Depois da Grand Slam Week da semana passada, a AEW transmitiu esta quarta-feira mais uma edição do Dynamite no canal TNT, a partir da Blue Cross Arena em Rochester, Nova Iorque.

O AEW Dynamite é transmitido na FITE TV. Subscreve aqui!

Resultados

– Adam Cole venceu Jungle Boy
– Cody Rhodes & Lee Johnson venceram Dante Martin & Matt Sydal
– Jon Moxley, Eddie Kingston & Darby Allin venceram Bear Country (Bear Bronson & Bear Boulder) & Anthony Greene
– Dark Order & Orange Cassidy venceu Hardy Familly Office (16-Man Tag Team Match)
– Tay Coni & Anna Jay venceram Penelope Ford & The Bunny
– Sammy Guevara venceu TNT Champion Miro

Vídeos

Watch Wrestling

Report

O AEW Dynamite desta semana foi dedicado à memória de Brodie Lee, por ter sido realizado na sua terra natal, Rochester, Nova Iorque.

O show começou com a entrada de CM Punk, que se juntou à equipa de comentadores.

– Adam Cole venceu Jungle Boy: O combate começou de forma mais técnica do que seria de esperar, sendo que até foi Jungle Boy a levar a melhor, isto até Adam Cole virar o combate a seu favor com alguma batota.

Adam Cole dominou durante alguns minutos, mas Jungle Boy foi equilibrando e o que tivemos foi dois lutadores a querer marcar a sua posição na AEW, com vários golpes de impacto e vários momentos incríveis.

No final e depois de várias quase vitórias, Jungle Boy parecia que ia vencer com a sua submissão, mas Adam Cole conseguiu fugir, e depois de uma confusão sem que a árbitra visse, o lutador dos The Elite fez um low blow e venceu este embate.

A seguir ao combate tivemos os The Elite no ringue e Karl Anderson começou por elogiar todos os elementos do grupo, sendo que depois tivemos Adam Cole a vangloriar-se por ainda estar invicto.

Logo a seguir tivemos o AEW World Champion Kenny Omega, que falou do combate que teve contra Bryan Danielson e explicou que este o levou ao limite, mas nunca mais o vai enfrentar.

Como seria de esperar, Bryan Danielson interrompeu esta promo e fez questão de dizer que Kenny Omega não tinha coragem para o enfrentar novamente, apelidando o AEW World Champion de Kenny “No Balls” Omega.

O “American Dragon” desafiou então um elemento dos The Elite para um combate no Rampage e quando Kenny Omega provocou o seu rival, este chamou Christian Cage, Frankie Kazarian e os Jurassic Express. No entanto, estes foram para o ringue e os The Elite fugiram sem que houvesse luta.

Nos bastidores, os AEW World Tag Team Champions Lucha Bros foram interrompidos por Andrade El Idolo e este desafiou os luchadores a defenderem os seus AAA World Tag Team Championships contra uns amigos dele.

– Cody Rhodes & Lee Johnson venceram Dante Martin & Matt Sydal: O combate começou muito mais lento do que seria de esperar, mas depois Dante Martin entrou e a velocidade aumentou de forma incrível. Matt Sydal & Dante Martin conseguiram isolar Lee Johnson por alguns minutos, até este fazer o tag a Cody Rhodes. O “American Nightmare” virou o combate a seu favor, isto até Dante Martin voltar a meter o pé no acelerador e quase vencer por várias vezes.

No final, Lee Johnson decidiu fazer o tag sem que Cody Rhodes quisesse e o jovem lutador conseguiu vencer de forma surpreendente.

Depois do combate, Cody Rhodes começou a desafiar Malakai Black, mas o seu treinador Arn Anderson mandou-o calar e explicou que o holandês é um assassino e um predador, que faz de tudo para vencer, mas que o “American Nightmare” é demasiado bonzinho.

Arn Anderson explicou que se um dia assaltassem o carro de Cody Rhodes, este daria o carro e pedia para que o ladrão não o magoasse, enquanto ele daria um tiro ao ladrão e que por isso não está para treinar um perdedor. O segmento terminou com Arn Anderson a dizer para Lee Johnson vir com ele, porque pelo menos o jovem ouve-o.

– Jon Moxley, Eddie Kingston & Darby Allin venceram Bear Country (Bear Bronson & Bear Boulder) & Anthony Greene: Este Six-Man Tag Team Match começou logo com os seis lutadores ao estalo e o trio de Jon Moxley, Eddie Kingston & Darby Allin entrou melhor, não tendo muitos problemas em vencer o combate.

Depois do combate terminar, Eddie Kingston não deixou Anthony Greene fugir e ofereceu-o a Sting, que acertou o seu Scorpion Death Drop, para gáudio dos fãs.

A seguir tivemos um video package a relembrar o combate entre a AEW Women’s World Champion Britt Baker e Ruby Soho, com esta a prometer que vai ser campeã no futuro.

– Dark Order & Orange Cassidy venceu Hardy Family Office (16-Man Tag Team Match): Quem diria que um 16-Man Tag Team Match ia ser uma confusão desde o primeiro segundo? Todos nós. Foi isso mesmo que aconteceu, sendo que a equipa liderada por Matt Hardy conseguiu aproveitar a falta de coordenação da Dark Order para dominar durante vários minutos.

Quando parecia que os problemas iam continuar entre a Dark Order, Amanda Huber (viúva de Brodie Lee) apareceu e deu uma descasca tão grande ao grupo que eles foram a correr para o ringue e viraram o combate do avesso, de tal forma que acabaram por o vencer.

Em seguida tivemos Lio Rush a afirmar que Tony Khan o quer na AEW há muito tempo e a explicar como consegue ganhar dinheiro, prometendo trazer os seus “negócios” para a promotora.

Nos bastidores tivemos os FTR (Cash Wheeler & Dax Harwood) a explicar que podem ter ficado um pouco descuidados, mas Tully Blanchard vai ajudá-los a voltar ao topo.

No ringue tivemos Dan Lambert e os Man Of The Year, e o primeiro voltou a atacar os fãs da AEW e algumas das decisões da empresa, enquanto insultava Chris Jericho. A seguir tivemos Scorpio Sky a também insultar os fãs e a elogiar Dan Lambert. Por fim, Ethan Page também insultou os fãs e a AEW, dizendo que eles são os melhores e são a top team.

A seguir tivemos um video package a promover um combate entre Hikaru Shida e Serena Deeb, com a ex-campeã à procura da sua 50ª vitória na AEW.

– Tay Conti & Anna Jay venceram Penelope Ford & The Bunny: Tay Conti & Anna Jay entraram com tudo, tendo dominado de forma agressiva os primeiros minutos deste embate, mas Penelope Ford & The Bunny conseguiram virar o ímpeto a seu favor.

Anna Jay foi dominada durante alguns minutos, mas conseguiu fazer o tag à sua amiga Tay Conti, que virou o combate do avesso. O final de embate foi bastante confuso, mas no fim Anna Jay aplicou o seu Queenslayer e venceu este Tag Team Match.

A dupla vencedora festejou depois com Brodie Lee Jr.

Em seguida tivemos um video package a promover o No Disqualification Triple Threat Match que acontecerá entre Jade Cargill, Thunder Rosa e Nyla Rose no próximo Rampage.

A seguir tivemos MJF no ringue, que começou a falar dos 4 jovens que são os pilares da AEW: Jungle Boy, Sammy Guevara, Darby Allin e MJF, sendo ele o mais forte desses pilares, e que por isso ele merece ser o AEW World Champion e que se não lhe derem o que ele quer, ele ainda tem o número de Bruce Pritchard (WWE)…

Darby Allin acabou por vir ao ringue, mas MJF continuou os seus insultos e foi então que o ex-TNT Champion explicou que ele, dos 4 pilares, é o único que já foi campeão.

MJF continuou a insultar Darby Allin e afirmou que este só é straight edge porque o tio dele era um bêbado e morreu num acidente de carro, sendo que o ex-TNT Champion explicou que MJF não o vai quebrar mentalmente. MJF ficou irritado e saiu do ringue…

– Sammy Guevara venceu TNT Champion Miro: Sammy Guevara entrou a grande velocidade e de forma bastante agressiva, conseguindo ter o ímpeto do seu lado durante algum tempo. Só que Miro usou a sua força e virou o combate do avesso, e assim dominou durante alguns minutos. Porém, Sammy Guevara voltou a usar a sua velocidade e a equilibrar a contenda, mas parecia que a vitória não ia fugir ao TNT Champion.

No entanto, a resistência de Sammy Guevara começou a frustrar Miro e este acabou por-se distrair com a presença de Fuego Del Sol. O “Spanish God” aproveitou e com vários golpes incríveis virou o ímpeto de tal forma que acertou o seu 630 e venceu o combate, tornando-se o novo TNT Champion.


O que achaste do AEW Dynamite desta semana?

26 Comentários

  1. Dancan4 meses

    O público está bastante engajado com o show de hoje, seria o cenário mais que merecido para Brodie Lee ter estreado ano passado se não fosse a pandemia.

  2. Dancan4 meses

    Sammy new TNT Champion.

  3. Sammy já tava merecendo um título, new tnt champion “SPANISH GOD”

    • Wrestling On Top4 meses

      Irá defender o mesmo contra o Bobby Fish

  4. Kay Orton4 meses

    Miro agora é ateu

  5. Wrestling On Top4 meses

    Não sei se mais alguém está a acompanhar o novo programa do Cody , mas acabou de ser anunciado o primeiro combate de samy Guevara como campeão , irá defender o título contra Bobby Fish

  6. nzo4 meses

    Já que o miro não é mais o TNT champion ele podia ter uma luta contra o Kenny omega pelo AEW world champion

    • Dragão4 meses

      Juro que pensei o mesmo na hora.

    • L26MC4 meses

      O mais provável de acontecer é ele andar a angariar umas quantas vitórias, semanalmente até entrar numa boa rivalidade. Duvido muito que possa enfrentar o Omega, a menos que o Bryan consiga o título para si, mas não vejo o Miro como campeão mundial nos próximos tempos. Talvez, a Lana possa assinar pela empresa e juntar-se a ele, para construírem algo positivo, visto que senti que o reinado dele foi aquém das expectativas.

    • Não acho que tenha ficado aquém das expetativas, mas acho que acabou cedo demais

    • Kick_Ass4 meses

      Não achei que tivesse fico aquém das expectativas… Foi um campeão que metia respeito a qualquer adversário.

    • L26MC4 meses

      Mas acabou por não ter nenhum adversário que metesse o mesmo respeito que ele punha, nem o próprio Guevara.
      Faltou um bom nome como Moxley, Christian, Jericho, etc… para apimentar o reinado e fazer os fãs pensar “é agora que ele perde o título”.
      Também achei que faltou uma boa rivalidade que fosse para além de um combate. De resto foi positivo, teve bastante bem a solo, promos, segmentos e combates, mas para o nome que é eu esperava muito mais à sua volta.

    • Kick_Ass4 meses

      Ok, entendi o teu ponto de vista. E dessa forma até concordo, nenhum nome que enfrentou era um grande nome mas mesmo assim como campeão teve uma postura impecável… Boas promos, atitude de campeão e em ringue consegue por over os adversários. Espero que dêem a chance de chegar ao main event ao Miro.

  7. L26MC4 meses

    Com todo o respeito mas que caminhada teve o Guevara para ser TNT Champion? Com tanto nome melhor e mais credível… não podemos esquecer que o Miro veio super popular para a empresa e era até ontem um lutador sem derrotas, acho que seria melhor ter dado este título a alguém que podesse trazer mais audiências e atenções ao título. Contudo gosto do Guevara, mas acho que esta rivalidade não foi algo que achasse tanta piada, talvez se o Guevara desde o início viesse sozinho e tivesse uns quantos bons segmentos com o Miro, achasse mais ok, tendo o Fuego Del Sol, pelo meio, achei meio esquisito, mas ok, da última vez também estranhei e o Allin está aí mais que consolidado como lutador, pronto para qualquer rivalidade.
    Sobre o combate, achei agradável de se ver.

    Adam Cole vs Jungle Boy, combate da noite.
    Ótimo combate, mas se o Jungle já tivesse nome a solo, acredito eu que o combate podesse ter sido muito melhor.

    Cody e Johnson vs Sydal e Dante, mais uma vez gostei bastante de ver o Dante, que talento! O combate acabou de uma forma que não esperava, mas o segmento preencheu o vazio desse final.

    Gostei dos combates que envolveram a Dark Order, não foram tão chatos e até deu gosto ver.

    Segmentos:
    De futuro os Lucha Bros devem aliar-se ao Andrade.

    Gostei bastante do segmento do Arn com o Cody, acho que podemos começar a esperar um Cody mais agressivo e quem sabe um heel turn.

    Allin e MJF, será uma rivalidade interessante. Gostei bastante que o MJF tenha dito que eles os 4 (Guevara, Allin, MJF e Jungle Boy) eram o futuro da empresa, gosto que haja essa consciência e os fãs podem esperar que em breve também o MJF e o Jungle vão ser também eles campeões. O MJF considero que pode agora muito bem ir atrás do TNT Champion, já o Jungle, espero brevemente o ver como campeão de duplas.

    • Percebo o primeiro ponto, acho que o combate devia ter tido mais build e fico com um pouco de medo em relação ao futuro do Miro. No entanto acho que o Sammy tem tudo para continuar a elevar aquele título e é ótimo ver a AEW a dar destaque ás estrelas da casa.
      Quanto ao MJF discordo, ele tem é que ser World Champion no próximo ano, o tipo é ouro mesmo, até ameaçou ir para a WWE, o que para mim seria uma grande asneira, basta pensar que da promo que deu ontem 99% das coisas que disse seria proibidas na WWE

    • L26MC4 meses

      Concordo com o teu ponto de vista, quando dizes que o MJF devia ser World Champion, mas dado quem está neste momento com o título e tendo na empresa Punk e Bryan, seria melhor para as audiências ter eles campeões para dar audiências que possam competir de futuro. Tendo o MJF o título TNT vai valorizar o título e a ele. Quem sabe esteja guardado para ser ele a derrotar o Punk ou Bryan pelo título mundial, era um push em cheio.
      O ano é grande pode conquistar os 2 títulos 😏

      Já no Guevara gosto bastante dele, mas devia ter sido melhor trabalhado antes desta conquista com o Miro, que estava invicto. Mas tens toda a razão o Guevara vai crescer bastante. Este título TNT têm ajudado toda a gente que têm tocado nele, que seja assim também com o Guevara.
      O MJF enquadrei no título TNT, por estar agora o Guevara com ele, visto que já foram rivais e o Guevara é face.

  8. Gostei:
    – Pop enorme para CM Punk, que vai ser comentador hoje. Continua a ser algo irreal poder ver CM Punk numa arena de wrestling em 2021, portanto é sempre ótimo vê-lo.
    – Adam Cole vs Jungle Boy. Um combate com alto ritmo e várias near falls. É um combate fantástico. No final de tudo, os 2 lutadores quase que iam contra o árbitro e param, Cole aproveita isto para aplicar um low blow em Jungle Boy e depois vence com o Last Shot. É mesmo um combate fantástico que recomendo a verem!
    – Após o combate, promo dos The Elite. Bryan Danielson eventualmente interrompe e vamos ter no Rampage The Elite vs Christian, Kazarian, Danielson e Jurassic Express. Um ótimo segmento, com a promo de Danielson em destaque. O combate promete.
    – Entrevista com os Lucha Bros. Andrade interrompe e diz que tem uns amigos para tirar os títulos aos campeões. Curioso para ver quem será esta tag team…
    – Dante Martin & Matt Sydal vs Cody Rhodes & Lee Johnson. É um típico tag match da AEW, grande ritmo e várias manobras de impacto. É um bom combate que vê Cody e Johnson a conseguir a vitória.
    – Após o combate, Cody Rhodes quer Malakai Black. Arn Anderson interrompe e diz que se recusa a apoiar um falhado e vai-se embora. Ótimo segmento e estou intrigado para ver o futuro disto.
    – Após a 16-Man Tag Match, a Dark Order finalmente volta a reunir-se. O segmento termina com -1 a ser levantado no ar, homenageando o seu pai. É sempre bom ver isto.
    – Video package de Lio Rush. Lio Rush is All Elite! Vamos ver como ele irá funcionar na AEW.
    – Promo de FTR e Tully Blanchard. Os FTR estão ressuscitados e isso é mau para o restante do balneário. Um bom segmento.
    – Video package de Hikaru Shida. Dá hype ao combate dela com Serena Deeb. Já faz algum tempo que Hikaru Shida tem sido algo esquecida no roster, vamos ver se isto ressuscita a carreira dela na AEW.
    – Promo de MJF. MJF quer o AEW Title e se não for levado a sério, ele pode ligar a Bruce Prichard (gostei muito desta). Darby Alinn interrompe. MJF refere o acidente de carro de Allin com o seu tio, onde este último faleceu. E MJF, bastardo como é, diz que o homem errado morreu. MJF sai do ring. Este segmento vem absolutamente recomendado! MJF continua a ser ouro no microfone.
    – Miro vs Sammy Guevara pelo TNT Championship. Miro domina uma grande porção do combate. Eventualmente, Sammy consegue reverter o ímpeto. No final de tudo, Fuego del Sol distrai Miro e Sammy aproveita isto para vencer e se tornar no novo TNT Champion! Um main event fantástico para terminar o show. Ao ver o início do combate, pensa-se que será mais uma vitória para Miro mas Sammy vai conquistando o público e fazendo-os acreditar. O final não deixa Miro fraco. Um título muito merecido para Sammy. Vejam este combate!

    Não Gostei:
    – Jon Moxley, Eddie Kingston & Darby Allin vs Bear Country & Anthony Green. Uma squash match para os faces. Avançando.
    – Orange Cassidy & Dark Order vs Hardy Family Office. A Dark Order continua com problemas internos. No final do combate, parece que Evil Uno está farto até Amanda Huber, -1, Tay Conti e Anna Jay meterem a cabeça do tipo direita. Ele volta para o ring e a Dark Order, juntamente com Cassidy, vence. Feliz por a Dark Order finalmente estar de volta na mesma página. Sobre o combate, não há muito a dizer.
    – Dan Lambert com a sua promo habitual. Scorpio Sky e Ethan Page dizem que os Men of the Year são a melhor tag team da AEW. Este segmento nada fez para estes. Para além disso, lembram-se de quando o Scorpio ia receber um singles push? Teve um combate com Cody pelo TNT Title e mais nada…
    – Penelope Ford & The Bunny vs Tay Conti & Anna Jay. Não foi mau, mas também não foi bom. Anna Jay consegue a vitória para as faces.

    Overall: 7/10. Um bom episódio. Adam Cole e Jungle Boy, bem como Sammy Guevara e Miro fizeram aqui ótimos combates que recomendo a verem. MJF continua a ser, talvez, o melhor lutador da atualidade no microfone. Bom trabalho por parte da AEW.

    • Não concordo com o Orange Cassidy & Dark Order vs Hardy Family Office estarem nessa posição. Foi um combate e cumpriu o propósito que honrar a memória do MR.Brodie Lee. Mesmo o segmento do Dan também acho que foi muito bom, ele realmente sabe como gerar heat e fez do Ethan Page e do Scorpio Sky das melhores coisa da empresa, creio que serão os próximos campeões de equipas.
      De resto concordo com tudo, fico um pouco intrigado com a derrota do Miro, por um lado o Sammy merece e é ótimo ver a AEW dar destaque ás estrelas da casa, mas por outro temo um pouco pelo futuro do Miro e acho que se era para haver novo campeão devia ter tido mais build

  9. Que belo show. Vale mesmo a pena ficar acordado para ver AEW
    – Começa logo com um belo combate e uma boa vitória para o Adam, e parece que realmente vamos ter Bryan vs Omega II, só espera que seja antes do ppv e que o Omega ganhe, seria um enorme erro o próximo campeão não ser o Hangman.
    Segmento dos Lucha Bros vs Andrade, deixou-me curioso para saber quem são os amigos do Andrade
    – Cody & Lee vs Sydal & Dante. Muito interessante, deixou-me muito curioso para saber o que vai passar com o Cody nos próximos tempos
    – Orange & Dark Oder vs Hardy family office, belo tributo ao Brodie, no entanto acho que as coisas não ficaram resolvidas, nos próximos tempos os problemas na Dark Oder vão continuar até ao regresso ou do Hangman ou do Bray Wyatt
    – Promo do Lio Rush. Sinceramente não tenho grande interesse, não vejo o que ele possa acrescentar mas vou esperar para ver
    – Promo da Hikaru Shida, bom vê-la de volta, gostava que tivesse a sua rematche talvez no Full Gear
    – Promo dos FTR, bom ver que mencionaram os Pinnacle, espero que não acabem com a Stable pois esta pode ajudar o MJF da mesma forma que o Inner Circle ajudou o Jericho quando era AEW champion
    – Tay & Anna vs Penelope & Bunny, não há muito a dizer sobre isto, espero que tinha sido o fim da feud e que as mesmas possam evoluir para algo mais interessante
    – Jade vs Rosa vs Nyla. Isto promete ser muito interessante
    – MJF vs Darby. Uma rivalidade entre 2 dos jovens mais promissores da empresa. o MJF é incrível a gerar heat, ahah ameaçou ir para a WWE, não faças isso rapaz, 99% das coisas que falas nas tuas promos seriam proibidas por lá
    – Miro vs Sammy. Tenho sentimentos opostos, adoro o Sammy, é excelente e merece a 100% esta oportunidade, no entanto acho que devia ter acontecido num lugar mais importante e fico com um pouco de receio em relação ao Miro só de me lembrar o que aconteceu depois de perder a invecibilidade na WWE. Até desconfio que ele se pode ausentar ou assim, estranhei um pouco este resultado, no entanto espero que o Sammy tenha um grande reinado e é ótimo ver que a AEW não se esquece dos seus jovens, mesmo com a chegada de tantos wrestlers já estabelecidos.
    – Como disse achei um excelente episódio e deixou-me com muita vontade de ver o Rampage e o próximo Dynamite

  10. Kick_Ass4 meses

    Bom show!
    Destaque para as homenagens ao Brodie Lee, uma bela promo do Arn… Adorei!
    Bom combate entre o Jungle Boy vs Adam Cole, a música de entrada do Adam Cole ficou-lhe muito bem!
    Bom segmento do MJF e Darby, vêm aí uma feud top!!
    E por fim, que não estava á espera, uma vitória do Sammy, vai ser um bom campeão.

  11. DaniFixe4 meses

    Por onde anda o Kip Sabian?

  12. Novo episódio do Dynamite agradável de se assistir por parte da AEW.
    Adorei o opener entre Adam Cole e Jungle Boy; o combate entre Cody Rhodes & Lee Johnson e Dante Martin & Matt Sydal até foi porreiro; as promos de Arn Anderson e Dan Lambert foram muito boas; aquele tremendo segmento entre MJF e Darby Allin deixou-me desde já inquieto para os ver em rivalidade e num combate; e o main event também foi bem trabalhado e culminou na conquista merecida do TNT Championship por Sammy Guevara.
    No fim de contas, tratou-se de um show que honrou com sucesso a memória de Brodie Lee já que a Dark Order também ganhou os seus 2 combates (e quem obteve os pins foram os “protegidos” de Mr. Brodie Lee: John Silver e Anna Jay).

  13. Pedro Guilherme4 meses

    Excelente show! Destaco o combate das Womens que achei muito bom com incrível desenvolvimento da Tay. E uma observação sobre esse combate foi a insistência em golpes dinâmicos e em duplas , o que me deixa a pensar sobre o próximo title feminino da companhia seja um Womens Tag Team Champion.

  14. Anónimo4 meses

    Bom combate entre Adam Cole e Jungle Boy. Destaco também as homenagens ao Brodie Lee.

  15. Um show bom mas o mais fraco das últimas semanas. O main-event foi um pouco forçado a vitoria do Sammy não pela vitoria em si mas a história poderia ser mais desenvolvida.