Faz login e remove a publicidade
Frank casino

A All Elite Wrestling transmitiu esta quarta-feira mais uma edição do AEW Dynamite através do canal TNT, novamente em concorrência com o WWE NXT, e numa altura em que se aproxima do especial Blood & Guts.

Resultados

– Cody venceu Ortiz
– AEW Women’s World Champion Nyla Rose & Bea Priestley venceram Hikaru Shida & Kris Statlander
– MJF, The Butcher & The Blade venceram Jurassic Express (Luchasaurus, Jungle Boy & Marko Stunt)
– Death Triangle (PAC, Pentagon Jr. & Fénix) venceram Joey Janela & Private Party (Isiah Kassidy & Marq Quen)
– ”Hangman” Adam Page & Dustin Rhodes venceram Inner Circle (Chris Jericho & Sammy Guevara)

Vídeos

Watch Wrestling

Report

O AEW Dynamite desta semana abriu com “Hangman” Adam Page a falar de quem poderá ser o seu parceiro mistério no main event deste Dynamite, mas não revelou o nome. Simplesmente afirmou que não seria nenhum dos Young Bucks.

Cody venceu Ortiz. No primeiro combate da noite tivemos Cody a lutar contra Ortiz dos Inner Circle, um combate que foi marcado desde o início pela presença no meio do público de Jake “The Snake” Roberts, acompanhado pelo seu cliente Lance Archer.

Em relação ao combate apesar de ser um especialista de Tag Team, Ortiz até dominou boa parte da contenda. Porém, Cody com toda a sua maior experiência e mesmo com as tentativas de interferência de Santana, conseguiu vencer o combate ao fazer Ortiz desistir.

Já depois do combate, Santana tentou atacar Cody e Arn Anderson, mas Matt Jackson e Kenny Omega vieram em auxílio dos seus amigos.

Logo de seguida, no titantron, tivemos Chris Jericho acompanhado de Jake Hager e Sammy Guevara, que mostraram de forma orgulhosa Nick Jackson ensanguentado no chão do backstage, com um portão em cima.

AEW Women’s World Champion Nyla Rose & Bea Priestley venceram Hikaru Shida & Kris Statlander. No único combate feminino da noite tivemos a AEW Women’s World Champion Nyla Rose a fazer equipa com Bea Priestley, para lutarem contra duas das lutadoras de topo do ranking da AEW, Hikaru Shida & Kris Statlander. O combate foi equilibrado desde o primeiro minuto, com nenhuma das duas equipas a ter um domínio muito alargado do mesmo.

Já perto do final do combate, o duo de Hikaru Shida & Kris Statlander quase venceu o combate, só que foi a campeã com uma Powerbomb em Hikaru Shida que acabou por arrecadar a vitória. Assim que o combate acabou, Bea Priestley atacou Nyla Rose e pousou com AEW Women’s World Championship.

Logo de seguida tivemos um vídeo de Christopher Daniels a gozar com a Dark Order, e desafiando Stu Grayson e Evil Uno para combates singulares, e que nesses combates o Exalted One não os poderia salvar.

MJF, The Butcher & The Blade venceram Jurassic Express (Luchasaurus, Jungle Boy & Marko Stunt). No primeiro Six-Man Tag Team Match da noite, o trio de MJF, The Butcher & The Blade trabalharam bastante bem desde o início para controlar os Jurrasic Express. Porém, a força de Luchasaurus quase ia virando o combate totalmente do avesso e a favor da sua equipa.

No entanto, o maior engenho e também batota, pois beneficiaram das interferências de The Bunny e Wardlow, acabaram por dar a vitória ao trio de MJF, The Butcher & The Blade.

Logo de seguida tivemos mais uma entrevista de Britt Baker com o seu amigo Tony Schiavone, e a lutadora/dentista não perdeu tempo a insultar o público presente e a dizer que ela é um modelo a seguir. Mesmo com Tony Schiavone a dizer-lhe que ela não é bem recebida, Britt Baker agradeceu a todos. Farta da conversa, Big Swole interrompeu esta promo e afirmou que parece que Britt Baker nem sequer vê o programa onde está. Esta insultou Big Swole e esta fechou a promo dizendo que ela só esta na AEW porque é casada com quem é… bay bay!

Death Triangle (PAC, Pentagon Jr. & Fénix) venceram Joey Janela & Private Party (Isiah Kassidy & Marq Quen). O combate começou de forma positiva para o trio de Joey Janela e os Private Party, com a agilidade destes a vir ao de cima logo desde o primeiro segundo de combate.

Porém e apesar da aliança ser recente, a maior experiência e até química dos Death Triangle fez-se notar com o trio de PAC, Pentagon Jr. & Fénix a ganharem o domínio do combate e nunca mais o perderem até ao final, onde PAC com o Black Arrow fez o pin em Joey Janela.

Já depois do combate acabar, os Death Triangle continuaram a atacar Joey Janela e os Private Party, mas os Best Friends vieram em auxílio dos outros babyfaces.

Foi transmitida uma entrevista de Jim Ross com o AEW World Champion Jon Moxley.

Antes do main event, foi nos informado que no episódio da próxima semana do AEW Dynamite iremos conhecer finalmente quem é o Exalted One da Dark Order.

”Hangman” Adam Page & Dustin Rhodes venceram Inner Circle (Chris Jericho & Sammy Guevara). O parceiro mistério de “Hangman” Adam Page foi Dustin Rhodes, que veio decidido a dar cabo dos Inner Circle sozinho. O veterano lutador dominou o combate durante os primeiros minutos.

No entanto, Chris Jericho e Sammy Guevara iam ganhar o controlo do combate e assim o mantiveram durante vários minutos até praticamente ao seu final. Um Shooting Star Press falhado por parte de Sammy Guevara, abriu espaço ao duo de “Hangman” Adam Page e Dustin Rhodes para vencer o combate, depois de uma Buck Shot Lariat de “Hangman” Page em Sammy Guevara.

Já depois do combate, tivemos mais uma brawl entre os Inner Circle e The Elite, com Chris Jericho a fechar o episódio desta semana do AEW Dynamite dando uma cadeirada em “Hangman” Adam Page e Matt Jackson.


O que achaste do AEW Dynamite desta semana?

15 Comentários

  1. Foi um episódio decente (mais um) por parte da AEW, sendo que a construção da rivalidade principal (Elite vs Inner Circle) com vista o show especial dentro de duas semanas tem sido bastante boa.
    Deste Dynamite, além da revelação de que é Lance Archer o “cliente” de Jake “The Snake” Roberts, gostei também bastante dos últimos dois combates: no de trios chegaram-se a ouvir cânticos de “this is awesome” e o main event foi tão bom, repleto de spots bacanos e fiquei com vontade de ver Adam Page vs Sammy Guevara no futuro.
    Uma vez que foi dito que o Exalted One será conhecido na próxima semana e o show seguinte realiza-se em Rochester (sua cidade natal), será que Brodie Lee é o líder da Dark Order? Pessoalmente adorava que o “escolhido” fosse Matt Hardy, mas o Brodie beneficiaria imenso caso o pessoal criativo o colocasse nessa posição de destaque. É uma questão de esperarmos para ver…

    • L26MC4 meses

      Estou de acordo com o que disseste sobre os Dark Order, na minha visão o Matt Hardy era o ideal, mas o Harper/Brodie Lee é um nome também bastante forte e com uma carreira ainda pela frente. O Matt caso não for, acredito que possa dominar o mid card porque ele irá de certeza ter poder criativo de ideias que queria ter na WWE mas o Vince não quis saber.
      É esperar para ver, a AEW tem surpreendido pela positiva na forma de abordar os temas, por isso acredito que saibam o que estão a fazer e para mim só ter o Brodie Lee e o Matt na AEW já é uma alegria enorme.

    • Nem mais, L26MC. Se se confirmar as suas contratações, tanto Brodie Lee como Matt Hardy são dois nomes de peso para o plantel da AEW e que com certeza trarão muitos seguidores e star power à empresa.

  2. mSx4 meses

    sinceramente nem vi , o nxt tem estado super interessante ..

    • L26MC4 meses

      Uau wtf, se não viste porquê o comentário 😂

    • JokerLEadger4 meses

      Nao da para entender quem nao ve e vem comentar só porque sim. Nestes tempos, mais vale aproveitar e ver os 2 shows, sao 4horas mais bem empregues do que perder 3 a ver a RAW. MAs não é preciso as comparações constantes, resta nos aproveitar pois estamos numa altura em que não falta wrestling de qualidade.

    • Anónimo4 meses

      JokerLEadger se ainda falasses isso em relação ao Smackdown até entendia. Agora vir falar no Raw, não concordo, ultimamente o Raw tem apresentado bons shows.

  3. Wrestling4 meses

    Show bastante sólido e sem nenhuns pontos negativos mas também não foi nada de extraordinário para a padrão que a AEW nos habituou, parece que estes shows pós Revolution e rumo ao Blood & Guts estão um pouco mornos mas mal chegar esse grande evento acho que vai novamente chegar naquele nível de grande qualidade que o Dynamite teve no mês de fevereiro, só estou é preocupado com a possibilidade de algo ser adiado ou cancelado devido ao coronavirus que se tem tornado num problema cada vez mais grave e têm afectado todos os eventos desportivos pelo mundo fora.

    • Flávio Jr4 meses

      Que foi um bom show, concordo. Agora que não teve nenhum ponto negativo, acho um pouco de exagero.

    • Anónimo4 meses

      Concordo Flávio Jr.

  4. Flávio Jr4 meses

    Foi um bom Dynamite, porém abaixo dos anteriores…
    Assim como achei anti climático a aparição do John Morrison do SD, também achei a aparição do Archer, sei lá, já que parece que vai entrar em rivalidade com o Cody, poderia muito bem ter dado seu cartão de visitas.
    O MJF continua muito bem e os Death Triangle me empolgam, é muita qualidade envolvida!
    Em relação ao Dark Order, o Matt Hardy ou Lee/Harper, tem que vir pra ontem, porque a construção até que foi boa, mas o grupo está em baixa.
    Eu particularmente, não gosto muito de Main Events com tags, mesmo com os intervenientes terem feito uma boa match, não sou muito fã. E gosto muito menos do tratamento que o Sammy vem tendo, ele é um dos mais talentosos da stable e vive tomando o pin, isso é chato, na minha visão. Mas repito, mesmo com esses pontos negativos, foi um bom show.

  5. Neste Dynamite, faltou um “bocado de sal”. Mas ainda assim AEW ROCKS.

  6. yuumi4 meses

    Ótimo tag team feminino. Nyla Rose cada vez mais credível como uma grande powerhouse.

  7. El Cuebro4 meses

    Finalmente Bea Priestley terá uma chance por título, já passou da hora tanto para ela como para a Britt Baker! E muito bom ver o PAC fazendo o Black Arrow, movimento lindo!

  8. Grande Dustin. É pena ter sido muito mal utilizado na WWE.