A AEW realizou este domingo, dia 3 de Setembro, mais um dos seus pay-per-views, o All Out, a partir do United Center em Chicago, Illinois.

Resultados

– “Hangman” Adam Page venceu Over Budget Battle Royal (Zero Hour)
– Hikaru Shida, Willow Nightingale & Skye Blue venceram ROH Women’s World Champion Athena, Mercedes Martinez & Diamante (Zero Hour)
– AEW World Trios Champions The Acclaimed (Anthony Bowens & Max Caster) & Billy Gunn venceram Jeff Jarrett, Satnam Singh & Jay Lethal (Zero Hour)
– ROH World Tag Team Champions Adam Cole & MJF venceram Dark Order (Alex Reynolds & John Silver)
– ROH World Television Champion Samoa Joe venceu Shane Taylor
– TNT Champion Luchasaurus venceu Darby Allin
– Miro venceu Powerhouse Hobbs
– TBS Champion Kris Statlander venceu Ruby Soho
– Bryan Danielson venceu Ricky Starks (Strap Match)
Blackpool Combat Club (ROH World Champion Claudio Castagnoli & Wheeler Yuta) venceram NJPW STRONG Openweight Champion Eddie Kingston & ROH Pure Champion Katsuyori Shibata
Konosuke Takeshita venceu Kenny Omega
– Bullet Club Gold (Jay White, Juice Robinson, Austin & Colten Gunn) venceram Young Bucks (Matt & Nick Jackson) & AEW World Tag Team Champions FTR (Cash Wheeler & Dax Harwood)
– Jon Moxley venceu AEW International Champion Orange Cassidy

Vídeos

Watch Wrestling

Report

Em destaque neste All Out tivemos o Strap Match entre Bryan Danielson e Ricky Starks, o embate entre Kenny Omega e Konosuke Takeshita e no main event, tivemos o combate entre o AEW International Champion Orange Cassidy e Jon Moxley.

15 Comentários

  1. YEAAAAH!!6 meses

    zzzz

  2. The Name6 meses

    Mjf vs Samoa Joe? 👀🔥

  3. The Name6 meses

    MEAT! MEAT FOREVER! 👏🏻👏🏻🤣🤣🤣

  4. The Name6 meses

    Lana!!!

  5. 8656 meses

    Bryan é o melhor

  6. francisco6 meses

    não prometeu nada mas entregou tudinho

  7. Que noite de Wrestling que a AEW nos proporcionou, Que Evento! 🤯
    .
    – Better than you BayBay com uma vitória previsível, mas com uma excelente exibição da Dark Order. Samoa Joe depois a trazer traumas do passado ao empurrar MJF.
    – Darby Allin com mais uma sessão de autodestruição. Grande combate e não estava à espera que Luchassaurus vencesse, o que me agrada muito.
    – Miro vs Hobbs. Adorava ser mosca para estar ao pé do Big E a ver este combate 😂 como ele diz “Big Meaty Men Slapping Meat”. Muito bom combate e depois tivemos a estreia da CJ Perry (Lana), curioso para saber o que teremos aqui, fiquei intrigado com a reação do Bulgaro à ajuda da esposa.
    – Statlander retém num bom combate, com a Toni Storm a “confirmar” a sua saída das Outcasts ao ajudar a Kris, evitando que a Ruby usasse o Spray.
    – Strap Match: QUE COMBATE. Mais um balúrdio gasto na “Final Countdown” 😅 Bryan Danielsom mesmo não estando a 100% entregou aqui, com o Ricky Starks, um incrível combate. Violência da boa como a gente gosta e excelente uso da cinta. É difícil um strap match entregar, mas estes dois conseguiram fazê-lo a um grande nível. Excelente exibição do Ricky Starks que mostrou aqui o grande talento que é. Só tenho pena que os seus grandes momentos estejam sempre a ser ofuscados pelos problemas que os outros causam 🙄
    – BCC vs Eddie & Shibata: Eu se fosse o Wheeler Yuta apresentava queixa na polícia por tentativa de homicídio. QUE CHAPADÃO que ele levou do Shibata 🤣 Não sei se não apagou mesmo por ums segundos.
    – Takeshita vs Kenny Omega: Mais um combate incrível. Velocidade, grandes spots, a crowd completamente deliciada com a ação. Muito bom combate e o vencedor foi o certo. Takeshita tem tudo para ser um futuro Main-eventer, mas houve ali um spot que não deixou o Kenny com o pescoço partido por muito pouco, a queda foi muito feia e notou-se ao longo do combate que o Kenny não recuperou bem desse momento.
    – Bullet Club Gold vs YB & FTR: Excelente! Caótico como já é normal neste tipo de combates, e quando os executantes são estes, é impossível falhar. A Crowd também se divertiu muito com uns cânticos deveras “interessantes” (Oh! Cry me a river! 🤣). Parto-me todo a rir com o Juice Robinson, o homem é entretenimento puro 😂. Adorei a escolha dos vencedores.
    – OC vs Moxley: Novo campeão, como se esperava, mas o que tivemos aqui foi, na minha opinião, o combate da noite. QUE MAIN-EVENT. Estes dois fartam-se de trabalhar todas as semanas sem falharem e sempre com profissionalismo e qualidade absurda. Mereceram completamente fechar esta grande noite de Wrestling. Orange Cassidy a ser ovacionado como bem merece. Curioso para ver o que se segue para o Freshly Squeezed, que sai deste PPV como uma megaestrela consolidada.
    .
    NOTA: 9/10. Adorei quase tudo o que aconteceu neste PPV. Mesmo o que não me encheu as medidas, acabou por ser de muito boa qualidade. Dois fins de semana de sonho para a AEW e, no fundo, para os fãs de Wrestling, com a AEW a apresentar dois PPV incríveis e a WWE com um Payback também de grande nível 🔥

  8. Mikas6 meses

    Finalmente o Orange perdeu, estava comlicado…
    Gimmick mais secante de sempre

  9. Gostei do PPV, e tirando o combate da Kris Statlander com a Ruby Soho, o PPV foi muito bom, por acaso não esperava que este PPV fosse assim tão bom até pelos combates que estavam bookados mas deram tudo.

  10. Alexandre6 meses

    Minha nossa! Como a AEW consegue fazer PPVs fantásticos assim? E esse tinha que vir nesse agora mesmo, pois no momento em que o câncer foi removido muitos achavam que AEW iria mal, pelo contrário! Há uma nova vida na All Elite, tudo está renovado! A doença já não existe mais, até o público de Chicago entendeu.

  11. Gostei:
    – The Dark Order vs Better Than You Bay Bay (c). A melhor storyline atualmente no mundo do wrestling volta a entregar com um fantástico combate a abrir o show! A Dark Order fez um excelente trabalho a conseguir heat e ainda revelaram umas combinações muito interessantes. O MJF fez um excelente sell ao seu pescoço e o confronto com o Samoa Joe após o combate deixou-me a salivar.
    – Samoa Joe (c) vs Shane Taylor. Para um combate relativamente rápido, os 2 conseguiram incluir muita boa ação aqui. Ótimo trabalho!
    – Darby Allin vs Luchasaurus (a defender o título do Christian Cage). Não posso negar que isto foi um ótimo combate e que estes 2 fizeram um tremendo trabalho. E reitero, o Darby Allin é o melhor no mundo em termos de selling. No entanto, existiram, no mínimo, 2 desqualificações (Luchasaurus a usar os escadotes e Allin a usar a cadeira). E, após o Code Red do Darby Allin da top rope, o árbitro teve que parar no pinfall porque senão contava 3 e o Allin vencia.
    – Powerhouse Hobbs vs Miro. Como dizia o grande Big E, BIG MEATY MEN SLAPPING MEAT! Este combate só por si é muito bom. Ação forte, sequências ótimas, facilmente o melhor combate do Hobbs na AEW. E depois adicionam o público. Pá, adorei tanto o público aqui. Gritaram “MEAT!” a cada vez que estes 2 se batiam, e ainda adicionaram vários cânticos engraçados. Graças à excelente ação e ao público elétrico, assistir a este combate é obrigatório!
    – Ruby Soho vs Kris Statlander (c). Finalmente a Ruby voltou a entrar com a música brutal dos Rancid! Um ótimo combate entre duas fantásticas lutadoras, com a Statlander a finalmente conseguir a sua primeira vitória sobre a Ruby Soho. O final é um bocado estranho com a Toni Storm, dado que elas venceram literalmente no dia anterior. Será medo de que a Ruby também conquistasse um título?
    – Ricky Starks vs Bryan Danielson. It’s the final countdown!!! O Tony Khan disse mesmo “Já não tenho que pagar o salário do Punk, ‘bora usar esse dinheiro para comprar definitivamente os direitos da música”. Como tinha saudades de um bom velho combate com um Bryan Danielson a sangrar por todos os lados. Isto aqui foi perfeito. A violência esteve na medida correta e o som que aquelas chicotadas que eles espetaram um no outro fizeram foi qualquer coisa. O Starks, apesar da derrota, não desiste e sai forte daqui. Um dos melhores combates este ano e recomendo a verem isto!
    – Shibata & Kingston vs Blackpool Combat Club. O Eddie Kingston é a prova viva de que ódio é um estimulante incrível. O combate é muito bom, algo esperado dado a qualidade destes todos. Raios, finalmente pudemos ver Shibata e Castagnoli no mesmo ring. No entanto, o final é desapontante. Uma uppercut? A sério?
    – Konosuke Takeshita vs Kenny Omega. Que combate! Estes 2 protagonizaram aqui algo muito bom. Tivemos vários ótimos spots (onde se destaca aquela Avalanche Blue Thunder Bomb), um excelente selling do Kenny Omega ao seu pescoço e estes 2 combinaram muito bem. O Takeshita é tão bom. Recomendo a verem!
    – Bullet Club Gold vs The Young Bucks & FTR. Os momentos iniciais é o público a decidir se quer apoiar ou apupar os Bucks. A maioria decide apoiar. Um fantástico combate aqui, como se seria de prever com todos estes 8 fantásticos lutadores. Aquela near-fall antes dos Bullet Club Gold conseguirem a vitória foi linda. A escolha de vencedores foi correta, dado que os FTR e os Bucks não conseguiram (nem conseguem) coexistir como equipa.
    – Jon Moxley vs Orange Cassidy (c). Uma coisa que faltava à personagem Orange Cassidy era credibilidade em ele ser um futuro World Champion na AEW. Este reinado como International Champion e este combate conferiram-lhe essa credibilidade. Sensacional! Contou, na perfeição, a história de um campeão completamente desgastado e a sofrer de dores com lesões nas costas e pescoço das várias defesas contra um adversário sempre energizado. Tudo aqui foi perfeito, em especial os momentos finais. Cassidy dá tudo mas não é suficiente. Moxley a rezar, pois ele sabe o que tem de fazer para vencer mas não quer magoar o Cassidy a sério, um último momento de desafio do Cassidy com os manguitos antes do Moxley o abater com um Death Rider devastador. Forte candidato a melhor combate do ano. Vejam isto! Muitos parabéns a estes 2.

    Overall: 9.5/10. Tal como o Payback, um PPV com baixas expectativas que entrega fortemente. Não consigo dar o 10/10 devido ao fraco build para o PPV e deixa-me triste ver que o Tony Khan disse que já não se foca tanto no build e nas stories porque os combates vão sempre entregar. Apesar dessa última parte ser verdade, build e stories são uma parte fundamental do wrestling e o main event deste show é o maior exemplo disso! Voltando ao show, destaco tudo. Todos os combates foram lindos à sua medida. Tenho que dar palavra especial a Miro vs Hobbs, que teve um público elétrico, e a Omega vs Takeshita que roçou a perfeição. O que esteve mesmo perfeitoe que são claros candidatos a combates do ano, foram a Strap Match entre Danielson e Starks e o belíssimo main event entre Moxley e Cassidy. Posso dizer que Orange Cassidy é um futuro World Champion.

  12. Anónimo6 meses

    Ótimo combate entre o Bryan vs Starks, destaco também o grande combate entre o Omega vs Takeshita.

  13. Grande (excelente mesmo) ppv, mesmo depois da polemica do Punk (sou fã dele e acho que o despedimento dele vai dar pano para manga ainda). Bons combates, para mim com destaque para Miro vs Hoobs, grande combate entre dois “powerhouses”, Kris Stalander vs Ruby Soho, bom combate com um final misterioso (foi engraçado ainda ver a Page a fugir da Kris), com a Kris a confirmar que é provavelmente a melhor wrestler da divisão feminina da AEW atualmente (futura campeã mundial feminina), talvez a par da Shida (ansioso pelo regresso jamie hayter).
    Destaque ainda para o Bryan Danielson vs Ricky Starks. Um pouco de pena pelo Ricky não ter ganho, mas prefeitamente aceitável visto ser o regresso do Bryan. Para mim o Ricky ou é o próximo ou im dos próximos AEW world champions (enorme estrela, muito bom no ringue, grande carisma, tanto como face, como sendo heel).
    Grande combate e rivalidade entre o Omega e o Takeshita, curioso pelo futuro destes dois e da sua rivalidade.
    De resto, no geral, bons combates, gostei muito de ver o Moxley a ganhar novamente um título, estava farto do reinado o Cassidy (devia de ter sido mais curto, metade do tempo ou um pouco mais). Não desgosto do Cassidy, até gosto dele, mas acho-o muito super-valorizado pela empresa. Bom ainda ver a Skye Blue a ter algum destaque na sua cidade natal, juntamente com a Willow e a Shida (muito potencial da duas primeiras, e a Shida já sabemos o valor dele).

  14. A AEW está muito muito muito boa e recomenda-se!