Frank casino

Depois do Money In The Bank deste domingo, a WWE transmitiu esta segunda-feira mais uma edição do Raw na USA Network, novamente no Performance Center à porta fechada.

Resultados

– Bobby Lashley venceu Humberto Carrillo (No Disqualification Match)
– Angel Garza venceu Akira Tozawa
– WWE Champion Drew McIntyre venceu USA Champion Andrade (Non-Title Match)
– IIconics venceram WWE Women’s Tag Team Champions Alexa Bliss & Nikki Cross (Non-Title Match)
– R-Truth, Ricochet & Cedric Alexander venceram MVP, Shane Thorne & Bredan Vink
– Rey Mysterio & Aleister Black venceram Seth Rollins & Murphy (por desqualificação)
– Shayna Baszler venceu Natalya

Report

Depois de um video package para relembrar os melhores momentos do Money In The Bank, o Raw abriu com a Raw Women’s Champion Becky Lynch, que estava visivelmente emocionada. “The Man” trazia a mala do Money In The Bank e afirmou que quando veio em 2013 para a WWE não sabia se alguém iria querer saber dela, mas os fãs importaram-se ao ponto de a colocarem no main event da WrestleMania. No entanto, ela agora teria de se ausentar por uns tempos.

A lutadora irlandesa foi interrompida por Asuka, que venceu o Women’s Money In The Bank Ladder Match, que não ficou feliz por Becky Lynch ter de se ausentar e lhe ter roubado a mala. Foi então que “The Man” explicou que o Women’s Money In The Bank Ladder Match não foi por uma oportunidade pelo título, mas sim pelo próprio Raw Women’s Championship, o que faz de Asuka a nova Raw Women’s Champion.

Depois da festa de Asuka, Becky Lynch felicitou a lutadora japonesa e disse-lhe para ela ser uma guerreira como sempre foi, porque agora ela (Becky Lynch) iria ser mãe.

No backstage, Becky Lynch ia ser entrevistada, mas vários lutadores do Raw vieram congratular a lutadora irlandesa por estar grávida.

– Bobby Lashley venceu Humberto Carrillo (No Disqualification Match): O primeiro combate da noite foi uma desforra do que aconteceu no Gauntlet Match da semana passada, entre Bobby Lashley e Humberto Carrillo, com a particularidade que este combate era um No Disqualification Match.

O “All Mighty” começou o combate de forma dominante, usando a sua força, mas quando perdeu a cabeça e tentou ir buscar uma cadeira, Humberto Carrillo conseguiu em auto-defesa acertar um dropkick na cadeira, que mesmo assim não virou o ímpeto do combate. A força de Bobby Lashley foi sempre um problema para o mexicano.

Só que o “All Mighty” estava decidido a usar uma cadeira contra o adversário e isso quase lhe ia custando o combate, pois Humberto Carrillo tirou a cadeira a Bobby Lashley e acertou-lhe por várias vezes. Porém, no final, Bobby Lashley apanhou Humberto Carrillo com um Full Nelson e lutador mexicano não teve outra solução que não desistir.

Nos balneários, tivemos os Street Profits e os Viking Raiders a promoverem o jogo de basquetebol que as duas equipas terão neste Raw.

No backstage, tivemos uma entrevista à nova Raw Women’s Champion Asuka, que não cabia em si de contente e que teve a presença da sua companheira Kairi Sane nos festejos.

Logo de seguida tivemos um video package a relembrar o combate Last Man Standing entre Edge e Randy Orton na WrestleMania 36. Os dois lutadores iam estar presentes no show de hoje.

– Angel Garza venceu Akira Tozawa: Angel Garza e Akira Tozawa já estavam a meio do combate, e apesar de toda a velocidade e agilidade de Akira Tozawa, o mexicano dominou o combate quase por completo. A vitória do lutador mexicano aconteceu através do seu Wing Clipper.

No final, o WWE United States Champion Andrade, Angel Garza e Austin Theory estavam a discutir e foi então que tivemos a presença do WWE Champion Drew McIntyre. Este quase arrancou a cabeça de Austin Theory com um Claymore Kick, para diversão dos outros dois lutadores mexicanos. No entanto, também havia um Claymore Kick para Angel Garza.

O segmento acabou com o WWE United States Champion Andrade e o WWE Champion Drew McIntyre em mais um cara a cara, dando depois origem a um novo combate Champion vs Champion entre os dois.

– WWE Champion Drew McIntyre venceu USA Champion Andrade (Non-Title Match): Como tem sido apanágio nas últimas semanas, a força e confiança do WWE Champion Drew McIntyre foram factores que deram o domínio ao lutador escocês durante vários minutos. Porém, com batota à mistura, Andrade tentou ao máximo castigar o braço esquerdo do campeão escocês. Ainda assim, o domínio de Andrade não durou muito e o WWE Champion equilibrou o combate poucos minutos depois.

No final e apesar de todas as tentativas de Andrade em tentar manter o WWE Champion no chão, Drew McIntyre mostrou estar num patamar diferente de todos os lutadores na WWE, e com um Claymore Kick venceu o combate.

Depois do combate, o WWE Champion pegou no microfone e primeiro quis elogiar Seth Rollins pelo combate que os dois tiveram no Money In The Bank. Depois, afirmou que os responsáveis do Raw convidaram um lutador do SmackDown que o quer enfrentar e então, na próxima semana, teremos então o WWE Champion Drew McIntyre vs King Corbin.

No backstage tivemos uma conversa entre MVP e Bobby Lashley, com MVP a explicar que com todo o respeito por Humberto Carrillo, Bobby Lashley não deveria estar a lutar contra esse tipo de lutadores, mas sim pelo WWE Championship. MVP continuou a “picar” o “All Mighty”, dizendo que até um lutador do SmackDown luta contra o WWE Champion e que se calhar estava na altura de Lashley mostrar todo o seu potencial.

Já de saída, MVP deu de caras com Lana, que após uma provocação começou aos gritos com o veterano.

De seguida tivemos uma edição do Moment of Bliss em que as WWE Women’s Tag Team Champions deram os parabéns a Becky Lynch. Só que ainda antes de Alexa Bliss & Nikki Cross puderem dizer algo mais, tivemos o regresso das IIconics!

Já no ringue, Alexa Bliss e Nikki Cross gozaram com a dupla australiana, por terem um bebé que ainda nem sequer nasceu, a tirar a importância do seu regresso. Billie Kay e Peyton Royce não gostaram do que ouviram e desafiaram as WWE Women’s Tag Team Champions para um combate neste Raw, combate esse que aconteceu logo a seguir.

– IIconics venceram WWE Women’s Tag Team Champions Alexa Bliss & Nikki Cross (Non-Title Match): As IIconics não mostraram nenhuma ferrugem e todo este combate foi uma autêntica aula de Tag Team Wrestling, com as duas lutadoras australianas a isolarem Nikki Cross durante vários minutos.

Quando Nikki Cross conseguiu fazer o tag a Alexa Bliss, esta ainda conseguiu ter algum ímpeto no combate, porém Billie Kay acertou na garganta da “Goddess da WWE” nas costas do árbitro, e as IIconics com um golpe em equipa venceram o combate.

No backstage tivemos uma promo de Rey Mysterio, a explicar a sorte que teve ao cair num segundo telhado que existia nos escritórios da WWE, e que apesar do risco valer a recompensa, ele não foi bom o suficiente para vencer o Ladder Match. O lendário luchador foi interrompido pela presença de Seth Rollins, a quem Rey Mysterio deu os parabéns por ser pai. No entanto, o “Monday Night Messiah” não dirigiu sequer uma palavra ao luchador.

– R-Truth, Ricochet & Cedric Alexander venceram MVP, Shane Thorne & Bredan Vink: O trio de R-Truth, Ricochet & Cedric Alexander começaram de forma dominante, muito por causa de R-Truth e toda a sua estratégia pouco ortodoxa.

No entanto MVP, Shane Thorne & Bredan Vink quando ganharam o domínio do combate e mantiveram-no quase até ao final, pois nos momentos finais do combate R-Truth conseguiu roubar a vitória contra MVP.

Só que a festa de R-Truth durou pouco, pois Bobby Lashley dirigiu-se ao ringue e, primeiro com um Spear e depois com o Full Nelson, deitou R-Truth por terra, o que permitiu a MVP acertar também ele uma Big Boot do adversário. Este pode ter sido o primeiro sinal de uma nova parceria entre Bobby Lashley e MVP.

De seguida tivemos Charly Caruso a entrevistar Jinder Mahal, que diz estar muito feliz por estar de regresso ao Raw, e também por Drew McIntyre ser o WWE Champion. O lutador “indiano” afirmou também que no passado o WWE Universe não o aceitou da melhor maneira, mas que ele se quer agora redimir.

A seguir, Charly Caruso entrevistou Shayna Baszler e esta não teve com meias palavras e afirmou que tudo não passou de um plano de Becky Lynch, e que basta olhar tanto para a mãe como para o pai para saber que a criança que irá nascer não vai prestar. Uma autêntica heel promo da “Queen of Spades”, sem compaixão por Becky Lynch, Seth Rollins, nem sequer pelo futuro bebé.

Em seguida vimos imagens do documentário “Undertaker: TheLast Ride”, que já tem o seu primeiro episódio disponível na WWE Network (podes subscrever aqui, o primeiro mês é grátis). AJ Styles, que estava a ver as imagens do documentário, mostrou-se visivelmente irritado e atirou as suas pipocas contra o ecrã.

– Rey Mysterio & Aleister Black venceram Seth Rollins & Murphy (por desqualificação): O combate entre Rey Mysterio & Aleister Black e Seth Rollins & Murphy teve um início totalmente dominado pelo duo que foi atirado do telhado dos escritórios da WWE durante o Money In The Bank. Isto porque Murphy lutou sozinho, pois o “Monday Night Messiah” estava totalmente apático ainda sem saber como lidar com a sua derrota no WWE Championship Match contra Drew McIntyre e pelo facto de ir ser pai.

Mesmo sozinho, Murphy ainda dominou durante alguns minutos, só que como seria de esperar, a força dos números foi demasiado para o lutador australiano. Ainda assim, tudo iria mudar quando Rey Mysterio atacou Seth Rollins e o “Monday Night Messiah” perdeu a cabeça, e atacou o lendário luchador ao ponto de causar a desqualificação.

Mesmo depois do combate acabar, Seth Rollins continuou a atacar Rey Mysterio, tendo “enfiado” o olho de Rey Mysterio contra as escadas, numa tentativa de cegar o “Mestre do 619”.

No gabinete médico da WWE tivemos então imagens dos médicos da WWE a tratar Rey Mysterio. Aleister Black estava ao lado do luchador e foi quando tivemos Seth Rollins, acompanhado de Murphy, a vir até perto da lenda a dizer que não sabe o que aconteceu e que queria pedir desculpa. O que tivemos foi uma brawl entre Aleister Black e Murphy, onde vários oficiais da WWE tiveram de separar os dois rivais.

De seguida foram mostradas imagens dos Street Profits a treinar para o jogo de basquetebol que terão contra os Viking Raiders. Estes também já estavam no campo, mas Ivar, ao tentar passar a bola a Erik, ia partindo o telhado do pavilhão, para gáudio dos Raw Tag Team Champions.

O jogo de basquetebol foi logo em seguida e claramente os Viking Raiders não estavam preparados para o desafio, e acabaram por perder por 74-2, tendo marcado no último segundo e pensado que tinham ganho, para diversão dos Street Profits.

De regresso ao Performance Center tivemos uma discussão entre Shayna Baslzer e Natalya, com a “Queen of Harts” a dizer que o que a “Queen of Spades” disse sobre o filho de Becky Lynch foi um desrespeito. Esta perguntou a Natalya o que é que ela percebe de ser mãe, e que todos sabem que dinastia dos Harts vai acabar em Natalya.

De regresso ao campo de basquetebol, os Raw Tag Team Champions Street Profits continuavam a gozar com os Viking Raiders e foi então que Erik e Ivar decidiram mostrar aos campeões que afinal eles sabiam jogar, para choque de Montez Ford e Angelo Dawkins.

– Shayna Baszler venceu Natalya: Mesmo depois da discussão que tiveram, Shayna Baszler e Natalya começaram o combate de forma bastante técnica. As duas lutadoras mostraram estar bastante equilibradas, com Natalya a ter um pequeno ascendente contra Shayna Baszler.

No entanto, a “Queen of Spades” fartou-se deste ritmo lento e foi então que começou a distribuir vários strikes, que lhe deram a vantagem no combate. O final chegou pouco depois, com uma joelhada da ex-NXT Women’s Champion a garantir a vitória contra a “Queen of Harts”, que se mostrou bastante frustrada pela derrota.

No backstage tivemos uma promo de King Corbin onde este afirmou que no Money In The Bank provou que estava disposto a tudo para ganhar, e que o mesmo irá acontecer no próximo Raw contra o WWE Champion Drew McIntyre.

No último segmento deste Raw tivemos então o regresso de Edge, onde este começou por dizer que regressou na WrestleMania 36 e que teve a luta da sua vida. No entanto, quando foi promovido o seu regresso ao Raw, diziam que ele iria atrás de Randy Orton, mas que não era esse o seu plano.

Quando Edge ia começar a falar dos lutadores do plantel do Raw, tocou a música do “The Viper”, que entrou em ringue e deu os parabéns ao “Rated R Superstar”, dizendo que o melhor homem venceu na WrestleMania 36.

Randy Orton saiu do ringue, mas acabou por voltar atrás e afirmou que simplesmente não consegue morder a língua e seguir em frente, porque o melhor homem pode ter vencido na WrestleMania 36, mas o melhor wrestler não.

Foi então que Randy Orton começou a dizer que Edge pode ter tenacidade, mas que isso não chega para combater a sua habilidade natural. “The Viper” relembrou então as vezes que Edge em entrevista o elogiou e acabou por desafiar o seu rival para um “combate de Wrestling normal”, isto se Edge tivesse coragem para aceitar o desafio.

Randy Orton procurou expôr as fraquezas e medos do “Rated R Superstar”, afirmando que este só venceu por causa do combate entre eles não ter sido “normal”, dentro do ringue. Assim, o “The Viper” quer um novo combate contra Edge, mas desta vez dentro do ringue.

O Raw acabou com Charly Caruso a promover este combate como o “maior combate de sempre”, mas Edge não chegou a responder ao desafio do “The Viper”.


O que achaste do WWE Raw desta semana?

40 Comentários

  1. Facebook Profile photo

    Por esta ninguém esperava….obrigado por tudo Becky!!! 🥺

    • mirandelas5 meses

      a carreira dela não acabou. Se alguma coisa é o inicio de um capítulo fantástico na vida dela

  2. El Cuebro5 meses

    Eita e é gravidez mesmo hein, parabéns Becky e Seth, e Asuka também que é a nova campeã do Raw e assim como a Bayley completou o grand slam feminino da WWE! Bebê quem sabe seguindo a linhagem no futuro hein!!

  3. Bea Ospreay5 meses

    Thank You Becky Lynch❤

  4. Facebook Profile photo
    Sasha sit on my face5 meses

    Pelos vistos o Seth “finalizou” a Becky 🤭

    Fora de brincadeiras, desejo as maiores felicidades a ambos.

  5. Leleco5 meses

    Felicidades The Man, sempre fui fã.

  6. Leleco5 meses

    E com isso a Asuka ganhou tudo que tinha de importante na divisão feminina.

    NXT, RAW, SMACK e Tag Titles, além de do Royal Rumble e Money in the Bank.

    • Bea Ospreay5 meses

      A segunda grand slam da divisão, com a primeira sendo a Bayley, com ela só não tendo o RR que a Asuka tem (talvez a carreira da Asuka na WWE não esteja tão ruim assim).

  7. Bea Ospreay5 meses

    Iiconics voltou, Becky vai ser mãe, Nilza vai ter um ataque do coração.

  8. Bea Ospreay5 meses

    AJ é mito demais kkk

  9. Anónimo5 meses

    Excelente Raw.

  10. Otávio5 meses

    resumo:um money in the bank tocado no lixo pra mim devia ter um money in the bank feminino ai botava as mesmas lutadoras menos Asuka (ganhou o titulo do raw) botava nomes como: tamina,sasha e naomi e tambem desafio do orton para enfrentar o edge no backlash

  11. JOAOPEDROOOOO5 meses

    Acho que as audiências desta semana vão subir: Becky, Orton e Edge para além dos que já lá andavam e ainda o regresso das Iconics.

    Os papás estão de parabéns e o seu filho tem muito talento potencial.

    Em relação ao Raw, foi um sólido 6 de 0-10. Terem de chamar o King Corbin só demonstra que o Raw não tem pessoas para lutar pelo título (pensava que ia ser o Jinder Mahal), como a feud com o Rollins foi cedo demais.

    • mirandelas5 meses

      Em relação aos ratings as Iconics não fazem diferença nenhuma. Se estivessem no Raw da semana passada os ratings teriam sido os mesmos. Elas nesse aspeto não são difference makers como dizem os ingleses

  12. TEX5 meses

    Thank you Becky

  13. TEX5 meses

    Becky!Becky!

  14. Nuno5 meses

    Eu posso ser muito injusto da minha parte mas parabéns a Becky por ser mãe, mas se foi assim minha nossa preferia que levasse o PIN e dar o título a Asuka assim seria justo. Isto e quase um Finn balor que nunca perdeu o universal title mas ficou fora por lesão e aí houve torneio que nesse caso o Owens ganhou.

    • Está grávida, não pode levar pin de ninguem porque não pode ter um combate.

    • mirandelas5 meses

      Ela está grávida desde o mês passado. Não há necessidade de pôr a vida da Becky e do feto em risco por causa de um combate. Alias tenho a certeza que a Becky Lynch não teria problemas nenhuns em perder um combate limpo mas ela neste momento não pode

  15. Bom Raw, talvez mesmo o melhor da quarentena. Contente pela Asuka ter ganho o titulo e como é obvio espero que tudo corra bem com a Becky.

    A nova “personalidade” do Rollins é interessante. Gostei bastante da maneira como ele mostrou aquele lado mais sadistico depois de parecer um zombie durante todo o combate, e vai ser interessante ver como é que ele vai ser apresentado daqui para a frente. O facto de ele ter pedido desculpa backstage e de parecer não ter idea do que se passou.. ui, isto vai ser bom.

    O Drew é brutal! Já tenho dito, acho que ele tem tudo para ser um dos melhores Campeões dos ultimos longos anos. Tem o look, a presença, a qualidade dentro do ringue, faz boas promos e é bookado como um campeão verdadeiramente dominante. Espero que o seu reino dure bastante tempo.

    Also, Edge/Orton no Backlash num “straight up wrestling match” vai ser interessante e o Orton fez uma boa promo onde fez sentido acerca de um rematch entre eles. Gostei bastante do segmento, tirando obviamente a parte onde a Charly aparece e estraga tudo. Já estou mais farto dela.. se havia momento onde não era preciso ela false, era ali. Mas pronto, pequenos pormenores.

  16. Leão5 meses

    RAW excelente, arrisco-me a dizer que foi o melhor de todos os programas semanais, sem público, e talvez até tenha superado outros com público. Bons combates, segmentos impactantes e algum mistério em relação a Edge e Randy Orton e ainda Seth Rollins, pois algo não está, claramente bem, com o Messiah!

  17. Facebook Profile photo

    Gostei do show. Parabéns à Becky e ao Seth Rollins. Welcome, baby Messiah ❤️

  18. Balhote5 meses

    Finalmente temos um bom RAW, o melhor em algumas semanas. Foi tudo bem feito, um bom build para o Backlash. Finalmente o Lashley começa a ter mais destaque e o MVP vai se tornar o seu manager de certeza. Talvez estejam a construir uma rivalidade entre o Seth e o Black para o Backlash, ou com o Rey. Alguma curiosidade para ver o que se segue para Aj Styles, continua tudo centrado no Undertaker, ainda não houve qualquer desenvolvimento sobre uma futura rivalidade. Penso que a indefinição está nos títulos. Talvez o Andrade defenda o título contra o Apollo, não sei. O McIntyre ainda não tem adversário, só se escolherem o Corbin, mas era estranho o título ser defendidos contra uma superstar de outra brand, mas na wwe tudo é possível. No próximo RAW talvez tenhamos Blackvs Murphy e a resposta do Edge ao desafio do Orton, assim como o combate pelos títulos tag team femininos!

  19. Facebook Profile photo

    Sem dúvida o melhor RAW dos últimos tempos! Super fluido, emocionante e cativante!
    Aquele segmento inicial entre a Asuka e a Becky foi super emocionante e sem dúvida alguma único e especial. Gostei da revelação do MITB ter sido pelo título e gostei imenso do face turn da Asuka para congratular a Becky! Felicidades para ela e para o Seth que, por outro lado, ontem esteve macabro e um quanto diferente… As notícias da gravidez não caem bem para todos ahahah
    Fantástico combate do Drew com o Andrade e a ‘A’ stable deve estar a chegar ao fim… Quem sabe não teremos uma triple threath pelo título dos USA. Por falar em stable, MVP e Lashley é ouro e espero que este seja o build do Lashley para um combate com o Brock no SummerSlam!
    IIconics voltaram, finalmente!!! Fiquei super contente com o regresso delas! Por falar em regresso, fantástico segmento entre o Orton e o Edge e espero boas coisas do combate deles no Backlash!
    Grande RAW para começar a semana, venha a ‘guerra’ de quarta! 🙂

  20. Foi um Raw muito bom, provavelmente o melhor desde que a WWE começou a ter de fazer shows sem público. Desde o segmento inicial tocante à nova parceria de Bobby Lashley com MVP, o regresso de The IIconics, Seth Rollins a “perder a cabeça” e uma excelente promo final por parte de Randy Orton, praticamente tudo bem conseguido neste programa.

  21. Eduardo5 meses

    Desejo maiores Felicidades á The Man Becky Lynch e Seth Rollins.

  22. Tozé5 meses

    Parece que o Vince não sabe aprender com os fiascos que já teve.
    A 1º XFL quando foi criada, aos primeiros tempos foi bom mas depois foi um desastre total.
    Depois ainda a pouco tempo, criou a Wild Card Rule, foi bom nas primeiras semanas, depois o pessoal fartou-se e começou a ser um desastre total.
    Depois a 2ºXFL que foi de imediato um desastre pior que a 1º XFL.
    Agora ele cria a 2º Wild Card Rule que de certeza irá ser mais um desastre.

    Bem o que se pode fazer com um velhadas a mandar naquilo se não sabe aprender com os seus próprios erros e não aprender a não voltar a tentá-los?

  23. Pepsiboy5 meses

    Vou sentir falta de dar hate na Becky toda semana 😢

  24. Esses fãs de hoje em dia… Grande parte desses que estão falando “Thank Tou, Becky” eram os mesmos a detonar a mulher por ser forçada, boring, etc. Claro que devemos a parabenizar, mas tem gente que força a amizade pra criticar e esquece na hora de elogiar 🤦🏾‍♂️😂

  25. El Cuebro5 meses

    Algumas perguntas sobre o Raw, primeira rivalidade Murphy-Black voltando? Segunda que droga foi aquele angle dos Profits com o Raiders? E porque o fim da luta de Rollins e Murphy contra Black e Rey foi uma DQ?

    • Talvez seja uma feud provisória até Aleister Black vs Seth Rollins, caso Rey Mysterio venda este recente ataque por algum tempo. Sobre o angle, eu também não curti muito.
      Pelo que percebi, a luta acabou em DQ porque o Seth começou a atacar o Rey sem “respeitar” as ordens do árbitro mas a verdade é que não houve oficialmente nenhum ataque com uma arma ou algo do género.

    • El Cuebro5 meses

      Faz sentido mesmo. E vc sabe quando os Raiders irão lutar pelo título de vez?

    • Talvez no próximo PPV ou nalgum Raw antes disso.

    • El Cuebro5 meses

      Que venha no Backlash né, foi ruim de ver o título de duplas do Raw fora do MITB!

  26. Anónimo5 meses

    Foi um excelente Raw, desde o início até ao fim! Gostei de ver a forma com o Seth Rollins agiu, mal posso esperar para ver o que vem a seguir. E o segmento entre o Edge e o Randy Orton foi muito bom. Este Raw foi muito bom, que venha o próximo.

  27. duzonraven5 meses

    Foi um bom RAW, em termos de storyline ocorreu de tudo

    Campeã se retirando temporariamente, nova campeã, uma stable explodindo (da zelina), lashley abandonando lana e se unindo a MVP, retorno das ilconics, seth rollins com nova personalidade….

    Quanto aos combates achei desnecessário o corbin enfrentar o drew semana que vem. Andrade também não vem sendo nada protegido, enfrentou 2 vezes o Drew recentemente e perdeu (embora os combates tenham sido bons). Se não me engano Andrade foi NXT Champion em cima do Drew, deveriam ter trabalhado melhor essa rivalidade

    Não entendi qual foi a do personagem do r-truth… e o segmento do basquete foi divertido mas nada a ver também haha