Faz login e remove a publicidade
Frank casino

A WWE transmitiu esta segunda-feira mais uma edição do Raw na USA Network, novamente no Performance Center, numa altura em que já estamos a caminho do seu próximo pay-per-view, o Extreme Rules.

Resultados

– Raw Tag Team Champion Street Profits venceram Viking Raiders
– Raw Women’s Champion Asuka venceu Charlotte Flair
– Akira Tozawa venceu WWE 24/7 Champion R-Truth
– Natalya venceu Liv Morgan
– WWE Women’s Tag Team Champions Bayley & Sasha Banks venceram The IIconics
– WWE United States Champion Apollo Crews venceu Shelton Benjamin

Report

O Raw desta semana abriu com o WWE Champion Drew McIntyre, que falou da defesa diferente do seu título que aconteceu na última semana. Porém, o WWE Champion foi interrompido de forma surpreendente pelo novo lutador do Raw, Dolph Ziggler.

Este lembrou a Drew McIntyre a parceria que os dois tiveram, com o “Show Off” a chamar a si o mérito do escocês ser o atual WWE Champion. Os dois continuaram esta disputa da palavras até que Dolph Ziggler desafiou Drew McIntyre para um combate no Extreme Rules, desafio esse que foi aceite.

De seguida, Nia Jax veio ao ringue queixar-se de ter sido prejudicada no seu último combate contra a Raw Women’s Champion por causa do árbitro. Antes de continuar a sua “birra”, foi interrompida pelo WWE 24/7 Champion R-Truth, que acusou Nia Jax de ser Akira Tozawa disfarçado.

No entanto, para surpresa de R-Truth, Akira Tozawa não estava disfarçado de Nia Jax e apareceu acompanhado de alguns dos seus ninjas, que correram em perseguição ao WWE 24/7 Champion R-Truth.

Nia Jax continuou no ringue e antes de continuar a queixar-se, tivemos Charlotte Flair a aparecer e as duas lutadoras discutiram quem mais tinha sido beneficiada pela família. Foi então que as duas se fartaram de conversar e tivemos uma brawl que só foi parada pelos árbitros, mas da qual a “Queen” saiu lesionada no ombro.

Ainda antes do primeiro combate da noite, no backstage tivemos os Raw Tag Team Champions Street Profits e os Viking Raiders a falarem uns com os outros e a dizer que a amizade deles é para sempre, mas que no ringue, vai ser cada equipa por si.

– Raw Tag Team Champion Street Profits (Angelo Dawkins & Montez Ford) venceram Viking Raiders (Erik & Ivar): Os Viking Raiders começaram com tudo neste combate pelos Raw Tag Team Championships, a conseguirem controlar a força e em especial a agilidade de Montez Ford.

Os Viking Raiders dominam boa parte do combate, mas quando Angelo Dawkins entrou em ringue o ímpeto virou e tivemos então vários minutos das duas equipas a quase vencerem o combate. No entanto, no final, foi Montez Ford a mostrar toda a sua explosão e agilidade com um Springboard Frogsplash a conseguir vencer o combate.

Depois do combate, os quatro lutadores cumprimentaram-se por respeito, e quando já só os Raw Tag Team Champions estavam no ringue, a dupla de Angel Garza e Andrade atacou os Street Profits.

De seguida, no backstage tivemos Seth Rollins a falar de si e de Rey Mysterio, e de como ele aceitou o seu papel para o bem maior e de como o luchador o tem desafiado. O “Monday Night Messiah” também falou do comportamento de Dominik e de que o pai dele é uma lenda, mas que já não deveria estar no ativo.

Também no backstage, em entrevista a Charly Caruso, Charlotte Flair negou estar lesionada no seu ombro e que estava preparada para o combate contra Asuka.

Charly Caruso encontrou então, um pouco mais à frente, Angel Garza e Andrade, acompanhados por Zelina Vega, que negou que os dois lutadores estivessem zangados um com o outro e que a dupla mexicana serão os próximos Raw Tag Team Champions.

– Raw Women’s Champion Asuka venceu Charlotte Flair: O combate começou de forma equilibrada, como seria de esperar, com Asuka a ter um alvo claro, o ombro esquerdo de Charlotte Flair.

Depois de um combate equilibrado, com Asuka a atacar sempre que pôde o ombro da “Queen”, as duas lutadoras quase venceram por várias vezes, mas no final Asuka finalmente quebrou o enguiço e, com o seu Asuka Lock, fez Charlotte Flair desistir.

Em seguida tivemos Edge a falar da sua derrota e lesão que aconteceu no combate contra Randy Orton no Backlash. O veterano afirmou que estava desapontado por ter perdido contra o “The Viper”, mas que aquilo que lhe aconteceu às mãos dele, deu-lhe uma motivação extra. Não conseguir segurar a sua filha no colo por causa da lesão, ver o seu amigo Christian a ter de ser levado de maca, fez acordar algo em si que há muitos anos não sentia.

O “Rated R Superstar” disse a seguir que ia fazer Randy Orton arrepender-se de tudo o que lhe fez e que acordou algo em si, que o “The Viper” não vai gostar de ver.

No backstage, Randy Orton foi entrevistado e explicou que na natureza, quando uma víbora se sente ameaçada, ataca pensando na sua sobrevivência, e que foi exatamente isso que fez com Edge e Christian. Randy Orton fechou a promo dizendo que espera que os dois vivam uma vida feliz, mas longe dos ringues.

Noutra zona do backstage vimos Nia Jax a atacar o braço esquerdo de Charlotte Flair, na tentativa de lesionar de vez a “Queen”.

Akira Tozawa venceu WWE 24/7 Champion R-Truth: De regresso ao ringue, era para acontecer um combate pelo WWE 24/7 Championship entre o campeão R-Truth e o líder dos ninjas, Akira Tozawa. Só que antes do combate começar, Bobby Lashley acompanhado por MVP, atacou o grupo dos ninjas e também R-Truth com um Full Nelson, deixando-o inconsciente no ringue.

Quem se aproveitou de toda esta situação foi Akira Tozawa, que fez o pin em R-Truth e assim tornou-se o novo WWE 24/7 Champion.

– Natalya venceu Liv Morgan: Num combate entre duas gerações bem diferentes, a jovem Liv Morgan ainda conseguiu produzir alguma ofensiva, mas com a ajuda de Lana, a veterana Natalya conseguiu prender o Sharpshooter na adversária e arrecadar a vitória.

De regresso ao backstage tivemos uma entrevista a Big Show, que disse que estava feliz por ter regressado no último Raw e que se divertiu a ajudar os Viking Profits, mas que às vezes as pessoas esquecem-se que por detrás da sua boa disposição está um gigante zangado pelo que aconteceu a dois dos seus amigos às mãos de Randy Orton.

No ringue tivemos Ric Flair, que elogiou Randy Orton tendo dito que este é o melhor performer da WWE.

Já com o “The Viper” no ringue, os elogios continuaram, até que Randy Orton voltou a afirmar-se como o “Legend Killer”, depois do que fez a Edge e Christian na semana passada.

No entanto, o duo foi interrompido por Big Show, que veio ao ringue à procura de vingança pelo que Randy Orton fez a Edge e Christian. Depois de uma troca de palavras bastante dura e quando parecia que as coisas iam descambar, Randy Orton saiu do ringue e acabou o segmento ameaçando Big Show de que tudo o que lhe iria acontecer no futuro, era culpa dele.

– WWE Women’s Tag Team Champions Bayley & Sasha Banks venceram The IIconics (Billie Kay & Peyton Royce): O combate pelos WWE Women’s Tag Team Championships começou de forma agressiva entre as duas equipas rivais, e o combate manteve um nível de intensidade bastante elevado até ao fim.

O domínio foi repartido pelas duas equipas, que tiveram várias hipóteses para vencer. No final, as IIconics pareciam que iriam novamente vencer a dupla de Bayley e Sasha Banks, como na WrestleMania 35, mas “The Boss” com o seu Bank Statement garantiu mais uma vitória para a dupla das WWE Women’s Tag Team Champions.

Depois do combate, Sasha Banks fez uma promo onde admitiu que se sentia com inveja de Bayley, por esta ter dois títulos e ela não. Quando parecia que “The Boss” iria desafiar Bayley, Sasha Banks desafiou a Raw Women’s Champion Asuka para um combate no Extreme Rules.

A lutadora japonesa veio de imediato ao ringue e aceitou o desafio, mas esta foi uma má ideia por parte da Raw Women’s Champion, pois foi logo a seguir atacada por Bayley e Sasha Banks.

No backstage, MVP e Bobby Lashley culparam R-Truth por o “All Mighty” não ser o atual WWE Champion e tivemos em seguida MVP a concentrar as suas atenções no WWE United States Champion Apollo Crews, onde afirmou que este deveria aprender umas coisas com ele.

No ringue tivemos uma edição do VIP Lounge e MVP tentou convencer o WWE United States Champion Apollo Crews a juntar-se a si, mas este rejeitou. Já com Shelton Benjamin em ringue, MVP distraiu o campeão e o veterano Shelton Benjamin aproveitou para o atacar pelas costas.

– WWE United States Champion Apollo Crews venceu Shelton Benjamin: Shelton Benjamin dominou em grande parte este combate, aproveitando o ataque antes do mesmo.

Porém, a força e agilidade de Apollo Crews tem sido um factor decisivo nestas últimas semanas e foi mais uma vez, com o WWE United States Champion a vencer o combate com a sua Spinning Sit-Out Powerbomb.

Depois do combate, MVP tentou mais uma vez que Apollo Crews se juntasse a ele, mas sem sucesso. Quando o WWE United States Champion rejeitou mais uma vez, tivemos Bobby Lashley a atacá-lo com o Full Nelson.

No segmento final do Raw tivemos o regresso de Rey Mysterio, que veio acompanhado do seu filho Dominik. O luchador explicou ao filho que está zangado por ele ter vindo ao Raw sem a sua autorização, apesar de também estar orgulhoso pelo que o seu filho fez. No entanto, agora é de novo a sua vez de lutar.

Dominik pegou no microfone e disse que se Seth Rollins quer luta, então ele e o seu pai vão-lhe dar luta.

Seth Rollins veio então para perto do ringue e disse que já não sabia o que fazer, mas que já não era a sua decisão.

Quando parecia que íamos ter um ataque do “Monday Night Messiah” e os seus discípulos à família Mysterio, Humberto Carrillo e Aleister Black vieram em auxílio de Rey Mysterio e Dominik.

Os últimos minutos do Raw foram caóticos, com uma grande brawl entre todos, mas quando parecia que Seth Rollins ia cegar Dominik tal como tinha feito a Rey Mysterio, Humberto Carrillo e Aleister Black armados com cadeiras fizeram o “Monday Night Messiah” e os seus discípulos bater em retirada.


O que achaste do WWE Raw desta semana?

50 Comentários

  1. George Bernardes2 semanas

    Bom Raw, rivalidade de Ziggler e McIntyre interessante, Garza e Andrade entrando pra briga do título e tomara que acaba com aquela palhaçada que está a divisão Tag, Sasha contra Asuka interessante, Lashley a tirar o US Champ do Appolo, tomara! mas tem umas coisas que me incomodam. Até agora esse personagem do Seth Rollings está muito mal, não sai uma noite ganhando, ta queimando o superstar, pra mim Rollings é top guy disparado do Raw, não tá tenso credibilidade nenhuma. Confesso que não sou muito fã da Bayley Heel, muito boring, muito chata. Mas voltando ao evento em si, gostei, a história com Randy Orton tá bastante boa é praticamente a volta do Legend Killer porém atualizado para PG era. 8/10

    • O que é que este Legend killer difere do anterior para estar atualizado a PG era?

    • George, achei algumas das suas críticas sem argumentos e fazias…
      Primeiro, o Seth está se mostrando um gênio! E você lembra o porque ele está em rivalidade com o Rey? Pois é, ele saiu por cima, não pera, ele “destruiu” o Rey…
      A Bayley não é genial no Mic, mas em ring é soberba e finalmente encontrou uma personagem que tenha a mínima relevância, inclusive é a atual SD Womans Champion and TAG Team Champion, enfim, ela pode ser tudo, menos boring…
      Cada um tem a sua opinião, porém ore criticar acho que é sempre bom justificar a sua resposta.

  2. Pedro Henrique2 semanas

    Vcs acham que o The Riott Squad vai retorna?

    • Guilherme2 semanas

      acho que sim, a divisão do raw e do SmackDown estão com poucas duplas femininas, Ruby e Liv provavelmente vai voltar e vai ter uma grande história com a natalya e a Lana, quem sabe uma dessas duplas serão as próximas women’s tava team Champion.

    • Guilherme2 semanas

      women’s tag team Champion*

    • Uma grande história xd

  3. Lucas Vaz ferreira2 semanas

    Cadê R truth x tozawa

  4. Bom show, principalmente nas duas últimas horas.
    A storyline entre a Bayley e Sasha é a melhor da WWE hoje, os títulos de dupla feminino é o melhor bookado de todos os shows nessas últimas duas semanas. A Asuka e Sasha tiveram uma das melhores lutas do ano em 2018 em um simples episódio do Raw, no Extreme Rules poderá ser ainda melhor.
    Gostei do booking de toda divisão feminina, teremos possivelmente a reunião da Liv e Ruby (e possivelmente próximas tag champs) deram uma direção para Natty e Lana e teremos uma feud de mid card entre a Charlotte e Nia.
    O main event foi bastante divertido, provavelmente terá um multi men tag match mo ER.

  5. Take2 semanas

    Foi um bom Raw, Sasha vs Asuka tem uma boa química no ring, tenho certeza que as duas farão um excelente combate!

  6. Guilherme2 semanas

    Sasha banks vs asuka vai ser muito bom se for que nem o combate de 2018, espero que a asuka não volte a quase quebrar o pescoço da Sasha kkkkkk estou brincando, mais vai ser um ótimo combate, eu ainda prefiro ver a Sasha como SmackDown women’s Champion, Minha opinião.

  7. Bom ver o Ziggler de volta ao lugar que ele merece e que deixe de lado todas estas storylines de namororicos. Alguém me explique por favor, o Ziggler no início da promo dele disse que ele está lá no Raw por causa da troca do AJ, mas ele também mencionou o Robert Roode foram os dois trocados pelo AJ? Gostava muito que o Ziggler ganhasse o título, mas vai ser muito difícil.
    Quanto ao resto foi um bom RAW:
    Street Profits são a 3° equipa a conseguir vencer os Viking Rayders no MR (O.C., Seth e Murphy e SP).
    Let’s go Sasha!
    Dar o título americano ao Bobby Lashley pode ser uma boa ideia tendo ao lado dele um dos mais icónicos US champs da WWE.
    A melhor opção para a dupla mexicana foi mesmo virar dupla, o show do Raw está fraquinho nesse aspecto.
    O Randy Orton vai ter mais uma lenda á sua frente para acabar com ela.
    Esta ideia de juntar a Liv e a Ruby como dupla não encaixa é o mesmo que fazerem o Shield só com o Seth e o Roman.
    O grupo do Seth tem de começar a sair mais vezes por cima, o segmento de hoje foi bom as aparições dele andavam a ser praticamente todas iguais.

  8. Manguitos2 semanas

    Gostaria mais de ver shelton a juntar se ao MVP do que o Apollo

  9. Anônimo2 semanas

    O Seth Rollins se dá mal toda semana belo booking

  10. Facebook Profile photo

    Gostei do Raw!
    8.5 do Bruno Meltzer numa avaliação feita entre 0 a 10. 😁👍

  11. Bea Ospreay2 semanas

    Como eu disse, Legend Killer is back, melhor gimick dele.

  12. Podem dizer o que quiseram do orton. Que não e bom no ring… So por causa da familia…
    Mas o homem esta numa fase como nao ha muito. Ja teve bem pior e a segurar titulos mundiais
    Depois das grandes promos contra edge. Mais uma muito boa contra o show. E a passar a imagem que ele os respeita. Mas que não queiram ver o seu dark side
    Espero que continue assim

    Em relação a situação do rollina ficar sempre por baixo. As vezes concordo. Até porque acho que esta story da stable podia ser muito melhor utilizada porque pode vir a ser algo muito bom
    Mas em relação a este segmento. Eu so vi o video do YouTube. Mas ele ta em inferioridade de 3 para 4. E mesmo assim ainda quase que cega o dominik. N penso que saia muito describilizado

    Muito bom booking pa sasha a passar a imagem que derrotou as iconics quase sozinha… Credibilizando-a como ha algum tempo nao se via

    De resto… Pouco interesse

    • Ah. Ziggler em rota dum título mundial. Pode ser bom para ele
      Visto que na minha opiniao e dos piores utilizados desde que la ta. Nao me consigo esquecer daquela prestação magnifica no survivor series de 2014

    • Carlosilva2 semanas

      Boas bman98

      Na minha opinião, Randy Orton sempre foi dos mais talentosos lutadores da WWE, é soberbo no ringue. Entendo que muitos possam achar o estilo dele “boring” porque estão habituados a combates mais rápidos e mais à base de spots.
      Neste ano de 2020, para mim, ninguém lhe está chegar sequer aos calcanhares, seja no Raw, SmackDown, NXT ou AEW. Mas claro, é uma opinião pessoal 🙂

    • Carlosilva2 semanas

      Ah e venha daí Drew vs Orton no SummerSlam, tem tudo para ser um senhor main event!!

    • Anónimo2 semanas

      “Orton soberbo no ring” hahahaha é de doer os olhos.

    • Carlosilva2 semanas

      Boas anónimo, é a minha opinião!!

      Penso que o seu move-set se enquadra muito bem na personagem dele, e sabe contar muito bem uma história. Volto a dizer que entendo o porquê de muitos o acharem boring visto os seus combates são muito à base do slow-pace, mas eu pessoalmente gosto desse tipo de combates.

      O wrestling é muito relativo, cada um tem o direito de ter uma opinião sobre o que é, para si, um lutador soberbo. Tenho muitos amigos que consideram por exemplo o Ricochet um lutador soberbo, e eu não concordo, contudo, não fico com nenhuma dor de olhos.

  13. Anonimo2 semanas

    conseguiram fazer um raw em que olho para os combates e nao tenho interesse em nenhum. demasiadas tag teams e combates femininos e nem um unico one on one entre dois nomes de topo vergonhoso ainda bem que nao vi nem vou ver

  14. Jean2 semanas

    Será que a Ruby riott vai juntar-se com a liv Morgan novamente ? Tomara

  15. Doughc2 semanas

    Bom show e não entendo a reclamação do booking do Rollins, era o retorno do Rey Misterio e aliás é a chance do Dijakovic se estrear no grupo do Rollins no extreme rules 4 contra 4 e depois no “Summerslam” Rollins x Misterio, Rollins sai por cima e pode ter uma feud pessoal com o Aleiester
    Resto do show foi bom, Ziegler é um bom rival filler e depois pode andar na tag division com o Roode, Andrade e Garza tem tudo para serem campeões, Sasha x Asuka deve ser bom, Charlotte deve ter feud com a Nia bem pelo menos é algo novo, sou a favor de Liv e Ruby tag champions, a Ruby é excelente como face mostra muito mais em ringue do que como heel (a exemplo do que acontece com o proprio Rollins e com a Dakota kai).

  16. Espero que o Garza e o Andrade vencam os raw tag team titles no extreme rules.

  17. a rivalidade dos street profits com os viking raiders é muito cringe… vê-se mesmo que isto é PG.. especialmente o montez ford. Viking raiders a fazer stuff cómico.. como é que é possivel.. deviam sair da wwe e rumar a outra empresa ou de volta pra njpw

    Quero que o lashley tire o titulo do apollo crews. MVP é dos melhor gajos do RAW atualmente.

    WWE sem n1 contender pelo wwe championship outra vez, uma estupidez. Mcnintyre vence (muito previsível)

    A rivalidade do big show com o orton está a comecar bem.

    No que toca a rivalidade do rollins e do rey, rollins têm de sair por cima no final.

    RAW 6/10

  18. Bom Raw. Alguns pontos que quero destacar:

    – Excelente promo do Edge. Absolutamente incrível. A emoção e a intensidade que demonstrou foi qualquer coisa de excecional. A feud com o Orton tem sido muito boa e tanto as promos do Edge como as do Orton têm sido muito fortes. Estou bastante investido na feud e fico à espera de um terceiro e rubber match onde o Edge sai por cima. Vai ser muito complicado (talvez impossível) de terem um combate melhor do que aquele que tiveram no Backlash, mas não tenho dúvidas que vá ser um bom combate com um storytelling de classe mundial.

    – Bom segmento do Orton e do Flair. Não desgosto de uma feud filler entre o Orton e o Big Show. Se o “Legend Killer” está realmente de volta, então é um combate que faz todo o sentido. O Orton vai “destruir” outra lenda no Extreme Rules e ganhar ainda mais heat e momentum para o Summerslam onde acredito que tenha um combate com o Drew pelo título. O Orton tem um momentum incrível neste momento e é facilmente o maior heel da empresa – uma vitória do Drew no Summerslam estabelecê-lo-ia como uma das maiores estrelas da WWE e um “certified” main-eventer.

    – O combate entre as IIconics e a Sasha/Bayley foi curto e algo desinteressante, mas o segmento a seguir foi muito bom. A promo da Sasha enganou-me por completo e acredito que tenha enganado praticamente todas as pessoas. Muito bem bookado. Asuka/Sasha no Extreme Rules tem potencial para ser um grande combate e acho que é uma direção interessante por agora – acredito que a Bayley vá custar o combate à Sasha sem querer e daí começa a feud entre Sasha e Bayley para o Summerslam. A Sasha tem somado várias vitórias ultimamente e tem feito sempre o pin nos combates de tag-team portanto é aproveitar esse momentum e começar a separação delas.

    – O segmento com o Rollins e o Rey Mysterio foi intenso.. quando vi o Rollins de joelhos na rampa e o Dominik nas costas do Rey, pensei que fosse ali o grande turn. Acredito que tenha sido um tease e acredito que aconteça eventualmente mas oof, a forma como o segmento foi bookado dava mesmo a querer que o turn ia acontecer. Bem a WWE aqui a vender o drama. Ver o Aleister e o Humberto (não sou fã mas oh well) finalmente a saírem por cima foi satisfatório. Talvez tenhamos Rollins/Murphy/Austin vs Rey/Humberto/Aleister no Extreme Rules? Acho que seria interessante.

    – A Asuka ganhou à Charlotte por submissão! Wow, não estava nada à espera. Certo que não foi uma clean win porque a Charlotte estava lesionada, mas sempre é melhor do que nada. Aparentemente a Charlotte vai ter que ser operada e deve ficar de fora durante uns tempos, talvez não voltando a tempo do Summerslam. Caso seja esse o caso, estou curioso para ver qual vai ser o combate pelo título no Summerslam (espero que não seja um terceiro combate entre a Asuka e a Nia Jax mas talvez seja o mais provável… boring).

    Estes foram para mim os grandes destaques do Raw. Having said that, não gostei de tudo neste episódio – uma feud entre o Drew e o Ziggler interessa-me muitíssimo pouco. A história entre eles os dois FAZ SENTIDO, mas porra, o Ziggler vem de um programa perdido contra o Otis e de várias derrotas consecutivas – era basicamente um glorified jobber no Smackdown e agora vem para o Raw, pede um conbate pelo título e pronto, já está. Meh, eu sei que é filler mas não me cativa. Depois do Strowman vs Miz e Morrison no Backlash, este é outro combate por um dos títulos principais que me interessa muito pouco. Street Profits vs Viking Raiders não foi um mau combate de todo, mas depois de meses e meses de skits entre eles e de um build tão longo, o combate tão antecipado dura para aí uns 6 minutos? Basicamente um glorified squash. Pelo menos o Andrade e o Garza são os próximos candidatos aos títulos e oxalá eles ganhem no Extreme Rules. Natalya a squashar a Liv Morgan.. LOL, isto é a sério? Mas alguém tem algum tipo de interesse em ver a Natalya junto com a Lana a levar um push? Tenham dó. Pelo menos devemos ter Ruby Riott e Liv Morgan numa tag-team depois daquele momento backstage.. não desgosto, pelo menos dá à Liv algum senso de direção.

    Um destaque ainda para o MVP que voltou a ser um dos MVP’s (hehe) do Raw. A história a ser contada entre este e o Apollo é nteressante (a clássica storyline do manager a tentar ensinar ao “rookie” algumas lições) e uma potencial feud entre Lashley e Apollo pelo títulos dos Estados Unidos intriga-me um bocado.

    • Doughc2 semanas

      E digo mais acho que a Natalya vai entrar na rota do title. Fazer o que.

  19. Foi um episódio decente do Raw, gostei sobretudo dos segmentos (era, aliás, aquilo que tinha mais interesse em ver a priori).
    É pena que alguns combates não tenham tido mais tempo, mas deduzo que estejam a guardar os maiores/melhores matches para os PPV.

  20. Foi um bom RAW,que valeu pelos segmentos

    -Bom segmento para começar o RAW com o McIntyre basicamente a procura de um novo adversário,que se revelou ser o Ziggler.
    Não esperava que fosse o Ziggler,eles têm alguma história juntos e isso pode ser interessante,pena é o Ziggler não estar credível para do nada lutar pelo título.

    -Bom combate entre os Profits e os Raiders pelos titulos.
    Do combate destaco a utilização dos finishers do adversário para vencer,o que se insere na história em si.
    Depois com o ataque do Andrade e do Garza aos Profits é provável que sejam eles os próximos contenders aos títulos.

    -Charlotte vs Asuka
    O combate em si foi bom,agora não esperava que a Charlotte perdesse este combate…tanta proteção que se queria dar a Charlotte e acaba a perder no RAW…nada contra apenas acho isto estranho…entretanto a feud da Asuka com a Nia infelizmente deve continuar.

    -Mais uma excelente promo por parte do Edge.
    A forma como ele transmite sentimento e emoções é soberbo,impressionante.

    -Combate ok entre a Liv Morgan e a Natalya.
    Parece que estão ali a tentar criar uma aliança entre a Natalya e a Lana,vamos ver o que isto pode significar para a personagem da Natalya.

    – Mais uma promo fantástica do Orton,esta faceta dele de “Legend Killer” está incrivel e com o Flair ao lado a fazer lembrar os tempos dos Evolution.
    Depois também gostei do confronto com o Big Show e toda a história que foi contada através da promo.

    – Combate normal pelos titulos tag teag femininos onde não há nada de destaque a mencionar.
    No pós-combate gostei da promo da Sasha a desafiar pelo titulo,a Bayley a pensar que era o dela mas afinal era o da Asuka…segmento bem conseguido e a plantar mais uma sementes para a eventual feud entre elas.

    -Mais uma semana em que se continuo a tentativa do MVP de contratar o Apollo mas sem sucesso…tenho gostado de ver esta storyline que deve culminar com o Lashley a enfrentar o Apollo no Extreme Rules.

    -Bom segmento para terminar o RAW,o Rollins a tentar “cegar” o Dominik.
    Ainda pensei que o Dominik fizesse um turn no Rey,mas tal não veio a acontecer.

  21. Anónimo2 semanas

    Foi um excelente Raw! Destaco a promo do Edge e o segmento do Seth Rollins. Foram muito bons. Que venha o próximo Raw.

  22. Joelson Souza Ribeiro2 semanas

    Mais vcs acha que na rivalidade de Rey e rollins dominick vai traí o pai ajudando rollins para de teorias oxi dominick apenas ta envolvido. na história da rivalidade ele nem ta preparando ainda para lutar main roster isso seria daqui anos que dominick subiria para main roster ele AINDA vai passar pelo nxt para DEPOIS ter a chance wwe NÃO iria ja subir de cara sem nem lutar nxt dominick APENAS ta aparecendo no segmentos igual ano passado na aquela rivalidade Rey e lesnar que o dominick levou uma surra do lesnar igual com rollins sobre show foi massa espero que continue assim abraço.

    • Joelson, na verdade essa situação não tem semelhanças como a rivalidade contra o Lesnar como você citou por uma grande razão, o Rollins está em fase de recrutamento de jovens talentos e seria muito mais impactante um heel turn histórico no pai do que mais um par de splashs no adversário… Fora que o Dominik anda treinar a bom tempo, claro que vamos esperar pra ver, porém tudo ficaria mais interessante dessa forma.