A AEW transmitiu esta quarta-feira mais uma edição do Dynamite no canal TBS, a partir da UNO Lakefront Arena em New Orleans, Luisiana, rumo ao especial Battle Of The Belts II do próximo sábado, dia 16 de Abril.

Resultados

– CM Punk venceu Penta Oscuro
– AEW World Tag Team Champions Jurassic Express (Jungle Boy & Luchasaurus) venceram reDRagon (Bobby Fish & Kyle O’Reilly)
– “Captain” Shawn Dean venceu MJF (por count-out)
– Jericho Appreciation Society (Chris Jericho, Jake Hager & Daniel Garcia) venceram Eddie Kingston, Santana & Ortiz
– Marina Shafir venceu Skye Blue
– Team Taz (Ricky Starks & Powerhouse Hobbs) venceram Keith Lee & Swerve Strickland
– Samoa Joe venceu ROH World TV Champion Minoru Suzuki

Vídeos

Watch Wrestling

Report

– CM Punk venceu Penta Oscuro: Este combate de abertura abriu de forma bastante agressiva, sendo que foi CM Punk que acabou por ter um pouco mais de controlo, isto até cometer um erro na terceira corda, que o fez aleijar-se na perna esquerda.

Ainda assim, o luchador dominou durante pouco tempo e o “Second City Saint” voltou ao controlo e até quase venceu depois do seu Anaconda Vice.

A agressividade nunca baixou o nível e com isso o cansaço foi sendo cada vez mais frequente e no final, CM Punk apanhou Penta Oscuro no ar e acertou o seu GTS tendo conquistado assim mais uma vitória.

A seguir vimos imagens da chegada da Jericho Appreciation Society ao aeroporto de Nova Orleães, sendo que Eddie Kingston, Santana & Ortiz apareceram de carro, tendo atacado Matt Menard e Angelo Parker deixando o aviso para o combate que os dois grupos terão.

– AEW World Tag Team Champions Jurassic Express (Jungle Boy & Luchasaurus) venceram reDRagon (Bobby Fish & Kyle O’Reilly): Os campeões entraram bem, mas os reDRagon fizeram da perna esquerda de Luchasaurus o seu alvo preferencial de ataque.

Porém este conseguiu fazer o tag a Jungle Boy que usou a sua velocidade para ter algum ímpeto, mas a dupla de Kyle O’Reilly & Bobby Fish com alguma batota à mistura voltaram ao controlo deste embate.

Os reDRagon atacaram o braço esquerdo de Jungle Boy e com isso dominaram durante vários minutos, mas este aguentou o ataque e fez o tag a Luchasaurus que usou a sua força para virar o embate do avesso. Com o passar dos minutos, o caos foi aumentando e as quase vitórias foram-se sucedendo.

No final, os campeões conseguiram acertar o seu golpe final e assim retiveram os seus AEW World Tag Team Championships.

Assim que o combate terminou, Kyle O’Reilly com uma cadeira atacou os Jurassic Express, mas na sua saída ficaram cara a cara com os AAA & ROH World Tag Team Champions FTR (Cash Wheeler & Dax Harwood), que parecem querer mais títulos.

Nos bastidores, o Blackpool Combat Club (Bryan Danielson, Jon Moxley & Wheeler Yuta) falou do seu Trios Match contra os Gunn Club (Billy, Austin & Colten Gunn) no próximo Rampage, e todos os lutadores do grupo prometeram destruir o trio liderado pelo veterano.

De novo no backstage, Tony Schiavone anunciou que Jamie Hayter e Toni Storm irão enfrentar-se na primeira ronda do Women’s Owen Hart Tournament, com a britânica a prometer que irá destruir a sua adversária e este torneio será o seu momento de glória.

– “Captain” Shawn Dean venceu MJF (por count-out): Depois de fingir que não conseguia despir o seu casaco, MJF atacou o “Captain” pelas costas e quando estava a dominar e a vangloriar-se fora do ringue, Wardlow apareceu vestido de segurança.

O “Salt of the Earth” conseguiu fugir e foram precisos vários seguranças para parar o seu antigo guarda-costas. MJF ainda tentou não perder por contagem, mas Bryce Remsburg não quis saber e contou até a 10.

Já depois do combate terminar MJF estava a discutir com o árbitro, sendo que ficou sem palavras, quando vimos Wardlow nos bastidores a dizer que só ira parar quando lhe colocar as mãos em cima.

A seguir tivemos um video package de Darby Allin, onde este desafiou Andrade El Idolo para um Coffin Match.

Malakai Black deixou a seguir mais uma mensagem macabra, desta vez dirigida a Fuego Del Sol.

– Jericho Appreciation Society (Chris Jericho, Jake Hager & Daniel Garcia) venceram Eddie Kingston, Santana & Ortiz: O trio de Eddie Kingston, Santana & Ortiz entraram de forma bastante dominante, mas a Jericho Appreciation Society conseguiu isolar Ortiz e dominaram durante vários minutos.

Ainda assim, este conseguiu fazer o tag a Eddie Kingston que entrou de forma bastante agressiva e virou o combate a favor da sua equipa, porém nos minutos finais, o caos ficou instalado e com uma distração à árbitra, Chris Jericho acertou com o seu bastão no “Mad King” o que abriu espaço para Daniel Garcia fazer o pin vencedor.

Depois do combate terminar, a Jericho Appreciation Society continuou o ataque e deixou uma mensagem enfática aos seus rivais.

Nos bastidores, MJF foi entrevistado e este estava de cabeça perdida com a sua derrota contra Shawn Dean e afirmou que ele ainda é dono de Wardlow e que para a semana ele vai lutar contra The Butcher.

– Marina Shafir venceu Skye Blue: A “The Problem” dominou a jovem desde o primeiro segundo e acabou por fazer a sua adversária desistir sem problema.

De notar que a TBS Women’s Champion Jade Cargill esteve a assistir ao combate na primeira fila, acompanhada por Red Velvet e Kiera Hogan.

A seguir tivemos Lexy Nair a tentar entrevistar HOOK, mas este foi interrompido por Mark Sterling e Tony Nese que acabaram por sair de cena, antes que houvesse confusão. O segmento terminou com Danhausen mais uma vez a não conseguir amaldiçoar HOOK.

Nos bastidores, os Men Of The Year e Dan Lambert insultaram Sammy Guevara & Tay Conti, com o TNT Champion Scorpio Sky a explicar que no Battle of The Belts II vai dar a tareia que o “Spanish God” merece.

– Team Taz (Ricky Starks & Powerhouse Hobbs) venceram Keith Lee & Swerve Strickland: Apesar de Ricky Starks estar a jogar em casa, Swerve Strickland e Keith Lee entraram de forma dominante, ainda assim a dupla da Team Taz acabou por ficar no controlo durante alguns minutos.

Isto até o “Limitless” voltar a entrar em ringue e em poucos momentos, este quase deu a vitória à sua equipa, porém com o aproximar do final, as quase vitórias foram sendo bastante frequentes.

Com isso, Taz veio para perto do ringue e interferiu nas costas do árbitro, o que abriu espaço para que Powerhouse Hobbs acertasse o seu Spinebuster e assim vencesse este embate.

Nos bastidores, a AEW Women’s World Champion Thunder Rosa ia ser entrevistada, mas rapidamente foi interrompida por Vickie Guerrero e Nyla Rose, sendo que esta última acabou por levar com um bolo na cara, o que nos levou a uma brawl que foi parada por vários árbitros.

– Samoa Joe venceu ROH World TV Champion Minoru Suzuki: Os dois lutadores começaram este main event como se esperar, ao estalo.

E depois de vários minutos onde vimos chops e vários forearms a acertarem de forma violenta, o combate começou a baixar o ritmo com os dois guerreiros a tentarem começar a impor o seu jogo de submissões, mas nada feito.

Como a agressividade nunca baixou de intensidade, o cansaço foi sendo cada vez mais evidente, o que nos levou a algumas false finishes.

No final, Samoa Joe meteu Minoru Suzuki na terceira corda, tendo acertado o seu Muscle Buster e assim conquistou o ROH World TV Championship.

Já depois do combate terminar, Jay Lethal mostrou um pirete a Samoa Joe, tendo as luzes da arena se apagado, e quando se voltaram a acender, tivemos a presença de Satnam Singh a atacar o “Samoan Submission Machine”.

Jay Lethal e Sonjay Dutt juntaram-se ao gigante, deixando assim uma mensagem ao novo ROH World TV Champion.


O que achaste deste AEW Dynamite?

20 Comentários

  1. Bom show porém…
    Shao Khan precisa urgentemente dar um up na divisão feminina (espero que o papo do megapush da Kris seja real).
    E que final foi esse? Quem era aquele cara? Totalmente anticlimático.

    • Willow4 meses

      A aew tá fraca no feminino mesmo. Talvez seria uma boa um evento só com mulheres num rampage

    • Ronaldo4 meses

      1 luta feminina por show ta mais que otimo

  2. Willow4 meses

    Belíssimas lutas e até agora a melhor foi a do Keith Lee.

  3. Ximira4 meses

    Nossa…esse show foi mediano demais🤦🏻
    Me fez inclusive duvidar que a promotora que fez aquele espetáculo semana passada,fez o de hoje…
    Vamos lá:
    – Em que mundo reDRagon não venceria esse combate contra o Jungle Boy e Luchassaurus?a oportunidade perfeita pra promover uma rivalidade entre reDRagon e FTR surgiu e foi jogada no lixo…ainda não consigo acreditar nesse resultado e ainda enfraqueceu a luta do Hangman contra Adam Cole, pois agora eu tenho certeza absoluta que vai ser mais uma derrota pro Cole.

    – Samoa Joe e Suzuki tiveram um excelente combate,com um final de luta muito bom, daí o Tony Khan pensou: “como eu posso fazer pra causar mais impressão negativa sobre mim,além da história dos boys?aaah sim, vou trazer um gigante indiano aleatório!”.
    O final nem precisava disso,bastava deixar o Lethal aparecer de surpresa e acertar o Lethal Injection e acabar o show com ele criando heel heat (podia até mesmo ser no fim da luta, causando uma vitória pro Joe via DQ,imagina o heat que isso criaria pra este recém heel?).
    Foi terrível o encerramento do show…uma pena.

    – Minha última reclamação: de quem foi a ideia de colocar o CM Punk pra enfrentar o Penta Oscuro e colocar ele pra fazer um spot desses highflyers dos circuito indie? Gente, é o CM Punk! Não precisava fazer isso, agora o cara tem um clip de um botch terrível no repertório da AEW🤦🏻
    Achei legal eles terem trabalhado encima disso na reta final do combate, mas precisava mesmo?

    • Ximira4 meses

      Retificando meu segundo apontamento:
      “Tony Khan pensou: “como eu posso fazer pra causar mais impressão negativa sobre mim,além da história dos bots?aaah sim, vou trazer um gigante indiano aleatório!”.*

  4. Por momentos pensei que o Castagnoli no final e a reação do público sem saber quem aquele gajo era…😂😂

    No geral foi um bom show com exelentes combate com a derrota dos reDRagon abre uma pequena esperança para que o Adam Cole ganhe o título na sexta para perder no Double Or Nothing pro CM punk talvez, não sei a title picture do título mundial tá um pouco imprevisível não sei o qie vai acontecer…

  5. Rui Jesus Messias4 meses

    Keith Lee já leva o pin, sim senhor 😂

  6. Vitor Oliveira4 meses

    sacanagem com o rei Suzuki :/

  7. Gostei:
    – CM Punk vs Penta Oscuro. Que forma de começar este Dynamite, com um combate fantástico. O público esteve elétrico todos este +/- 15 minutos e os 2 mostraram uma grande química entre si.
    – Jurassic Express vs reDRagon. Um ótimo combate, como seria de esperar, e uma ótima psicologia. Bom trabalho por parte dos 4 homens. E mais um onde o público este completamente elétrico!
    – MJF vs Shawn Dean. Gosto desta coisa do Shawn Dean ganhar grandes combates à pala de coisas assim. Já tinha derrotado o MJF por DQ, Spears com uma distração e MJF de novo por count-out. A AEW, obviamente, vai guardar o contacto físico entre Wardlow e MJF para conseguir um pop monstruoso quando Wardlow finalmente atacar MJF. Bom booking para esta feud e um bom combate.
    – Jericho Appreciation Society vs Kingston, Ortiz & Santana. Mais um ótimo combate. O meu momento favorito é quando Santana consegue aquela nearfall com a homenagem a Eddie Guerrero, muito bom. Vitória previsível e vamos ver o que mais esta feud pode trazer.
    – Team Taz vs Lee & Strickland. Uma fantástica tag team match com 4 pessoas que não tem tido tanto destaque como deviam ter no Dynamite. Para mim, até foi melhor que a tag match entre JE e reDRagon. Os heels tiveram bem, os faces ainda melhor, mas um enorme momento para Hobbs a conseguir o pin sobre Lee!
    – Minoru Suzuki vs Samoa Joe. Bem, este combate foi exatamente o que se esperava: 2 homens a matarem-se em ring. E os 2 entregaram nesse departamento, com um ótimo main event. Só ótimo? Sim, porque, após o combate, as luzes vão-se abaixo… Oh meu Deus, quem será? House of Black para começar uma feud com Joe? A estreia de Claudio Castagnoli? Não… o Great Khali 2.0. Um final medíocre para o que tinha sido um ótimo show.

    Não Gostei:
    – Marina Shafir vs Skye Blue. Então a Marina está numa feud com a Jade Cargill… e o melhor que conseguem é ela a squashar a Skye Blue? 2º, quem é suposto eu apoiar na feud entre Cargill e Marina? Porque, por enquanto, as 2 são heels.

    Overall: 7/10. Achei um ótimo show com vários combates de qualidade (destaco todos os combates menos o feminino). Agora, o final do show com o Khali 2.0. foi muito medíocre e só 1 combate feminino (uma squash ainda por cima) são os negativos e prejudicaram um bocado este Dynamite.

    • TheFlyingTuga4 meses

      Eu além daquele final mauzinho e do combate da Marina, metia aí também a promo entre a Thunder Rosa e a Nyla. Só quando a Nyla disse “I like cake and violence” é que me ri. De resto… Vimos algo parecido com a Tony e a Charlote e foi muito criticado

  8. L26MC4 meses

    Não tenho nada contra mas isto dos títulos das outras empresas estarem a serem defendidos no Dynamite, acho algo meio confuso, até para quem quer começar a acompanhar a empresa, acaba por não perceber o porquê de tantos títulos e que importância têm.

    Este final foi péssimo, mau demais, quase sem reações… pensava mesmo que podesse ser o Cesaro.

    Espero que a ideia do Khan passe por separar bem o roster da ROH e do Dynamite, de forma a ficar tudo bem organizado. Não acho benéfico ter em cada Dynamite uma storyline diferente a contar ou um combate aleatório.

    Um card ótimo, mas que rapidamente virou meio vago para aquilo que foi apresentado.

    Estou mesmo apegado a esta storyline do MJF e Wardlow, que rivalidade tão boa! Tão divertida! Amo estes dois, espero mesmo que ambos possam ganhar algo este ano. Talvez o MJF, tirando o título mundial ao Punk e o Wardlow tornar-se TNT Champion e a ter grandes open challenges.

    • Eu acho também a rivalidade dos JAS com o Kingston ortis e santana uma das melhores da actualidade, tenho gostado imensos destes segmentos e é algo de diferente no show…

    • L26MC4 meses

      Para mim, este é o melhor Jericho, da AEW. O Jericho melhorou bastante o seu físico, deixou de ser motivo de gozo e têm um poder gigantesco enquanto heel, o homem realmente é um Deus do wrestling.

      A rivalidade entre os grupos, têm sido porreira, mas falta mais picante, talvez se conseguissem levar esta rivalidade até um PPV e pusessem eles dentro da jaula, (falta-me o nome do combate) igual ao que fizeram no passado entre o, Pinnacle vs Inner Circle, seria um bom terminal de rivalidade, se fosse bem feito.

    • Kick_Ass4 meses

      L26MC acho que a ideia deve ser mesmo essa, visto o Tony Khan ter anunciado o Blood and Guts há poucos dias.
      Estou é curioso para ver quem serão os outros 2 membros a se juntarem ao Kingston, Santana e Ortiz.

    • L26MC4 meses

      Kick_Ass, pela péssima rivalidade que o Guevara está a ter, diria que seria bom optar por pô-lo ao lado dos seus antigos companheiros, encurtavam a rivalidade com o Scorpio e pronto.
      Se realizassem isto, o último membro, podia ser uma surpresa, a ser apresentado só no evento.

  9. Anónimo4 meses

    Ótimo combate entre Ricky Starks e Powerhouse Hoobs vs Keith Lee e Strickland Swerve. Destaco também o ótimo combate entre o Samoa Joe e Minoru Suzuki. Apaga-se as luz, esperava uma boa estreia, mas foi o contrário, achei um final bem horrível.

  10. Kick_Ass4 meses

    Foi um episódio razoável, acima de tudo um episódio mais direcionado para a construção das feuds atuais.
    Agora algo que não nos podemos queixar é a qualidade dos combates, praticamente todos os combates foram de um nível muito bom.

  11. JJer4 meses

    Se é para ter feuds destas mais valia o Black ter ficado na WWE.

    • Kick_Ass4 meses

      Na WWE nem feuds nem combates… desde que subiu ao main roster nem se importaram com ele.