Reality Check #6 – Breakin’ Outta Hell!

Boas pessoal, o meu nome é Luís Correia e sejam bem-vindos a mais uma edição do Reality Check aqui no Wrestling.PT.

Esta semana vou falar-vos sobre o combate entre Shane McMahon e Kevin Owens deste Domingo que irá ocorrer dentro duma Hell in a Cell e é sem qualquer dúvida o combate mais esperado da noite.

Toda esta rivalidade iniciou-se precisamente em Agosto, quando Shane McMahon se meteu entre AJ Styles e Kevin Owens e foi escolhido por Daniel Bryan para ser o árbitro no combate entre ambos no Summerslam. No maior evento de Verão o vencedor acabou por ser AJ que reteu assim o título e deixou Owens furioso, visto que várias foram as intervenções de Shane durante o confronto pelo United States Championship, sendo que no final Owens foi o mais prejudicado pelo atual comissionário do Smackdown.

Duas noites depois no Smackdown Live, Owens teve a sua última e derradeira oportunidade pelo título frente a AJ Styles, mas desta vez com Baron Corbin a ser o árbitro especial, dado os erros que Shane McMahon tinha cometido no Summerslam. Apesar disso, Shane acabou por aparecer perto do fim e acabou por ser novamente o árbitro do combate em que vimos o “Phenomenal One” a sair por cima e Owens a nunca mais o poder desafiar pelo United States Championship.

Após este combate, pois claro, iniciou-se então a feud entre Kevin Owens e Shane McMahon que prometia estar recheada de grandes capítulos devido ao historial recente de Shane e o estatuto de Owens como Heel desde que chegou ao Main Roster e a sua inigualável capacidade de desenvolver grandes combates e rivalidades. A prestação de Shane O’Mac nas últimas duas edições da Wrestlemania traziam uma grande expectativa para o que podia acontecer entre os dois nas edições seguintes do Smackdown.

Na edição de 5 de Setembro do Smackdown Live, vimos então o célebre segmento entre Owens e Shane em que na maior parte do tempo vimos o ex-United States Champion a insultar constantemente o comissionário do Smackdown, desde alegando que este deveria estar morto a dizer que a sua família ficaria melhor sem a sua presença. Isto tudo deixou Shane McMahon de uma maneira nunca antes vista e este acabou por atacar incontrolavelmente Kevin Owens, deixando-o indefeso.

Na semana seguinte deu-se o previamente anunciado regresso de Vince McMahon aos ecrãs, isto que não se sucedia deste Abril quando apareceu no Raw e anunciou o Superstar Shake-Up e Kurt Angle como o novo General Manager da brand vermelha. O chairman da WWE interrompeu Kevin Owens no segmento final do Smackdown, sendo que depois foi brutalmente atacado com uma cabeçada pelo mesmo, seguido dum soco, um pontapé na barriga, um Superkick e um Frogsplash, enviando claramente uma mensagem amarga para Shane McMahon.

No Smackdown de há duas semanas Kevin Owens apareceu via satélite para falar sobre o seu ataque a Vince McMahon, frisando não estar arrependido do que fez e prometer fazer ainda pior a Shane no Hell in a Cell. Para concluir, na passada Terça-Feira, o antigo Universal Champion voltou a se envolver numa briga com Shane-O-Mac, chegando até a aplicar-lhe um Powerbomb para cima duma mesa de venda de merchadising e momentos depois uma Pop up Powerbomb, deixando o comissionário do Smackdown estendido no ringue para finalizar o episódio da brand azul que antecede o Hell in a Cell.

O passado de Shane McMahon dentro de uma Hell in a Cell já é conhecido por todos. O filho do chairman da WWE participou por duas vezes na sua carreira num combate desta categoria, sendo inclusive derrotado em ambas as ocasiões. O primeiro sucedeu-se no Unforgiven 2006 quando se juntou ao seu pai Vince McMahon e a Big Show para enfrentarem os D-Generation-X, que durante a maior parte do combate os massacraram e humilharam de forma brutal, afectando assim a dignidade da família McMahon.

Foram precisos mais 10 anos para vermos Shane-O-Mac dentro duma cela e desta vez com o irreverente Undertaker, que tem um historial invejável na Wrestlemania, que foi precisamente onde ambos se enfrentaram. Inevitavelmente foi o Deadman a sair com a vitória, apesar de vermos Shane McMahon a dar tudo por tudo para conseguir arrecadar uma importante vitória de modo a trazer algum prestígio para o nome da sua família que não tem um historial muito favorável em termos de combates nos últimos anos na WWE.

Este ano, apesar de não ter sido dentro dum Hell in a Cell, o comissionário do Smackdown teve um combate contra AJ Styles na Wrestlemania 33, que serviu para abrir o maior evento do ano. Ao contrário do que se esperava vimos um grande prestação de Shane McMahon, sendo que este conseguiu e muito bem repartir o combate contra o “Phenomenal One”, tentando inclusive um Shooting Star Press que acabou por não sair da melhor forma. No final AJ Styles acabou por ser o esperado vencedor, mas com Shane a sair de cabeça erguida pela segunda Wrestlemania consecutiva.

Bem, este Domingo iremos sem dúvida ver um combate muito bem trabalhado tal como vimos das últimas duas vezes que Shane McMahon teve um combate na Wrestlemania. O atual comissionário do Smackdown já nos habitou a grandes combates sempre que tem um adversário de grande calibre como é este o caso agora. Kevin Owens é sem dúvida um dos melhores atletas que a WWE possui atualmente, com um historial invejável de grandes conquistas nos indies a uma notável ascensão desde que chegou à empresa, conquistando praticamente tudo o que há para conquistar, seja no NXT ou no Main Roster.

Sem dúvida que quem tem algo a provar é Shane McMahon, visto que sempre que tem um combate acaba por sair derrotado, mesmo apesar da maioria das vezes conseguir fazer uma boa prestação apesar das suas evidentes limitações, visto não ser um wrestler profissional. As passadas derrotas com Undertaker e AJ Styles nas duas últimas Wrestlemania eram totalmente esperadas, mas desta vez a história inclina ligeiramente mais a favor de Shane em relação ao passado, pois as suas probabilidades de ganhar não são de todo remotas, visto que Owens é quem tem saído por cima praticamente desde o início da rivalidade.

Mas caso o triunfo sorria para o lado de Kevin Owens, tal pode ser bastante benéfico para o antigo United States Champion. Owens tem sido indiscutivelmente um melhores heels dos últimos meses da WWE, o seu booking desde a sua chegada ao Main Roster tem estado a rasar a perfeição, sendo que o seu reinado como Universal Champion superou as expectativas de todos, dado o prestígio que trouxe ao título, quando se pensava que este poderia vir a ser afectado pela lesão de Finn Balór logo após ser coroado o primeiro detentor do título.

Mas agora fica a questão, quem conseguirá levar o seu adversário ao limite no Hell in a Cell e arrecadar uma importantíssima vitória? Shane McMahon parece uma aposta válida, visto que o seu triunfo implicaria que esta rivalidade continuasse pelo menos até ao Survivor Series e nos traria então mais capítulos desta bela feud. Mas Kevin Owens precisa tanto desta vitória como Shane-O-Mac, dado que perdeu recentemente o United States Champion e precisa de causar algum impacto imediato para voltar à ribalta no Smackdown e mostrar que pode fazê-lo sem ter qualquer título aos seus ombros.

E tu, quem achas que irá sair vencedor no final da noite de Domingo? Será que Shane McMahon irá finalmente arrecadar uma vitória que dignificará o legado da sua família? Que momentos marcantes irão acontecer dentro da cela?

Até para a semana. Fiquem bem!

Sobre o Autor

- Acompanho Wrestling há mais de 12 anos e desde então não perdi a minha paixão por esta modalidade. Sou o autor da rúbrica semanal "Reality Check" onde discuto temas da atualidade da WWE.

3 Comentários

  1. Sou do Russo - há 2 semanas

    eu acho

  2. Sou do Russo - há 2 semanas

    eu acho que deve ganhar o owens pois é um wrestler profissional e estará muitos anos na WWE em princípio… portanto isto com o Shane, deve é ser usado de forma a elevar ainda mais o Owens…

  3. Juangprata - há 2 semanas

    Será que iremos ver outro “for the love of mankind ” de Michael cole

Comentar

Editar avatar »