Frank casino

A All Elite Wrestling transmitiu esta quarta-feira, a partir do Daily’s Place em Jacksonville, mais uma edição do Dynamite no canal TNT, que foi de celebração dos 30 anos de carreira de Chris Jericho e novamente em concorrência direta com o WWE NXT.

O AEW Dynamite é transmitido na FITE TV. Subscreve aqui!

Resultados

– FTW World Champion Brian Cage venceu Will Hobbs
AEW World Tag Team Champions FTR (Cash Wheeler & Dax Harwood) venceram TH2 (Angelico & Jack Evans)
– Cody venceu TNT Champion Brodie Lee (Dog Collar Match)
– Big Swole venceu Serena Deeb
– Chris Jericho & Jake Hager venceram Luther & Serpentico

Vídeos

Watch Wrestling

Report

O Dynamite abriu com um video package sobre os 30 anos de carreira de Chris Jericho, com vários lutadores da AEW a falarem sobre a carreira do veterano lutador.

– FTW World Champion Brian Cage venceu Will Hobbs: Os dois grandalhões começaram bastante equilibrados, com nenhum dos dois a conseguir ganhar ímpeto, tal o equilíbrio de forças. Porém, Brian Cage usou a sua maior experiência para dominar Will Hobbs durante vários minutos, mas o jovem nunca desistiu.

Will Hobbs começou a equilibrar o combate e os minutos finais vimos o jovem a quase conquistar o FTW World Championship depois de acertar o seu Spinebuster. Depois de Brian Cage ter feito o kickout, Will Hobbs cometeu o erro de subir ao 3º canto e tentar um Frogsplash, mas falhou e Brian Cage acertou o Drill Claw para a vitória.

Assim que o combate terminou, Taz ofereceu um lugar na sua equipa a Will Hobbs ou caso contrário iria levar uma tareia de Brian Cage e Ricky Starks, mas antes que o jovem pudesse responder, Darby Allin apareceu em ringue.

Logo a seguir tivemos um vídeo com o guitarrista Slash, Hiroshi Tanahashi da NJPW, Bully Ray, entre outros a dar os parabéns a Chris Jericho pelos 30 anos de carreira.

– AEW World Tag Team Champions FTR (Cash Wheeler & Dax Harwood) venceram TH2 (Angelico & Jack Evans): Os TH2 tiveram o ímpeto do seu lado durante algum tempo, mas os AEW World Tag Team Champions FTR conseguiram isolar Jack Evans durante vários minutos e assim dominaram os seus adversários, isto até Angélico entrar em ringue e virar o combate do avesso.

Os minutos finais foram de um grande equilíbrio, apesar das lesões de Jack Evans, que ainda assim continuava a usar a sua ofensiva voadora. Todavia, no final Cash Wheeler com um Splash da terceira corda venceu o combate

Assim que o combate terminou tivemos os Young Bucks a dar um duplo Superkick no cameraman. Logo de seguida os Best Friends entraram em ringue e gozaram com os FTR, antes de anunciarem que na próxima semana irão lutar pelos AEW World Tag Team Championships. O segmento terminou com uma brawl entre as duas equipas.

A seguir tivemos MJF a falar de como nunca se deve conhecer os nossos heróis, mas ele conheceu Chris Jericho, que na primeira vez que falou com ele afirmou que MJF tinha potencial, e que isso o marcou e que agora só queria felicitar Chris Jericho pela sua carreira.

Logo a seguir tivemos um vídeo com Shaquille O’Neill, Gene Simmons, Don Callis, Lars Ulrich e DDP a dar os parabéns a Chris Jericho pelos 30 anos de carreira.

– Cody venceu TNT Champion Brodie Lee (Dog Collar Match): O Dog Collar Match, foi bastante agressivo desde o primeiro segundo, com o pobre John Silver a ser o primeiro lutador a sangrar neste combate. A maior força de Brodie Lee fez com que o TNT Champion dominasse durante vários minutos.

Já a sangrar, Cody conseguiu virar o combate fora do ringue, quando acertou um Package Piledriver através de uma mesa que também fez o líder da Dark Order sangrar abundantemente.

De novo dentro do ringue, os dois lutadores continuaram a tentar lesionar o adversário sem problemas de se aleijarem a eles próprios. Arn Anderson ainda tentou ajudar Cody, mas não conseguiu, sendo também ele atacado com a corrente de ferro.

Os minutos finais, foram de uma agressividade incrível, com os dois lutadores a tentarem acabar com o seu rival, mas no final foi Cody que aumentou ainda mais sua agressividade ao colocar a corrente à volta da cabeça de Brodie Lee, antes de lhe acertar com várias cotoveladas e um Cross Rhodes que lhe deu a vitória.

Logo a seguir ao combate, Cody foi entrevistado por Tony Schiavone e numa entrevista muito emotiva explicou que ser pro wrestler é a sua vida e que não há nada como lutar perante uma arena com público.

Quando o novo TNT Champion Cody ia anunciar quem queria enfrentar na próxima semana, Orange Cassidy apareceu e com o polegar fez o sinal de “fixe”, ao que Cody respondeu afirmativamente.

A seguir tivemos o anúncio que Wardlow, Colt Cabana e “Hangman” Page foram anunciados para o torneio que irá definir o novo candidato principal ao AEW World Championship. Logo a seguir, Kenny Omega foi entrevistado e mostrou uma grande confiança de que iria vencer o torneio, pois ele é o melhor.

– Big Swole venceu Serena Deeb: O combate entre Big Swole e Serena Deeb foi bastante técnico e equilibrado desde o primeiro segundo. Serena Deeb ainda se tentou valer da sua experiência, mas a maior explosividade de Big Swole deu-lhe a vitória depois de uma Rolling Elbow.

A seguir tivemos uma promo do AEW World Champion Jon Moxley num bar a explicar que não pode festejar o aniversário do Dynamite pois vai ter de enfrentar Lance Archer e que este pode ser o homem que lhe tira o título, como também pode não ser, pois como Lance Archer gosta de dizer… “everybody dies”.

A seguir tivemos mais um vídeo com Lance Storm, Kevin Smith, Eli Roth, Gabriel Inglesias e Chavo Guerrero, os Steel Panther, Ultimo Dragon e Paul Stanley a felicitar o “Demo-God” pelos seus 30 anos de carreira.

– Chris Jericho & Jake Hager venceram Luther & Serpentico: O combate não começou da melhor maneira para Chris Jericho, que foi completamente dominado por Luther & Serpentico, que usaram o misto da força do veterano e da velocidade do mascarado para dominar o “Demo-God”. Porém, Chris Jericho e Jake Hager conseguiram virar o combate a seu favor e isolaram Serpentico durante vários minutos.

Quando Luther entrou novamente em combate vimos o veterano a dar tudo o que tinha contra o seu antigo rival, tanto dentro como fora do ringue.

Depois de vários minutos onde Luther e Chris Jericho trocaram várias quase vitórias, o “Demo-God” com o Judas Effect venceu o combate.

Assim que o combate terminou, Chris Jericho ia agradecer aos fãs, mas foi interrompido por MJF que lhe trouxe um palhaço com um presente, que era uma foto sua. Chris Jericho não gostou e acabou por atacar o palhaço.

Quando parecia que o verniz ia estalar entre o “Demo-God” e MJF, os dois mostraram estar a “brincar” e o episódio do Dynamite acabou com grande parte do roster da All Elite Wrestling a festejar no ringue com Chris Jericho.


O que achaste do AEW Dynamite desta semana?

9 Comentários

  1. Podiam ter feito isto ainda mais ridículo e no fim meter os créditos como nos filmes e dizer que o Jericho tinha interpretado toda a gente no show.

    E quando digo toda a gente, toda a gente mesmo. Ex: Cody Rhodes interpretado por Chris Jericho.

  2. Hugo3 semanas

    Bom….
    Muito bom!!
    Mais um Dynamite excelente.

  3. Esperava mais deste Dynamite, mas não deixou de ser um bom show.

    A vitória do Cody apanhou-me completamente de surpresa, não estava mesmo à esperava de uma vitória dele, tive sempre à espera que os Dark Order interferissem no combate.
    O que se aguarda para Broodie Lee? Por mim era começar a melhorar aquela stable e fazer debutar o Rowan. Acredito que de maneira alguma o Broodie foi enterrado pelo Cody, algo melhor a AEW têm preparado para ele, de futuro.
    Ps. A AEW têm que melhorar aquela qualidade de sangue, desaparece muito rápido durante o combate.

    Cody vs Orange, espero claramente uma vitória do Cody. Pensando alguém de repente para tirar este título ao Cody, vejo que será o Pac ou o MJF.

    Hobbs vs Cage, não dava nada por esse combate, até achei meio chato. Só veio confirmar a minha ideia, contudo, boa vitória do Cage.

    Como já tinha referido muitaaas vezes, estou super animado para o futuro combate entre os Bucks vs FTR, pelos títulos. Espero talvez até que os Bucks tirem os títulos aos FTR. Acredito também que a rivalidade vá se estender por uns 3 combates.

    Espero que o Miro comece a combater já nos próximos Dynamites a solo, nem que seja 1min.

    Sobre o torneio, acho que será o Omega a vencer, talvez seja aqui o tão desejado heel turn, com um ataque brutal contra o Page.

    Sobre o segmento final, esperava muito mais, mas acabou por ser divertido, mas curto.
    Gostava de saber qual a ideia da AEW para o Jericho e para o MJF. Secalhar é só mesmo pelos segmentos, mas de futuro não me importava nada de os ver a ter uma rivalidade, que levasse eles a serem uma equipa (de curto prazo), só naquela de conquistarem os títulos de Tags.
    Não gosto de ver o Jericho na divisão de equipas com o Hager, mas pronto, é ver no que dá.

    • Anónimo2 semanas

      Concordo, essa do Jericho estar na divisão de Tags não gosto muito também. E até preferia que pelo menos nesse show ele tivesse um combate a solo, visto estar a comemorar a carreira dele, preferia vê-lo num combate a solo do que de Tag.

  4. Sobre o torneio, acho que nem o Page nem o Omega vão vencer, talvez o Page vença o Omega e o Omega volte para custar o combate ao Page na final. Isto leva Omega a atacar Page, para culminar num combate entre os dois no Full Gear onde o Omega faz a sua entrada como o The Cleaner, introduzindo assim o personagem na AEW. Depois sim, Omega vs Moxley talvez no Revolution de 2021, onde o Omega ganha

  5. Bea Ospreay3 semanas

    Excelente show.

  6. Foi muito bom!
    AEW excelente!

  7. Facebook Profile photo

    Show razoável, excelente é exagerar! 7.5 do Bruno Meltzer Messiah

  8. El Cuebro3 semanas

    Foi um bom Dynamite, bons combates, gostei muito de Cage vs Hobbs, alguns combate podiam ter sido um pouco melhores, não sei se o cansaço fez efeito em algum deles, falo do main event na situação do Luther e do Jericho e também na luta de duplas do FTR, o Evans estava exausto no fim dele, no mais boa celebração dos 30 anos de carreira do Jericho, a dog collar match poderia ter sido um “co-main event”, foi brutal e o aniversário do Dynamite promete!