10 – Anúncio a shampoo

Edge e Booker T. Tremendas figuras do nosso tempo. Multi-Campeões Mundiais e Hall of Famers merecidíssimos. Facilmente os reconhecemos entre os melhores de sempre. Mas isso é agora. Se recuarmos até 2002 não havia sempre a maior das ideias sobre o que raio fazer com eles, especialmente com a Wrestlemania a aproximar-se.

Mas nem se justificava. Booker T vinha como estrela de topo da WCW e podia bem ter sido a cara da “Invasion” e andar a combater por títulos unificados. Edge era vencedor do torneio King of the Ring e podia usar isso como acesso ao main event. Mas nada disso aconteceu, porque isso do “sempre os mesmos” e erros de booking são erros que a malta tem o hábito de apontar como sendo algo de “agora” quando já é mais velho que eles próprios. Porém esses estatutos eram as razões para eles também não se baldarem e os deixar cair totalmente. Tinham que colocá-los na Wrestlemania X8, nem que fosse um contra o outro. Era arranjar propósito. Acendeu-se a lâmpada sobre a cabeça de algum escritor da equipa criativa quando lhe ocorreu o mais ideal. Um anúncio de shampoo no Japão.

Infame mas recordado. Foi com essa motivação que Booker T e Edge combateram na Wrestlemania. O papel no anúncio ia para Booker T, que já praticava o seu Japonês e as suas próprias falas para o anúncio. Vai tudo por água abaixo quando Edge lhe rouba o biscate. A rivalidade tornou-se pessoal a partir disso e até começou a envolver mais coisas como a inteligência de Booker T. Booker foi à Wrestlemania com duas missões, a de provar que não era burro nenhum e tentar convencer os agentes Japoneses de que ele era a estrela ideal para o anúncio. Pode dizer-se que tecnicamente o anúncio não estava em jogo – adoro ser eu próprio a apontar as lacunas nos meus próprios artigos – e o combate era um mero “grudge match” de vingança, mas Booker T tinha a mentalidade de recuperar o seu papel naquele combate. Não lhe serviu de muito, com Edge a sair vitorioso. E como nenhum devia querer livrar-se das suas notórias cabeleiras, – até hoje, exceptuando um corte de cabelo de Edge que experimentou após a sua reforma que, ao que parece, não deve ter gostado muito – não deu para marcar um “Hair vs Hair” foi mesmo só um combate de 6 minutos por um anúncio a shampoo que nem envolvia sequer algum jogador da bola. Booker T sempre chegou a lutar pelo World Heavyweight Championship na Wrestlemania seguinte, mas também sabemos como essa correu. Pronto, acabou por correr tudo bem para ambos!

4 Comentários

  1. Eloan2 semanas

    As vezes fico triste de ver um artigo tão bom quanto esse sem nenhum comentário. Mas saiba que tu tens muitos fãs que admiram essa tua forma divertida de escrever, e certamente todos que leem se sentem muito felizes com o seu trabalho, mesmo sem escrever nada aqui. Depois que conheci seus artigos aqui no site, li todos eles desde o primeiro. Sou teu fã, aqui do Brasil.
    Um abraço, e que venham muitos mais top tens pela frente!

  2. Realmente são coisas bem estranhas que já tiveram em jogo, aquele Peru em jogo fez me lembrar logo o Otis hahah muito bom, a custódia de Dominik também achei muito interessante e de facto a mais cómica é a Viagra sensacional!

    Já agora os meus parabéns pelo artigo está muito fixe e continua com o trabalho!

  3. 13 cm7 dias

    Artigo de respeito, a WCW em 99 e 2000 é o lar de algumas das coisas mais bizarras e malucas da história do Wrestling.

  4. Crack Neto7 dias

    Muito bizarro, o seguinte do Paul Bearer, na história o Undertaker deu alguma explicação do porque ele fez isso.