A WWE transmitiu esta terça-feira mais uma edição do NXT 2.0 na USA Network, a partir do Capitol Wrestling Center em Orlando, Flórida, rumo ao NXT WarGames do dia 5 de Dezembro.

Resultados

– Toxic Attraction (NXT Women’s Champion Mandy Rose e NXT Women’s Tag Team Champions Gigi Dolin & Jacy Jayne) venceram Io Shirai, Kacy Catanzaro & Kayden Carter
– Kay Lee Ray venceu Sarray
– Joe Gacy venceu Boa (por desqualificação)
– Creed Brothers (Brutus & Julius Creed) venceram Jacket Time (Ikemen Jiro & Kushida)
– Cameron Grimes venceu Ru Feng
– Solo Sikoa venceu LA Knight e Grayson Waller (Triple Threat Match)
– Elektra Lopez venceu Erica Yan
– Pete Dunne venceu NXT North American Champion Carmelo Hayes (Non-Title Match)

Report

– Toxic Attraction (NXT Women’s Champion Mandy Rose e NXT Women’s Tag Team Champions Gigi Dolin & Jacy Jayne) venceram Io Shirai, Kacy Catanzaro & Kayden Carter: O trio de Io Shirai, Kacy Catanzaro & Kayden Carter entrou melhor neste opener, tendo dominado as Toxic Attraction durante vários minutos, mas Mandy Rose com um simples Spinebuster virou o combate do avesso.

As Toxic Attraction dominaram então Kacy Catanzaro durante vários minutos, mas esta conseguiu aguentar a ofensiva do trio de campeãs e fez o tag a Io Shirai, que entrou com tudo e virou o ímpeto do embate.

Nos minutos finais parecia que as campeãs iam perder, mas a confusão instalou-se e Gigi Dolin com um golpe bastante inovador fez o pin em Kayden Carter e deu a vitória às Toxic Attraction.

Nos bastidores, Pete Dunne não teve problemas em desafiar Tony D’Angelo, mas foi interrompido pelo NXT North American Champion Carmelo Hayes e Trick Williams, com a dupla a irritar o “Bruiserweight” e a ter ficado assim marcado um combate entre o britânico e o campeão.

Em seguida tivemos os MSK à procura do mentor da equipa, mas este mudou de local.

– Kay Lee Ray venceu Sarray: O embate entre Kay Lee Ray e Sarray começou de forma equilibrada e foi bastante agressivo desde o início.

A este ritmo percebeu-se rapidamente que o combate não ia durar muito e fora do ringue Kay Lee Ray aplicou um Gory Special contra a mesa de comentadores, tendo colocado a sua adversária dentro do ringue e aplicado o mesmo golpe para garantir a vitória.

No backstage, Joe Gacy explicou que todos nós usamos uma “máscara” para nos sentirmos mais confortáveis, mas que não o deveríamos fazer, e que se Harland estiver a ouvir, o combate de hoje vai ser para ele.

A seguir tivemos imagens de Bron Breakker, que está na tour da WWE no Reino Unido, tendo deixado um aviso ao NXT Champion Tommaso Ciampa de que ele está a ganhar experiência.

– Joe Gacy venceu Boa (por desqualificação): Boa entrou melhor, mas com batota à mistura tivemos Joe Gacy a virar o domínio a seu favor. Joe Gacy controlou durante alguns momentos, mas Boa de forma bastante agressiva virou o rumo do combate, sendo que as luzes da arena do NXT começaram a fazer um efeito estranho, que fez com que Boa entrasse em transe e acabasse por se desqualificado.

No ginásio da Diamond Mine, o grupo estava a ver a promo de Ikemen Jiro & Kushida, e Malcolm Bivens prometeu que os Creed Brothers iam destruir a dupla de lutadores japoneses.

Nos bastidores, Solo Sikoa ia ser entrevistado, mas Grayson Waller e LA Knight interromperam o jovem lutador e este acabou por falar e de forma simples explicou que três homens vão entrar no ringue e só um irá sair.

– Creed Brothers (Brutus & Julius Creed) venceram Jacket Time (Ikemen Jiro & Kushida): Os Creed Brothers entraram de forma agressiva como é seu hábito, mas surpreendentemente os Jacket Time conseguiram dar luta, usando a sua agilidade e até parecia que iam ter uma hipótese de vencer. Porém, nas costas do árbitro, Roderick Strong interferiu no combate e abriu espaço para Julius Creed vencer com uma Gutwrench Powerbomb em Ikemen Jiro.

Assim que o combate terminou parecia que a Diamond Mine ia atacar os Jacket Time, mas Odyssey Jones veio em auxílio dos dois nipónicos.

No parque de estacionamento do NXT, as Toxic Attraction estavam a ser entrevistadas, mas foram interrompidas por Raquel Gonzalez, que apareceu na sua moto e explicou que no futuro vai lidar com Mandy Rose.

Já no ringue, a “Big Mami Cool” mandou Dakota Kai aparecer e esta veio, e explicou como soube bem acertar com uma pá na ex-amiga, mas do nada Cora Jade atacou a neozelandesa e as duas tiveram de ser separadas por vários árbitros. O segmento terminou com Cora Jade e Raquel Gonzalez a “entenderem-se” no que toca a Dakota Kai.

A seguir fomos à Andre Chase University e o professor estava a tentar explicar que força mental é o que é preciso para se ter sucesso, mas quando dois alunos fizeram perguntas, ele perdeu a cabeça e expulsou um aluno.

Em seguida estivemos na rua com os Grizzled Young Veterans, que roubaram dinheiro a uma pessoa para comer.

– Cameron Grimes venceu Ru Feng: Ru Feng de forma surpreendente teve alguma ofensiva, mas Cameron Grimes de forma rápida virou o combate do avesso e com o seu Cave-In arrecadou a vitória.

Assim que o combate terminou, Duke Hudson veio confrontar o milionário do NXT por este lhe ter ganho no jogo de poker da semana passada e depois do australiano o ter insultado, Cameron Grimes explicou que às vezes gosta de se fazer de parvo e na semana passado enganou Duke Hudson. O australiano ficou irritado e desafiou-o para na próxima semana os dois se enfrentarem num jogo de poker no meio do ringue.

– Solo Sikoa venceu LA Knight e Grayson Waller (Triple Threat Match): Solo Sikoa começou de forma agressiva, tendo dominado os seus dois adversários, isto até de forma surpreendente os dois rivais se terem juntado para atacar o samoano. No entanto, os dois começaram a discutir e Solo Sikoa virou o combate do avesso e no final atirou Grayson Waller com um Belly to Belly Suplex para fora do ringue, antes de voar com um Splash da terceira corda em LA Knight e assim manteve a sua invencibilidade.

Nos bastidores, Indi Hartwell e Persia Pirotta estavam a ser entrevistadas, mas foram interrompidas por Tony D’Angelo, que ofereceu um peixe a Indi Hartwell para esta dar a Dexter Lumis, pois ele ia perceber a mensagem.

A seguir tivemos imagens do NXT Champion Tommaso Ciampa a defender o seu título nos live events no Reino Unido e a dizer que não existe nada que os lutadores do NXT 2.0 tenham que possa compensar os seus 17 anos de experiência.

– Elektra Lopez venceu Erica Yun: Elektra Lopez fez uso da sua maior força e venceu este embate sem problemas.

Assim que o combate terminou, Elektra Lopez afirmou que tem tudo o que quer e agora quer Xyon Quinn. Este veio ao ringue e “La Madrina” ofereceu-lhe um lugar no Legado Del Fantasma. Xyon Quinn explicou que até gosta de Elektra Lopez, mas não gosta do seu grupo. Raul Mendoza e Joaquin Wilde tentaram atacar Xyon Quinn, mas este livrou-se deles, antes de ficar “abraçado” a Elektra Lopez.

Nos bastidores, Kyle O’Reilly foi entrevistado e explicou que está num momento da sua carreira que tem de pensar se quer ser um lutador a solo ou continuar a sua equipa com Von Wagner, e apesar de terem muito que crescer, estão de olho nos NXT Tag Team Championships. Os campeões apareceram e queriam intimidar Kyle O’Reilly, mas Von Wagner apareceu e os Imperium preferiam sair de cena.

De seguida foi anunciado o NXT WarGames para o dia 5 de Dezembro.

– Pete Dunne venceu NXT North American Champion Carmelo Hayes (Non-Title Match): Pete Dunne entrou decidido a acabar com Carmelo Hayes de forma rápida, tendo dominado os primeiros minutos deste main event de forma agressiva. O NXT North American Champion ainda conseguiu ter algum domínio, mas o “Bruiserweight” estava decidido a mostrar a Carmelo Hayes que estava num patamar diferente e equilibrou o combate.

Os minutos finais foram de uma agressividade incrível, sendo que Trick Williams tentou interferir mas Dexter Lumis não deixou. Quem interferiu sem o árbitro ver foi Johnny Gargano, que distraiu Carmelo Hayes, abrindo espaço para que Pete Dunne acertasse o seu Bitter End para a vitória.


O que achaste do WWE NXT desta semana?

9 Comentários

  1. António2 semanas

    NXT ! Que nível 👌🏽👌🏽👌🏽👌🏽👌🏽 Sensacional 🔥🔥🔥🔥 Pra mim um dos melhores até agora. Nota18/20

  2. Gostei:
    – Toxic Attraction vs Io Shirai, Kayden Carter & Kacy Catanzaro. Um bom combate para abrir o show, com um bom ritmo.
    – Kay Lee Ray vs Sarray. Foi curto, mas ainda foi bom, com ambas a combinarem bem. Não me importava que desse em feud.
    – Joe Gacy desafia Boa para um combate, como um favor para Harland. Ao menos tivemos uma boa justificação para isto.
    – Promo das Toxic Attraction, que é interrompida por Raquel Gonzalez. Esta vem até ao ring, Dakota Kai apareceu mas é atacada por Cora Jade. Raquel e Jade tem um confronto para terminar o segmento. Um ótimo segmento que mostra bem todas as motivações destas personagens. Raquel quer o título de volta e vingança sobre Dakota, Jade quer vingança sobre Dakota igualmente e Kai cada vez mais instável.
    – Mais um segmento da Andre Chase University. O Andre Chase a insultar alunos aleatórios é algo que me faz sempre rir.
    – Após Grimes vs Feng, Duke Hudson apareceu. A feud entre estes 2 sobre poker vai continuar. O segmento foi bom, ambos tiveram promos decentes e Grimes numa feud de comédia não pode falhar.
    – Solo Sikoa vs LA Knight vs Grayson Waller. Uma grande exibição de Solo Sikoa. Já tinha ficado estabelecido na semana passada que tem futuro neste NXT e mais se confirma isso.
    – Após Lopez vs Yan, Lopez tenta convencer Xyon Quinn a juntar-se aos Legado Del Fantasma, mas este recusa. E o segmento termina com um aparente começo de uma storyline amorosa entre Lopez e Quinn. Pode vir a ser interessante, vamos ver se temos aqui um InDex 2.0.
    – Pete Dunne vs Carmelo Hayes. Um excelente main event só algo arruinado pelo final. Mesmo assim, o público esteve altamente investido e os 2 proporcionaram um combate brutal.

    Não Gostei:
    – Joe Gacy vs Boa. Isto não foi nada bom. Gacy venceu por DQ quando Boa não parava de estrangulá-lo nas cordas.
    – The Creed Brothers vs Jacket Time. Um tag match sem nada de especial, apesar dos Creeds terem mais uma boa exibição. Continuam a ser das minhas tags favoritas neste momento.
    – Vinheta com os Grizzled Young Veterans. Passa a mensagem, mas foi um segmento muito fraco.
    – Cameron Grimes vs Ru Feng. Squash para Grimes, nada demais.
    – Elektra Lopez vs Erica Yan. Squash para Lopez, pouco a dizer sobre isto.

    Overall: 6/10. Foi ligeiramente melhor que o show da semana passada, muito devido a terem melhorado o ritmo deste com menos coisas. Tivemos boa ação em ring, com o main event a ser brutal. Mas pode ser ainda melhor.

  3. nzo2 semanas

    Alguém sabe quando vamos ver la knight e dexter lumis no main roster porque esses dois tem quase quarenta anos e a nova política do nxt fala que só pode participar superstars de vinte a trinta anos, se não subirem ao main roster provavelmente vão ser demitidos

  4. Show razoável. O main event foi muito bom e ainda houve mais um ou outro segmento decente, mas sinto que falta “calejo” a este NXT.

  5. ??2 semanas

    8/10.

  6. Kick_Ass2 semanas

    Episódio razoável, melhor que a semana passada.
    Xyon e Carmello são ouro espero que a WWE aposte neles.

    • Kick_Ass2 semanas

      *Apesar de preferir a antiga versão do NXT, existe muito talento para a WWE explorar a seu devido tempo, Tony D’ Angelo, Creed Brothers, Bron Breakker, as Toxic, Solo Sikoa… espero que a WWE melhore no aproveitamento quando subirem ao main roster.

  7. Anónimo2 semanas

    Bom combate de trios. Destaco também o main event, foi um combate muito bom.