Frank casino

Depois do Double or Nothing do passado sábado, a All Elite Wrestling transmitiu esta quarta-feira mais uma edição do AEW Dynamite através do canal TNT e em concorrência com o WWE NXT.

Resultados

– The Young Bucks & Matt Hardy venceram Private Party & Joey Janela
– Brian Cage venceu Lee Johnson
– AEW Women’s World Champion Hikaru Shida venceu Christi Jaynes (Non-Title Match)
– Kip Sabian & Jimmy Havoc venceram SCU (Frankie Kazarian & Scorpio Sky)
– Jungle Boy venceu TNT Championship Nº 1 Contender’s Battle Royal

Vídeos

Watch Wrestling

Report

O Dynamite abriu com uma promo dos Inner Circle fora da arena, onde o grupo estava destruído emocionalmente pela derrota no Stadium Stampede Match do Double or Nothing.

Ainda antes do primeiro combate tivemos uma promo dos The Elite, acompanhados por Matt Hardy, e já depois da saída de Adam “Hangman” Page e Kenny Omega do segmento, os Young Bucks pediram a Matt Hardy para hoje não ser o “Broken” Matt Hardy, mas sim uma outra versão sua.

– The Young Bucks & Matt Hardy venceram Private Party & Joey Janela: Os Young Bucks acabaram por fazer equipa com uma versão do início da carreira de Matt Hardy e o início do combate foi prometedor para o trio. Porém, os Private Party & Joey Janela dominaram até quase ao final, que foi quando Marq Quen se lesionou. O combate acabou pouco depois, com os Young Bucks a acertarem o More Bang for your Buck para a vitória.

Depois do combate, The Butcher & The Blade atacaram os Young Bucks e foi então que tivemos uma das maiores surpresas da noite: a estreia dos FTR. Estes apareceram numa carrinha pick-up preta, entraram no ringue e quando parecia que os FTR iam também atacar os Young Bucks, atacaram The Butcher & The Blade. O segmento acabou com um stare down entre as duas equipas rivais.

De regresso à arena, o AEW World Champion Jox Moxley juntou-se aos comentadores, onde falou do combate que teve no Double or Nothing, antes de termos a estreia em combates de singulares e no AEW Dynamite por parte de Brian Cage, vencedor do Casino Ladder Match.

– Brian Cage venceu Lee Johnson: A estreia de Brian Cage foi pura destruição. “The Machine” não perdeu tempo com Lee Johnson e venceu o combate com o Drill Claw.

Assim que o combate acabou, Taz fez uma promo onde explicou que respeita o AEW World Champion Jon Moxley, mas que no AEW Fyter Fest ele vai ficar sem o título. Taz fechou a sua promo reutilizando a sua catchphrase que usava na ECW, de que Jon Moxley pode tentar vencer Brian Cage, mas só irá sobreviver se o “Machine” deixar.

Em seguida tivemos a Britt Baker a explicar que a sua lesão foi um ato de conspiração feito por toda a divisão feminina da All Elite Wrestling, insultando várias lutadoras ad mesma, e que irá regressar aos ringues no AEW All Out, que se realiza no início de Setembro.

– AEW Women’s World Champion Hikaru Shida venceu Christi Jaynes (Non-Title Match): No primeiro combate de Hikaru Shida como AEW Women’s World Champion, a lutadora japonesa defrontou a lutadora brasileira Christi Jaynes.

A AEW Women’s World Champion dominou grande parte do combate, apesar de Christi Jaynes ter tido alguma ofensiva. No final, o Falcon Arrow foi o suficiente para Hikaru Shida arrecadar a vitória.

Logo de seguida tivemos Cody pela primeira vez com o TNT Championship no ringue do Dynamite, e o “American Nightmare” explicou que cresceu à frente dos olhos dos fãs e que todos dizem que ele não é assim tão bom no ringue, ao ponto de só ter sido o quarto lutador a quem Tony Khan telefonou quando formou a AEW. Cody referiu que vai trabalhar mais, esforçar-se mais e mostrar mais tenacidade do que todos os outros.

Depois disso, Cody disse que enquanto TNT Champion ele vai dar o seu melhor e que, como agradecimento aos fãs, irá defender o TNT Championship todas as semanas no Dynamite, lançando um Open Challenge. Quem o quiser enfrentar pelo título só terá que ir até ao ringue.

– Kip Sabian & Jimmy Havoc venceram SCU (Frankie Kazarian & Scorpio Sky): Ainda antes do combate começar, Kip Sabian & Jimmy Havoc atacaram os SCU pelas costas e isso fez com que garantissem o domínio do combate desde início. Depois de terem isolado o veterano Frankie Kazarian durante vários minutos, finalmente o tag foi feito em Scorpio Sky, que com a sua agilidade virou o combate a favor dos SCU.

Os SCU até pareciam bem encaminhados para a vitória, mas Penelope Ford agarrou a perna de Frankie Kazarian, o que permitiu que Kip Sabian & Jimmy Havoc, com um golpe em equipa, vencessem o combate. Assim, para a próxima semana teremos Kip Sabian & Jimmy Havoc contra os AEW World Tag Team Champions Kenny Omega & Adam “Hangman” Page.

– Jungle Boy venceu TNT Championship Nº 1 Contender’s Battle Royal: No último combate da noite tivemos uma Battle Royal para definir quem irá defrontar o TNT Champion Cody na próxima semana. Como toda e qualquer Battle Royal, tivemos um combate confuso e com várias coisas a acontecer ao mesmo tempo.

Lutadores como Billy Gunn, Luchasaurus e Wardlow fizeram uso da sua força para chegar aos momentos finais do combate. Nos últimos 6 lutadores, para além desses 3 lutadores, estavam também MJF, Jungle Boy e Orange Cassidy, tendo este último chegado ao ringue apenas perto do final do combate, porque foi atacado por Santana & Ortiz ainda antes do mesmo começar.

Os últimos dois lutadores em ringue foram Jungle Boy e Orange Cassidy, e depois de várias quase eliminações, Jungle Boy usou toda a sua agilidade para se segurar com uma mão na corda superior e atirar Orange Cassidy ao chão, vencendo assim o combate.

O último segmento deste AEW Dynamite foi o Pep Rally dos Inner Circle. Todos os elementos do grupo deram prendas uns aos outros, mas parecia que o verniz ia estalar entre Chris Jericho e o seu protegido Sammy Guevara, pois o “Spanish God” não tinha trazido a Little Bit of the Bubbly.

Foi então que tivemos a aparição de Mike Tyson, acompanhado por um grupo de pessoas onde se incluía lutadores de MMA como Henry Cejudo, Rashad Evans e o brasileiro Vitor Belfort.

“Le Champion”, que já tinha dito que queria a cabeça de Mike Tyson por este o ter traído em 2010, exigiu que “Iron Mike” lhe pedisse desculpa. Quando isso não aconteceu, Chris Jericho empurrou Mike Tyson e foi então que se montou o monumental tarantantan, com os dois grupos a começaram à porrada, tendo sido outros lutadores da All Elite Wrestling e os vários árbitros a separar.

O episódio acabou com toda esta confusão instalada e com Mike Tyson e Chris Jericho a quererem a cabeça um do outro.


O que achaste do AEW Dynamite desta semana?

55 Comentários

  1. Anónimo5 meses

    Grande show e este final vai gerar bastante publicidade, devem utilizar o Mike Tyson como manager de alguém para enfrentar o Chris Jericho num eventual show ou PPV, desde que não ponham non-wrestlers a lutar já fico feliz porque fazer o contrário disso seria quebrar uma regra importante de conduta enquanto empresa de wrestling.

  2. KOTK5 meses

    Achei um ótimo show. segmento final hilário. E bom ver dois brasileiros presentes, apesar que estou farto de ver esse tipo de gimmick esteriótipada sobre brasileiros, mas achei que Jaynes lutou bem.

    • Stalker5 meses

      Eu vi o Vitor e quem era o outro , fora que notei que o Cejudo estava ali também .

    • KOTK5 meses

      Me referia a Christi Jaynes

    • Anónimo5 meses

      Realmemnte, concordo nessa parte da gimmick sobre brasileiros, bem que podiam mudar isso.

  3. FTR fuck, fuck, fuck 🔥🔥🔥🔥

  4. Mais um episódio do Dynamite bastante consistente por parte da AEW. Gostei bastante do opener e do angle que se seguiu e culminou com a estreia de FTR, houve várias boas promos ao longo do show, o combate feminino foi porreiro (Christi Jaynes voltou a mostrar que tem potencial), o tag team match também foi entertaining e ajuda a credibilizar Kip Sabian & Jimmy Havoc, a Battle Royal foi bem estruturada e teve o vencedor correto (Jungle Boy merece depois do excelente combate protagonizado com MJF no Double or Nothing) e o main event foi bastante engraçado e sério ao mesmo tempo (os Inner Circle são daqueles vilões que sabem fazer as pessoas gostar deles e odiá-los em simultâneo).

    • Se o Kip e o Havoc continuarem como equipa, acredito que serão campeões tag.

    • É possível, Mr Brodie Lee. Mas eu só daria os títulos daqui a uns meses, acho que ainda não estão preparados por enquanto.

    • Se fosse eu, acho que só daria para o ano.

    • Sim, sim. Era capaz de ser a melhor solução, apressar as coisas raramente resulta.

    • Ederzito5 meses

      Muito dificilmente o Kip e o Havoc serão campeões, esta tag team é mais para eles não se perderem…

      A AEW na tag team Division tem:

      Young Bucks
      Proud and Powerful
      Lucha Bros
      Best Friends
      FTR
      SCU
      Private Party
      Butcher & The Blade
      Jurassic Express
      Dark Order

      Todas estas equipas são claramente mais prioritárias que o Sabian e o Havoc, além disso ainda há equipas tipo Hybrid Two que vejo muito mais facilmente a terem sucesso que o Sabian e o Havoc.

    • Concordo em absoluto, Ederzito. É ainda uma “long shot”, quem sabe no futuro…

    • É isso, Ederzito.

  5. Surf5 meses

    Onde é que já vi este confronto? 🤔

  6. Gostei, como de costume. Primeiro Brian Cage, agora FTR, a AEW está a contratar grandes nomes do Wrestling. Provavelmente vai haver uma storyline entre QT e Allie, já que houve provocação por parte dela e neste Dynamite estavam juntos na crowd.

    • Concordo, sim senhor. Esse angle entre Allie e QT Marshall já começou no Dark de terça-feira, foi o que até falámos na altura.
      Interessante ver a continuidade disso no Dynamite de ontem e Brandi Rhodes a tocar no QT para ele ouvir a promo de Cody em vez de estar distraído xD

  7. A Vickie Guerrero apareceu como principal cheerleader do Pep Rally

  8. mackay - lokura das massas5 meses

    Vcs vão rir, mas bem que o Tyson poderia chamar o Hollyfield pra participar tendo em vista que os problemas entre os 2 ficaram no passado, certo? Queria ver de novo Hardy x Holyfield igual naquele wwf saturday main-event do fim dos anos 90/inicio dos 2000. Se o Vanderlei Silva e o Belfort estivesse de boa (acho q não estão), poderia acontecer a tal sonhada “revanche” que o Silva espera há + de 20 anos. Rsrs. Lembram do UFC realizada no estádio do Canindé em 1998 com o main-event (V.Silva x Belfort)?

  9. sagan demon haunted5 meses

    espero pra que roh, njpw, impact, bwf, entre outras ligas de pro-wrestling ao redor do mundo superem essa crise financeira, pq me parece que wwe e aew estão bem demais em todos os sentidos, apesar dos pesares, principalmente a aew q consegue reunir todos esses astros em meio a pandemia.

  10. Vocês podem gostar, mas o meu interesse em ver o Mike Tyson numa storyline com o Jericho ou qualquer outra pessoa é nula, especialmente em 2020. Percebo o objetivo disto (tentar atrair publicidade e fãs novos), mas não gostei. É um bocado WWE-esque. Mas tudo bem…

    O resto do show foi bastante sólido. O opener foi um bom combate e o debut dos Revival foi excelente. O segmento da Britt Baker foi engraçado e é exatamente este tipo de coisas que ela tem de fazer enquanto está de fora. Manter o heat. Boa promo também do Taz a dar algum heat à feud entre o Moxley e o Cage – o combate deles deverá ser brutal. Boa promo babyface do Cody, adoro a ideia do Open Challenge e o combate com o Jungle Boy promete bastante (a battle royal foi um bocado meh, mas também muitos deles eram basicamente jobbers).

    Bom show, apesar de não ter gostado do main-event. Vocês sabem que o mais provável é o Mike Tyson acabar por ter um combate, talvez mesmo no Fyter Test. E o mesmo vai para os outros lutadores de MMA. Não gostei, mas respeito quem goste. Simplesmente não é para mim e fico com pena que a AEW tenha ido por este caminho.

    • Já reparei que o angle do Tyson teve bastante mainstream attention nas redes sociais, isso é bom para a AEW. Tal como disse, percebo perfeitamente o porquê de o terem feito, simplesmente não me interessa muito uma feud que envolva o Tyson.

    • Facebook Profile photo

      Também achei o show muito bom tirando essa parte que a meu ver foi para os ratings e como tu dizes, para ganhar fãs novos.

    • É naquela, sabes.. não sou fã, mas a AEW é um novo nome e precisa de toda a publicidade possível.

    • Concordo contigo Pedro.Tipo, fazer uma ou duas aparições para trazer mais público, ok. Mas agora entrar numa feud esqueçam lá.

  11. Não me canso de dizer isto ahahah… mais um bom episódio !

    Esta divisão tag team da AEW é a melhor que vi até hoje… já era excelente e ainda juntam os FTR, OMG !!

    Cage vs Moxley promete, vai ser um combate duro! Penso que o Moxley retém, gostava de o ver perder o título para o MJF.

    Kip Sabian & Jimmy Havoc vs Hagman & Omega para a semana vai ser um bom combate, acho que os campeões retém o título e perdem no PPV para os Best Friends, penso é que estes vão ter um reinado curto, porque acho que vão perder para o Santana e Ortiz os títulos na sua primeira defesa, daí existir aquele angle do ataque ao Orange Cassidy vai ajudar o Santana e Ortiz a ganhar uma title shot.

    Jungle Boy vs Cody para a semana, não vejo o Cody a perder já o título, acho que foi mais um prémio ao Jungle Boy pelo belo combate que deu com o MJF.

    O final foi muito engraçado, é impossível não gostar dos Inner Circle e bom hype para o Mike Tyson.

    • Ederzito5 meses

      O Moxley vai perder o título para o Hangman, tenho a certeza

    • Tenho a sensação que perde primeiro para o Omega e este depois perde para o Hangman. Mas também é possivel que seja já o Hangman.

    • Não me parece que vá perder o título para o Omega, já tiveram uma feud e não vejo a AEW a repetir a mesma tão cedo.
      Algo que me passa pela cabeça é que o Omega e o Hangman vão perder os títulos e vão entrar em feud um com o outro e daí o Hangman sai lançado para o main event… não vejo outra forma de acontecer Hangman vs Moxley.
      Quanto ao Cage penso que perde e entra em feud com o Darby Allin a seguir.

  12. Facebook Profile photo

    E como prometi ao anónimo, eu vou acompanhar mais a AEW.
    Vou dar a minha opinião do show. De 0 a 10, vou dar um 8.5.
    Para começar, gostei da promo dos Young and Matt, mas o Matt mudar de personagem em segundos, não sei se acrescenta algo mas não é por aí que tenho que criticar a fundo, apenas não é o que gosto.
    Quanto ao combate, gostei e deixo aqui a minha satisfação. Nada contra, mas os Private Party, fazem-me lembrar os Street Profits. Mas não se esqueçam, faltei algumas aulas de AEW, por isso, alguns ainda não conheço bem.
    De seguida, tivemos os Revival… Ups… FTR a fazer o debut e que debut! Não estava já à espera. Gostei.
    De seguida, gostei da brutalidade de Brian Cage, acho que merece o que está a acontecer, mas não já. Preferia ver outro combate entre Brodie Lee para sentenciar a rivalidade e depois sim, após um PPV a solo e a vencer, poderia enfrentar o Moxley. Fez a estreia num PPV, já vai perder no próximo? Acho que aí não fez sentido já lutar pelo o título, a não ser que o vença. Mas não vejo isso a acontecer. Mesmo assim, vai ser interessante. O Mox tem respeito pelo o Brian.
    Sobre a conspiração do roster feminino não é algo que me puxe. Acho que se fosse a Nia a quebrar o nariz dela, já estavam aqui a criticar a dizer que é uma péssima Wrestler. Mas como é a nova empresa, vamos ter cuidado com as palavras. Mas isto é o que eu acho. Posso estar, redondamente errado.
    Gostei da promo do Cody, genuíno e todo ao Apollo Crews. Vamos ter championship matchs todas as semanas. I like it! Antes disso, tivemos um bom combate feminino! Não conheço muito ainda das lutadoras, com isso, não vou falar do que não sei. Mas gostei, principalmente da champ, que em 2020, só têm uma derrota.
    De seguida, ouve mais um bom combate de Wrestling, só que estava à espera que os SCU saíssem vencedores. Vamos ver o que vai rolar para o Havoc e Sabian. Se causam surpresa ou não… Veremos!
    Sobre a Battle Royal, gostei do combate em si, gerou curiosidade até ao final, exatamente o que eu quero num combate deste tipo (por exemplo, na WWE muitas vezes já sabemos quem vai vencer) e isso fez-me gostar do combate. Foi o nosso jovem, Jungle Boy que ainda no DorN estava a elogiá-lo e parece que os elogios foram justos. Venceu e tenho a certeza que vamos ver um excelente combate pelo o TNT championship.
    Sobre o Tyson e Jericho, não vou comentar muito, só achei que foi para os ratings. Não vejo o Tyson fazer wrestling por isso, não sei o que vai acontecer.
    Com isto, me despeço, voltarei sábado ou domingo para fazer a minha análise ao Smackdown.

    • Gustavo Noronha5 meses

      Parabéns pela análise, muito boa para alguém que quase não acompanha a AEW.

    • Facebook Profile photo

      Obrigado pelo o feedback. Independentemente acompanhando ou não uma empresa, se eu ver o show sei analisá-lo, mas existe aqui no site bem melhores analistas. Alguns anos de WWE e dos bons tempos e ganhamos sempre para uns anos mais tarde entendermos que é algo muito mais que ser “fake fight” Por isso é que sou a favor da evolução do Wrestling português, era bonito um canal de TV mostrar o que somos capazes e apostar nisso. Acredito que com suporte iriam aparecer mais alguns com a paixão de o fazer. Mas isto é só a minha opinião. Posso estar errado.

    • Anónimo5 meses

      Fui eu o Anonimo nos resultados do DoN, bom te ver por aqui.

    • Facebook Profile photo

      Bem te disse que ia estar mais atento. Só gostava que o Brian não defronta-se já o Moxley. Ganhar na estreia e perder no ppv a seguir não é uma jogada inteligente.

  13. AEW provando novamente que é a mais nova TNA, tinha tudo pra ser a melhor, pegava lutadores(as) a rodo da WWE no início dos anos 2000, tinha ótimas tags, fazia Dream Match’s incríveis, mas simplesmente se ferrou como todas as outras, pq sabiam que não dá pra bater a WWE por tão gigante e inovadora que ela era e é ainda, sinto pena, mas gosto de tudo que está acontecendo, mas não digam que eu avisei, nova TNA no pedaço.

    • Anónimo5 meses

      Estamos a meio de uma pandemia e tu andas é preocupado com isso, mais juízo e menos más analogias se faz favor

    • Facebook Profile photo

      Para isso, tinham que ter lá o AjStyles 🤣

    • Anónimo acho que todos aqui merecem respeito e concordância, respeito sua opinião, mas respeite a minha. Minha intenção não foi atacar a AEW, gosto do Wrestling deles, é muito bom, só fiz uma analogia do meu ponto de vista.

    • Alexandre5 meses

      Respeito sua opinião mas discordo, a aew tem um aporte financeiro muito superior ao da tna, precisam corrigir alguns aspectos sim, mas hoje eles oferecem um show acima da WWE, compare o último ppv de ambas

    • Anónimo5 meses

      Nova TNA pq?! Pareceu mais comentariozinho de fanboy de WWE, e nem argumento deu. Não existe nada de “nova TNA” por aqui, e sim All Elite Wrestling.

    • Anónima, novamente não ataquei nada, só foi minha opinião e não sou fanboy de WWE, eu gosto de Wrestling de verdade e só isso. Você tirou suas conclusões e eu fui respeitoso, agora não me chame de fanboy só pq comparei duas companhias, comparei e posso voltar a comparar.

  14. Wrestling5 meses

    Mais uma excelente edição do Dynamite, gostei de todos os combates e segmentos e mesmo não sendo o maior fã daquele segmento final, não se pode negar a atenção e publicidade fora do wrestling que gera. Por isso mesmo, não vejo nenhum problema pois penso que isto servirá para algum babyface de topo representar o Mike Tyson num combate contra o Chris Jericho e sempre é um bom programa para esta altura sem crowds nas arenas.

    Para finalizar o meu comentário, deixo só uma imagem da página principal do Record hoje
    https://i.imgur.com/dwjAt9M.png

  15. AEW ROCKS!!

  16. Show excelente sem mais a dizer
    Team tyson vs team Jericho em breve.

  17. duzonraven5 meses

    Foi um ótimo show, me prendeu do começo ao fim. Boas promos, bons combates!
    Arrisco dizer que o Inner Circle é a melhor coisa no wrestling atualmente!
    Britt Baker conseguindo trazer atenção a divisão feminina mesmo sem lutar, bom segmento!

  18. El Cuebro5 meses

    Gostei muito do show de ontem, tivemos a participação até boa da Christi Jaynes, uma presença brasileira no wrestling é sempre boa, a primeira aparição dos agora FTR, o angle de Tyson e Jericho até me agradou também, Bryan Cage se mostrando uma nova força dominante, Moxley terá uns problemas aí e a Battle Royal me agradou muito principalmente o final dela com o Orange e o Jungle Boy, fizeram ótima luta!

  19. Facebook Profile photo

    Não vi o show ao vivo! mas fico feliz que dois brasileiros apareceram na edição de quarta

  20. É de aplaudir o profissionalismo do Jericho, porque se fosse eu que estivesse no ringue, desmanchava-me a rir das figuras que o Tyson fez.