10 – Shawn Michaels

Por incrível que pareça, um dos melhores de sempre – expressão dita com mais singularidade por este mesmo escriba do costume – também levou os seus anos. O que, lembrando, até nem deve ser de surpreender, se nos lembrarmos do percurso da sua carreira. Foi um lutador de tag team por muitos anos e bem sabemos que o seu lançamento na carreira a solo não foi directa ao topo.

Se quisermos mesmo retornar ao seu início de carreira, a coisa ainda se alonga mais, visto que Shawn ainda andou pela NWA em 1984. Seria na AWA, na altura uma das maiores, em 1986 que começou o seu derradeiro percurso como parte dos Rockers, que chegaria à WWE no ano seguinte. Foi já em 1991 que apresentou a beiça de Marty Jannetty ao vidro para o seu verdadeiro início e aí foi um grande Superstar Heel… No midcard. Aliando ao facto de realmente não ser dos tipos maiores naquele ringue, era dos mais talentosos e reinou no midcard, ainda hoje recordado como um dos grandes Campeões Intercontinentais de todos os tempos. Mais uma vez, lá está, não era o tipo maior e começou a lutar pelo WWE Championship a partir de 94/95 mas quem eles queriam no topo era o seu compincha, Diesel.

Só em 1996 é que Michaels conquistou o seu primeiro WWE Championship, numa altura em que o star power começava a escassar e o talento do futuro próximo ainda se estava a formar. Foi a altura em que Michaels reinou e mandou naquilo tudo. Ou seja, a fase da sua pior atitude em que era a melhor cena que lá andava e sabia disso, aproveitando-se para ter as coisas à sua maneira, senão saltava para o outro barco. E até foi aí que ganhou quase tudo.

Retirou-se pouco depois, em 1998, já depois de muitos episódios polémicos e voltou em 2002 onde venceu mais um World Heavyweight Championship e já trazia uma outra nova atitude bem mais louvável e respeitável, com a qual se pôde focar mais em elevar outra malta e ser uma máquina de criar clássicos. Ou seja, no geral, um dos grandes de todos os tempos, apenas teve quatro títulos Mundiais e demorou quase dez anos para chegar lá na WWE e sacou deles quase todos de uma vez, sem voltar a eles depois. Um caso de ir além dos cintos.

13 Comentários

  1. Facebook Profile photo
    Matt1 ano

    Excelente artigo, mostrando que o Drew Mcntyre ainda não demorou tanto já que foram liquidos 10-9 anos de WWE

  2. Rock vs cena1 ano

    Falta o Daniel Bryan mas de resto concordo!

  3. L26MC1 ano

    Ótimo artigo!
    É tão bom viajar no tempo, como já referi enumeras vezes, por mais erros que um lutador possa ter cometido, ou virou as costas à empresa, tudo têm que ser reconhecido, porque não chegou a campeão mundial sozinho, em alguma altura também contribuiu para o sucesso da empresa.
    Quero apenas acrescentar que adorava que realmente as coisas hoje em dia fossem assim, que para ter um título mundial, o lutador tinha que suar muito, sofrer, percorrer muito e muito, para dar valor ao trajeto e ao título que têm em sua posse. Mas hoje em dia para ser assim. Tinha que mudar muito o adn da empresa e começar a alterar os títulos para serem todos diferentes.

  4. Jinder Mahal 🤷‍♂️

  5. Anónimo1 ano

    Bom artigo.

  6. Leleco1 ano

    Christian

  7. Bea Ospreay1 ano

    Muito bom.

  8. Muito bom, várias histórias que eu não conhecia sobre esses wrestlers, só um pedido: tenta diminuir o uso de gírias ou palavras próprias de Portugal kkk, sei que o site é focado nos portugueses, mas eu como brasileiro, deixo de entender muita coisa por conta de palavras únicas de Portugal.

    • Enfim, é só um pedido kkk

    • Berto Notorious1 ano

      Procuras um site brasileiro…
      Pois se ele é Português, está num site que acaba em .pt queres que ele escreva gíria brasileira?

    • Apesar da agressividade passiva notória em seu comentário, Berto Notorious (trocadilho proposital). Não estou pedindo para ele utilizar gírias brasileiras, e sim tornar o texto mais acessível para todos os falantes da língua portuguesa.

  9. Facebook Profile photo

    O Problema é que os Wrestler querem fazer uma carreira e pensam que uma chegaram a ganhar os titulos principais porém nem todos chegaram a ganhar os titulos mundiais. O Topo nem sempre é igual para todos. Tem Wrestlers que consegue Valorizar qualquer titulo e tem Wrestler que só valoriza titulos de mid card.