Com um profundo agradecimento a Sting por toda a sua inigualável carreira, é o Top Ten! Ainda a falar de como os fãs podem influenciar o produto se a manifestação for realmente muito forte. Há coisas que não dá para ignorar, por muito casmurros que até sejam por lá.

E, se na semana passada, vimos tentativas de vilões que o público gostou demasiado para que se tornasse impossível continuar a tentá-los dessa forma, esta semana é o contrário. E parece que é o mais fácil de acontecer. Parece bem mais propício a que os fãs se virem contra a tentativa de ter um bonzinho que é suposto gostarem a toda a força, que o contrário. Daí que esta compilação se sinta sempre incompleta. Há aqui exemplos menos flagrantes e fica sempre a sensação de faltar algum caso incontornável.

Daí que tenha que dar aqui um jeito aos critérios e fazer umas menções honrosas: se o Face é vaiado mas permanece assim por insistência, como John Cena, Cody Rhodes na AEW, ou Roman Reigns até à sua Turn após a qual, ironicamente, ganhou o respeito e admiração dos fãs, não é aqui listado. Casos como o de Bayley que ainda levou algum tempo a ter a Turn desde aquela infame promo em que era tão violentamente vaiada que até dava para sentir pena dela, ou Bobby Lashley na Elimination Chamber da ECW, também são só Faces com heat. Fica mesmo uma menção honrosa para Ronda Rousey, que podia aqui estar, mas o seu estatuto de “eterna tweener” tornou difícil a distinção. Então vejam outros dez.

3 Comentários

  1. Gean4 meses

    New day fora desta Lista ?

  2. zidane4 meses

    jason jordan filho chorão do kurt angle tbm

  3. Gabriel punk4 meses

    Acho que o Mojo rawley podia entrar nesta lista.