Menos popular que gifs da Rhea Ripley da passada Elimination Chamber, cá está o Top Ten! Ainda com temas relacionados com a influência dos fãs. Já vimos o seu efeito nas storylines mas também influenciam muito o que se passa com personagens.

Em listas que podem ser algo difíceis de se reunir e especificar os critérios, esta edição refere-se a estreias ou Turns que não resultaram, simplesmente porque o que fizeram para os tornar Heel… Foi exactamente a razão para gostarem deles. Existem aqui algumas runs mais longas, outras nem se lembram porque foram mesmo tentativas de um só dia de estabelecer algo até verem que o efeito era exactamente o contrário. Basicamente serão dez exemplos, muito diferentes, de personagens apresentadas como vilões ao público, que praticamente lhes respondeu “isso não é um Heel.”

Muitos dos grandes babyfaces de todos os tempos tiveram essa Turn a toda a força, como The Rock, Stone Cold Steve Austin ou Undertaker. Mas esses tiveram longos períodos como Heels e não seriam os Faces que foram sem isso. Portanto não aparecem aqui listados. Mas arranjam-se outros diferentes.

4 Comentários

  1. JOAOPEDROOOOOOOOOOOOOOOOOO4 meses

    Discordo do Eddie. Aliás quando vi a sua imagem fiquei logo “ui, tenso…”. Eddie é dos melhores de sempre, quer a heel, quer a face. Os fãs adoravam-no seja de que maneira for. E era tão bom odiar o Eddie. Aquele sentido de imponência por pensar que era melhor que o Rey Mysterio e não o ter conseguido derrotar até o culminar de toda a rivalidade com o Dominik pelo meio… eu adorei e acho que foi um fantástico heel.

  2. Post bacano. 🙂👍

  3. John Sino badalando4 meses

    Sdd do Eddie Guerrero. Cara era incrível

  4. Ed4 meses

    Dolph ziggler mercia estar nesta lista