Top Ten #167 – Grand Slam Champions da WWE

Sejam bem-vindos a mais uma edição do Top Ten! Por acaso não é algo baseado no ano anterior, é porque já estou a vê-lo bem longe! Ou então porque vou olhar ainda mais para longe no passado. Mas num bom sentido, é para olhar para história e currículos ricos. Tudo porque há razões para celebrar: Chris Jericho acaba de se tornar o Grand Slam Champion dos Grand Slam Champions!

O que é um Grand Slam Champion? Recuando às definições, um Triple Crown Champion será aquele que conquista os três títulos das diferentes escalas (Mundial, Intercontinental, Tag Team). Um Grand Slam tem mais sede ainda e é aquele que tenha quatro títulos, acrescentando mais um territorial ou de outra divisão do midcard a essa contagem. Actualmente conta-se o United States Championship como a adição. Noutros tempos, sem esse título, contavam-se os títulos Europeu e Hardcore. Como falamos de WWE, é lá que vou buscar os Grand Slam Champions desta lista. São de eras diferentes. E não, não estão todos!

10 – Big Show

Resultado de imagem para big show world heavyweight champion

Se acham curioso que Big Show esteja assim tão coroado, há mais curioso ainda. Completou esse feito recentemente. Ninguém lhe tira o seu maior feito: o WWE Championship, que já teve por duas vezes, uma em 1999 e outra em 2002. Nem sempre dos reinados mais longos e/ou memoráveis, mas teve-os. Com parceiros diferentes, mais que as mães, já teve reinados Tag Team até lhe dar com um pau. E um gajo com aquele físico não podia ter grandes dificuldades em ser Hardcore Champion, logo também o foi. Faltava aí um importante mas esse não vinha. Lá veio o United States Championship e ele conseguiu conquistá-lo, mas não era isso que mexia a contagem. Ainda nem para Triple Crown Champion dava. Até conseguiu ser World Heavyweight Champion (por segundos) em 2011. E um a faltar para o maldito título giro! Só em 2012, na Wrestlemania, seu palco amaldiçoado. Foi lá que ele rompeu as maldições todas, a das derrotas na Wrestlemania e a do título que faltava. Conquistou o título Intercontinental a Cody Rhodes, tornando-se Triple Crown e Grand Slam Champion ao mesmo tempo. Custou mas chegou lá. Até porque nem muitos estavam a morrer por ver Big Show com títulos por essa altura…

9 – The Miz

Resultado de imagem para the miz wwe champion

The Miz tem a folha perfeita do panorama moderno. Não conseguiu ser World Heavyweight Champion antes desse título se extinguir e chegou demasiado tarde para apanhar o European ou Hardcore. Olhando para o panorama presente, o Universal ainda não serviu para as contas – talvez se Owens vença um título Tag Team já considerem o título pela primeira vez – e o resto, ele já teve de tudo. Teve a sua ascensão no wrestling de equipas com John Morrison e com ele e outros parceiros juntaria 6 reinados Tag Team. A sua evolução como competidor singular também seria memorável com dois reinados como United States Champion. O seu maior feito: foi WWE Champion. E quanto ao outro, não é nenhum estranho a ele e até ocupa uma segunda posição em recorde de número de reinados – empatado com Jeff Jarrett e Rob Van Dam – do título Intercontinental, cimentando que gostem dele ou não, ele já fez de tudo e ainda parece ter muita coisa para dar!

8 – Kane

Resultado de imagem para kane world heavyweight champion

Um caso de alguém que não consegue ser um Grand Slam Champion dos tempos modernos. Tudo porque nunca foi United States Champion. Ainda está activo, quem sabe, com uma transferência para o Raw, darem-lhe mais aquilo só para ele ficar com o gostinho de estar na lista. Mas para já, é apenas um Grand Slam Champion dos tempos antigos, com um Hardcore Championship a completar a lista ao juntar-se aos seus dois títulos Intercontinentais, àquelas 11 vezes em que um monstrengo piromaníaco como este conseguiu dar-se com outras pessoas para ser Tag Team Champion e àquelas duas vezes breves e singulares em que lá conseguiu marcar presença no topo, tanto como WWE como World Heavyweight Champion. Se ele quiser mesmo aumentar a conta, ele ainda vai aparecendo… É só aparecer noutro sítio…

7 – Triple H

Resultado de imagem para triple h world heavyweight champion

Surpresa ou não, mas Triple H não é um Grand Slam Champion dos tempos modernos. Mas é dos mais antigos, sendo o segundo Grand Slam Champion da história. Mas faz todo o sentido, na altura em que o United States Championship chegou à WWE, que raio lhe servia? Não precisava disso para nada, mas já tinha esse título conjunto no seu currículo. Surpresa para todos que ele já teve títulos mundiais, como se ele não tivesse o terceiro maior recorde e não somasse já uns míseros 14 reinados. Portanto para o caso de não saberem, sim ele já foi WWE/World Heavyweight Champion, choquem-se. Ainda como Hunter Hearst Helmsley viria a explorar o midcard e lá cresceria por um tempo, sem problemas em tornar-se Campeão Intercontinental por cinco vezes. Não é conhecido por ser um lutador de Tag Team propriamente dito mas tem um melhor amigo em Shawn Michaels e histórias com Stone Cold Steve Austin – um não Grand Slam Champion – que já lhe serviram para um par de reinados como Tag Team Champion. E se o United States Championship já era meras moedas pretas para ele quando chegou à WWE, antes disso o European Championship seria do seu interesse, logo ainda o conquistou duas vezes, sem que o Hardcore Championship lhe interessasse para que conste no seu registo. Surpresa e choque: Triple H até teve muitos títulos…

6 – Shawn Michaels

Imagem relacionada

O amigo do anterior e já mencionado. Também não é de rodapé nisto, afinal de contas é o primeiro Grand Slam Champion desde que esse negócio é falado. E tem um currículo semelhante ao do seu melhor amigo, variando apenas os números. Sim, ele nunca foi United States Champion, não consta nos modernos. Foi antigamente que ganhou tudo e foi exactamente tudo o que o compincha ganhou, até o Hardcore Championship ficou de fora também. Mas teve os títulos Mundiais que só seriam negados a uma lenda da sua qualidade se alguém andasse por aí às cegas. Mas em muito menor quantidade, apenas com quatro títulos. Talvez se conheça mais brilho na sua carreira com o título Intercontinental, que teve três vezes. Também foi Campeão Tag Team por cinco vezes com variados parceiros, muito curiosamente nenhum deles com Marty Jannetty. Originalmente um wrestler de Tag Team, Michaels ganhou tudo o que tinha a ganhar com os Rockers noutros territórios, mas nunca na WWE. Falta lá o European Championship só para completar, até porque veio na altura em que pouco ou nada valia e ele própria gozava com o prestígio desse cinto, disputando-o em “combates” de comédia com, lá está, Triple H. Sim, em números, Shawn Michaels não é dos mais galardoados em abundância. Mas tem este título e conhecemo-lo, não como um tremendo multicampeão mas sim, muito simplesmente, como um dos melhores Campeões de sempre!

5 – Edge

Resultado de imagem para edge wwe champion

O nosso estimado Hall of Famer que deixou saudades muito cedo também faz parte da prestigiosa lista. Mas apenas da moderna. Nos tempos antigos nunca foi portador do European ou do Hardcore Championship. O que talvez pareça surpresa, talvez vejam Edge mais facilmente como um European Champion nos seus tempos crescentes no midcard e com loucura suficiente para ir buscar o Hardcore Championship um punhado de vezes quando lhe apetecesse. E se calhar como United States Champion é que não o vêem! Mas de facto, nunca teve nenhum desses dois antigos cintos e foi United States Champion por uma vez, em 2001. Nunca foi nenhum estranho ao título Intercontinental, portador dele por cinco vezes e até parece meio apatetado estar para aqui a falar dos seus feitos como Campeão Mundial de Tag Team. O gajo que se apresentou como especialista em duplas e que se pode gabar de já ter sido Tag Team Champion umas míseras 14 vezes e que fez a transição perfeita para main eventer fixo, estando também entre os recordes mais altos com os 11 reinados Mundiais que tão bem nos lembramos. Com esta fartura, será que fazia assim tão mal que realmente nunca tivesse tido aqueles títulos terciários e atingisse este título?

4 – Eddie Guerrero

Resultado de imagem para eddie guerrero wwe champion

Viva la Raza! Uma lenda destas não se podia esquivar também a uma lista categórica destas. Mas este já não é como Edge. Este consta tanto na lista antiga como na moderna e não é com fartura. Eddie deixou-nos como uma lenda, mas mesmo lendário como era, conseguia ser subvalorizado na mesma, até certo ponto. Nunca abusavam de o premiar. Ao mesmo tempo, era tão versátil e completo que era possível tê-lo um pouco por todo o lado, a dar um ar da sua muito graciosa graça em todas as cenas de títulos. O WWE Championship, esse pertenceu-lhe uma só vez. Foi como wrestler de Tag Team que somou mais, contando com quatro Tag Team Championships, algo que também não é assim tão astronómico. O título Intercontinental, que até parece algo que ele consumisse com regularidade, apenas o teve por duas vezes, assim como o European Championship que já completa a sua entrada para a lista clássica. Hardcore Championship em falta mas não lhe fazia muita diferença, um United States Championship conquistado e já era Grand Slam renovado também. Tudo com números pequenos mas que chegavam. E mesmo que não fossem tantos e não o colocassem aqui, chegavam. Mais inesquecível que ele é difícil…

3 – Daniel Bryan

Resultado de imagem para daniel bryan wwe world heavyweight champion

Bom ver um nome mais recente. O nosso Bryan já entra para a lista, claro que só podia ser a moderna, onde já iam o European e o Hardcore Championship quando ele chegou. Mas isto lembra-nos uma coisa. Em toda a sua carreira, Daniel Bryan foi o perfeito “underdog”. E era. Durante todo o seu percurso, sentíamos o azedume da falta de recompensa, de não lhe darem o que ele merece. Olhando agora para o seu currículo, até reparamos… Ele teve de tudo! Foi rápido a conquistar o United States Championship quando chegou e conquistou o povo. Depois de um período conturbadíssimo até conseguiu ser World Heavyweight Champion e não tardava muito e já aumentava a sua contagem ao aliar-se a Kane para ser “o Tag Team Champions” numa época brilhante e hilariante. O “underdog” ainda vivia e era o tipo que nunca chegaria ao topo porque não tinha estofo. Mas estava na história de topo que lhe dava e tirava o título, aumentando a sua conta de títulos Mundiais para… Quatro reinados. Regressado de lesões, voltou com o foco no título Intercontinental, para melindre de muitos que o queriam no main event. O certo é que foi atrás daquele cinto para o ganhar e completou a conta, tornando-se o mais recente Grand Slam Champion. Muita pena as interrupções que teve nesses seus reinados a marcá-lo como azarado. E colossal pena de que já não o possamos ver a somar mais. Mas Bryan não se retirou dos ringues na WWE de mãos a abanar!

2 – Kurt Angle

Resultado de imagem para kurt angle world heavyweight champion

Este podia desprezar isto se fosse de atitudes duvidosas. Tem uma medalha Olímpica e essa ninguém lha tira, nem o Eugene ou o Jeff Jarrett, por muito que queiram. Mas claro que Kurt Angle é um Grand Slam Champion. E sabem o que ele ganhou? Tudo. Praticamente tudo o que havia para ganhar. Sem ser também indivíduo de farturas, não lhe faltou coisas diferentes para ganhar. E como é o Kurt Angle e pode, ganhou tudo. Óbvios reinados Mundiais, os cinco que marcam o seu trajecto na WWE, são os que mais se impõem e que ainda constam nas memórias de muitos. Que há mais para ganhar? Há o Intercontinental, o grande, existiram o European e o Hardcore para antigamente e o United States para agora. Sempre com o trabalho de equipa a ser recompensado e com Tag Team Championships a ser considerados. Pronto, Angle ganhou-os todos. Por acaso até foi só uma vez cada um deles. Mas ganhou-os todos. E se houvesse mais, ele devia ganhá-los também. Um dos Grand Slam Champions mais completos, sai da WWE e ruma à TNA… Para ganhar tudo. Kurt Angle não é de se ficar por menos, pois não?

1 – Chris Jericho

Resultado de imagem para chris jericho undisputed champion

E à frente dele só o homem que finalmente completa o grande feito. O único título que lhe faltava. Está agora na sua posse. Grande momento para Y2J ao tornar-se Grand Slam Champion… Outra vez. Demorou a entrar na nova lista por causa desse maldito título, que era mesmo o único em falta. Porque dos restantes… Já ganhou tudo! Chega mesmo a estar à frente de Kurt Angle como o único que preenche toda a “tabela” pelo simples facto de Angle apenas ter vencido uma das versões antigas dos Tag Team Championships, enquanto Jericho ganha mesmo de tudo e não se contenta com um cinto Tag Team, ainda tem que ir pescar o outro. Creio que se deva só fazer menção aos títulos terciários, sem necessitar voltar a recordar o seu feito do último Raw e reforçando que sim, ele já teve o European e o Hardcore Championship. Porque é preciso falar dos outros? Do título Intercontinental, aquele que faz dele recordista em reinados, com nove desses? É preciso lembrar que ele é um ex-Campeão Mundial, já detendo as duas versões, quando ele teve os dois títulos ao mesmo tempo? Ganhando-os na mesma noite e ao derrotar novatos como Stone Cold e The Rock? Pois, não parece o tipo de coisa que se esqueça às boas. Agora só falta o Universal Championship e o Smackdown Tag Team Championship entrar na contagem de alguém e siga, ele ainda pode ganhá-los! Não vá a gente às vezes esquecer-se do quão lendário é este gajo…

E é este o meu Top Ten, de assunto e listagem simples que espero que tenham gostado. E deixo aqui uma nota: sim, a WWE.com também fez a lista deles em referência ao assunto… Já quando eu tinha o meu texto quase todo escrito. Sempre a espiar-me, os sacanas! Que fiquem lá na deles que eu tenho os vossos comentários e eles não. Ou pelo menos espero que sim, dou-vos força para isso. Comentem o tema, estes lutadores, o seu feito, a importância que dão ao Grand Slam Championship e que futuros detentores dessa honra vêem nas Superstars actuais. Tudo o que vos apetecer. Mantenham-se ocupados até à próxima semana, quando planeio regressar. Uns bons diinhas de briol a todos, siga lá com 2017, um enorme obrigado à Salgado e fiquem bem!

Sobre o Autor

- Escritor do artigo “Top Ten”.

7 Comentários

  1. Vitor Oliveira - há 9 meses

    Excelente artigo, muito bom

  2. Ricky Nakamura - há 9 meses

    Boas! Um top ten cheio de caras conhecidas com hall of famers e futuros hall of famers, que acho que é gente que mais dia menos dia vai lá receber o anel.
    Quanto ao número 1, ainda se podia mencionar sobre esse currículo todo, só ao de leve, que foi campeão cruiserweight na WCW. E acho que television também na WCW e ECW. Impressionante mesmo!

  3. KILL OWENS KILL - há 9 meses

    Ótimo Top Ten. O Jericho é mesmo um mito, merece ter todas essas conquistas.

  4. Anónimo - há 9 meses

    Senti falta do Christian ser mencionado, creio que futuramente o roman reigns e seth rollins serão os proximos.

  5. Foto de perfil do Facebook

    Ricardo Ribeiro - há 9 meses

    Artigos sempre espectaculares. Parabéns!
    Primeiro comentário que escrevo no site e realmente tu mereces essa “honra” 😉

  6. Rui Ribeiro - há 9 meses

    Mais uma vez um artigo fantástico!

  7. Awesome One - há 9 meses

    Randy Orton, John Cena (mesmo que os titulos de midcard lhes fiquem pequenos devem-lhos dar so mesmo para atingirem este estatuto!) e sheamus tambem nao deve andar longe! Depois acredito que os 3 shield daqui a uns anos tambem la cheguem o aj styles se ficar ainda alguns anos na empresa e nao tou a ver mais ninguem!

Comentar

Editar avatar »