Faz login e remove a publicidade
Frank casino

Novo Top Ten e este é festivo. Que isto de regressos grandes e improváveis ao activo deviam dar feriados à malta que segue este reboliço. Nem nos deixaram ressacar como deve ser do grande regresso de Edge. E com isso aponto o dedo ao Randy Orton, que nos deu um tremendo segmento. Enquanto nos preparamos para o regresso de Edge ao activo mais “regular” – não será a tempo inteiro mas mais que uma participação na Rumble – vamos a uma pequena retrospectiva?

Os grandes momentos já os sabemos bem: o spear do topo da ladder, o spear pela mesa a arder dentro, o cash-in do Money in the Bank, a rivalidade com Matt Hardy, este seu novo regresso, tantos. Por isso vamos olhar a outros. Também grandes, alguns hilariantes, outros espectaculares, outros também definidores daquilo que é o Edge que já entrou para o Hall of Fame, muito depois de já o adorarmos. Mas que não costumam ser tão recordados como os outros. Como até merecem, recordemos:

4 Comentários

  1. Hater safado5 meses

    “I hate you, Nicolas…”

  2. EDGE É UM SEMI DEUS DO WRESTLING, o que ele é capaz de fazer como hell nenhum outro é,edge é daqueles gachos que entram a fundo no seu personagem, edge é foda, que orgulho… orgulho maior vai ser quando ele se tornar wwe champion e retornar como hell. ai vão ver que seth rollings tem muito a aprender.

    • Beatriz Lynch5 meses

      O que o Seth Rollins tem haver com tudo isso? O gajo(como vcs portugas dizem) ja deixou de o “imitar” a muito tempo.

  3. Gman5 meses

    Mister, seu trabalho é excepcional. Peça ao Salvador para te colocar um pouco mais em destaque… mal identifiquei o post, dado o intenso número de notícias sendo postadas!