Frank casino

A All Elite Wrestling transmitiu esta quarta-feira, a partir do Daily’s Place em Jacksonville, mais uma edição do Dynamite no canal TNT, neste caminho até ao Anniversary Show e novamente em concorrência com o WWE NXT.

O AEW Dynamite é transmitido na FITE TV. Subscreve aqui!

Resultados

– Darby Allin venceu Ricky Starks
AEW World Tag Team Champions FTR venceram SCU (Scorpio Sky & Frankie Kazarian)
– Chris Jericho venceu Isiah Kassidy
– Orange Cassidy venceu 10
– Britt Baker venceu Red Velvet
– AEW World Champion Jon Moxley venceu The Butcher

Vídeos

Watch Wrestling

Report

– Darby Allin venceu Ricky Starks: O Dynamite abriu com os dois rivais, Ricky Starks e Darby Allin, com o pouco ortodoxo lutador a dominar os primeiros minutos do combate.

Brian Cage parecia que ia interferir para ajudar o seu parceiro, mas Will Hobbs proibiu essa interferência e tivemos uma brawl entre os dois grandalhões. Toda esta confusão abriu espaço para Ricky Starks virar o ímpeto a seu favor e dominar o combate durante vários minutos.

Ainda assim Darby Allin começou a recuperar e a equilibrar o combate, mas a primeira quase vitória até sorriu a “Absolute” Ricky Starks, com um Spear.

O combate seguiu para o terceiro canto e esse terreno precário beneficiou Darby Allin, que conseguiu fazer Ricky Starks cair antes de lhe acertar com o seu Coffin Drop.

De seguida tivemos Cody a falar da sua derrota contra o TNT Champion Brodie Lee e de como foi ser derrotado em 3 minutos. Cody falou também de como vice-presidente da All Elite Wrestling não poderia aceitar o desafio para enfrentar o “Exalted One” num Dog Collar Match.

Só que tudo isto não passava de uma mentira e Cody voltou ao ringue e acabou por aceitar o desafio para esse combate acontecer já na próxima semana.

Brodie Lee veio ao ringue e tivemos uma brawl descontrolada, com lutadores, árbitros e oficiais da AEW a tentarem separar os lutadores. Brandi Rhodes e Anna Jay também se envolveram numa brawl, que fez toda esta situação descambar ainda mais, pois Nyla Rose acabou por atacar uma das lutadoras que estava a tentar parar a brawl.

Nos bastidores tivemos uma entrevista de Tony Schiavone aos AEW World Tag Team Champions FTR, que estavam a falar de como são melhores que todas as outras equipas, apesar da qualidade dos SCU. A entrevista foi interrompida pois Matt Jackson acertou um Superkick em Tony Schiavone, ainda que nas imagens tenhamos visto dois pés…

Também os SCU foram entrevistados, com a dupla de Scorpio Sky & Frankie Kazarian a afirmar que se iriam tornar duas vezes AEW World Tag Team Champions.

– AEW World Tag Team Champions FTR venceram SCU (Scorpio Sky & Frankie Kazarian): Os SCU entraram melhor neste combate, tendo dominado os primeiros minutos, até que Cash Wheeler conseguiu enganar o árbitro para este expulsar Christopher Daniels. Esta distração fez os FTR virar o ímpeto do combate e assim os campeões começaram a dominar. Depois de algum domínio dos campeões, por volta do 10º minuto de combate os SCU começaram a recuperar o ímpeto, em especial Frankie Kazarian que virou o combate do avesso sozinho.

Os últimos minutos foram caóticos e combatidos a um ritmo incrível, com as duas equipas a quase vencerem, em especial os SCU depois de uma sequência de pins rápidos impressionantes por parte de Scorpio Sky.

No final foram os campeões que venceram quando Tully Blanchard segurou o pé de Scorpio Sky para este não se safar do pin de Cash Wheeler.

Antes do próximo combate tivemos o anúncio de que teremos um torneio para definir um novo candidato principal ao AEW World Championship para o Full Gear, tendo já sido anunciado 3 dos 8 lutadores que irão participar nesse torneio, Jungle Boy, Rey Fenix e Kenny Omega, algo que não agradou a “Hangman” Page.

– Chris Jericho venceu Isiah Kassidy: Chris Jericho começou de forma dominante, mas fora do ringue Luther atacou o “Demo God”, o que abriu espaço a Isiah Kassidy quase vencer o combate com um Swanton Bomb.

Ainda assim, o veterano lutador virou o combate a seu favor, conseguindo baixar o ritmo e dominar durante longos minutos. Só que Isiah Kassidy conseguiu “meter a quinta” e isso fez com que o combate ficasse a seu favor, sendo que o jovem quase venceu quando usou o Lionsault e o Codebreaker de Chris Jericho.

Este “roubo” de golpes não funcionou, pois o “Demo God” acertou o seu Judas Effect e arrecadou a vitória.

Assim que o combate terminou, os Inner Circle atacaram os Private Party e Chris Jericho retribuiu o ataque a Luther, com os dois veteranos a enfrentarem-se numa brawl.

A seguir vimos Kip Sabian e Miro a falarem da despedida de solteiro do britânico, enquanto jogavam numa casa de jogos. Kip Sabian acabou por sair de cena e Miro falou com Billy Mitchell, que é conhecido por ser o maior jogador de arcade de todos os tempos, que prometeu ajudar Miro na despedida de solteiro do amigo.

Logo a seguir íamos ter uma entrevista aos Best Friends, mas os AEW World Tag Team Champions FTR interromperam o trio de lutadores dizendo que eles são o main event, enquanto os Best Friends são bons no midcard e como personagens cómicas.

– Orange Cassidy venceu 10: O membro da Dark Order dominou grande parte do combate, usando a sua maior força para deixar o popular lutador em dificuldades.

Mas depois de uma grande confusão fora do ringue, Orange Cassidy aproveitou para virar o combate a seu favor e no final acertou o seu Beach Break para vencer o combate.

Nos bastidores tivemos MJF a ir ao balneário de Chris Jericho e a oferecer presentes aos Inner Circle, dando casacos a todos os lutadores do grupo, exceto Sammy Guevara, que por um erro qualquer não teve direito a casaco. Chris Jericho perguntou a MJF se este se queria juntar aos Inner Circle e o jovem lutador perguntou a Chris Jericho se este o queria no Inner Circle.

Depois de alguns momentos nisto, o segmento terminou com MJF a congratular Chris Jericho pela sua carreira e a sair de cena. Quando isso aconteceu, Sammy Guevara gozou com MJF dizendo que ele era um fracassado, mas Chris Jericho disse de forma pensativa que se calhar não era bem assim.

– Britt Baker venceu Red Velvet: Britt Baker dominou o combate desde cedo e apesar de Red Velvet ter dado alguma luta, no final a dentista residente da All Elite Wrestling venceu o seu combate de regresso.

Assim que o combate terminou, Britt Baker aplicou o seu Lock Jaw na adversária, mandando uma mensagem à divisão feminina da All Elite Wrestling.

De seguida tivemos Eddie Kingston a vir ao ringue acompanhado dos Lucha Bros e também do árbitro Bryce Rensburg. O carismático lutador questionou porque o combate acabou na semana passada, pois ele nunca desistiu. Quando o árbitro lhe explicou que só o protegeu, parecia que o trio o ia atacar, até que Jon Moxley veio para o ringue.

Foi aí que Eddie Kingston explicou que ele não irá enfrentar nem ele nem os Lucha Bros, mas sim The Butcher, que já estava atrás do campeão e atacou-o ainda antes do combate começar.

– AEW World Champion Jon Moxley venceu The Butcher: The Butcher dominou durante vários minutos, utilizando um estilo bastante agressivo e focado tanto na perna esquerda como no braço esquerdo do campeão. Com o passar dos minutos Jon Moxley começou a equilibrar mais esta defesa do título, em especial quando o combate aconteceu fora do ringue, com o final a ser bastante equilibrado.

Depois de várias false finishes, Jon Moxley acertou o seu Paradigm Shift, antes de fazer The Butcher desistir com o seu Bulldog Choke.

O Dynamite terminou com o campeão a festejar mais uma defesa do título.


O que achaste do AEW Dynamite desta semana?

10 Comentários

  1. Vamos lá pra mais um bom Dynamite, ótimo show a todos 💥

  2. Boa edição do Dynamite!

    “adrenaline in my soul, something something Cody Rhodes” – aqui ta o meu cover fantástico da theme do Cody, algo que ninguém pediu

  3. Dani Fixe3 semanas

    Grande episódio! Dos melhores!

  4. AEW3 semanas

    O melhor show de wrestling da semana novamente, que venha o da próxima semana que parece ter um excelente card e vai celebrar 30 anos de carreira de um dos melhores de sempre, Chris Jericho.

  5. Foi um otimo show do Dynamite.
    Destaques:
    -Match muito interessante entre o Darby Allin e o Ricky Starks,duas estrelas em ascençao na AEW.
    -Match de grande qualidade entre SCU e FTR.
    -Segmento muito bom entre o Inner Circle e o MJF
    -Bom main event entre o Butcher e o Mox,btw mais uma promo otima do King,o gajo é talhado para fazer promos…

    • Abner Fernandes Carvalho3 semanas

      Essa palavra gajo é de qual região ? Ou você é de Portugal?

    • Sim sou de Portugal.
      E não sei se é uma expressão usada aí no Brasil

    • Não, aqui no Brasil não usamos a expressão “gajo”. Alternativamente, usamos mais “cara” e colocando sua própria frase de uma forma mais abrasileirada teríamos algo como “esse cara foi feito pra fazer promos” (já que “talhar” até pode ser compreendido, mas extremamente raro de ser utilizado por aqui também).

    • Anónimo3 semanas

      Concordo foi um bom segmento entre o MJF e os Inner Circle.

  6. El Cuebro3 semanas

    Havia público nas arquibancadas?