Faz login e reduz a publicidade

More Than Words #32 – Mais Que Uma Antevisão

Hoje, em Pittsburgh, Pensilvânia, irá decorrer mais um PPV da WWE, desta vez o Extreme Rules, um dos PPV’s mais violentos do calendário, ou pelo menos um dos que devia ser. Este ano temos um card que em teoria promete, mas que na prática também tudo para correr menos bem. Neste artigo irei fazer uma espécie de antevisão/previsão ao/do evento, falando também daquilo que eu acho do card, mas vou tentar sem um pouco diferente dos restantes autores que também costumam fazer antevisões a PPV’s, até porque se fosse igual às outras, provavelmente ninguém leria a minha.

Ora sem mais demoras, irei começar já por falar do Kickoff, aquela hora antes do show propriamente dito, que 2 terços dos fãs assistem no youtube e apenas 1 terço presta propriamente atenção. Os dois combates agendados para este Kickoff são Andrade Cien Almas vs Sin Cara e The New Day vs Sanity. Para mim, este Kickoff já me entusiasma mais do que muito do que se irá passar no show propriamente dito, afinal de contas Almas e Sin Cara já nos deram uma amostra daquilo que conseguem fazer em pouco tempo, no último episódio do smackdown e um combate de trios entre os New Day e os Sanity tem tudo para ser interessante. Por isso espero que pelo menos mais de 1 terço dos fãs assista a este Kickoff, porque pelo menos em papel é capaz de ser uma das três horas e meia mais interessantes do PPV. É  também de realçar que Almas e os Sanity irão hoje fazer a sua estreia em PPV’s do Main Roster, o que considerando o tempo que estiveram em televisão antes do PPV, torna-se ainda mais notável. Por isso aposto numa vitória para ambos os estreantes.

A partir daqui não faço a miníma ideia qual será a ordem dos combates, portanto irei em primeiro lugar começar por falar dos combates do roster do Monday Night Raw e de seguida irei abordar os do roster do Smackdown. Na brand vermelha temos o combate pelo Raw Women’s Championship entre a campeã Alexa Bliss e a sua atual ex-melhor amiga, Nia Jax. Em primeiro lugar, é preciso ver as fortes probabilidades de este combate terminar em DQ, visto que  a anterior desafiante por este cinturão, nomeadamente Ronda Rousey, irá estar nas bancadas a assitir ao combate e muito provavelmente com uma grande vontade de desmembrar ambas as lutadoras em ringue. Em segundo lugar é preciso notar que este é o único combate extreme rules do PPV, portanto se em todo o combate não houver mais do que uma ou duas cadeiradas seja lá de quem for, mais valia nem terem colocado esta estipulação e por último, Alexa Bliss vai manter o título. Isto nem é bem uma previsão, é mais um facto, pois não estou a ver a WWE a tirar o título a Bliss, principalmente tendo em conta que esta fez o cash-in à cerca de um mês.

Para além deste combate, a brand vermelha irá ser representada por um Matt Hardy e Bray Wyatt vs The B-Team, do qual eu não vou falar, pois já o fiz no meu artigo anterior, mas acredito numa vitória dos primeiros, por um Finn Bálor vs Baron Corbin – peço desculpa – “Constable” Baron Corbin, no qual vejo Bálor a sair por cima e com um sorriso ainda maior do que aquele que tem apresentado em todos os episódios do Raw nos últimos meses, por um Steel Cage Match entre Braun Strowman e Kevin Owens, do qual espero um bom combate e não apenas mais uma oportunidade de Vince McMahon mostrar o lado cómico de ambos os superstars, esperando também que Strowman vença de forma convicente, pois apesar de ter pena de Owens, é preciso ver que Strowman é o Mr. Money In The Bank e que isso por si só já é um motivo para lhe dar a vitória e por um Roman Reigns vs Bobby Lashley, que irei rezar para que não seja o main-event do PPV, não porque não acho que ambos sejam talentos de main-event, mas sim porque o combate que irei falar a seguir deste, tem a meu ver, mais importância. Quanto ao vencedor, acho que nem é preciso dizer, Roman Wins. Para finalizar, com aquele que na minha opinião deve ser o combate com mais destaque no PPV, temos um Seth Rollins vs Dolph Ziggler num iron-man match de 30 minutos, este é para mim o main-event do PPV , muito devido à forma como este tem sido construído até agora e pelo prestígio que Rollins conseguiu trazer a este título que neste momento está nas mãos de Ziggler. Para além disso é preciso ver que este combate é um iron-man match e esta estipulação por si só deveria dar um lugar garantido no main-event. Neste combate vejo um Ziggler a saír vitorioso, com a ajuda do seu amigo escocês, claro e possivelmente, ainda que otimista, a culminar com um regresso do tão adorado lunático, Dean Ambrose, para ajudar o seu ex-parceiro.

Do lado do Smackdown, podemos contar com um Carmella vs Asuka pelo Smackdown Women’s Championship, no qual estará em jogo, não só o título de Carmella, como também o que resta da credibilidade de Asuka e no qual prevejo um desfecho em que Asuka irá sair sem ambas as coisas. Podemos contar com um combate pelos Smackdown Tag Team Championships, entre os Bludgeon Brothers e a Team Hell No, no qual não sei qual é a equipa mais disfuncional, visto que na primeira se trocam chapadas entre si como forma de motivação e na segunda ora se dá abraços, ora se grita e discute, mas no qual sei que os Bludgeon Brothers deverão continuar o seu reinado, pois não vejo esta reunião da Team Hell No como mais do que um momento de nostalgia. E podemos contar ainda com um Jeff Hardy vs Shinsuke Nakamura pelo USA Championship, do qual espero um dos melhores combates da noite, um swanton bomb revertido para um cross-armbreaker e uma vitória do recém-mordido pelo um cão da polícia, Shinsuke Nakamura, podendo ser a única mudança de título a ocorrer no evento e com um combate pelo WWE Championship entre AJ Styles e Rusev. Quanto a este combate, não consigo perceber quem é que é o Heel, quem é que é o Face ou se há um Heel ou um Face nisto tudo, aquilo que eu consigo que perceber é que Rusev não deve passar de uma espécie de filler para AJ Styles e que por essa razão Styles deve manter o título, o que não deixa ser um bocado triste, pois toda a gente sabe que Rusev merece mais do que este papel e ningúem com o talento de Rusev deveria ser obrigado a este papel e a perder no seu dia mais importante, neste caso o Rusev Day.

Para concluir, estou à espera de um Extreme Rules com muita violência, com mesas a arder e motoserras à mistura e com sangue por tudo o que é sitío. Ok, pronto, eu paro de gozar, eu sei que o que eu descrevi é um evento da CZW e não um Extreme Rules da PG-Era da WWE. Mas agora fora de brincadeiras, apesar de não ter grandes expectativas para o PPV, espero ainda assim que a WWE me consiga  surpreender e consiga tornar este card , que em papel não é nada mau, num evento coeso, que no final das três horas e meia que pautam o PPV, consiga dizer pelo menos que não foram um desperdício de tempo.

Com isto despeço-me, obrigado a todos os que leram este artigo, para a semana não irá haver More Than Words, pois  infelizmente não irei ter tempo de escrever o artigo e por isso vemo-nos daqui a duas semanas, com mais um More Than Words.

2 Comentários

  1. Joaomss99 há 3 meses

    Esta antevisao do extreme ruler está uma treta, não falaram de metade dos combates e e principalmente dos combates mais importantes ou interessantes do evento e com isto estou a falar do combate bob Lashley vs Roman reigns, brain strowman vs Kevin Owens, Finn balor vs baron Corbin, Matt hardy e Bray Waytt vs the b-team e Dolph Ziggler vs Seth Rollins. Dos combates mais importantes do evento não falam. Que estupidez está antevisao

    • Antes de mais, tens de começar a aprender a escrever o nome dos wrestlers, mas pronto. Segundo, pelo título do artigo devias ter percebido que isto não era bem uma antevisão, mas sim algo com um teor mais cómico, por último, se fores ver os meus artigos anteriores, podes verificar que eu não faço antevisões de PPV’s. Já agora, muito provavelmente não leste todo o artigo e não te censuro por isso, mas eu falei de todos os combates, incluindo quem eu acho que irão ser os vencedores. Mas pronto, se não gostas, não gostas, não digas é que é uma estupidez e que não falei de todos os combates.

Comentar