É verdade que Tony Khan falha muito como dono da AEW, e acredito que vai levar a sua própria companhia à ruína, mas de vez em quando, ele consegue apresentar algo para todos os fãs de wrestling apreciar.

Este domingo, a companhia apresentou o Revolution, e foi possivelmente dos melhores eventos que a AEW já apresentou. Claro que muito disso é graças á importância do main event, que era o último combate de Sting.

Claro que isto foi longe de ser perfeito, mas a energia do público, principalmente no final do pay-per-view, ajudou a criar um momento inesquecível na despedida de uma das maiores lendas do wrestling.

Num evento com tantos combates, acontece muita coisa, dificilmente será perfeito, mas por enquanto, vamos olhar para as cinco coisas que gostei de ver no Revolution.

8 Comentários

  1. Arn3 meses

    Mordeu a lingua toda. Vá lá…

  2. Flávio3 meses

    Muitas críticas que leio sobre a AEW na verdade estão relacionadas na possível busca da empresa em ser um produto distinto da WWE. Esse PPV foi muito bom, Samoa Joe, Sting, Darby e os YB se destacaram.

  3. Ronaldo3 meses

    Tem que come;ar o post a falar mal… quanta dor de cotovelo meu deus do ceu……

  4. Como sempre, falas muito bem! Concordo com tudo aqui, já imagino que virá na parte do não gostei 😹

  5. Will Ospreay tem tudo para ser a cara Aew! Sem duvida que a entrada do Sting foi incrivel, e o combate de despedida dele foi marcante! #ThankYouSting

  6. Amy3 meses

    Aew mandou bem no ME