A All Elite Wrestling transmitiu esta sexta-feira mais uma edição do Dynamite no canal TNT, novamente num dia e horário tardio e a partir do Daily’s Place em Jacksonville, Flórida.

O AEW Dynamite é transmitido na FITE TV. Subscreve aqui!

Resultados

– Christian Cage venceu Angélico
– Eddie Kingston, Penta El Zero Miedo & PAC venceram AEW World Tag Team Champions Young Bucks & Brandon Cutler
– TNT Champion Miro venceu Evil Uno
– Lance Archer venceu Chandler Hawkins
– Nyla Rose venceu Leyla Hirsch
– “Hangman” Adam Page & Preston “10” Vance venceram Brian Cage & “Powerhouse” Hobbs

Vídeos

Watch Wrestling

Report

O Dynamite começou já com Angélico e Jack Evans no ringue, ou seja não tivemos dança, mas tivemos Matt Hardy a criticar Christian Cage e a afirmar que este tem é inveja dele, por “Big Money Matt” ter feito mais dinheiro que o “Instant Classic”.

– Christian Cage venceu Angélico: Christian Cage e Angélico começaram de forma técnica e equilibrada, mas o lutador sul-africano aproveitou um erro incomum do veterano e começou a dominar este opener. Depois de um domínio de vários minutos, o “Instant Classic” começou a equilibrar e a virar o ímpeto a seu favor.

Os minutos finais foram bastante equilibrados e com várias quase vitórias de parte a parte, mas no fim, Christian Cage acertou o seu Killswitch e venceu mais um combate.

Assim que o combate terminou, Jack Evans e Matt Hardy atacaram o “Instant Classic”, mas Jungle Boy não deixou que os dois causassem mais dano ao veterano.

A seguir foi anunciada uma tour para o regresso à estrada da AEW, com vários Dynamite especiais.

Em seguida tivemos o anúncio de que na próxima semana, Aaron Solow & QT Marshall irão enfrentar Cody Rhodes e o estreante Brock Anderson, filho de Arn Anderson. Cody Rhodes, acompanhado de Arn e Brock Anderson, disse que ele acredita que o jovem lutador conseguirá ter sucesso.

QT Marshall interrompeu a entrevista e acusou Brock Anderson de nepotismo e desafiou depois Cody Rhodes para um South Beach Strap Match no Dynamite do dia 7 de Julho. O segmento terminou quando QT Marshall aproveitou a confusão para acertar com o seu cinto em Arn Anderson, mas acabou por ser atacado por Brock Anderson, que veio no auxílio do seu pai.

– Eddie Kingston, Penta El Zero Miedo & PAC venceram AEW World Tag Team Champions Young Bucks & Brandon Cutler: O trio de Eddie Kingston, Penta El Zero Miedo e PAC dominou Brandon Cutler sem problema, sendo que o inglês fartou-se de dar pancada ao “empregado” dos Young Bucks e fez com que estes entrassem em ringue, e isso foi um erro. Com alguma batota à mistura, os AEW World Tag Team Champions conseguiram colocar-se no controlo deste embate.

Porém, o domínio durou poucos minutos, pois PAC conseguiu fazer o tag a Eddie Kingston que virou o combate do avesso, sendo que Penta El Zero Miedo manteve o ímpeto a favor da sua equipa.

Como é habitual num combate assim, o caos foi-se instalando e as quase vitórias foram aparecendo. No final, Eddie Kingston acertou o seu Spinning Back Fist em Brandon Cutler, que PAC aproveitou e fez o pin.

Assim que o combate terminou, os Good Brothers vieram atacaram os rivais dos The Elite, mas Frankie Kazarian veio em auxilio de Eddie Kingston, Penta El Zero Miedo e PAC.

Em seguida tivemos os The Pinnacle no ringue e tudo começou com os FTR a dizerem que eles e Santana & Ortiz nem são muito diferentes, sendo que a diferença é que eles (FTR) nunca perderam a sua vontade, ao contrário dos rivais.

A seguir tivemos Shawn Spears a insultar Sammy Guevara, dizendo que ele não é herói nenhum.

Já Wardlow explicou que Jake Hager precisa dele e que ele não quer saber se é num ringue, num campo de futebol ou num octagon e por isso aceita o desafio de Jake Hager.

Por fim tivemos MJF a dizer que está farto e que cresceu a idolatrar Chris Jericho, mas que ele é somente um falso Deus e que já o venceu duas vezes, e por isso não o quer enfrentar mais.

No titantron, os Inner Circle apareceram e Chris Jericho explicou que os The Pinnacle já deveriam saber que não devieram dizer que não ao seu grupo, e foi então que os Inner Circle destruíram a limusine do grupo de MJF.

A seguir tivemos Darby Allin e Sting a conversar, com o jovem lutador a dizer que não precisa de um parceiro e que quer enfrentar Scorpio Sky & Ethan Page sozinho, e que o “Icon” deveria ficar em casa para a semana. Os dois trocaram algumas palavras e no final Sting concordou em ficar em casa a pedido de Darby Allin.

– TNT Champion Miro venceu Evil Uno: Miro entrou bastante dominante, sendo que Evil Uno só teve alguma ofensiva quando o búlgaro deu um murro no ringue, mas esta ofensiva foi sol de pouca dura e o TNT Champion manteve-se no controlo.

Miro dominou então durante vários minutos, mas Evil Uno começou a retaliar e a virar o ímpeto a seu favor. A Dark Order veio para perto do ringue para apoiar Evil Uno, sendo que este quase conquistou o TNT Champion. Só que no final, Miro aplicou o seu Game Over e venceu o combate.

Em seguida tivemos um video package a promover Andrade “El Ídolo”, que na próxima semana será entrevistado por Jim Ross.

De regresso ao ringue tivemos o AEW World Champion Kenny Omega e Don Callis, e o manager começou por dizer que Jungle Boy é como a banda que toca a sua música de entrada, é um one hit wonder. Kenny Omega explicou que Jungle Boy até lhe faz lembrar quando ele era novo, mas que ele não tem o que é preciso para ser campeão.

Jungle Boy fartou-se de ouvir o campeão e o seu manager e veio ao ringue. O AEW World Champion Kenny Omega falou e falou, até que Jungle Boy disse que o campeão falava de mais e tivemos então uma brawl que Jungle Boy estava a ganhar, até que os Young Bucks vieram ajudar o seu amigo.

A seguir tivemos Mark Sterling e Jade Cargill, com o advogado a dizer que vai fazer de tudo para fazer da lutadora um grande nome no Wrestling.

Nos bastidores tivemos Scorpio Sky & Ethan Page todos felizes por Darby Allin os querer enfrentar sozinho, sendo que o “All Ego” explicou que basta falar um bocadinho de lixo e Darby Allin ficou logo espicaçado e que já lhe tiraram o TNT Championship e vão continuar a estragar-lhe a vida.

– Lance Archer venceu Chandler Hawkins: Como seria de esperar, Lance Archer destruiu o seu adversário sem problemas e venceu este combate.

De seguida tivemos os Wingmen, grupo ao qual Cezar Bononi pertence, a desafiar Orange Cassidy.

– Nyla Rose venceu Leyla Hirsch: Leyla Hirsch tentou entrar com tudo neste combate e até controlou durante algum tempo, mas a força de Nyla Rose acabou por ser um problema e a ex-campeã dominou durante alguns minutos.

No entanto, “Legit” Leyla Hirsch começou a equilibrar a contenda e a ter algum ímpeto, tendo até acertado um incrível German Suplex. No final, Leyla Hirsch continuou a tentar dar o seu máximo, mas quando as duas lutaram na terceira corda, Nyla Rose apanhou a adversária quando esta tentou um Frankensteiner e a ex-campeã acertou assim uma Super Beast Bomb e venceu o combate.

Nos bastidores, a AEW Women’s World Champion Britt Baker foi entrevistada e insultou Nyla Rose, explicando que ela já é a melhor campeã da história da AEW e que irá continuar a marcar uma era.

– “Hangman” Adam Page & Preston “10” Vance venceram Brian Cage & “Powerhouse” Hobbs: “Hangman” Adam Page e Preston “10” Vance entraram melhor neste main event, mas a força absurda de Brian Cage e “Powerhouse” Hobbs veio ao de cima e conseguiram isolar o lutador da Dark Order, e assim dominar durante vários minutos.

Ainda assim, Preston “10” Vance conseguiu sobreviver e fazer o tag a Adam Page e este virou o combate completamente do avesso com a sua agilidade e agressividade, e assim começámos a encaminhar para os minutos finais do combate, onde os quatro lutadores deram tudo para vencer.

Ricky Starks queria que o “The Machine” usasse o seu FTW Championship, mas Brian Cage recusou, o que lhe valeu um estalo pelo lutador que estava fora do ringue.

Já com Brian Cage fora de cena, porque foi atrás de Ricky Starks, “Hangman” Adam Page e Preston “10” Vance conseguiram controlar “Powerhouse” Hobbs. No final, com o seu Buckshot Lariat, Adam Page venceu este Tag Team Match.

O Dynamite terminou com a Dark Order a beber umas cervejas no topo da entrada, a festejar esta vitória.


O que achaste do AEW Dynamite desta semana?

24 Comentários

  1. Sksksk2 meses

    Os shows da aew dynamite foi transferidos pra sexta-feira agora ?

  2. TakerVanderVaart232 meses

    Bom episódio da AEW

  3. Novamente um episódio extremamente consistente. Curti do opener entre Christian Cage e Angélico; a estreia de Brock Anderson, filho de Arn Anderson (muito parecido fisicamente com o pai, btw), será algo porreiro a acompanhar na próxima semana; o combate de trios também foi bacano e gostei do pós-match (Frankie Kazarian está com um bom look e numa autêntica missão de acabar com The Elite); a cena da conspiração foi bem feita (pegaram em imagens fora do contexto para desvirtuar a realidade mesmo à sacanas ahahahah) e a interação entre Kenny Omega e Jungle Boy deixou-me ainda mais ansioso para o combate que terão dentro de 15 dias; e o main event foi decente.

  4. El Cuebro2 meses

    Esse Inner Circle está lembrando muito a DX hein, está interessante a rivalidade de stables!

  5. AEW é mais stables que outra coisa

    Vou ter de destacar o cristo que fez team.com.os young bucks o homem é um autentico saco de pancada xd

    Jungle boy a calar o Omega foi engraçado tambem xd vai ser giro este combate embora o vencedor seja obvio

    Christian que forma, isade que tem e a lesao extremamente grave que o afastou anos dos ringues

    Inner cyrcle vs peneacle nao sei se jacombateram num 5vs5 pois só comecei acompanhar á 2 semanas mas acredito que seja um combate do outro mundo

    Bom ver Pentagon JR (naogosto deste novo nome é estranho para mim xd) e Pac again

    Bom ver um dos meus wrestlers favoritos de todos tempos tambem de novo (sting) espero o ver ainda em mais um ou 2 combates

    Sobre AEW num geral nao foi mau, mas tambem nao acho que seja brilhante, mas bem melhor que o main roster da wwe que é a desgraça

    • Vejo que decidiste arriscar, Gangrel_Rules 🙂 Inner Circle e Pinnacle já combateram num 5 vs 5 por duas vezes, sim senhor (Blood & Guts num Dynamite especial com esse nome e Stadium Stampede no recente PPV — Double or Nothing).
      Sting ainda tem contrato por mais 2 anos, salvo erro. Portanto, quase de certeza que ele fará pelo menos mais 3/4 combates. E o lutador que fez equipa com os Young Bucks chama-se Brandon Cutler e é uma espécie de “young boy” deles, aparecendo mais para efeitos de comédia.

    • Arrisquei e nao me arrependi 😄

      Esse cutler foi uma comedia mesmo, so leva porrada, fez me.lembrar os spirit squad

      O matt hardy tambem esta um heel bem interesante, eterna rivalidade com christian, hardys vs christian and edge e agora na AEW continua kkkk

      Ainda bem que o sting ainda vá lutar quero muito ver

      Ja agora o brian cage é top powerhouse com um fisico daqueles e a fazer hurrincaranas e 619??? Omg

    • Ainda bem que gostaste! Ya, o Cutler até é underrated in-ring a meu ver mas cumpre bem esse papel de jobber para as estrelas. Os Spirit Squad eram de morrer a rir, que nostalgia ahahahah
      Matt Hardy reinventou-se como sempre, é como Chris Jericho nesse aspeto. E Christian Cage está realmente em excelente forma como mencionaste acima, parece que os anos não passaram por ele.
      Brian Cage é uma verdadeira máquina em termos físicos e ainda assim tem uma agilidade insana para fazer manobras como as que descreveste, se ele ao menos tivesse mais personalidade seria top guy na boa…
      Sting tem estado num papel de mentor de Darby Allin mas acredito que estes dois futuramente terão um combate que vai servir como “passar da tocha”. É daqueles embates que quero muito assistir pelas semelhanças das gimmicks.

    • Sobre o brian algo me diz que um ano mais tarde consoante o estado das promotoras ele ainda aparece no nxt

      Sobre o nosso querido rusev achei o seu combate meio que morno nao vi aquelenrusev que ja vi na wwe mas vamos lá ver o que se segue

      Achei um pouco de mais mostrarem o harper, compreendo a homenagem mas nesta altura penso que nao seja o melhor aquelas imagens pode perturbar familia e amigos, mas é so minha opiniao, viato ele ter falecido á relativamente pouco tempo…

      Sobre o darby alin

      Ja que falamos do christian tenho de falar do goldust, que apareceu semana passada, o homem tem quase 60 anos… ele é o flair 2.0 com aquela idade a combater assim

      Acho a divisao feminina um pouco sem sal tambem, ainda nao vi a britt lutar, mas as lutas femininas destas 2 semanas nao vi nada de mais das mulheres, exepto ter de levar novamente com os excuse meeeee,.pensei que me tinha livrado daquela maluca mas afinal vou ficar mesmo surdo 🤣🤣🤣

    • Sobre o darby nao tenho muito a dizer ainda nao o vi lutar nem nada, apenas 2 segmentos com o sting e os seus rivais

    • É possível que Brian Cage vá para o NXT quando o contrato terminar, pois não tem conseguido grande coisa até agora na AEW. Boa observação, de facto.
      Miro (ou Rusev, whatever) é das melhores coisas na empresa, basta reparares em pequenos detalhes como maneirismos e promos. Os combates têm sido um bocado de sentido único para proteger a aura dominante que transparece.
      Relativamente a Brodie Lee, entendo o argumento e até partilho da opinião de certa forma pela questão de respeito. Mas creio que o fizeram para promover o combate do Miro porque o adversário (Evil Uno) era da stable do falecido lutador e um amigo pessoal dele. E o filho do Brodie (que tem o mesmo nome do pai, curiosamente) participa em vários programas, ele esteve ontem inclusivamente (é o -1).
      Sim, Dustin Rhodes continua aí para as curvas e de vez em quando protagoniza combates muito bons. Aliás, se tiveres um tempinho e interesse recomendo-te a ver o combate dele contra Cody Rhodes no Double or Nothing 2019. Caso não esteja gratuito para visualização no YouTube, penso que encontrarás no Dailymotion. Foi brutal em termos de storytelling e para muitos até considerado o melhor match daquele ano.
      Sobre a divisão feminina, ainda estão a tentar “criar” mais estrelas relativamente mainstream além da nova campeã Britt Baker como referiste e bem. Felizmente só começaste a acompanhar há duas semanas, porque o início da companhia era algo penoso. A pouco e pouco começam a buscar algumas lutadoras interessantes e experientes como Serena Deeb (Serena da Straight Edge Society como te deves lembrar) e Thunder Rosa.
      Por último, a verdade é que o Darby não é um lutador “credível” no sentido em que é mais pequeno que grande parte dos lutadores. Porém, tudo o que ele faz acaba por ter lógica em termos de psicologia do combate e vais notar que executa manobras que alguém do seu tamanho e com a mentalidade dele (à la Jeff Hardy) é crível para quem assiste. Diria que o forte dele é mesmo a ação no ringue e não propriamente promos ou segmentos com o Sting.

    • Vou tambem assistir ao omega vs ambrose, disseram me que foi brutal e hardcore mesmo

    • Se é o combate que estou a pensar, foi mesmo excelente para quem gosta desse estilo mais duro. Penso que se trata de Jon Moxley vs Kenny Omega num Unsanctioned Lights Out Match, no Full Gear 2019.
      Eles recentemente tiveram um Exploding Barbed Wire Deathmatch que até foi muito bom tendo em conta que o ringue estava quase todo cercado de explosivos e arame farpado, mas o final do show foi uma desilusão (deves ter visto nas notícias na altura o que aconteceu)…

    • Como so segui wwe nao via noticias de outras promotoras, os barbed wire sao sempre cheios de srame farpado tipico da original ecw aquele match com o sabu vs terry funk até a mim me doeu 🤣🤣🤣

      Ja que falamos de hardcore puro e duro, que é feito da CZW e do lendario sick nick mondo?

    • Basicamente era suposto haver uma explosão depois desse combate entre Moxley/Ambrose e Omega, mas foi um valente flop (correu bastante mal, infelizmente).
      É verdade, a ECW antes de ser comprada pela WWE era uma autêntica loucura. Houve combates mesmo absurdos, como esse que salientaste e os que malta como Sandman e Tommy Dream participavam.
      Em relação à CZW, confesso que não sigo quase nada dessa promotora mas pelo que li há uns tempos ainda existe. Simplesmente ainda não regressaram aos shows por causa da pandemia, como tantas indies espalhadas pelos EUA e o resto do mundo.

    • Tommy dreamer vs raven na jaula foi qualquer coisa, combate lendario no mundo do hardcore, aliás a minha feud favorita foi entre esses 2 doidos, gostava de os ter visto novamente na wwe e a serem bem aproveitados

  6. Mais um bom episódio, nada de muito especial aconteceu, mas também zero pontos negativos acerca do show

  7. Gostei:
    – Angelico vs Christian Cage começaram a ação in ring deste episódio, com ambos a meterem um combate divertido. Talvez o melhor combate de Angelico na promotora. Após o combate, Matt Hardy e Jack Evans atacaram Christian Cage até aparecer Jungle Boy para salvar.
    – Cody Rhodes apresenta o filho de Arn Anderson, Brock Anderson, que fará a sua estreia na próxima semana num tag match com Cody. QT atacou Arn mas Brock salvou. Ótima forma de introduzir a nova cara.
    – Eddie Kingston, PAC e Pentagón vs Young Bucks & Cutler. A história de PAC não querer trabalhar com Kingston funcionou. No entanto, algo que não gostei aqui é fingirem que o Brandon Cutler nunca lutou, sendo que é um dos lutadores com mais combates na promotora (Sim, sei que 95% deles são derrotas).
    – Promo dos The Pinnacle com os Inner Circle a destruirem a limusina após isto. Segmento absolutamente brutal que recomendo a verem!
    – Darby anuncia que enfrentará Sky e Page numa handicap na próxima semana. Vamos ver, pode ser interessante.
    – Evil Uno com uma promo fantástica a dizer o porquê de querer o TNT Championship.
    – Miro vs Evil Uno pelo TNT Championship num combate onde ambos executaram os seus papeis na perfeição. Evil Uno o babyface perfeito, Miro, como sempre, a fazer bem de heel.
    – Promo de Kenny Omega e Don Callis. Jungle Boy interrompeu-os e Kenny Omega até fez uma promo muito boa sobre Jungle Boy, por ele ter potencial mas não poder falar. Omega dá-lhe o microfone, Jungle Boy só diz ”Man, you talk too much.” e o público ficou doido, bem como eu. Mas ele levou uma coça logo a seguir.
    – Segmento de Mark Sterling e Jade Cargill. Isto não era necessário, mas até foi bom. Deve ter sido para não nos esquecermos da Jade.
    – Lance Archer entra, esmaga um coitado qualquer, vai embora sem festejar. Brutal e adorei.
    – Leyla Hirsch vs Nyla Rose com ambas a terem uma boa exibição. Surpreendido e confuso por ver a Nyla ser heel neste combate, quando aparentava ser a babyface devido ao segmento com Britt na semana passada.
    – Britt Baker com uma promo sobre Nyla Rose. Não sou fã desta feud heel vs heel, mas a Britt fez uma ótima promo aqui.
    – Hangman Page & 10 vs Hobbs & Brian Cage. Uma luta de gigantes que foi divertida de ver até ao fim. A meio do combate, Starks e Hook tentaram com que Cage fizesse batota e usasse o título, mas quando não usou, Starks dá-lhe uma chapada e Cage persegue-o, deixando Hobbs sozinho.

    Não Gostei:
    – Promo de Matt Hardy com os TH2. Esta promo foi exagerada. Ninguém aqui me consegue dizer que o Matt Hardy acreditava realmente no Angelico para vencer, ou como diz acabar com a carreira, do Christian Cage.
    – Promo dos Wingmen sobre Orange Cassidy. Primeiro, quem pensou que era uma boa ideia ter isto no Dynamite? Segundo, este é o tipo de coisas pela qual a AEW gozava a WWE no início e agora fazem-no? A promo foi bem feita, mas o resto…

    Overall: 7/10. Em termos in ring, foi melhor que os episódios mais recentes, mas continua a não ser ao que nos habituaram. Excetuando a promo dos Wingmen, o show é bom, mas não teve nada brutal, excetuando o segmento dos Pinnacle e Inner Circle.

  8. Anónimo2 meses

    Bom combate entre o Adam Page e 10 contra o Brian Cage e Powerhouse Hobbs. E destaco também o segmento entre os The Pinnacle e Inner Circle.

  9. Foi um bom Dynamite,bem melhor que o da semana anterior.
    Destaques:
    -Opener interessante entre o Christian e o Angelico.
    -Bom 6 man tag entre YB e Cutler frente ao Death Triangle e o King.
    Cutler levou porrada de meia noite neste combate…
    -Otimo segmento entre o Pinnacle e o Inner Circle,promo excelente dos heels e babyfaces a sair por cima.
    -Main event bom que ajudou a criar ainda maior distância entre o Cage e a Team Taz,estamos a assistir aos poucos a um faceturn do Cage.