A AEW transmitiu esta quarta-feira mais uma edição do Dynamite no canal TBS, especial Big Business, a partir do TD Garden em Boston, Massachusetts, rumo ao Dynasty de 21 de Abril.

Resultados

– AEW World Champion Samoa Joe venceu Wardlow
– The Elite (Kazuchika Okada, Matthew & Nicholas Jackson) venceram AEW Continental Champion Eddie Kingston, Penta El Zero Miedo & PAC
– Jay White venceu Darby Allin
– Chris Jericho & FTW Champion HOOK venceram Gates of Agony (Toa Liona & Bishop Kaun)
Willow Nightingale venceu Riho

Report

Em destaque neste Dynamite: Big Business, tivemos a esperada estreia de Mercedes Moné na AEW e um combate pelo AEW World Championship.

21 Comentários

  1. The Name3 meses

    Mercedes Moné is ALL ELITE! 🔥🔥🔥

  2. JokerLeadger3 meses

    CEO

  3. 13 cm3 meses

    Dynamite se encerrando com um ótimo main event feminino com direito a cantos de “This is Awesome” no TD Garden.

    Não vacile Tony Khan, é o momento da divisão feminina engrenar

  4. Que ótima sequência de shows… próxima semana já teremos outro banger! O booking está cada vez melhor. Big Business foi incrível. Here we go.

    SAVE US MONE. Que o Tony saiba usar esse investimento que é a Mercedes, hora de fazer essa divisão ser realmente ELITE. É agora ou nunca.

    Joe é rei nas promos, mais uma 👏🏻 Joe vs Wardlow foi uma ótima match, however… por mais que eu defenda vitórias limpas, não sei se foi a melhor escolha para o Wardlow. Novamente o cara sai derrotado quando deveria mesmo ser uma máquina imparável. Provavelmente estão dando mais força ao Joe para quando o Swerve derrota-lo.

    Ótimo segmento com a TRUE ELITE. E excelente Trios match. Essa é a versão do Okada que sempre quis ver 🔥 Ah e que o Pac não se lesione novamente 🙏

    Excelente promo do Osprey, a próxima grande estrela na modalidade. Tony Khan fez novamente o que fez em 2021. Conseguiu 3 grandes nomes que podem fazer a diferença.

    Quem será a parceria da Purrazzo? 🤔👀 admito que gostaria muito de uma match mais hardcore entre ela e a Storm.

    Agora vamos para um dos melhores momentos da noite. Allin vs White foi o que se esperava, lutaça! E finalmente os BCG dão beatdown aos Aclaimed. Que ganhem todos os títulos de trios. Esses 2 times tem que andar juntos mesmo na carreira, se colocaram over todos juntos.

    Vamo ver o que sai de Jericho vs Hook. Porém o que custava o Chris sair um pouquinho da tela e dar esse Spotlight pra outro?

    Main event muito bom mesmo. Acertei sobre a Willow ser a primeira rivalidade da Mone, é hora de devolver aquela vitória. Mone vs Hart? Interessante.

    Show muito bem equilibrado 👊🏻

  5. DUDE3 meses

    A Giulia é a seguir!!

  6. Echoes3 meses

    O Booking é que continua uma Meh…

    Wardlow nunca deveria ter lutado pelo titulo, ainda por cima perdendo por submission… já não tinha muita credibilidade como Monster e perdeu a pouca que tinha (só é Monstro contra jobbers em exhibition/squash matches)

    Trazer o PAC e pôr o Super Campeão contra os Novos Eliteanos, também não foi de génio, Ok, a maneira “dirty” como ganharam fez sentido… mas no final das contas foi para quê? Podia ter acabado com uma super brawl.

    Jericho e Hook vencem a 2º Tag mais injustiçada da AEW, para quê? Para elevar um “velho” ou um Campeão de “Faz de Conta”? Desde que chegaram à AEW os Gates of Agony foram irrelevantes (e sim, já foram campeões, mas isso não chega para ter relevancia)

    Momento Mercedes… ou Momentos… para quê, mais uma vez. Para quê aparecer 3 vezes, a interessão com a Riho no backstage não serviu para porra nenhuma, foi só para aparecer. Mas então a grande contratação da AEW vai lutar/rivalizar pelo titulo secundario? Pelo titulo da Maxxine Dupris da AEW (sim, porque Cargill e Julia quando conquistaram o titulo tinham tanto carisma e talento em ringue como a Maxxi) o TBS Title pelo histórico é para lutadoras mais básicas como Anna Jay, Abadon, Nyla Rose, Penelope Ford, Sky Blue, Tay Melo, etc. não é para uma CEO 😀

    • Concordo sobre Wardlow e o Jericho.

      Não acho que a trios match devia ter acabado em brawl. Guardar esse recurso é uma boa.

      E discordo totalmente do último parágrafo. Ela interagir com a a Riho já acrescenta sim, e é mais um momento de atenção para a divisão, por mais que seja só um segmento.

      Esqueceste que a Kris foi TBS Champ, ou ela é do nível das outras em ringue? 🤡

      Cargill e Júlia sem carisma? Mesmo quando ganharam o título já mostravam o quão bem estavam no personagem. E qual o problema da Mercedes elevar esse título? Enfim.

    • Echoes3 meses

      A Kris foi a unica com talento, mas vir de uma lesão, derrotar a Cargill que era imbativel e depois perder para a Julia é palhaçada.

      Não tem mal a Mercedes lutar pelo TBS, mas que é um desperdicio, isso sim, seria o mesmo que a WWE contratar o Okada e pô-lo a lutar pelo 24/7 Title.

    • A Júlia é uma das wrestlers mais over no momento e que mais melhorou no ring, realmente não entendo a crítica a ela. Merecia uma chance.

      Que comparação mais haver.

      Fala que não tem mal e depois fala que é um desperdício 🤡

    • Echoes3 meses

      Pelos vistos não queres perceber… Ok, a AEW é incrivel!!! É perfeita, é a melhor em tudo, em 5 anos já atingiu o topo, não precisa melhorar em nada.

    • marco3 meses

      Estas a criticar historias que ainda se estao a desenvolver, não sabes como vao sair, se é perfeito não, mas não esta muito longe, é impossivel nao estar hype com os true elite, ou o joe ou a mone, ou o osprey
      voces acham meh por não copiar a wwe aprendam a wwe nao arisca a wwe esta na frete por unicamente 2 razoes ate o meu avo conhece o nome wwe e nao aew porque esta no mercado a mais tempo, e porque gastam o budget da aew tna njpw e todas as companhias de wrestling no mundo x 2 em marketing publicidade normal as pessoas comerem, esta mais que comprovado
      a aew esta a fazer um otimo trabalho nunca em 5 anos de vida a wwe atingiu estes valores, estao a ser a diferença estao cada vez mais a ser internacionais, o produto esta melhor, os ppv sao melhores, eu desafio a cada um de vos a ir ver um PPV da AEW e a dizer que nao quer ver o proximo, porque vao ver

    • Echoes3 meses

      Eu vejo, por isso que critico, que me interessa Dream Matches só porque sim, sem base, sem estrutura, na maior parte das vezes sem história.

      O Tony em vez de gastar rios de dinheiro em ordenados, que invista no marketing então. Pelas audiencias está a falhar então.

    • Quanto drama, ninguém disse que não há o que melhorar. Tanto que concordei com você sobre o Y2J e o Wardlow.

  7. TakerVanDerVaart233 meses

    Nada contra mas… CEO não fica lá grande coisa como alcunha.
    Boss é como nós dizermos… lá vem o chefe ou patrão, quando muita vez apenas significa que estamos a brincar/gozar com a pessoa em questão porque ela não é o chefe mas parece!
    Agora dizer… lá vem a/o CEO / Diretor Executivo.. é um quanto estranho na minha opinião!
    De resto, bom show e veremos qual será o destaque e o espaço para a Mercedes na AEW. Assim como a Deonna.

  8. Tosse3 meses

    Wardlow,que booking!
    E o seu stable,ninguem os pára

    • Concordo com a crítica.

      Pontuou algo que não gostou, porém teve algo que gostou no episódio de ontem?

    • marco3 meses

      ele nem viu abriu o twitter e viu o jobber nation a criticar ou outra pagina de fanboys

  9. Alexandre3 meses

    Mais um excelente dynamite, e esse é histórico por motivos óbvios. Dynamite realmente está de volta à suas raízes, aquele feeling especial está de volta. Sem nenhuma dúvida o melhor show de wrestling do mundo.

  10. The Name3 meses

    Mais um excelente dynamite, duas semanas consecutivas em que se nota uma diferença dos show de há semanas ou meses atrás! Espero que continue assim e melhore ainda mais, já se nota melhorias!

  11. Começámos este Big Business com o tal Big Business – Mercedes Mone está na AEW! A melhor lutadora da história do wrestling feminino norte-americano (a par de Becky Lynch) na minha opinião, uma contratação enorme e esperemos que isto traga melhorias na divisão feminina. Quanto à sua promo, é a sua promo de estreia e cumpriu o seu trabalho. E adorei ela chegar e dizer logo que as mulheres são o main event. Ótimo começo! Passámos para o 1º combate da noite, Joe vs Wardlow. É assim, isto se não tivesse o World Title envolvido, teria sido decente. Mas, como uma World title match, não achei um combate bom o suficiente. O público esteve em altas, mas isto podia (e devia) ter sido melhor. Temos a trios match a seguir e, meu Deus, vejam o talento envolvido nisto! Na minha opinião, a AEW tem o melhor roster masculino atualmente, fácil. Uma trios match muito divertida e como estou a adorar o Okada heel e a sua parceria com os Bucks! Segue-se a entrevista do Will Ospreay e, antes demais, arrepiante o público a cantar a parte com “Ospreay” na música dele. Já tinha visto a fazerem isso no Japão (e acredito que também no Revolution) e ainda bem que está a colar nos shows semanais. A promo foi muito boa! Muita paixão por detrás das palavras do Ospreay! Entusiasmadíssimo para esta dream match. Seguimos para Darby Allin vs Jay White e eu não sei como é que o Darby consegue andar com o peso enorme dos seus tomates. Um fantástico combate, com os típicos spots de arrepiar do Darby, ataques violentos às costas dele e umas belas sequências. Combate da noite, sem dúvida! Depois do combate, mais alegria – acabou os Bang Bang Scissor Gang! Finalmente! Antes de avançar, uma última palavra para o Darby: por favor, volta vivo e de boa saúde do Evereste. Antes do main event, temos Gates of Agony contra *verifica notas* Lion Hook? Epá, Jericho, reforma-te, por favor. Ao menos o Hook e os GoA são divertidos o suficiente para tornar isto decente. Main event: Riho vs Willow Nightingale – estou vivo! Ótimo combate, como se seria de esperar, com os minutos finais a serem o destaque. O final do programa com a Mercedes (a arena a cantar CEO é brutal), Julia Hart e demais foi também sólido para concluir um bom episódio de Dynamite!