O nosso canal de YouTube está de volta. Subscreve!
Frank casino

A All Elite Wrestling transmitiu esta quarta-feira mais uma edição do AEW Dynamite através do canal TNT, em concorrência direta com o WWE NXT. A edição desta semana foi especial e realizou-se num cruzeiro em alto mar.

Resultados

– “Hangman” Adam Page & Kenny Omega venceram AEW World Tag Team Champions SCU (Frankie Kazarian & Scorpio Sky)
– Britt Baker venceu Priscilla Kelly
– The Inner Circle (AEW World Champion Chris Jericho, Ortiz & Santana) venceram The Jurassic Express (Jungle Boy, Luchasaurus & Marko Stunt)
– MJF venceu Joey Janela
– Jon Moxley venceu PAC (AEW World Championship Nº 1 Contender’s Match)

Vídeos

Watch Wrestling

Report

“Hangman” Adam Page & Kenny Omega venceram AEW World Tag Team Champions SCU (Frankie Kazarian & Scorpio Sky). No primeiro combate desta edição especial do AEW Dynamite tivemos a dupla improvável de “Hangman” Adam Page & Kenny Omega contra os AEW World Tag Team Champions Frankie Kazarian & Scorpio Sky, num combate pelos títulos. Um combate extremamente equilibrado que, no entanto, viu a dupla de Kenny Omega & Adam Page terem um domínio um pouco maior, apesar de só estarem a fazer o seu quinto combate como equipa.

No final, as false finishes multiplicaram-se e por várias vezes tanto pareceu que íamos ter novos campeões como deu a ideia que os SCU iam sobreviver a mais uma equipa. Porém, e apesar de algum desentendimento pelo meio, “Hangman” Adam Page conseguiu com a sua Buck Shot Lariat fazer o pin em Frankie Kazarian, vencer o combate e assim conquistar os AEW World Tag Team Championships.

– Britt Baker venceu Priscilla Kelly. No único combate feminino da noite tivemos Priscilla Kelly a dominar o combate desde cedo, mas a maior experiência de Britt Baker valeu-lhe nos últimos minutos do combate, onde conseguiu equilibrar a contenda, antes de prender o Lockjaw e garantir a vitória.

Depois do combate, Tony Schiavone entrevistou a Britt Baker, que ficou zangada por o comentador estar a questionar o seu carácter e que ela é um modelo a seguir, para além de ser a mulher mais bonita naquele cruzeiro.

The Inner Circle (AEW World Champion Chris Jericho, Ortiz & Santana) venceram The Jurassic Express (Jungle Boy, Luchasaurus & Marko Stunt). Em seguida tivemos o “Le Champion” Chris Jericho em ação no seu próprio cruzeiro, que teve uma entrada arrepiante, com os fãs presentes a cantarem a sua música de entrada.

No que toca ao combate, Chris Jericho, Santana & Ortiz dominaram, tendo isolado Jungle Boy dos seus parceiros. Porém, quando Luchasaurus entrou, o domínio do combate virou, tendo os Jurassic Express até quase ganho o combate quando Marko Stunt fez um 450 Splash no AEW World Champion. Só que Chris Jericho, com o seu Judas Effect, acabou por garantir a vitória.

Depois da vitória, os Inner Circle festejaram em grande estilo com A Little Bit of the Bubbly.

MJF venceu Joey Janela. Um combate equilibrado, este entre MJF e Joey Janela, que teve um domínio um pouco maior de MJF. Porém, no final, parecia que a vitória até ia sorrir a Joey Janela, mas Kip Sabian e Penelope Ford apareceram o que causou a distração, que foi o suficiente para MJF capitalizar e vencer o combate.

No entanto, a noite não acabou bem para o lutador. MJF pegou no microfone e começou a insultar as pessoas no cruzeiro e Cody, até que este apareceu. MJF fez de tudo para que Cody o atacasse, mas quem atacou MJF foram os Young Bucks, que acabaram por o atirar para dentro da piscina do cruzeiro.

Jon Moxley venceu PAC num AEW World Championship Nº 1 Contender’s Match. No main event desta edição do AEW Dynamite tivemos então o combate entre Jon Moxley e PAC, onde quem vencesse se tornaria o novo candidato principal ao AEW World Championship. Os dois que já se tinham defrontado no quarto episódio do AEW Dynamite, num combate que ficou empatado na altura, e demonstraram ter um conhecimento pleno do adversário em vários momentos deste novo combate.

Porém, a lesão no olho do “Death Rider” iria tornar-se influente no rumo do combate, pois PAC conseguiu o domínio depois de um soco bem dado no olho lesionado. Os minutos finais do combate viram o lutador britânico a lutar não só contra Jon Moxley, mas também contra a frustração de não conseguir vencer o seu adversário. Jon Moxley conseguiu então recuperar o suficiente para aplicar o seu Paradigm Shift e assim vencer o combate, tornando-se o próximo adversário de Chris Jericho pelo AEW World Championship.

Nos momentos finais deste AEW Dynamite tivemos um confronto entre o AEW World Champion Chris Jericho, que estava no stage, e Jon Moxley, que estava no ringue.


O que achaste do AEW Dynamite desta semana?

13 Comentários

  1. L26MC4 semanas

    Bom show, espero que o Omega e o Adam Page tenham um bom reinado e espero que no final haja um Heel turn, de preferência do Omega.
    No combate do Inner Circle vs Jurassic Express, pareceu-me que quando o Stunt fez pin ao Jericho, a árbitra contou até 3. Estou ansioso por ver o Hager em ação contra o Luchasaurus.
    Só realçar a linda, linda entrada do Jericho com o público a cantar a sua música.
    Acho que o Jericho não vai perder o título para o Moxley pelo menos para já, sei que ainda falta bastante tempo para esse combate acontecer, mas para mim o Jericho está a fazer um papel enorme como campeão mundial.
    Sobre o Cody e o MJF só espero que quando acontecer o combate entre ambos, seja algo bastante extremo e com sangue envolvido. Gostava que o MJF vencesse, apesar de ser fã do Cody, mas se houvesse depois mais para a frente um título mid card para o MJF vencer, então perfeito.

    • Eduardo Palini4 semanas

      Revi esse momento do Stunt algumas vezes e, realmente, correu meio mal. Pelo que entendi, a árbitra se joga no chão para fazer a contagem e se apoia batendo a mão no chão, dando a entender que aquilo era o começo da contagem, tanto que um dos comentaristas fala “one”. No entanto, a contagem só iniciou depois e parte da plateia se confundiu.

  2. Wrestling4 semanas

    Excelente show, mesmo já sabendo os resultados isso não tirou nada do meu prazer ao assistir. A AEW começou 2020 em força e parece cada vez melhor nas storylines já que estamos mais perto do próximo PPV, o único defeito do show para mim foi terem censurado a crowd sempre que diziam “fuck”, faz parecer que são dos mesmos problemas de audio de sempre quando não é disso que se trata e é intencional não entendo porquê já que o show é TV-14, espero que no futuro caso voltem a precisar de censurar que baixem apenas o som em vez de dar “mute”.

  3. Eduardo Palini4 semanas

    Algum tipo de mágica ocorre quando o Page e o Omega estão dentro do ringue, é simplesmente incrível de assistir. Os dois tem um estilo tão rápido e brutal, além de terem uma química ótima. Quando ocorrer o turn de algum dos dois, imagino que a rivalidade renderá alguns dos melhores combates do ano.

    • Eles tiveram um combate na NJPW há uns anos, foi brutal.
      O final foi fantástico (tão fantástico que o Hangman nem se deve lembrar)

  4. Dani Fixe4 semanas

    Que grande episódio. Melhor que alguns dos PPV da companhia.

  5. Showstealer4 semanas

    Bom episódio do Dynamite, de realçar o excelente opener (para mim foi o combate da noite), também o combate de trios foi bastante porreiro (aquela música de entrada de Chris Jericho é top, das melhores que há) e o main event foi muito bem conseguido como se esperava dada a qualidade de Jon Moxley e PAC.
    Dito isto, já temos o primeiro combate marcado para o AEW Revolution entre Jericho e Moxley pelo título mundial, a primeira troca de títulos na história da AEW (e que acho interessante para o propósito da storyline entre Adam Page e Kenny Omega) e presumivelmente haverá ainda Cody vs MJF no PPV, outro combate que promete em termos de psicologia in-ring.

  6. Max Araújo4 semanas

    Alguém que entende de aew me tira uma dúvida,quando vou assistir a repetição dos shows em um site tem dois shows em uma mesma data e locais diferentes, é tipo um show de 2 horas e outro como se fosse main evento só duas lutas,aí queria saber se esse show de 1 hora é tipo main event ou porque tá tendo dois shows mesmos como se fosse 2 semanais,tá muito confuso isso por causa da questão de lutadores em show principal ou talvez secundário,só estou assistindo a 1 mês mais estou gostando,cenários lindos,lutas boas,boas rivalidades,acho que aquela campeã feminina não é tão boa como algumas que eu já vi,espero que mude de mãos já,Cris Jericho uma fera e o antigo maluco fran Ambrose sei que mudou o nome mas é o costume de falar vai atrás do título principal,sobre as duplas percebi que tem várias e tem algumas boas,tem aquele trio lá de um mascarado,um que é mediano e um me parece anão,me parece uma família,rsrs,desculpe o texto longo,sobre tudo estou amando a aew,nxt o pouco que já vi tem a sua história mais aew chegou mesmo para medir forças e se duvidar daqui a alguns anos pode disputar com os principais shows da WWE,desculpa se eu falei bobagem, é só meu pensamento e minhas dúvidas, abraços glr.

    • Anónimo4 semanas

      A AEW tem o show principal o Dynamite, e tem o o Dark que onde passa combates que foram gravados no mesmo dia que o Dynamite, só que depois passam os combates em dias diferentes.

  7. Anónimo4 semanas

    O primeiro e o último combate foram bons.

    • Max Araújo4 semanas

      Anônimo obg por tirar minha dúvida acima sobre o aew mano

    • Anónimo3 semanas

      De nada, uma coisa que esqueci de mencionar, foi o fato te teres perguntando porque os shows serem em locais diferentes. Os combates que foram gravados durante o Dynamite desta semana, só vão passar na próxima terça feira, daí quando vais ver o Dark, já tens despoível o novo show do Daynamite que dá na próxima quarta feira, é por isso que os locais são diferentes.

  8. Flávio Jr3 semanas

    O que foi a crowd cantando no início ao fim a música do Jericho hein? Sensacional mesmo. Ótimo show, ocorreu tudo muito bem mesmo