM do SD o fizeram ter uma singela aparência de Heel, que talvez possam investir em um futuro próximo.
    O The Miz é um Heel que as pessoas amam odiar! O estilo de luta dele te faz odiar ele, ele é um ótimo wrestler porém digamos que essa “gimmick cheater” faça com que o pessoal odeie ele, porém com um Mic na mão qualquer promo é um sucesso, fazendo com que seja um dos melhores.

    Resumindo:
    É uma Dream match que poderia render um ME na WM35 pelo WWE champion, porém a minha preocupação são os bookers.

    • Anónimo há 4 meses

      Talvez agora sem a Maryse e Miztourage vejamos um Miz mais agressivo. Estou ansioso por ver o que a WWE irá fazer com o Mike. E por favor, que não tenham pressa. Este poderá ser um dream match, uma grande rivalidade. Que façam bem as coisas e não tudo às pressas

  3. Tobias há 4 meses

    Eu estou animado demais com essa Dream Match e ao mesmo tempo não pq acredito que o Bryan vai sair por cima. Na boa gosto muito do personagem do Miz, não consigo torcer contra ele, ainda mais quando concordo com tudo que ele disse sobre o Bryan.

  4. Anonimo há 4 meses

    Estás ansioso pela feud entre Daniel Bryan e The Miz?

    Sem duvidas a construçao contribuiu muito para isso e quando as coisas são bem feitas sou o primeiro a elogiar a wwe.

    O que tens achado da storyline até agora?

    Tem tido uma construçao brutal e é claramente candidata a ser uma das melhores rivalidades dos tempos modernos se bem que para isso realmente acontecer acho que a empresa deve começar a bookar o the miz mais como main-eventer como o faziam quando ele era o awesome one para este ficar mais credivel pois se repararmos the miz comporta-se muito como aquela midcarder que as vezes sobe para ser contender e mesmo na wrestlemania do ano passado so aguentou com um finish do cena e isso a meu ver nao pode acontecer.

    Concordas com o facto de eles terem tido percursos tão diferentes e ao mesmo tempo tão parecidos?

    Não concordo muito. O The Miz inicialmente era visto com maus olhos pelos fas e o daniel bryan pela wwe essa era a diferença porque a empresa sempre gostou do carisma e mic skills do miz e ja desde os tempos da dupla com o john morison isso ficou evidente. pelo contrario o daniel bryan nao tinha o look que a empresa procurava. Eles acabaram sim por ser “underdogs” mas de modos diferentes. Um aos olhos da empresa e o outro dos fas.

    Achas que a dinâmica Face/Heel é clara ou para ti os papéis estão trocados?

    No meu entender como fa o face da historia é o the miz. No entanto este ultimo é muito melhor como heel tal como bryan se destaca mais como face dai concordo com os papeis mesmo vendo o awesome one como o face pela forma como se exprimi e define os seus ideais e ele e mais que capaz de virar o publico contra ela facil.

    • Anónimo há 4 meses

      Agora que o Miz está sem o Curtis, Bo e Maryse por favor que acabem com essa faceta “medricas” dele. Bookem-no como o awesome one e que esteja afastado do título do mid card por algum tempo e quem sabe o coloquem na rota do título principal.

  5. Júnior 007 há 4 meses

    WWE poderia fazer isso com o Sasha e Paige seria interessante .

Comentar