“It’s Wednesday. You know what that means.”

Este artigo não é algo que eu queira fazer. Preferia uma dia ter-me dado na cabeça e decidir que era dia de elogiar Brodie Lee e dizer-vos como gostava do líder da Dark Order, em vez de fazer este artigo nestas circunstâncias. Este artigo, mais do que uma opinião sincera, será uma homenagem sincera a Jon Huber.

Brodie Lee era um dos melhores big guys da atualidade. Para mim, era um protótipo de como um big guy deve lutar. Quase nenhuns saltos ou coisas desse género, se bem que em combates grandes não era incomum vê-lo fazer um suicide dive, o que até vendia o combate como sendo mais importante, porque mostrava que o lutador estava disposto a tudo para o vencer.

Olhar para os strikes de Brodie Lee e para os seus golpes era ver um verdadeiro big guy a lutar. Sempre adorei a sua Discus Lariat, que foi o seu finisher na All Elite Wrestling, tal como sempre achei impressionante a sua Big Boot, porque na minha mente ficava sempre a pensar como é que ele não rasga um músculo qualquer da perna ao esticá-la daquela maneira. Depois, o seu Michinoku Driver ou o Spinning Side Slam, que também era muitas vezes usado como signature, são dois golpes que sempre gostei bastante de vê-lo a fazer.

Olhando para Brodie Lee ou Luke Harper, como lhe quiserem chamar, a verdade é que as suas promos nunca me deixaram completamente colado à cadeira. Estamos a falar de alguém extremamente competente, pois sabia o que fazer na sua personagem. Pelo que indica todas as homenagens feitas a si, esta era totalmente diferente da sua personalidade, o que mostra o quão inteligente Brodie Lee era, pois poderia só ter feito algumas piadas, mas sabia que as suas personagens e essa parte da sua personalidade não fazia sentido ligá-las.

No que toca aos combates, o seu Dog Collar Match contra Cody Rhodes é bem capaz de ter sido um dos melhores combates da sua carreira, onde também temos de falar do combate que teve contra Jon Moxley pelo AEW World Championship.

Porém, para muitos fãs, Brodie Lee era Luke Harper e na WWE o lutador, que foi em grande parte um tag team wrestler, participou em grandes combates, quer seja no Six-Man Tag Team Match entre os The Shield e a Wyatt Family, quer fosse em combates de equipa contra os The Usos, New Day ou até aquele que foi um dos seus últimos combates na empresa, onde fez equipa com Erick Rowan e enfrentaram Daniel Bryan & Roman Reigns.

Não podemos também esquecer o seu Ladder Match contra Dolph Ziggler em 2014 ou o seu bem decente combate contra Randy Orton no Elimination Chamber de 2017. Falando nesse combate contra Randy Orton, de referir a popularidade de Luke Harper na altura, onde deveria ter sido claramente adicionado ao combate entre o então WWE Champion Bray Wyatt e o “The Viper” e isso teria colocado Luke Harper onde merecia em termos de popularidade, tal como nos tinha salvo do terrível combate que acabou por acontecer na WrestleMania 33.

Por fim, e com tudo o que há de trágico neste falecimento inesperado de Brodie Lee, o único ponto positivo, se é que há pontos positivos em situações de m*rda como esta, é que quer seja no YouTube ou na WWE Network, todos nós podemos continuar a apreciar o trabalho de Jon Huber para sempre, o que mostra que mesmo quando uma pessoa boa morre, esta não tem de ser esquecida.


E tu, qual é a tua opinião sobre o “Exalted One” Brodie Lee?

7 Comentários

  1. Um excelente wrestler muito completo, mal aproveitado depois da separação da wyatt family, e bem que os fãs cantavam o seu nome porque viam do que ele era capaz. Agora que se afirmava definitivamente acontece isto, mas creio que mostrou o seu valor e que o wrestling perdeu um grande

  2. Rooben3 semanas

    É preciso coragem para fazer um artigo sobre o Brodie Lee logo aseguir ao seu falecimento .
    Porque tanto podes ser elogiado como criticado .
    Os meus parabens , gostei do artigo , partilho da mesma opiniao e continua o bom trabalho

  3. Eduardo3 semanas

    Concordo com tudo; a verdade é que não acompanho muito a AEW, meu consumo de wrestling está 95% na WWE. Então eu me recordo do Luke Harper, e o que eu via do Luke Harper era tudo que eu sempre gostei de ver num cara do tamanho dele: agilidade, força, move-set que se adequava bem ao seu estilo, técnica apurada, era um grande fã dele.

  4. Concordo com tudo especialmente na parte em que ele tinha de ter sido adicionado á luta da Wrestlemania ou pelo menos ter uma chance pelo título nessa altura.

  5. L26MC3 semanas

    Eu via o Brodie como uma das caras da AEW, por isso é que muita das vezes criticava o facto deste estar tanto tempo afastado enquanto a Dark Order, estava cada vez pior. Infelizmente nunca veremos o tão desejado reinado mundial, à sua cintura… mas felizmente em tão pouco tempo construiu um grande legado na AEW.
    Perdeu-se uma pessoa com um coração enorme, como se vê em centenas de testemunhos na internet, dos seus companheiros de profissão, amigos e família.
    Bom artigo, obrigado.

  6. Anonimo3 semanas

    Antes de mais nada sinto muito por ele nos ter deixado desta forma tao ingrata e surpreendente. No entanto nao e por isso que irei começar a idolatra-lo pois nunca fui fã dele nem gostei de seu trabalho achava ele bem overrated na verdade e muito pouco interessante. que descanse em paz

  7. Gostei do artigo mas sabendo que ele faleceu, tinha muito mais para dar ao mundo de wrestling e trabalhou muito bem na WWE, AEW e outros sítios que passou!