A All Elite Wrestling transmitiu esta quarta-feira, a partir do Daily’s Place em Jacksonville, Flórida, mais uma edição do Dynamite no canal TNT, rumo ao Blood & Guts da próxima semana.

O AEW Dynamite foi transmitido na FITE TV. Subscreve aqui!

Resultados

– Brain Cage venceu “Hangman” Adam Page
AEW World Tag Team Champions Young Bucks (Matt & Nick Jackson) venceram Sydal Brothers (Matt & Mike Sydal) (Eliminator Match)
– Orange Cassidy venceu Penta El Zero Miedo
– Kris Statlander venceu Penelope Ford
– QT Marshall, Nick Comoroto & Aaron Solow venceram Dustin Rhodes, Billy Gunn & Lee Johnson
– TNT Champion Darby Allin venceu Preston “10” Vance

Vídeos

Watch Wrestling

Report

– Brain Cage venceu “Hangman” Adam Page: Ainda antes do combate começar, Brian Cage atacou Adam Page em conjunto com os outros elementos da Team Taz e o ataque durou até que a Dark Order veio em auxílio do seu amigo, mas mesmo assim Brian Cage conseguiu aplicar uma Powerbomb na zona de entrada do ringue.

Já com o combate iniciado oficialmente, como seria de esperar, foi “The Machine” que dominou sem problemas durante vários problemas. Ainda assim, “Hangman” foi resistindo à ofensiva do FTW Champion e começou a dar luta, mas quando parecia que ia acertar o seu Buckshot Lariat, Brian Cage reverteu e acertou um F-5 antes de aplicar o seu Drill Claw para a vitória neste opener.

De seguida tivemos imagens dos The Elite dentro de uma limusine e o AEW World Champion Kenny Omega começou a gozar com o que Eddie Kingston e Jon Moxley fizeram na semana passada e afirmou que não tem medo deles. O problema foi quando Michael Nakazawa carregou na buzina por engano, assustando os seis homens. Falando em Michael Nakazawa, Kenny Omega afirmou que se Jon Moxley o quer enfrentar, então primeiro tem de vencer o lutador japonês.

– AEW World Tag Team Champions Young Bucks (Matt & Nick Jackson) venceram Sydal Brothers (Matt & Mike Sydal) (Eliminator Match): Num combate entre duas equipas de irmãos, foram os Sydal Brothers que entraram melhor, usando a sua velocidade para controlar os AEW World Tag Team Champions. Só que estes conseguiram virar o combate a seu favor, tendo isolado Mike Sydal durante alguns minutos com alguma batota.

Porém, quando Mike Sydal conseguiu fazer o tag ao seu irmão, Matt Sydal mostrou porque é um dos melhores high-flyers da sua geração, sendo que quase venceu o combate por várias vezes. No final e nas costas do árbitro, Matt Jackson com um soco digno de Johnny Cage nas partes baixas de Mike Sydal, abriu espaço para que ele e o seu irmão acertassem o BTE Trigger e assim vencessem o combate.

Assim que o combate terminou, os SCU vieram ao ringue e Frankie Kazarian relembrou a promessa que fizeram em Dezembro: a próxima vez que perderem, deixarão de ser uma equipa, e eles nunca mais perderam desde essa promessa. Foi então que Christopher Daniels explicou que está na altura de os SCU tirarem os AEW World Tag Team Championships aos Young Bucks.

De seguida tivemos mais um video package de Jade Cargill, a dizer que se algum manager a quiser contratar, vai ter de lhe fazer uma oferta impressionante.

– Orange Cassidy venceu Penta El Zero Miedo: O luchador tentou intimidar Orange Cassidy, mas como seria de esperar, este preferiu meter as mãos nos bolsos e começou melhor neste combate, usando a sua ofensiva pouco ortodoxa.

Ainda assim, Penta El Zero Miedo usou a sua maior força para virar este combate do avesso e lá conseguiu dominar o “Freshly Squeezed”. Apesar do domínio, Orange Cassidy foi resistindo e começou a recuperar, e sobreviveu a grandes golpes por parte de Penta El Zero Mido e também quase venceu por várias vezes.

No final, Alex Abrahantes tentou interferir, mas Orange Cassidy e Trent não deixaram, sendo que os dois lutadores dos Best Friends vingaram-se e “Freshly Sqeezed” usou o microfone quando acertou o seu Orange Punch, para assim vencer o combate.

A seguir tivemos Britt Baker a vangloriar-se por estar em primeiro lugar do ranking da divisão feminina e afirmou que está na altura de tirar o AEW Women’s World Championship a Hikaru Shida.

No ringue tivemos então a conversa entre The Pinnacle e o Inner Circle rumo ao Blood & Guts Match da próxima semana e foi Shawn Spears a atirar a “primeira pedra” ao dizer que Sammy Guevara já não luta há meses e que ele se vai afogar. Sammy Guevara irritou-se e disse que os The Pinnacle podem ter a vantagem, mas ele começa por parte dos Inner Circle e vai lutar contra toda a gente.

Os FTR partiram então aos insultos a Santana & Ortiz, tendo falado da família do duo do Inner Circle, que simplesmente responderam que no Blood & Guts Match vão deixar as suas mãos falar por eles.

De seguida foi a vez de MJF dizer que Chris Jericho merece crédito por ter ajudado a criar a AEW, mas por muito que ele seja responsável pelo sucesso da empresa, dá para ver que a pressão está a começar a afectar o “Demo God”, e por isso ele vai-lhe fazer um favor e passar ele a ser a cara da empresa.

Chris Jericho então fez mais uma promo apaixonada, onde falou de toda a sua carreira e por mais que MJF diga, ele não fica com o lugar de alguém só porque sim e se quer o lugar dele, vai ter de o matar, pois ninguém no Inner Circle vai desistir, por isso se The Pinnacle quer vencer, vai ter de matar alguém do Inner Circle.

A seguir, Eddie Kingston não queria enfrentar Michael Nakazawa e assim chamou o AEW World Champion Kenny Omega, que disse que não é só porque o “Mad King” quer, que o vai enfrentar. Michael Nakazawa ainda tentou atacar Eddie Kingston, mas deu-se mal. O AEW World Champion Kenny Omega tentou então enviar Brandon Cutler, mas Jon Moxley atacou o seu rival pelas costas.

Já no ringue, os dois amigos prometeram partir o tornozelo de Kenny Omega, mas Don Callis implorou que eles não fizessem isso e que poderiam ter o combate que quisessem. Ficou então marcado um Tag Team Match entre Jon Moxley & Eddie Kingston e Kenny Omega & Michael Nakazawa para a próxima semana.

Nos bastidores, Taz foi entrevistado e começou a falar da vitória de Brian Cage contra “Hangman” Adam Page, mas foi interrompido por Christian Cage. Este elogiou a carreira que Taz teve enquanto lutador, mas afirmou que ele agora só se está a aproveitar dos lutadores da sua equipa, e que ele já deu uma lição a “Powerhouse” Hobbs e fará o mesmo a qualquer um dos outros lutadores da Team Taz.

– Kris Statlander venceu Penelope Ford: Kris Statlander tentou usar a sua força desde o início, mas Penelope Ford virou o combate a seu favor quando as duas começaram a lutar fora do ringue. O domínio da “Superbad Girl” durou alguns minutos, mas novamente a força da alien residente da AEW fez com que esta virasse o rumo do embate.

Os minutos finais viram as duas lutadoras quase vencer por algumas vezes, mas no final a força de Kris Statlander foi o factor determinante, e conseguiu assim vencer este combate.

Nos bastidores, Preston “10” Vance falou sobre o quanto significaria para ele vencer o TNT Championship, pois assim poderia honrar Brodie Lee.

– QT Marshall, Nick Comoroto & Aaron Solow venceram Dustin Rhodes, Billy Gunn & Lee Johnson: Dustin Rhodes, Billy Gunn e Lee Johnson não esperaram pelo início do combate para atacar o trio liderado por QT Marshall e só com batota a equipa deste, Aaron Solow e Nick Comoroto começou a dominar, tendo isolado primeiro Billy Gunn e depois Dustin Rhodes.

O domínio durou vários minutos, mas já se sabe que “The Natural” tem uma resiliência incrível e este conseguiu sobreviver até fazer o tag a Lee Johnson, que usou a sua velocidade para virar este Trios Match do avesso. O final foi o caos completo e, sem o árbitro ver, Anthony Ogogo acertou dois dos seus socos, em Billy Gunn e em Lee Johnson, e isso abriu espaço para QT Marshall fazer o pin e vencer o combate.

Assim que o combate terminou, o caos continuou com o Gunn Club a atacar QT Marshall, que acabou por fugir quando os seus lutadores vieram em seu auxílio. O problema foi que dentro de um autocarro estava Cody Rhodes e tivemos uma grande brawl que só terminou em cima do autocarro da Nightmare Family.

Foram anunciados vários combates para o AEW Dynamite da próxima semana, que terá como tema e destaque o Blood & Guts Match entre o Inner Circle de Chris Jericho e os The Pinnacle de MJF.

Depois foi anunciado que Jon Moxley vai defender o IWGP United States Heavyweight Championship contra Yuji Nagata no AEW Dynamite de daqui a duas semanas, no dia 12 de Maio.

Nos bastidores do Daily’s Place, Kip Sabian tentou conversar com Miro, mas acabou por levar uma tareia do “Best Man”, que acabou o ataque dizendo que perdoava o seu amigo e que ninguém o vai impedir de ser campeão.

– TNT Champion Darby Allin venceu Preston “10” Vance: Em mais uma defesa do TNT Championship, Preston “10” Vance usou a sua força para dominar Darby Allin, que não conseguiu impor a sua estratégia como queria.

O domínio do lutador da Dark Order foi bastante forte, sendo que Darby Allin só em pequenos momentos ia conseguindo ter alguma ofensiva, e tentou focar-se no braço esquerdo de Preston Vance.

Fora do ringue, enquanto Sting estava distraído com a Dark Order, Ethan Page atacou Darby Allin nas costas do árbitro. Novamente dentro do ringue, “10” foi tendo várias quase vitórias e quando parecia que ia conquistar o TNT Championship com o seu Full Nelson, Darby Allin com um pin à Bret Hart conseguiu sobreviver e reter o título.

Depois do combate e já com a Dark Order fora do ringue, Ethan Page e Scorpio Sky atacaram Darby Allin e Sting, com Scorpio Sky a aplicar o seu heel hook na lenda, sendo que o ataque só terminou quando Preston Vance e Lance Archer vieram ao ringue.


O que achaste do AEW Dynamite desta semana?

28 Comentários

  1. Devil2 semanas

    É, pois é, então, que semana deplorável para quem gosta de wrestling. Todos os shows ruins. Espero que semana que vem alguém se salve. E sim já prevejo o de sexta ruim também com mais do mesmo.

  2. Facebook Profile photo

    Foi o episódio com menos qualidade que já vi na AEW. Todos têm direito a um show mau, não é só o Raw (que já vão em 3 consecutivos para não ser tão mau) Orange a ganhar daquele estilo que eu não curto muito ainda por cima a quem foi! Para a semana certamente irá ser muito melhor.

    De acrescentar que ao tempo que Darby é campeão, ele já não está estabelecido? é que está-se a tornar previsível! Com tanto talento os campeões são os mesmos! Os bucks são heels por isso entendo que fiquem por mais um bocadinho. Ómega é recente mas em relação ao resto é sempre arroz. Combates acima da média mas previsíveis.

    Com isto não estou a dizer que sou apologista de mudanças de título à torto e a direito mas a meu ver já se está a tornar boring o reinado dele.

    • De considerares que teve menos qualidade para um mau show vai uma grande diferença. Na minha opinião esteve longe de ser um mau show, aliás achei um bom show… mais um bom show, correção.
      Maus shows deste a Wrestlemania tem tido o RAW que está uma desgraça, compara o RAW desta semana e este episódio da AEW e vês bem a diferença entre o que é um “mau show” e um “bom show”.

    • Facebook Profile photo

      Eu não tenho direito a achar que foi um mau show devido às espectativas positivas que a AEW têm criado? Sim, talvez me tenha equivocado em ter dito “mau show” porque em relação ao Raw sim é um bom show mas eu não comparo ao Raw. Foste tu que comparaste. Mesmo sendo maus shows o Raw ainda mete no bolso mais pequeno o Dynamite. Ainda precisam de outro milhão! Isto de não aceitarem as opiniões dos outros é complicado. Mesmo que até possa estar errado, é a minha opinião. Mas vá, saudações. Eu acabo por entender o teu comentário. Peace

    • Cada um com a sua opinião, nada contra pelo contrario se tivéssemos todos a mesma não teria piada nenhuma.

    • Facebook Profile photo

      Claro. Como disse, até posso estar errado, mas a AEW têm habituado os fãs a grandes episódios merecedores de PPV e como este foi uns furos abaixo do que costuma ser disse mau show, porque nos habituaram a dar sempre o litro. Não acho mal, aliás, um show menos bom (para o que costuma ser) não é mau! Espero que agora entendas o porquê de ter dito mau show. Não foi mau, mas para o que costumam dar-nos foi!

    • Facebook Profile photo

      Por exemplo. Um mês costuma ter 4 semanas, se nessas 4 semanas a AEW fizer 2 ou 3 excelentes Dynamites, eu como fã, não vou ficar chateado, vou é ficar contente por trazerem produtos de elite e que não tenhamos de esperar para um PPV para termos combates bons (a WWE faz muito isso) guardam para os ppvs e as vezes nem cumprem com a espectativa porque mudam as coisas à ultima da hora e isso numa fica bem feito, ainda por cima em live TV.
      Eu sou um die hard WWE fan, mas também sou wrestling fã. Crítico a WWE como crítico AEW. Eu admito que sou die hard pela WWE mas não tenho palas até porque não há como negar que a WWE está nas ruas da amargura!

    • Kick_Ass1 semana

      O Smackdown tem dado bons shows e o NXT tem sido consistente mas sem brilhar…. o RAW é que está uma desgraça.
      Mas como fã da WWE tal como tu sempre espero que o produto melhore.

    • Facebook Profile photo

      Obrigado por teres entendido. Estamos pelo um bem comum. Assistir a bom Wrestling das melhores empresas americanas, porque assim nos habituaram

  3. Não sei o porquê de ter o Page a perder com o Cage mas de certeza que é para não fazer o #1 nos rankings lutar já com o campeão.

    • VHT, acabaste por responder à tua própria questão xD Sim, também tenho a impressão que o motivo foi esse, para além de dar ao Cage uma vitória “forte” (não me lembro de ter ganho a alguém de renome desde que se estreou na AEW).

  4. Foi só a Tay deixar de aparecer que a qualidade de todo o show caiu. Espero que eles tenham percebido o erro.

  5. Ao contrário do pessoal acima, considero que foi mais um show consistente de hype para o especial Blood & Guts que decorre na próxima semana e será à partida um episódio memorável.
    Destaco o excelente segmento entre The Pinnacle e The Inner Circle, com promos muitos boas por parte de todos os intervenientes. De resto, gostei da surpreendente vitória de Brian Cage logo no opener, do ataque feroz de Miro a Kip Sabian, do combate entre Kris Statlander e Penelope Ford, do regresso de Cody Rhodes e de mais um main event equilibrado que serviu sobretudo para mostrar Preston “10” Vance.

    • Sou da mesma opinião, não entendi o motivo dessas críticas… foi um bom show com um bom build up para o Blood & Guts.

      Na minha opinião entre os 3 shows da WWE e este achei o da AEW superior no geral aos 3.

    • Nem mais, Kick_Ass. Eu pessoalmente só colocaria o SmackDown praticamente no mesmo nível do Dynamite, muito graças ao excelente main event.

    • Kick_Ass1 semana

      Comparando o 2 shows no geral considero o da AEW melhor mas o main event do Smackdown foi muito bom!

    • Sim, sim. Também achei que o Dynamite acabou por ser mais sólido no global, enquanto o SmackDown teve um boost de qualidade devido ao final do episódio.

  6. JM19932 semanas

    Também não me revejo nos comentários acima. Acho que até foi um show decente. Boas promos e mais um bom show.

  7. Gostei:
    – Brian Cage vs Hangman Page.
    – Promo do Don Callis e Kenny Omega.
    – Christopher Daniels & Kaz desafiam Young Bucks.
    – Video package da Jade Cargill.
    – Britt Baker com uma boa promo.
    – ”Debate” entre The Inner Circle e The Pinnacle. Isto foi incrível e deixa-me entusiasmado para o Blood & Guts! Cada membro pode mostrar as suas capacidades com o microfone e deixa muitos possíveis futuros combates no ar, mais notavelmente Sammy Guevara vs Shawn Spears. Recomendo!
    – Combate entre Kingston e Nakazawa, que foi mais um segmento do que combate. A única razão pela qual gostei deste segmento foi pelo Eddie Kingston, que esteve muito bem. Qualquer outra pessoa no papel do Eddie Kingston e isto teria sido mau.
    – Entrevista do Taz e a fantástica promo do Christian Cage.
    – Billy Gunn, Dustin Rhodes & Lee Johnson vs Comoroto, QT & Solow. Bom combate.
    – Segmento do QT, a ser atacado pelos Gunn Brothers, que depois leva a uma brawl entre ambas as stables. Depois o QT é atacado pelo Cody e, não vou mentir, isto ficou mesmo bem.
    – Ataque do Miro a Kip Sabian. Finalmente o Miro tem uma personagem e parece um doido de primeira! Ótimo!
    – 10 vs Darby Allin. Sólido, mas nada de especial. O fim é ótimo. Sem ser isso, nada de mais.
    – Darby Allin e Sting são atacados por Ethan Page e Scorpio Sky.

    Não Gostei:
    – Matt & Mike Sydal vs The Young Bucks. O combate foi divertido, foi decente, mas os Young Bucks estão a exagerar nas suas novas atitudes heels. Parece forçado. E o spot em que eles trocaram de posição, como se fossem gémeos? A coisa é que o árbitro nem viu isso, mas fogo…
    – Orange Cassidy vs Pentagon Jr. O combate teve uns bons minutos finais, mas o restante é lento e tornou óbvio quem ia vencer o combate. Odiei como o Cassidy basicamente deu no sell ao Canadian Destroyer e deu com o seu finisher segundos depois. O Cassidy vence o combate da mesma forma que o Kenny Omega quando ele realizou o seu heel turn, cujo foi tratado como o maior heel turn da história pelos comentadores, mas aqui celebram a vitória do Cassidy. Coerência, faz favor.
    – Kris Statlander vs Penelope Ford. Decente, mas curto.

    Overall: 7/10. In ring, isto foi um dos piores Dynamite’s da história. No entanto, os segmentos e promos cumpriram o dever. O build para o Blood & Guts foi perfeito, a storyline entre a The Factory e a Nightmare Family está a ter um bom avanço. O Miro finalmente a ter uma personagem foi ótimo. Bom show, mas podia ter sido muito melhor.

    • Brock2 semanas

      Os Bucks também me irritam um bocado nas atitudes. Curtia bue deles na ROH e no início aqui na AEW. Eram dos meus preferidos. No Japão nunca acompanhei muito deles. Mas desde que começaram a andar ali numa semana heel, semana face, semana heel e agora com o assumido heel turn perdi grande interesse neles. Acho que o papel de heels não lhes acenta bem. É como disseste e bem há coisas que parecem muito forçadas. É aquele tiques que o Matt Jackson tem durante todo o combate são exagerados e levam a coisa mais para o lado da brincadeira do que para o realismo. É isso é algo que detesto no wrestling

  8. Bea Ospreay2 semanas

    Show bom, não foi um dos melhores, mas hype mesmo é pra proxima semana.

  9. Anónimo2 semanas

    Bom segmento entre o Inner Circle e The Pinnacle, o combate entre eles promete.

  10. O Coiso2 semanas

    A Gimmick do Orange é um Cancro

  11. Outro bom show, e com um build up muito bem feito para o Blood & Guts.

    Destaco pela positiva:

    – Bom e surpreendente opener, não espera uma vitória do Cage… fiquei curioso para ver no que vai dar.
    – Gostei do segmento dos Bullet Club dentro da limusina, o gritinho do Nick Jackson foi de partir a rir ahaha
    – O show off entre o Penta e o Cassidy também foi muito engraçado.
    – A promo entre os The Pinnacle e os Inner Circle foi MUITO boa! Este combate está com um hype enorme espero que bata as espectativas.
    – Boa brawl entre o Cody e o QT, desconfio que no PPV vai haver alguma traição na Nightmare Family e originar a derrota frente aos Factory.
    – Gostei do ataque do Miro ao Kip Sabian, é este Miro que queremos ver. Na minha perspetiva era o nome acertado para tirar o título o Darby Allin.

    Pela negativa não destaco nada, mas acho que como main event teria ficado melhor o segmento entre os The Pinnacle e os Inner Circle do que novamente o combate pelo TNT Championship, não é uma critica mas sim uma questão de gostos.

    • Facebook Profile photo

      Já te respondi no meu comentário. Vai dar uma espreita. Pode ser que agora tenha explicado melhor o que quis dizer no comentário primário!