Faz login e navega sem pop-ups

WWE NXT (11/10/2017)

A WWE transmitiu esta Quarta-feira mais uma edição do NXT, que teve como destaque um combate entre Andrade “Cien” Almas e Johnny Gargano.

Outros destaques desta edição do NXT vão para: a estreia da brasileira Taynara Conti, que interferiu na Triple Threat de qualificação para o combate pelo NXT Women’s Championship; um combate entre Lars Sullivan e Danny Burch; os Street Profits em acção e, por fim, a estreia de Lio Rush.

Resultados

– Peyton Royce venceu Liv Morgan e Nikki Cross (NXT Women’s Championship Qualifying Triple Threat Match)
– The Velveteen Dream venceu Lio Rush
– Lars Sullivan venceu Danny Burch
– The Street Profits venceram Damien Smith & Markos Espada
– Andrade “Cien” Almas venceu Johnny Gargano

13 Comentários

  1. Seth Freaking Rollins há 9 meses

    Ótimo episódio.

  2. JoãoRkNO há 9 meses

    Fosgasse, o Lio é qualquer coisa de fenomenal!

  3. andre há 9 meses

    Liv Morgan calando a boca de muita gente, e provando que ela não é uma cópia de carmella e alexa, e ela vai evoluir e muito ainda

    • Anónimo há 9 meses

      Sim, essa menina é tão nova e é se mostra muito eficiente. Muito melhor que a Carmela e a Alexa juntas. Não sei pq as pessoas falam que ela não é talentosa. Eu acho ela muito boa.

  4. BRUNOju. há 9 meses

    Essa moça que acompanha o Andrade é a cara e corpo da Trish Stratus, só que unânime versão morena e latina, hehe, achei bem parecida.

    TAYNARAAAA… meu Deus, estou muito feliz por ela, interpretou muito bem a cena, gostei. Parabéns para a Peyton, ela merece, aliás, gostaria de ver uma campeã heel no NXT.

  5. Hoguorotus há 8 meses

    Fiquei muito impressionado com o Lio Rush, o cara tem realmente bastante talento.

    Impressionante também a qualidade dos combates entre o Gargano e o Andrade, dão um belo show juntos.

  6. KILL OWENS KILL há 8 meses

    Grande episódio.

    Fico muito feliz pela Peyton, as Iconic Duo tem feito um trabalho excelente. Não ficaria nem um pouco triste caso ganhassem no Takeover…

    Sobre a Conti, gostei do que vi dela no torneio, apesar de ainda ter que evoluir um bocadinho, o potencial está ali.

    Lio Rush, o Wrestler mais genérico das Indys pode acabar vindo a ser um sucesso no NXT e tomará que seja mesmo. Quanto ao Dream, só digo que ele se ele continuar daquele jeito calará a boca de muita gente. Não me interessa a Gimmick, me interessa se fazem algo de bom com ela e até agora tem sido bem legal.

    Pra finalizar, mais uma ótima luta entre o Gargano e o Cien (impossível esses dois juntos não darem uma luta boa). Só não gostei do final, com a manager usando a mesma estratégia do Takeover passado. Pelo menos a atuação do Johnny foi maravilhosa.

Comentar