Na passada sexta-feira foi aqui noticiado que WALTER gostaria de enfrentar Cesaro e Finn Bálor, uma declaração feita pelo histórico NXT UK Champion durante a sua recente participação no podcast After The Bell de Corey Graves.

No entanto, apesar desses dois nomes terem sido os apresentados num vídeo no canal de YouTube da WWE, não foram só esses dois nomes que o lutador austríaco proferiu durante a sua participação no podcast. WALTER também mencionou a Ring of Honor e afirmou que gostaria de enfrentar Daniel Bryan.

A declaração completa de WALTER no podcast começa com:

Há um conjunto de lutadores [que gostaria de enfrentar]. Quando eu comecei a ver Wrestling que não a WWE, eu comecei a ver muita Ring of Honor. Esses lutadores são os lutadores de topo da WWE atualmente, portanto Daniel Bryan seria um dos combates que eu gostaria mesmo de ter.

Só depois de nomear Daniel Bryan como um lutador que gostaria de enfrentar no futuro, é que WALTER nomeou também Cesaro e Finn Bálor. Podemos então dizer que a WWE censurou o nome do “American Dragon” de um vídeo no seu canal de YouTube, ainda que a razão possa ser a menção à Ring of Honor.

Sobre isto, o PWInsider avança que não há nenhuma ordem interna na WWE para evitar falar ou mencionar Daniel Bryan, que cada vez mais parece ter realmente saído da empresa e ser agora um free agent. O seu nome foi mencionado no The Bump, no After The Bell e até no SmackDown desta sexta-feira.

No passado, nomes de lutadores despedidos ou que saíram da WWE já foram proibidos de ser mencionados na programação da empresa, mas Daniel Bryan não parece ser o caso. Ainda assim, não deixa de ser curioso que esta declaração de WALTER não tenha sido partilhada na sua totalidade.


O que achas desta situação entre a WWE e Daniel Bryan?

12 Comentários

  1. Depois da AEW ter sido mencionada várias vezes na entrevista de Stone Cold Steve Austin com Chris Jericho, creio que foi uma “estratégia” da WWE para voltar a contornar referências a outras empresas (neste caso, ROH).
    Porém, isto também pode fazer parte de uma eventual storyline que culminaria com o regresso de Daniel Bryan ou ao Raw ou ao NXT e ao mesmo tempo servir como forma de tentar manter o kayfabe vivo ao precisamente alimentar especulação.

  2. Luan4 meses

    Achei exagerado essa palavra “censura” na notícia mais blz né

  3. Facebook Profile photo

    Acho que essa “censura” foi para o caso da ROH, e não exatamente o Daniel Bryan, mas assim como Jorge Marques disse acima, isso aumenta ainda mais a especulação em torno do futuro do “American Dragon”.