Durante a pandemia de COVID-19, a Ring of Honor continuou a fazer eventos à porta fechada, mas isso teve custos e através de um comunicado na sua conta de Twitter, a promotora anunciou que vai fazer grandes mudanças.

No comunicado, a Ring of Honor explicou que durante a pandemia a prioridade foi manter toda a gente bem de saúde e segura, e que todos continuassem com contrato.

Agora está na altura de fazer mudanças nas estratégias de futuro da empresa, sendo que depois do Final Battle em Dezembro, a empresa irá usar o primeiro trimestre de 2022 para trabalhar de forma interna para se redefinir.

A ROH também agradece aos seus fãs pela lealdade e anunciou que irão regressar aos eventos em Abril com o Super Card of Honor e com um novo produto, que estará focado em oferecer uma experiência única aos fãs.

Apesar do comunicado da Ring of Honor não especificar nada sobre o futuro dos seus lutadores, Dave Meltzer afirmou que a empresa despediu todos eles.

O jornalista Sean Ross Sapp também confirma que a ROH despediu todos os seus lutadores, mas esses despedimentos só serão consumados no final deste ano. Já os lutadores que tinham contratos para além do final de 2021, irão ser pagos até ao dia 31 de Março de 2022.


Que mudanças pensas que a Ring of Honor irá fazer ou este pode ser o início do fim de uma das empresas mais influentes da história do Wrestling?

13 Comentários

  1. joao (diferenciado)1 mês

    continuarão a pagar aos lutadores que nao competirem. pelo que percebi, quem quiser competir noutra empresa tem que contactar a ROH para cessar o contrato de imediato e ficam sem receber esse dinheiro. ao menos os lutadores têm essa escolha.

  2. CoffinMeme1 mês

    Comecei a ver esta lendária empresa no inicio deste ano e notou-se claramente o estado que a pandemia a deixou, e ainda assim, aguentaram-se, continuando os seus programas semanais (não sei como foi no ano passado), e seguiram tb com os ppvs. Quem ja seguia a empresa a algum tempo, deve saber que a empresa não foi mais a mesma ate ao final de 2018 quando ainda la estavam os Young Bucks, Adam Cole (antes de ir para a WWE em 2017) e outras caras conhecidas que de 2019 até agr, se mudariam para a estreante AEW. Espero que a empresa se consiga reerguer em 2022 para a continuar a acompanhar e que consigam melhorar ainda mais o produto e fazer o publico regressar as arenas.

  3. Rocky Marciano1 mês

    É uma pena que essa lendária empresa esteja tendo problemas , espero que ela se recupere , e que os lutadores tenham oportunidades em outras empresas ou até voltar num futuro próximo

  4. Danhausen1 mês

    Desde que a Elite saiu em 2018 a ROH nunca mais teve o mesmo interesse. E, além da Elite, também sairam os SCU, os War Machine, Best Friends e mais alguns. A juntar a isso a parceria com a NJPW terminou. Contudo, ainda ficaram lá bons nomes como Dalton Castle, Jay Lethal, Matt Taven e Flip Gordon mas sempre mal aproveitados. Durante muitos anos a ROH foi uma alternativa à WWE. Mas os seus anos de sucesso já termiram pelo menos à 3 anos. Não sei o que virá da nova ROH mas espero que tenha um produto interessante. Contudo, duvido que volte a ser a empresa que foi em anos. Com a chegada da AEW e a boa reestruturação que tem sido feita no Imapct, fica difícil.

  5. Italo1 mês

    Ja sabemos pra onde todos eles vão, primeira concorrente a cair, quem será a próxima?

    • Maicon1 mês

      AEW?? Não vão todos até parece que vc quer que vão a falência todas as empresas , é triste ver isso , mas fica tranquilo WWE NJPW,impact vão continuar sendo concorrência do pequeno AEW

    • The Name1 mês

      Pequeno aew? O que tens na cabeça? 😂

  6. El Cuebro1 mês

    Eu simplesmente não entendo, e agora o que será da empresa, uma reformulação assim, “acabando” com seu roster, recentemente coroou uma nova campeã, vinha tendo grandes lutas com as stables do show, pela primeira vez um luchador mascarado era o campeão por lá, o que aconteceu ROH?! Espero que primeiro os despedidos possam encontrar novos bons lugares para lutar e continuar a mostrar o seu talento e para a empresa que volte, mas faça direito essa volta e quem sabe possa ter uma consideração com o público que a viu surgir e crescer e também seus funcionários!

  7. Anónimo1 mês

    A pandemia veio fazer muitos estragos, e aqui está o resultado disso nas empresas mais pequenas. É uma pena ver isto acontecer, boa sorte para o futuro.

  8. lol1 mês

    infelizmente a monopolização das grandes empresas como a WWE e AEW faz disto tambem

  9. Fernando Caldas1 mês

    Me corrijam se estiver errado mais a ROH era praticamente baseada nos membros da Elite, e com a saida de boa parte deles (Cole, YB, Cody, Page…) a empresa abriu um buraco, e com o passar dos anos esse buraco foi se abrindo cada vez um pouco mais, passa um ano e vem a All Elite, com isso o buraco se abriu por completo, pois a AEW em menos de 1 ano já tinha um plantel bem melhor do que o da ROH, e consequentemente entregava um melhor produto. Até a chegada da Pandemia, com isso a empresa teve de fechar as portas, porém continuou com os shows (O que é uma péssima ideia, visando não ter lucros com venda de ingressos), enfim, a All Elite faz parceria com a IMPACT e com isso a ROH praticamente desmoronou.

    Claro que a ROH não era só sobre a Elite, também tinha bons lutadores como o Lethal, Martinez (Priest), Dalton Castle, Flip Gordon, Marty Scurll e nos ultimos anos tinha Rush, Bandido, Dragon Lee, Demonic Flamita e até mesmo o PJ Black, porém o que quero dizer é que a ROH tinha grande notoriedade em 2018 por conta da Elite, não precisa ser nenhum “Eisten” pra saber disso.

  10. Uma pena que a pandemia afetou toda a gente e aí está o resultado da pandemia ao ROH!…

  11. TakerVanderVaart231 mês

    Acredito que a pandemia tenha tido o seu fator nesta decisão… uma infelicidade ver a ROH passar por estas dificuldades. Que se consigam recompor nos próximos anos, quem sabe daqui a 5 anos estejam numa situação mais estável