O nosso YouTube está de volta. Subscreve!
Frank casino

A Road to Wrestlemania avança, é a tal coisa do mês de Janeiro ser interminável e assim que nos vemos livres dele, pestanejamos, e está quase aí a Wrestlemania. O que está sempre na mesma? O Top Ten, com novo assunto para esta semana, para que nunca vos falhe.

Estamos todos bastante satisfeitos com a posição privilegiada de Drew McIntyre na Wrestlemania, a sua recente conquista e potencial futura conquista muito provável a acontecer. Nem sempre foram assim as coisas para ele. Por vezes um lutador cai no fundo, é “enterrado” e aí fica, sempre à procura do seu rumo. Outras vezes lá retoma o seu passo e recupera a posição de topo, de alguma maneira ou de outra.

Tal como McIntyre, olhemos para mais malta que soube fazer aquela do burro e sacudir a terra de si para ir subindo do fundo do poço.

6 Comentários

  1. SBTAKERS1 mês

    Ótima lista!!!

  2. Filipe1 mês

    becky Lynch?

  3. JOAO PEDROOOOO1 mês

    A do Trips eu conhecia, mas não me lembrava. Realmente, é incrível como o HHH nem sempre foi o The Game quando é uma gimmick com mais de 20 anos. Ter começado a namorar com a filha do patrão também ajudou.

    • Hunter1 mês

      Ele tinha uma gimmick meio de beethoven (musica clasica)

  4. Hunter1 mês

    poderia ter colocado a do SCSA ele começou com stunning cold e The Ringmaster, que eram personagens da wcw de mid-card para low-card e depois se tornou o que ele é hoje né 😉

    • vince1 mês

      A carreira dele foi em ascensão , não se enquadra em pessoal em que a carreira decaiu , e mesmo assim existe alguns aqui no artigo um pouco forçados , porque na minha maneira de ver , estares na wwe e não apareceres em televisão nem sempre é sinal de que a carreira caiu , muitas vezes são períodos de final de contrato em que se tenta renegociar contrato, goza-se ferias que não se usufrui durante o contrato , falo de casos como o John morrison por exemplo ,que quando começou na wwe teve oportunidades que poucos tiveram , e quando saiu teve sempre bastante sucesso por onde passou