Se olharmos para os últimos dois anos, Keith Lee é um dos lutadores mais populares no seio do WWE Universe. Porquê? Não faço a mínima ideia.

Keith Lee pertence a uma casta de lutadores que, por alguma razão, acham que têm de fazer tudo sem serem especialmente excelentes em algo, porque um espectáculo de Wrestling nem é um evento de variedades…

Há os lutadores que vão irritar o público só por falar ao microfone, há os luchadores que fazem coisas impossíveis, há os matulões que são extremamente fortes e nos deixam de boca aberta com a sua força, há os lutadores técnicos, etc. Tudo isto em conjunto é que torna um espectáculo de Wrestling interessante, porque nem todos somos obrigados a gostar das mesmas coisas.

Só que Keith Lee e, por exemplo outro lutador que era muito adorado, Dominik Dijakovic, apesar dos seus tamanhos adoravam fazer coisas de high-flyer, apesar de sempre que fazem raramente corre bem. As coisas ficavam ali a meio caminho, parecia uma trapalhada e depois dá sempre aquela sensação de que os lutadores estão a ir do ponto A ao ponto B, tal como tinham combinado, em vez de parecer que estão num combate.

Para vos mostrar um exemplo de Keith Lee falhar um dive, basta recuar ao Raw do dia 2 de Novembro, num Triple Threat Match contra Sheamus e Braun Strowman, em que esteve a poucos centímetros de se lesionar gravemente.

Eu não gosto de Keith Lee como lutador, mas a última coisa que quero ver é o “Limitless” lesionar-se a sério enquanto faz Wrestling. A mim sempre me fez bastante confusão em vez de mandarem parar o lutador de fazer algo que o possa aleijar, parece que ainda é encorajado a continuar, e penso que isso também é fruto do mundo em que vivemos, pois os lutadores vão às redes sociais, os fãs adoram estes momentos, então toca de continuar a fazer mesmo que seja um risco para a saúde.

Na minha opinião, o mais curioso é que o move-set de Keith Lee enquanto big guy é bastante interessante. As mongolian chops, apesar de quase de certeza serem bastante desagradáveis de levar, ficam giras. Depois o Pounce de Keith Lee é muito bom, com o auge a ter sido o Pounce a Adam Cole. Os dois finishers do “Limitless”, o Big Bang Catastrophe e a Spirit Bomb são dois golpes excelentes para um lutador com o seu tamanho.

Como já perceberam não sou fã de Keith Lee, mas na minha opinião, se alguém conseguisse explicar ao ex-NXT Champion que se livrar de todos os dives, saltos estúpidos, etc e se concentrar em só lutar como alguém do seu tamanho deveria lutar, este poderá ser um lutador que: primeiro que tudo, de certeza que irá ter uma carreira mais longa do que se arrisca a ter caso continue a fazer os saltos que faz, e segundo, o “Limitless” caso se concentre em usar só golpes de big guy, poderá tornar-se um lutador que eu um dia até nem me importe de ver.

Um outro ponto que tenho de falar de Keith Lee são as suas promos, que apesar de terem uma entoação muito pouco natural, eu até aprecio, mas também não são as melhores do mundo. São decentes o suficiente para que o lutador tenha as suas hipóteses ao microfone durante os programas da WWE.

No que toca a combates do “Limitless”, como devem calcular não há assim nenhum que eu goste particularmente, mas lembro-me que o seu embate contra Johnny Gargano no NXT TakeOver: In Your House foi decente, pois foi somente um big guy e não um misto de várias coisas sem sentido.

Em jeito de conclusão, volto a referir que se Keith Lee abandonar os seus dives e saltos estúpidos e se concentrar em lutar como um big guy, pode ser alguém tolerável. Como tenho dúvidas que isso aconteça, só espero que um dia não tenha de fazer uma notícia sobre uma lesão grave do “Limitless” depois de um dive que correu mal.


E tu, és fã de Keith Lee? E se não és fã dele, o que te desagrada no trabalho do “Limitless”?

22 Comentários

  1. Facebook Profile photo
    Diogo Reis4 semanas

    Tem a certeza que gostas de wrestling?Não gostas do Adam Cole, não gostas do Keith Lee…
    De quem é és fã afinal? Estas opiniões não têm grande fundamento, parece-me só uma tentativa de ter opiniões polémicas.
    Mas pronto é a tua opinião, apesar de não fazer muito sentido para mim, tenho que respeitar.
    Abraço.

    • Banks4 semanas

      Nem da Sasha banks também, eu acho que ele não gosta de wrestling não

    • AjRollins4 semanas

      Maluco não gosta de ninguém kkkk

    • Jaul2 semanas

      Concordo absolutamente contigo, realmente é difícil de agradar este tipo.
      É um fã que começa a ser chato

  2. Bea Ospreay4 semanas

    Muitas pessoas tem “hype” sobre ele por ser um big guy que faz “flips”, tambem acho isso estupido, mas como big guy ele até que tem bastante qualidade, mas acho dificil ele deixar de fazer certos moves por ser ja caracteristica dele, mas ele esta abrandando mais em comparação ao NXT.

  3. Anonimo4 semanas

    Discordo completamente. Eu também não gosto do lee mas respeito totalmente todos aqueles que arriscam a sua saúde para nos entreter.

  4. Não acho que o Keith Lee se deva livrar dos seus dives e saltos só por ser um big guy. Se ele consegue fazer, então que faça. Percebo que tenha de ter um certo cuidado para não se magoar e não deve exagerar, mas isso de estar a colocar barreiras no que ele pode fazer só por ser um big guy, acho errado. Isso das lesões pode acontecer a qualquer um. Mas entendo o teu ponto de vista e acho que devia ter mais cuidado, só isso. Sou fã do Keith Lee e espero que um dia seja campeão mundial.

  5. Leandro4 semanas

    Keith lee no meu ponto de vista é um lutador completo pois são poucos que são um mescla de powerhouse, high-flyer, e que sabe falar bem em ringue, seu carisma tambem ao meu ver é algo muito bom, e ele tenta se diferenciar de outros big guys

  6. AjRollins4 semanas

    Os dives que tornam o Keith um Big Guy diferente dos outros. Se ele tirar os dives vira uma versão um pouco melhor do Strowman.

  7. Tiger884 semanas

    Concordo plenamente com o autor do artigo. A maioria dos wrestlers desta geração querem agradar toda a gente. Por consequência todos tropeçam na mesma armadilha. Não faz sentido algum ter um combate com toda gente a correr e saltar. Há momentos para acelerar ou reduzir as coisas, cada qual tem o seu papel no combate… É duro ter que concordar com JR e Cornette. O wrestling atual é uma grande piada. É impossível ver a cena atual sem cair no sono, ou ser tomado pela indignação.

  8. Fabio Pereira4 semanas

    Concordo plenamente com tudo que disseste a respeito dos dives. Se bem que se utilizados raramente no momento certo, encaixa bem e surpreende. Mas apesar de tudo, eu gosto bastante dos combates dele. A única coisa que realmente me irrita são os movimentos high flying mesmo.

  9. Gosto bastante do Keith Lee.
    Não acho que deva parar completamente com os saltos e cenas que os lutadores mais atléticos fazem, mas sim pode ter mais cuidado.
    Concordo quanto às promos.

  10. Emanuel Rosendo4 semanas

    Eu pensava que Keith Lee era muito bom até ver uma luta completa dele. O atleta se cansa rápido e tem uma regular habilidade no microfone e em segmentos. Mas eu gosto dele, não sei por qual motivo, mas me simpatizo com ele, pois de alguma forma ele me transmite esse bom lado babyface. Não acho que deva excluir os saltos em suas ring skills e sim, aperfeiçoá-las. Piper Niven também possui qualidade semelhante e esse texto se aplicaria muito bem a ela… E não estou vendo nenhum comentários a respeitos de seus saltos, rolamentos e habilidades de ginasta.

  11. Bloodstain4 semanas

    Ah e tal um “big guy” nao deve fazer dives, saltos etc e tal… Mas e quando era o Undertaker com os seus dives malucos?! E o Samoa Joe?! Ou sera que não o consideras um “big guy”?! Tanto se lesiona um “big guy” como um “small guy”… Se assim falas do Keith Lee, nem imagino o que dirás do Willy Mack…

  12. Eduardo Guimarães4 semanas

    Sinceramente, acho que você apenas gosta de dar opiniões contra a maré. Gosta de ser o diferentão que vai contra o que as pessoas tão gostando.
    Tudo bem ter opiniões diferentes e tudo mais, só que essa não faz sentido algum. A gimmick do Keith Lee, “limitless”, é exatamente sobre ele ser um super atleta, um cara grande que consegue fazer de tudo, e namoral, que absurdo tu dizer que o Keith Lee não faz os movesets de flyer com maestria. É ridículo. Sim, no wrestling há várias conveniências de os pequenos fazerem dives e golpes acrobáticos enquanto os grandes fazem os golpes de impacto e força bruta, mas se há alguém fora da curva, como o Keith Lee é, e querer que ele seja limitado a coisas de um cara grande, sendo que ele consegue SIM fazer com qualidades ALGUNS golpes flyers que se encaixam no seu personagem? É ridículo, como outras opiniões que tu já deste antes também.
    Parabéns, gosta apenas de ser polêmico mesmo, pois coerência tu não tens alguma, ou apenas não gosta de pro wrestling.

  13. Di Lucas4 semanas

    EU preciso dizer que deveriamos fazer uma opinião sincera sobre os seus posts: UM PIORES QUE OS OUTROS!!
    Cara insuportavel, pensa que é o Meltzer

  14. Pedro4 semanas

    A minha opinião sincera sobre a minha mãe kkkk

  15. Johnny Lutz4 semanas

    Textão de um fã mimido. “não pode isso” “não pode aquilo” “não gosto que fazem esse tipo de wrestling arriscado” meu deus!!! opinião sem fundamento, se o Lee gosta de fazer saltos quem é tu pra dizer o contrario?

  16. Não sou muito fã do Keith mas é lutador que teve muito hype no NXT e esperava-se que esse hype viesse com ele para o RAW mas penso que cometeram um erro colocá-lo na feud entre o Drew Mclntyre e Randy Orton, penso que matou o Keith Lee que até chegou a ir para o Main Event, mas pronto ele têm boas promos e é bom no ringue, espero que 2021 seja um ano excelente para ele!

  17. duzonraven4 semanas

    Gosto dos moves do Keith Lee, são exatamente o que lhe diferenciam de outros “grandões”
    Mas odeio suas promos e principalmente seu sell… não sabe valorizar o adversário, sempre se recupera “milagrosamente” e suas expressões faciais também são péssimas

  18. ARROZ COM FEIJÃO3 semanas

    Eu acho que o gajo que fez este post não percebe que o wrestling mudou. Não é por um determinado wrestler for um gigante que ele tem que ter uns determinados moves. Isso acontecia com André The Giant, González, Big Show, etc… O wrestling mudou e acho que certas pessoas ainda não conseguiram compreender isso. Atualmente, nós temos gigantes que fazem coisas impressionantes para wrestlers do seu tamanho. Eu acho que a WWE não é idiota. Eles, para contratarem Keith Lee, e Dominik (Retribuition), estes supostos gigantes têm que ter alguma coisa de diferente do Strowman, do Big Show e até do Sullivan (esse não sei como é que ainda está na WWE). Vemos Keith que tem uma gimmick de Limitless, ou seja ele não tem limites. Essa gimmick surge por a sua diversidade de moves, eu adoro quando ele faz aqueles mounsaults, dives e, eu sei que, por vezes ele tem tendência a se lesionar fazendo esses moves mas, se controlar-mos esses moves e o Keith treina-los, acho que pode continuar com este novo estilo de wrestling.
    Não acho que devíamos matar esta gimmick de Keith Lee tirando – lhe estes moves. Keith Lee é talentoso e representa um novo estilo de wrestling. PONTO FINAL!
    Abraço e um Feliz Ano Novo!