A AEW transmitiu esta quarta-feira mais uma edição do Dynamite no canal TBS, especial Fight For The Fallen, a partir do DCU Center em Worcester, Massachusetts.

Resultados

– AEW Interim World Champion Jon Moxley venceu Rush
– FTW Champion Ricky Starks venceu Danhausen
– HOOK venceu FTW Champion Ricky Starks
– Sammy Guevara venceu Dante Martin
– AEW World Tag Team Champion Swerve Strickland venceu Tony Nese & Mark Sterling (Handicap Match)
– AEW Women’s World Champion Thunder Rosa venceu Miyu Yamashita
– Daniel Garcia venceu Bryan Danielson

Vídeos

Watch Wrestling

Report

– AEW Interim World Champion Jon Moxley venceu Rush: Rush atacou Jon Moxley enquanto este fazia a sua entrada e com isso fez o campeão sangrar desde cedo, mas a fanfarronice do mexicano, abriu espaço para o “Purveyor of Violence” ter bastante ofensiva, mas ainda assim “El Toro Blanco” com alguma batota esteve com o ímpeto do seu lado.

A agressividade esteve sempre num nível bastante elevado e com isso o AEW Interim World Champion foi sempre mantendo-se na luta durante este opener, e com isso as quase vitórias foram começando a aparecer.

Nos minutos finais, Rush até teve hipótese de vencer, mas Jon Moxley virou o combate a seu favor e depois de acertar o Death Rider, apertou o Bulldog Choke e Rush desmaiou e assim, o lutador do Blackpool Combat Club reteve o título.

Assim que o combate terminou, tivemos a Jericho Appreciation Society, com Chris Jericho a dizer que Jon Moxley está a fazer um bom trabalho enquanto campeão interino, mas que não está a fazer o trabalho que eles estão a fazer. Já depois de Anna Jay ter explicado que é a mais forte e mais sexy, o “Wizard” relembrou que venceu Eddie Kingston e desafiou então Jon Moxley para um combate pelo AEW Interim World Championship.

O “Purveyor of Violence” explicou então que ele está farto desta palhaçada de Sports Entertainment e que no passado ele olhava para Chris Jericho como um ídolo, mas está farto destas palhaçadas do “Wizard” e da Jericho Appreciation Society, e que se vai defender o título contra Chris Jericho, então quer defender o título contra o último sobrevivente da Hart Dungeon, o “Lion Heart”.

O AEW Interim World Championship Match entre Jon Moxley e Chris Jericho acabou por ficar marcado para o Dynamite Quake By The Lake do dia 10 de Agosto.

De seguida, tivemos Excalibur a anunciar a chegada dos AEW World Trios Championships, sendo que os primeiros campeões irão ser coroados no All Out.

Nos bastidores, Dante Martin explicou que ele tem se esforçado para ter o respeito das pessoas ao contrário de Sammy Guevara e hoje irá provar isso, e irá levar Skye Blue para perto do ringue, para esta parar Tay Conti.

FTW Champion Ricky Starks venceu Danhausen: Danhausen tentou amaldiçoar Ricky Starks e isso ia criando uma grande surpresa, mas no final, o FTW Champion acertou o Spear e reteve o título.

Assim que o combate terminou, Ricky Starks disse que ainda tinha vontade de lutar e por isso desafiou qualquer lutador a vir ao ringue. E quem respondeu a este desafio foi HOOK.

HOOK venceu FTW Champion Ricky Starks: E o jovem entrou de forma dominante para êxtase dos fãs na arena, mas Ricky Starks parecia que tinha virado o combate a seu favor com um Spear. No entanto, quando o “Absolute” tentou aplicar o seu Roshambo, HOOK contra-atacou e aplicou o Redrum e fez o seu adversário desistir, e assim temos novo FTW Champion.

Depois do embate terminar, os dois cumprimentaram-se mostrando respeito mútuo.

Ainda em ringue, Ricky Starks foi entrevistado e este afirmou que pegou naquele título e o trouxe para a proeminência e que ele merece mais do que 40 segundos de microfone e que para todas as pessoas que afirmam que ele precisa de ter paciência, ele não quer saber, o seu momento é agora. No entanto, de forma inesperada Powerhouse Hobbs atacou Ricky Starks e deixou uma mensagem enfática, aquele que foi o seu parceiro de equipa até agora.

Nos bastidores, os Acclaimed afirmaram que irão vencer o Gunn Club, mas que estes só irão saber qual o tipo de embate que terão no futuro.

– Sammy Guevara venceu Dante Martin: Os dois lutadores tentaram usar a sua velocidade e agilidade, e acabou por ser Dante Martin que tanto dentro como fora do ringue provou voar mais e melhor que Sammy Guevara.

O “Spanish God” conseguiu virar o ímpeto a seu favor e dominou durante vários minutos, mas a incrível agilidade de Dante Martin voltou a aparecer e com isso as quase vitórias foram sendo cada mais frequentes. No final, Tay Conti distraiu o adversário do seu namorado, e isso abriu espaço para Sammy Guevara acertar um Springboard Cutter seguido do seu GTH que lhe deu a vitória.

Após o combate terminar Sammy Guevara e Tay Conti continuaram a atacar Dante Martin, até que Skye Blue os tentou parar, mas foi atacada pelas costas por Anna Jay. O ataque terminou quando, Eddie Kingston, Ortiz e Ruby Soho vieram para o ringue, o que fez os três lutadores da Jericho Appreciation Society fugir do ringue.

No backstage, Daniel Garcia foi entrevistado e este explicou que Bryan Danielson não tem lutado como ele e quando o vencer hoje, as pessoas vão dizer que ele é que é o melhor lutador técnico do Mundo.

A seguir, tivemos Sonjay Dutt e Jay Lethal a insultar os Best Friends, que rapidamente apareceram e explicaram se eles querem lutar, então no Rampage teremos um 6-Man Tag Team Match, mas Sonjay Dutt rejeitou o desafio. Chuck Taylor começou então a provocar Sonjay Dutt a perguntar se ele já não tinha o que era necessário e este aceitou o desafio, tendo em seguida percebido que cometeu um erro.

De regresso ao ringue tivemos Jungle Boy a ser entrevistado e este não perdeu tempo a dizer que Christian Cage é um medroso e que durante semanas falou mal da sua família e que agora é novamente relevante. Jungle Boy não perdeu tempo a dizer que Christian Cage precisa de dinheiro porque a sua mulher divorciou-se dele, tendo o jovem continuado a insultar o seu antigo mentor, até que o “Instant Classic” apareceu nos bastidores.

Este não perdeu tempo a insultar Jungle Boy e a dizer que Luchasaurus é o cão de colo do seu amigo, e que o jovem cometeu um erro ao contar-lhe todos os seus segredos e que ele irá meter Jungle Boy no mesmo buraco onde está o seu pai.

De seguida, tivemos os Young Bucks a falar sobre os AEW Trios Championships, tendo dado de caras com “Hangman” Adam Page. Os três tiveram uma conversa algo estranha, mas estes foram interrompidos pela Dark Order.

– AEW World Tag Team Champion Swerve Strickland venceu Tony Nese & Mark Sterling (Handicap Match): Swerve Strickland entrou melhor, mas com alguma batota à mistura, Tony Nese e Mark Sterling ficaram no controlo, muito por causa do “Premier Athlete”. O controlo durou durante alguns minutos, mas o campeão de equipas virou o ímpeto a seu favor e depois de tirar Tony Nese do caminho, venceu Mark Sterling sem problemas.

Depois do embate terminar, tivemos imagens de Josh Woods em cima de Keith Lee nos bastidores, tendo Tony Nese atacado Swerve Strickland pelas costas, mostrando que querem ser os novos candidatos aos AEW World Tag Team Championships.

De seguida, tivemos Malakai Black a falar de Miro e a dizer que eles podem falar de forma diferente, mas ambos querem o mesmo e que se o búlgaro quiser, ele pode ajudá-lo a chegar ao trono que sempre quis. Brody King apareceu então e explicou que destruiu Darby Allin porque quis e irá voltar a fazê-lo num Coffin Match.

– AEW Women’s World Champion Thunder Rosa venceu Miyu Yamashita: Este embate começou de forma técnica e equilibrada, sendo que a agressividade foi aumentando de nível com o passar dos minutos, tendo fora do ringue, Miyu Yamashita virado o ímpeto a seu favor.

O nipónica dominou a campeã durante vários minutos, mas “La Mera Mera” foi conseguindo equilibrar esta contenda e com isso as hipóteses de vitória foram começando a aparecer.

Miyu Yamashita quase conquistou o AEW Women’s World Championship por várias vezes, mas no final, a campeã conseguiu contra-atacar uma joelhada e aplicou o seu Fire Thunder Driver e reteve o seu título.

– Daniel Garcia venceu Bryan Danielson: Bryan Danielson entrou de forma extremamente agressiva e foi destruindo Daniel Garcia de forma sádica, sendo que o jovem foi tendo ofensiva sempre que podia.

O main event mudou de figura quando o “American Dragon” acertou o seu habitual Dropkick da terceira corda, pois acabou por ficar magoado na sua cabeça e isso deu uma abertura ao jovem para atacar o seu adversário, tendo até acertado um DDT no cimento fora do ringue.

Já com Bryan Danielson a sangrar, o lutador da Jericho Appreciation Society foi dominando durante vários minutos, mas o lutador do Blackpool Combat Club nunca se deu por vencido e usou toda a sua agressividade para equilibrar este embate.

Os dois lutadores nunca baixaram a intensidade e a agressividade e como seria de esperar as false finishes foram sendo cada vez mais frequentes, com ambos a mostrar uma grande vontade de vencer.

Fora do ringue, Bryan Danielson acertou uma joelhada voadora no seu oponente, e quando o meteu dentro do ringue acabou por ser agarrado por alguém que estava debaixo do ringue, o que abriu espaço para Daniel Garcia aplicar uma Piledriver, seguido do seu Sharpshooter, onde o “American Dragon” acabou por desmaiar por causa das dores.

O Dynamite terminou com, Jake Hager que estava debaixo do ringue e Chris Jericho a festejarem com Daniel Garcia.


O que achaste deste AEW Dynamite Fight For The Fallen?

29 Comentários

  1. Facebook Profile photo

    Hook FTW champion… que desilusão

    • Tu queria o que mesmo?

    • Facebook Profile photo

      Com tanto talento naquele roster porquê ele? Não passa de um overated com a “cunha” do Taz

    • Facebook Profile photo

      Hook é filho de Taz e o título é em homenagem ao seu pai q é comentarista da AEW.

    • JOAOPEDROOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO2 meses

      Achas que o Hook não tem talento ou não merece?

    • coiso2 meses

      Também não gosto do Hook, no entanto, aqui tens de ver o copo meio cheio: o enorme Ricky Starks perde o título, mas liberta-se para outros melhores e mais importantes & histórias mais interessantes.

  2. The Name2 meses

    HOOK FTW CHAMPION, FUCK YEAH! 🔥
    E que heel turn do Hobbs, grande swerve! Finalmente vamos ter Ricky Starks como babyface!

  3. É galera, vamos apreciar o último show da AEW já que vai acabar… Eu sei que é a 49ª vez que dizem isso, mas agora é certeza do fim… R.I.P.

  4. Gustavo2 meses

    Que show me…o único interessante foi algo envolvendo um título irrelevante

  5. Excelente show, dando destaques pros novos talentos.

  6. The Name2 meses

    Finalmente um show que a AEW nos acostumou, um excelente show, nada comparado com o da semana passada!

    Adorei ver o Hook a tornar-se ftw champion e o segmento a seguir foi brilhante com o Ricky starks a fazer uma promo e do nada o Hobbs ataca-lhe, muito bem feito! Sairam todos a ganhar! Mal posso esperar para ver o Ricky a ser um grande babyface tipo Hangman e ir para a main event scene, tudo isto foi perfeito!

    Também gostei de ver o Daniel Garcia a ganhar sobre o Bryan, para quem dizia que ia ser um show previsível aqui está a resposta! E props para o Bryan porque ele já fazia isto na wwe, que é deixar os talentos mais novos brilharem, o combate em si foi também muito bom como seria de esperar, Daniel Garcia é o futuro e mal posso esperar para o ver no BCC!

  7. therock982 meses

    Dynamite bem agradável, bons combates, alguns desenvolvimentos nas histórias e acima de tudo um foco em elevar os jovens talentos.

  8. L26MC2 meses

    Hook
    Hobbs
    Starks
    Jungle
    Garcia

    Estes 5 cada vez mais afirmam-se como o futuro desta empresa.
    O Hook têm tido uma gimmick que têm explodido.

    O Starks é perfeito, espero mesmo que o Khan possa realmente dar-lhe todas as oportunidades possíveis e liberdade, porque este gajo é uma jóia.

    Hobbs, vai ganhar finalmente destaque, com o aparecimento da ROH era dos lutadores que gostava de ver a brilhar por lá.

    Jungle Boy, é o que todos sabemos, aos poucos vai tornando-se o possível grande babyface da empresa.

    Daniel Garcia, acho que é o mais novo dos 5, esta aliança com o Jericho caiu tão bem! Que talento!
    Fico contente que a AEW possa ter dado esta vitória em cima do Bryan, mesmo roubada, vitória é vitória, ainda por mais no wrestling.

    ———————————————————————————

    Punha um Steel Cage Match, entre os Gunn e os Acclameid. A rivalidade precisa ganhar um tom mais serio e visto que estes têm apresentado-se mais para o lado da comédia, seria interessante ver eles todos neste registro.

    Os títulos de Tags começam com um arranque fraquinho, já começa a ser costume, têm havido muita falta de ideias para criar boas storylines para os seus títulos.

    O título mundial feminino a mesma coisa.

    O Wardlow visto que queria um open challenge para o título, devia aparecer todas as semanas. Impossível crescer em personagem e o título ganhar algum prestígio, se quando acertam no campeão desaparecem com os dois e quando voltam o público já pouco quer saber.

    O Moxley apesar de estar a fazer coisas boas com o título, finalmente vai ter um adversário a altura e que sabe levar as coisas para agradar os fãs, não fosse esse homem o Jericho.
    Muito ansioso por esse combate, mas mais ansioso ainda pelo regresso do Punk, que talvez até possa acontecer nesse pós combate.

    O Main Event, foi brilhante!
    Combate belíssimo e vitória muito importante para a caminhada do Garcia, que já merecia esta vitória.
    Deveremos de futuro ter um rematch entre o Bryan e o Garcia, com a vitória a sorrir ao American Dragon.

  9. Grande Dynamite!
    Hook campeão e ainda invicto…. a AEW está a construir uma estrela enorme.

  10. El Cuebro2 meses

    Foi um show muito bom num todo, mas o main event com o Bryan daquele jeito foi um tanto estranho hein?! Parece que ele teve uma concussão após cair naquele missil dropp kick.

    • L26MC2 meses

      Foi apenas para não bater e desistir.

    • El Cuebro2 meses

      Será? Porque pareceu que ele não caiu bem no ringue na execução do golpe, ele caiu meio reto de costas.

  11. Pessoal, não percam energia a tentar defender a aew ou a tentar colocar juizo na cabeça dos haters, infelizmente sempre vai haver.
    O show em si foi brutal, diria até 10 estrelas para um show normal.
    A começar pelo novo FTW champion, HOOK que já queriamos que isso acontecesse à muito e está na hora de Ricky Starks ter um papel mais importante na AEW, foi brutal como FTW champion e agora vai surgir o crescimento de HOOK.
    Gostava que antes desta rivalidade entre Ricky Starks e Hobbs, eles tivessem sido AEW tag team champions mas não foi essa a ideia da AEW, infelizmente.
    Chris Jericho vs Moxley vai ser um belo de um combate, todos sabem disso.
    Finalmente vai surgir o torneio da AEW de trios, estou muito entusiasmado com esse torneio.
    Quanto ao Garcia, é crescer a cada show, está muito bom e tem um grande futuro.
    Quanto ao dinossaurozinho é o único que eu não gostei, não consigo gostar da personagem e ele é simplesmente mau com um microfone.

    • O garcia para um wrestlers que não se inseria nos JAS ao começo, agora parece a cara do grupo já para não falar que melhorou imenso nas promos…

  12. Dark Nash2 meses

    Não gostei da derrota do Ricky, mas espero que essa derrota sirva como experiencia pra testa-lo em outros campeonatos, ele vs o Wardlow seria interessante. Moxley vs Rush foi muito bom, espero que quando o Andrade voltar ele enfrente o Moxley, 2 colossos no ringue. Quanto a vitória do Garcia fiquei muito surpreso, bela surpresa da AEW.

    • The Name2 meses

      O Ricky tinha de perder o título algum dia para agora ir para voos mais altos, foi excelente dar o título ao Hook e o heel turn do Hobbs que foo inesperado, Ricky starks é o futuro da empresa, vai ser um babyface perfeito o homem têm muito talento!

    • therock982 meses

      Esta derrota fez todo o sentido, o Ricky vai seguir o seu caminho a solo e vai afirmar-se como um dos maiores babyfaces da empresa.
      O que ele podia ter feito com este título fez, pegou nele praticamente do 0 e dentro do que o deixaram fazer cumpriu a sua missão.
      Agora é hora de receber um muito merecido push e começar a subir no card, não acredito que tire o título ao Wardlow tão cedo, ninguém o fará diga-se, mas vai ficar ainda mais over e estou seguro que é uma questão de tempo até conquistar o título TNT.
      A derrota contra o Hook foi o primeiro passo para a afirmação dele como uma das maiores estrelas da AEW.

  13. Anónimo2 meses

    Parabéns ao Hook pela conquista do FTW. Estava na hora do Ricky Starks perder o título e subir mais na empresa, ele é ótimo para estar só a segurar o título FTW. Quanto ao ataque do Hobbs ao Starks achei interessante, mas esperava vê-los campeões de Tag Team, antes de isso acontecer. Espero que o khan dê boas oportunidades ao Starks futuramente, ele bem merece! Destaco também o ótimo main event entre o Bryan e Daniel Garcia.

  14. Tibursio2 meses

    Porque é que o Bryan Danielson continua a sair do tunel dos heels se os BBC são babyface?

  15. coiso2 meses

    Depois da vergonha do último Dynamite, lá fez um programa bom. Ainda assim exige-se uma melhor produção audiovisual, estragam promos incríveis pelo som ranhoso e a imagem intermitente.