Olá leitores do Visão Brasileira, aqui no Wrestling.PT.

Ainda bem que não fiz as previsões para o Visão Brasileira, pois iria avaliar com mais detalhes os combates temáticos do Premium Live Event Money in The Bank. Pois tivemos a inclusão de um intruso no combate masculino, algo que sequer seria pensado em uma previsão do evento, pois me faz lembrar da catástrofe de Brock Lesnar a surgir em meio ao combate e vencer, menos mal que desta vez, ao menos tivemos um anúncio.

Na abertura do evento, tivemos o bom combate Women’s Money in the Bank Ladder Match em que Liv Morgan venceu Asuka, Becky Lynch, Lacey Evans, Alexa Bliss, Shotzi e Raquel Rodriguez. Escolha mais que acertada. Achava que a WWE tinha desistido de dar um bom push a Liv Morgan e ainda bem que este se confirmou. Asuka, Alexa Bliss e Becky nem precisam se alçar a este feito, neste momento, Lacey Evans, não era uma opção que me agradaria e Shotzi e Raquel Rodriguez, a nível de main roster, diria que ainda estão muito verdes.

Depois vimos Bobby Lashley a vencer com tranquilidade a Theory e assim conquistar o United States Championship. No momento achava uma boa notícia, mas pelo desenvolvimento da noite, acabou sendo ruim. Pior que teremos novamente o combate entre eles no SummerSlam. Olha se Theory se tornar novamente United States Champion e Mr. Money in The Bank, ao mesmo tempo, será uma catástrofe, mas se é da vontade do Vince, não duvida que isso aconteça.

A Raw Women’s Champion Bianca Belair derrotou Carmella em um bom combate, nada de extraordinário. Espero que Bianca continue seu reinado e venha a ter cada vez nova desafiantes. Aliás ela e Liv deveriam ter reinados sólidos e as outras lutadoras, podiam construir rivalidades fortes, sem o cinturão em jogo, ou até mesmo quem sabe, dar alguma serventia a divisão de duplas feminina.

The Usos seguem com seu enorme reinado na divisão de duplas e no Money in The Bank em um combate emocionante, derrotaram os Street Profits. A rivalidade deve continuar, pois vimos que o ombro de Montez Ford não estava no ringue, na hora da contagem, sendo desta forma um fim de combate em que o árbitro errou. Será que no SummerSlam, teremos a possibilidade de uma mudança de campeões? Eu espero que sim, mas é bem provável que não.

Em seguida tivemos o combate que teve muitos momentos de submissão entra a Smackdown Women’s Champion Ronda Rousey e Natalya. Foi um bom combate, mas o melhor ficou para depois dele, quando tivemos a vinda da Ms. Money in The Bank Liv Morgan. Ronda tentou aplicar um Ankle Lock e vencer rapidamente, mas Liv Morgan com um pin rápido venceu este embate e tornando-se SmackDown Women’s Champion com um cash-in, realizado com sucesso.

No main event tivemos a Men’s Money in the Bank Ladder Match, que já tinha as presenças de Riddle, Seth Rollins, Drew McIntyre, Sheamus, Madcap Moss, Sami Zayn e Omos e nos daria um bom combate, mas eis que tivemos o momento mal da WWE e Theory foi acrescentado ao combate, por ser o menino dos olhos de Vince McMahon.

O combate masculino tinha tudo para ser interessante e gostaria muito que o Mr. Money in The Bank saísse de um destes dois desta foto. Seth Rollins e Riddle dariam um enredo muito melhor a posse da pasta, contra Roman Reigns, do que o vencedor escolhido para a WWE. Dos outros participantes, Sheamus e Drew, não precisariam da pasta, Madcapp e Omos a WWE não escolheria para este momento e Sami Zayn até poderia ser uma escolha interessante para o enredo, por estar próximo a Bloodline.

Em linhas gerais, um lado a WWE nos surpreendeu positivamente no combate feminino, fazendo uma escolha acertadíssima de vencedora, com Liv Morgan, mas fez uma fórmula já bem repetida, inclusive sobre Ronda Rousey, como em 2018, de a Ms. Money in The Bank, já fazer o cash-in no mesmo dia do evento. Mas a escolha de Liv é espetacular, mas isso é claro se derem um reinado digno a ela. Não me invente a WWE de voltar com Charlotte no SummerSlam e dar fim ao reinado na primeira defesa da nova campeã.

No combate temático masculino, tivemos a catástrofe da inclusão de Theory, que já era uma má notícia, que sequer estava no combate e para piorar, ele ainda sai vencedor do mesmo. Assim para o SummerSlam, tudo caminha para uma catástrofe ainda maior, pois já teremos o enfadonho Reigns vs. Lesnar pela enésima vez e podemos ter algo ainda pior, com um Theory como Undisputed WWE Universal Champion, que aí é algo para se largar a WWE de vez.

Agora vamos ao espaço para interagirmos e trocarmos opiniões:

  • O que você acharam do Money in The Bank?
  • Gostaram dos vencedores dos combates temáticos? Por quais motivos?
  • Quando você acredita que poderemos ter o cash-in de Theory? Ele terá êxito?

Abraços a todos e até o próximo Visão Brasileira, aqui no Wrestling.PT!

12 Comentários

  1. Samuel Amselem3 meses

    A divisão feminina consegue superar a masculina, sem muito esforço. Liv já merecia essa oportunidade faz tempo.
    Roman vs Brock já passou da hora, talvez fosse o momento de novas rivalidades, um retorno de Roman vs. Seth, e, Brock vs. Bobby (esses dois até poderiam formar um tag team, que seria imbatível). Agora, essa do Austin, nunca o vi como excelente lutador para merecer essa atenção toda.

    • Liv já deveria ter seu grande momento e que bom que ele chegou e o cash-in se confirmou.

      Reigns vs Lesnar, já não aguento mais ver.

      Theory é uma catástrofe comop Mr. Money in The Bank.

  2. rulqi rugas3 meses

    vejam a dificil missão da WWE. Quando ela repete seus campeões, é criticada, quando ela aposta num novo nome, é criticada. Quando ela faz o Ricochet campeão, criticam o reinado. Aí ele perde pra outro lutador que viviam pedindo push, ela é criticada. Aí ela tem 5 mulheres lutando pelo titulo ( Bianca, Carmella, Ronda, Natalya e Liv ), sendo que nenhuma das 4 (Sasha, BAyley, Becky e Charlote), criticam a presença da Carmella e da Natalya. Povo gosta de reclamar.

    • Na verdade a grande reclamação é sobre a vitória do Theory. Liv Morgan foi uma excelente escolha.

      Sobre Ricochet, foi vítima do booking, pois sabemos de sua capacidade em ringue.

      Essa renovação nos nomes na divisão feminina é excelente, o que espero é reinados sólidos das novas campeãs, até para sairmos do entorno dos 4 nomes que citastes.

  3. BigMando3 meses

    O nosso desejo é ver a Liv com um bom reinado. Mas para o que parece a WWE não fazer heel turn à Ronda e quer que a Charlotte se envolva na rivalidade porque os planos supostamente é ter Charlotte vs Ronda pelo titulo. Pelo menos acho que foi o que Dave Meltzer falou.

    • Espero que a Liv tenha um bom reinado. Ronda pode fazer o turn, quem sabe para a próxima Road to Wrestlemania. Charlotte pode voltar a ser uma ameaça, quem sabe mais adiante também.
      ]

  4. Zickelous3 meses

    Sabíamos que teria um preço para vermos a Liv ter seu push, só não sabíamos que seria tão caro

    • O push da Liv era algo que esperávamos, mas não acreditávamos.

      Mas o Theory, ser adicionado ao combate e vencer, foi mesmo uma lástima.

  5. Ótimo artigo Mario

    O que você acharam do Money in The Bank?
    Resp: Nada de espetacular mas foi muito bom.
    Gostaram dos vencedores dos combates temáticos? Por quais motivos?
    Resp: Sim. São dois lutadores com carisma e com potencial de fazerem algo interessante, só lamento mais uma vez a WWE não sustentar 2 MITB por muito tempo e novamente um outro cash-in imediato no lado feminino.
    Quando você acredita que poderemos ter o cash-in de Theory? Ele terá êxito?
    Resp. Qualquer momento a partir do SummerSlam. Acredito que sim terá exito.

    • Muito Obrigado André.

      Gostei da vitória da Liv Morgan, o Theory, se já estivesse previamente no combate, acho que não teria ficado tão irritado com a vitória dele. Essa entrada de última hora, não me agradou.

  6. Pedro3 meses

    não entendo o claro hate ao theory no post ele é mais talentoso e apresenta mais skills com apenas 24 anos que 90% do roster

    • Theory pode no futuro ser um grande nome, mas só dentro do combate em que foi adicionado na última hora, tínhamos melhores opções a vencedor, do que ele.