Navega no Wrestling PT sem pop-ups

Week Review #8 – A oportunidade de ser melhor está ao alcance!

Boas pessoal, sejam bem-vindos à oitava edição do Week Review, onde destaco os melhores e piores momentos da semana.

Em semana de evento do Raw, o destaque maior vai para os confrontos entre Roman Reigns e Braun Strowman; e Brock Lesnar e Samoa Joe, que se vão defrontar amanhã. Para além disso, também destaco o regresso de John Cena ao Smackdown, a vitória de AJ Styles na Independence Day Battle Royal e o reinado histórico de Asuka, que continua imparável.

Não percam mais uma edição e manifestem a vossa opinião acerca destes e outros assuntos.

Os últimos confrontos

Amanhã é o Great Balls of Fire e dois dos combates principais são Roman Reigns contra Braun Strowman num Ambulance Match e o combate pelo Universal Championship, entre o campeão Brock Lesnar e Samoa Joe. O Raw desta semana serviu para as preparações finais para ambos os combates.

O primeiro segmento foi uma entrevista entre Joe e Lesnar, que terminou quando Joe saiu da sala à procura de Lesnar. O momento podia ter sido pior, mas os seguranças e agentes conseguiram impedir que existisse qualquer confronto físico entre os dois.

O main-event foi um combate entre Braun Strowman e Apollo Crews, que o “Monster Among Men” dominou e venceu. Strowman atacou Titus O´Neil e, do nada, Roman Reigns apareceu e atacou Strowman. Num ato de desespero, Reigns aplicou um spear para cima de umas mesas, marcando uma posição muito importante para este domingo.

São combates de grande importância para o Raw, como tal, estou ansioso por ver. A construção tem sido bem feita, e espero que os quatro lutadores proporcionem uma boa exibição. O combate entre Joe e Lesnar será um autêntico combate de sonho, ao passo que a rivalidade entre Strowman e Reigns poderá atingir o seu fim, com o Ambulance Match, que volta a ser utilizado. Para este domingo, as sementes estão plantadas, resta saber quem irá aproveitar a oportunidade.

Oportunidade fenomenal

O main-event do Smackdown foi a Independence Day Battle Royal, em que o vencedor defrontaria Kevin Owens no Battleground pelo Título de Estados Unidos. Tye Dillinger, Sami Zayn e AJ Styles foram os resistentes mas, no final, foi Styles quem ficou por cima, ao aproveitar um erro de Zayn para vencer o combate.

Quando a Battle Royal terminou, Owens tentou atacar o candidato, mas Styles levou a melhor e terminou o segmento com o título na mão. Será que teremos novo campeão no Battleground?

Esta nova oportunidade de Styles é perfeitamente lógica. Na última vez que se defrontaram, o final do combate não foi conclusivo e Owens acabou por vencer por contagem. Desta vez, o “Phenomenal One” tem mais uma oportunidade de se sagrar campeão.

Com esta oportunidade, vem a expetativa em mais um combate de grande qualidade, e é esse aspeto que estou curioso por ver. Styles e Owens são lutadores exímios e, ao lutar um contra o outro, proporcionam grandes momentos.

O Battleground esta reservado para Owens vs. Styles parte II. Independentemente de ser uma repetição, não retira absolutamente nada ao combate. Nós queremos ver Owens e Styles mais uma vez, a darem cabo um do outro, em mais uma oportunidade fenomenal para roubar o show.

John Cena está de volta!

Ainda no Smackdown Live, o segmento inicial foi o regresso de John Cena, que foi rapidamente interrompido por Rusev. Após algumas acusações, ficou marcado um Flag Match para o Battleground.

Não esperava que Cena fosse entrar numa rivalidade com Rusev. O seu regresso já estava marcado há algumas semanas, e a expetativa estava em saber com quem iria rivalizar. Falava-se em Roman Reigns e do seu estatuto como free agent.

Também se falava que Rusev estava para regressar, e que muito provavelmente iria rivalizar com Shane McMahon. Os planos acabaram por ser alterados, e Cena e Rusev vão voltar a trabalhar juntos.

A história da rivalidade também não é nova, simplesmente o combate não é por nenhum título. Mais uma vez, teremos um confronto entre os Estados Unidos e a Bulgaria (e não Rússia, como da última vez que rivalizaram).

Apesar de não ser novidade, a rivalidade ainda é recente e espera-se por próximos desenvolvimentos. Para já, merece ser destacado no Week Review!

Quem se chega à frente?

O último destaque da semana vai para o reinado de Asuka como NXT Women´s Champion. É de conhecimento geral que a lutadora tem dominado por completo a divisão feminina e, mais uma vez, isso ficou provado esta semana.

Através de uma publicação no Twitter, a campeã deu conta que só voltará ao NXT quando existir uma candidata que valha a pena defrontar e colocar o título em jogo.

Asuka tem provado, semana após semana, o porquê de ser a melhor lutadora do NXT. Muito se tem falado sobre a lutadora, inclusive, que iria fazer a sua estreia no main roster em breve, mas sou da opinião de que esta situação ainda se irá manter por algum tempo.

Acredito que irá continuar sem aparecer, e que só voltará para um combate contra Ember Moon, que espero que seja a próxima candidata. A meu ver, elas terão um combate no Takeover: Brooklyn e espero que Ember vença. No entanto, é apenas uma previsão. Até lá, o reinado de Asuka continua.

E vocês, o que acharam desta semana? Que momentos destacam pela positiva e negativa? Sintam-se à vontade para dar a vossa opinião e discutir os diversos assuntos que marcaram a semana.

Regresso para a semana com mais uma edição. Fiquem bem!

2 Comentários

  1. Tobias - há 5 meses

    É verdade, tinha esquecido da Ember Moon, vai ser isso mesmo, ela vai voltar e acredito que ela vai conseguir tirar o título da Asuka.

Comentar

Editar avatar »