WWE Raw (17/12/2018): Mudança prometida

há 8 meses Resultados 21

Depois do TLC do passado domingo e com os ratings a serem cada vez mais baixos, a WWE realizou esta segunda-feira mais uma edição do Monday Night Raw e deu-lhe um “toque especial”.

Logo a abrir o programa tivemos uma “promessa de mudança” por parte de Vince McMahon, Stephanie McMahon, Shane McMahon e Triple H. Toda a família que já lidera a WWE prometeu que vai assumir também o controlo dos shows para garantir, a partir de agora, a qualidade do mesmos. No entanto, do que vimos deste primeiro Raw, ainda há muita coisa por mudar…

Baron Corbin interrompeu o segmento e repetiu-se algo que já tinha acontecido no TLC. O “Constable” foi obrigado a lutar contra Kurt Angle, Apollo Crews e os Raw Tag Team Champions Chad Gable & Bobby Roode na tentativa de recuperar o seu poder enquanto General Manager do Raw. O combate era um No Disqualification Handicap Match e Baron Corbin saiu novamente derrotado.

Como main-event da noite tivemos um Gauntlet Match feminino, envolvendo 8 lutadoras do main-roster da WWE. Em jogo estava uma oportunidade pelo Raw Women’s Championship na próxima semana. A vencedora acabou por ser Natalya, que no final derrotou Ember Moon, Ruby Riott e Sasha Banks. Assim sendo, Natalya vai enfrentar Ronda Rousey na próxima semana!

De destacar deste show tivemos também um Open Challenge lançado pelo Intercontinental Champion Dean Ambrose que, surpreendentemente, foi respondido por Tyler Breeze. O WWE Universe ainda sonhou com uma mudança de título, mas o combate durou cerca de 7 minutos e o “Lunatic Fringe” reteve o título.

E por falar em títulos, os The Revival tornaram-se nos novos Nº 1 Contender’s aos Raw Tag Team Championships depois de derrotarem The Lucha House Party, AOP e The B-Team num Fatal 4 Way Tag Team Nº 1 Contender’s Match. Uma das melhores equipas que passaram pelo NXT têm finalmente uma oportunidade de lutar pelos títulos no main-roster.

Por fim, mencionar ainda: Elias partiu uma guitarra nas costas de Bobby Lashley; o combate entre Finn Bálor e Dolph Ziggler terminou em desqualificação após a interferência de Drew McIntyre; e ainda foram anunciados os futuros regressos de Sami Zayn e Kevin Owens, assim como a futura estreia de várias Superstars do NXT.

Resultados

– Kurt Angle, Apollo Crews & Raw Tag Team Champions Chad Gable & Bobby Roode venceram Baron Corbin (No Disqualification Handicap Match)
– Finn Bálor venceu Dolph Ziggler (por desqualificação)
– Intercontinental Champion Dean Ambrose venceu Tyler Breeze (Open Challenge)
– The Revival venceram The Lucha House Party, AOP e The B-Team (Raw Tag Team Championship Nº 1 Contender’s Match)
– Natalya venceu um Gauntlet Match (Raw Women’s Championship Nº 1 Contender’s Match)


O que achaste do WWE Raw desta semana?

21 Comentários

  1. Anônimo há 8 meses

    só achei desnecessário humilharem o Baron Corbin daquela forma, afinal de contas, o cara só estava seguindo um roteiro.

    • FR8AS há 8 meses

      Se eles humilharem ele daquela maneira, foi que ele fez abuso de poder, fez mudanças de última hora que os oficiais não sabiam, por isso é que foi humilhado, provou do proprio veneno

    • Lana day há 8 meses

      A humilhação faz parte do roteiro na história ele foi um mal GM , agora achar que ele mudou algo sem oficias saberem é muita ilusão

    • Marcos m.g há 8 meses

      Entao pronto faz parte todo o roteiro

    • Foto de perfil do Facebook

      Tbm não gostei mas faz parte do roteiro

  2. Wwe is rollins há 8 meses

    No geral adorei o raw finalmente algo decente este ano da brand principal da wwe estava ruim ha demasiado tempo mas ainda assim conseguem fazer mt melhor

  3. Pedro há 8 meses

    Adorei esta edição do raw. Natalya ja merecia

  4. SCBraga99 há 8 meses

    O Raw foi um bom show.
    Gostei do que fizeram ao Baron Corbin pela segunda vez.
    Estou a gostar da rivalidade do Bálor com o McIntyre e com a adição do Ziggler passa a ser uma rivalidade entre 3 superstar que tem muito talento e por causa disso está a ser uma das rivalidades para mim mais interessantes do raw.
    Fiquei surpreendido com o regresso do Tyler Breeze.
    Quanto á divisão de tag team, eu acho que o Roode e o Gable vão continuar como campeões até fevereiro.
    O main-event foi bom e finalmente vamos ter a rivlidade que muita gente já tinha previsto que ia acontecer mas para completar essas previsões falta a Natalya fazer Heel-turn e espero que a seguir da Natalya a próxima rivalidade da Ronda seja com a Ember Moon que já está a merecer uma oportunidade pelo título feminino.

  5. Gostei do show, mas ainda parece que eles não entendem qual é o problema do Raw. Sei que é bastante cedo para falar, mas essas “mudanças” que eles prometeram não é de fato nenhuma “mudança”

  6. J. Gustavo há 8 meses

    Pela primeira vez em muito tempo o Raw terminou e eu fiquei ansioso pelo próximo.

    Essa rivalidade do Elias e do Lashley já deu, o resto foi muito bom.

  7. Kauê Silva há 8 meses

    Raw muito bom, espero que o de Natal seja bom também, apesar de um pessoal ter saído antes!!
    Começou com toda a cúpula da WWE falando o que o povo queria ouvir, mas não Baron Corbin que foi verdadeiramente humilhado pelo quinteto de Angle, Slater, Crews, Roode e Gable, espero que esse personagem dele tenha tido seu fim e volte a ser o lobo solitário e grande talento que ele estava sendo quando subiu do NXT!!
    Finn Bálor e Dolph Ziggler fizeram grande luta até a intromissão e domínio do Drew McIntyre, essa tripla rivalidade ainda vai render muito, como também Elias e Lashley, mais uma guitarra quebrada para delírio dos fãs!
    O Ambrose sim humilhou e falou mal do Seth e de quem estava a sua volta, venceu até que bem o Tyler Breeze que foi muito bem na luta, mas o castigo veio de forma imediata, o Seth vai querer seu título de volta! Aliás não estou gostando desse estilo falastrão do Dean, não combina com o que ele construiu até agora na WWE, espero que mude!
    No confronto de duplas muita ação envolvida, todos queriam muito a chance pelo título e o Revival levou a melhor, mesmo depois de tanta porrada, acho muito bom eles terem uma nova chance, mas queria ter visto um domínio maior dos Authors of Pain!
    Finalizando o show com grande luta envolvendo as mulheres do Raw pela chance de enfrentar a Ronda pelo título, devo destacar que Bayley e Natalya fizeram grande trabalho frente ao restante do elenco e a veterana canadense terá sua chance frente a sua grande amiga, será que teremos heel turn?!
    Muitas voltas e novidades vindo por aí para o ano de 2019, vamos ver se a WWE se recupera dos tempos difíceis dessas últimas semanas!

  8. BRUNOju. há 8 meses

    Ah que pena, queria que a Banks vencesse… O Raw precisa urgentemente do shake-up/draft, jesus amado, é tudo a mesma merda a cada semana.

  9. Doughc há 8 meses

    Ta ai um bom Raw
    Na divisão tag os Revival vão ter uma merecida chance

    A divisão feminina teve quase uma hora de combate com Natalya parecendo uma estrela

    Balor x Ziegler foi muito bom

    Breeze mostrando seu talento

    Corbin destruido, é foi bacana.

  10. Mateus Henrique há 8 meses

    Gostei do show mas a WWE bota o Dean Ambrose com camisa ou regata tirar aquela jaqueta de cafetão e aquele cordão ridículo continuar hell cadê o John cena

  11. Mateus Henrique há 8 meses

    Quero ver o pessoal do NXT aquela lacey Evans é gostosa roupa dela meio pin-up anos 40 50 e Nikki cross e o ec3 ele é meio John cena lá no TNA agora na WWE

  12. El Carismático há 8 meses

    Gostei , fez lembrar os velhos tempos , mas na minha opinião a wwe precisava de outra brand , pois vemos talentos como rusev , luke gallows e karl Anderson,etc serem lutadores medianos e nao mostrarem todos o seu talento , porque existe excesso de talento , e porquê não são escolhidos para serem os lutadores principais.
    antes tinha a ECW (já nao era aquela ECW extrema) que mas que fez lutadores como Christian , Ezequiel Jackson , Kozlov , Zack Ryder, etc estarem no topo daquela brand e serem grandes lutadores e poderem mostrar todo o seu talento .
    Eu traria de volta a ECW
    Porém na ECW de 2008 só existia o titulo ECW , e eu criaria o tag team ECW Champions , Women ECW Champions , pesos médios Champions e o cruiserweight ecw Champions e acabava com o 205 live por exemplo.
    Também seria uma forma de talentos do NXT brilharem antes de irem para as “grandes ” brands como o Raw e SmackDown, já para não falar que um regresso da ECW seria estrondoso e uma ótima oportunidade de marketing já que mesmo em 2009 quando acabou ser a brand com menos assistência conseguia ter mais assistência que o nxt e que o 205 live.
    Tambem seria interessante criarem o Raw Women tag team Champion e o SmackDown Women tag team Champion

    • duzonraven há 8 meses

      A volta da ECW seria legal mesmo, que colocassem no lugar do programa Main Event que só tem combate entre jobbers mas com outros wrestlers melhores que andam sem nada a fazer como The Club, Luke Harper e Shelton Benjamin

  13. duzonraven há 8 meses

    Até que foi um bom RAW, espero que continue com mudanças e não caia novamente na mesmice

Comentar